Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 31 Agosto 2018 10:27

Amplavisão – André: da prisão para a campanha? Destaque

Escrito por

RETROSPECTIVA No 2º turno do pleito de 2014 Reinaldo Azambuja (PSDB) obteve 741.516 votos (55,34% ) para governador. Na capital obteve 289.862 votos ( 63,59%) - Dourados 67.386 votos (60,66%) e Três Lagoas 28.616 votos (55.32%). Mas foi em Cassilândia onde chegou ao melhor desempenho proporcional com 69,48%. Reinaldo não venceu em 28 cidades e a maior delas foi Corumbá obtendo apenas 11.692 votos (23,95%).

CONFIRA essas cidades: Água Clara 44,08% – Amambai 49,40% - Anastácio 45,46% - Anaurilândia 48,40% - Angélica 49,85% - Aral Moreira 39,79% - Bandeirantes 48,98% - Bataguassu 47,53% - Batayporã 45,00% - Bodoquena 47,76% - Coronel Sapucaia 45,98% - Coxim 44,56% - Dois Irmãos do Buriti 38,56% - Fátima do Sul 49,68% - Guia Lopes da Laguna 48,53% - Itaquiraí 45,59% - Japorã 33,32% - Jatei 42,97% - Juti 37,23% - Ladário 27,62% - Miranda 47,28% - Nioaque 47,93% - Nova Alvorada do Sul 43,07% - Nova Andradina 48,67% - Novo Horizonte do Sul 47,13% - Paranaíba 48,16% - Paranhos 43,02% - Pedro Gomes 48,30%.

ATENÇÃO Não custa lembrar: eleição não se ganha apenas com nome. Vale o reconhecimento de seu valor. E aí deve sair faíscas na briga pelas 24 vagas da Assembleia Legislativa, onde peixões graúdos podem literalmente dançar. O deputado José Carlos Barbosa (DEM) admitiu a concorrência até na coligação pró Reinaldo que deve eleger entre 16 a 18 parlamentares. Inevitável a renovação superior a 50%.

EXPECTATIVA Caso o ex-governador Puccinelli (MDB) tenha deferido seu pedido de ‘habeas corpus’ junto ao TRF da 3ª. Região na segunda feira (3), ele se recolherá ao aconchego familiar para se recompor ou se juntará de imediato aos companheiros do partido em campanha para o governo estadual - buscando inclusive uma vaga na Câmara Federal que lhe garanta o foro privilegiado? Seus partidários apostam na segunda hipótese.

A DÚVIDA reinante nas conversas do saguão da Assembleia Legislativa: o ex-governador Puccinelli – preso desde o dia 20 de julho – se conquistar a liberdade seria beneficiado eleitoralmente pelo fenômeno da vitimização ou – diante das denuncias pela eventual pratica de corrupção apresentadas pelo Ministério Público Federal – estaria simplesmente estigmatizado?

OBSERVADORES entendem que Puccinelli teria, sim, condições de se eleger deputado federal, mas ao mesmo tempo acham que dificilmente ele seria o elemento decisivo para reverter os números das primeiras pesquisas divulgadas e assim levar o candidato Jr. Mochi a vitória nestas eleições. Evidente: eleição é igual casamento, você só sabe como ele se inicia.

CUIDADOS Os companheiros do ex-governador Puccinelli apostam no retorno dele aos palanques, eletrônicos ou não. Ouvi pelos corredores da Assembleia Legislativa de que alguns partidários pedem respeito pela situação constrangedora dele (André) já que não se configuraria a condição de simples preso político. E mais, os efeitos psicológicos da prisão são devastadores em qualquer idade. Os estudos de especialistas mostram isso.

‘LIGHT’ Pelo teor das entrevistas e em várias manifestações, pode-se dizer que a campanha ao governo do candidato Jr. Mochi (MDB) tem sido de reflexões inteligentes sobre o passado, presente e futuro do Estado. Articulado e com boa receptividade em vários segmentos sociais, JR. Mochi parece ter a noção exata do atual cenário que lhe é desfavorável, mas nem por isso se envereda pelas agressões verbais. Não há como negar-lhe esses méritos.

RETROVISOR-1 Em 2014 o deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) obteve 29.386 votos. Votado em todas as cidades chegou aos 17.587 votos na capital - 660 em Chapadão do Sul - Fátima do Sul 537, Dourados 516 - Paranhos 513 - Nova Alvorada. do Sul 473 - Aquidauana 463 - Bataguassu 413 - Paranaíba 391 - Três Lagoas 364 - Corumbá 345 - Deodápolis 343 - Maracaju 341 – Glória de Dourados 297 – Costa Rica 276.

COERÊNCIA Candidato ao governo estadual, João Alfredo Daniezi (PSOL) agrada pela sua visão. Ataca as falhas aproveitando-se de sua capacitação na advocacia e aponta soluções sem a varinha mágica de campanha. Sua trajetória ética em Ribas do Rio Pardo, renunciando ao cargo de vice-prefeito por discordar com eventuais desvios do prefeito mostra seu caráter. João Alfredo parece-nos mais ponderado e preparado do que o próprio Boulos, candidatos a presidência da república pelo PSOL. Penso eu.

