Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 28 Julho 2017 09:06

Amplavisão – Agosto, haja coração! Destaque

Escrito por

O MÊS lembra tragédias: suicídio de Getúlio Vargas, renúncia de Jânio Quadros, impeachment de Dilma, mortes de Juscelino Kubistchek, Eduardo Campos, Princesa Diana, Elvis Presley, início da 1ª. Guerra e a Bomba de Hiroshima. Elas fomentam nosso imaginário e as previsões do que poderá ocorrer em Brasília.

TEMER É mais articulado do que sua antecessora, tem uma vivência extraordinária na Câmara que presidiu 3 vezes e conta com a arma que sempre fez a diferença na política brasileira: tinta na caneta. Ele sabe bem o que querem muitos dos pseudos adversários - criam dificuldades para colher facilidades.

CONTRADIÇÃO As pesquisas mostram esmagadora reprovação do presidente Temer. Mas tenho dúvidas sobre quem foi consultado – porque na outra ponta da opinião pública há uma manifestação de apoio ao seu projeto de reformas. Como se diz: ele é feio, mas necessário?

INSISTO Gostaria de ver uma só foto ou gravação de alguma das dezenas de palestras que o ex-presidente Lula teria proferido pelo mundo afora. Elas teriam rendido ao grande palestrante mais de R$ 9 milhões. Nem mesmo os petistas mais ranhetas gostam de debater o assunto. Aí tem, sim senhor!

‘SECOS & MOLHADOS’ Na música do ‘Paralamas do Sucesso’ falou-se em 300 picaretas no Congresso, mas haveria mais. Nem todos são doutores e usam anéis mas barganham com quem