RETROVISOR-2 O deputado estadual Pedro Kemp (PT) chegou aos 20.174 votos em 2014. Na capital foram 9.474 votos e a segunda votação em Caarapó com 1.260 votos. As maiores: Dourados 582 - Sonora 555 - Aquidauana 510 – Três Lagoas 470 - Rio Verde de Mato Grosso 465 - Ponta Porã 399 - Coronel Sapucaia 338 – Nioaque 312 – Paranaíba 283 - Coxim 261 - Itaquiraí 250 – Bonito 251 - Anastácio 248.

CRITÉRIOS Quando a imagem da TV mostra o cenário da Câmara, o telespectador menos avisado leva um susto: é gente demais – 548 parlamentares. A dúvida é unânime: será que se trabalha de fato ou não passa de mera ‘moagem’? Pela notícia de que só 41 deles comparecem todos os dias no primeiro semestre, o ideal seria a troca dos faltosos nestas eleições. Como justiça, os deputados assíduos merecem continuar. Nosso representante nesta seleta lista dos 41- Fábio Trad (PSD), além de assíduo, tem sido motivo de orgulho para seus eleitores. Ou não.

RETROVISOR-3 Foram 20.585 votos que elegeram o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) em 2014, dos quais 5.559 só em Campo Grande e 2.181 em Bataguassu. As outras principais cidades: Rio Verde de Mato Grosso 978 – Japorã 847 – Nova Alvorada do Sul 827 – Camapuã 771 - Santa Rita do Pardo 661 – Brasilândia 627 - Porto Murtinho 367 – Sidrolândia 350 - Selvíria 322 – Bela Vista 283 – Corumbá 252.

É GUERRA Eu tenho dito que campanha eleitoral não é festa onde você ouve ou dança a música que quiser. Ingredientes apimentados, indigestos, aparecem e provocam estragos. A denúncia contra o candidato Odilon de Oliveira (PDT) a respeito de sua conduta como juiz federal, a exemplo da prisão de Puccinelli, é um artefato de alto poder explosivo. Mas tudo vai depender de como a opinião pública irá recepcionar essa notícia em plena campanha eleitoral. Portanto, é esperar.

RETROVISOR-4 Em 2014 o deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) foi reeleito com 22.326 votos dos quais 13.399 na capital e 1.598 votos em Coxim. Outras cidades: Miranda 517 votos - Ribas do Rio Pardo 391 - Rio verde de Mato Grosso 369 - Corumbá 329 - Ladário 315 – Porto Murtinho 295 – Rio Brilhante 275 – Três Lagoas 270 - São Gabriel Do Oeste 255 – Camapuã 245 – Bonito 235 – Nioaque 224.

BOLSONARO O candidato à presidência pelo PSL está em alta após interrogatório no Jornal Nacional. Nervosos, os entrevistadores cometeram sucessivas gafes e não deram espaço para o entrevistado falar. Os episódios da cartilha infantil, da troca do ano 2018 por 2021 pelo jornalista Willian Bonner e o apoio da Globo ao Regime Militar de 1964 bombando na internet.

HOMENAGEM Fui a inauguração do Ceinf construída pela prefeitura da capital no Jardim Centenário e que leva o nome do ex-deputado Valdomiro Gonçalves. Muita emoção na primeira homenagem deste tipo prestada ao saudoso parlamentar que sempre defendeu a educação e incentivou o caminho da escola nas suas relações políticas. O prefeito Marcos Trad (PSD) consegue agregar apoio e simpatia em cada ação administrativa. Político bom é assim.

PEDRO CHAVES Impressiona a postura do senador Pedro Chaves (PRB). Apesar de ter desistido de concorrer a reeleição ele continua recebendo prefeitos, vereadores e lideranças que buscam sua intervenção em áreas diversas. Na semana passada, por exemplo, ele esteve em Paraíso das Águas na entrega de 100 casas, onde sua atuação foi decisiva para a concretização. A visão de Pedro Chaves vai muito além do cargo.

MEMÓRIA FORENSE A Comarca de Bela Vista foi instalada em 14 de junho de 1911 com jurisdição em Caracol. Finda a Guerra do Paraguai a região foi povoada à margem do rio Apa sob a liderança de José Lemes Bugre. Em 1900 foi elevado a Distrito e logo em 1908 a Município. Anote-se: de 1943 a l946, o município de Bela Vista integrou o Território Federal de Ponta Porã. Em 1967 o juiz da Comarca era o dr. Athayde Nery de Freitas.

NO QUEIJO Pelas notícias e números de algumas pesquisas o filho do apresentador Ratinho – Ratinho Jr – pode se eleger governador no Estado do Paraná. Deputado ao estilo populista, Ratinho – que começou desacreditado – simplesmente corroeu candidaturas de personagens tradicionais tidos como favoritos.

Na internet:
Nem toda ligação de presídio é golpe. Pode ser alguém pedindo o seu voto

  • Unimed 38
  • kikao esquenta

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus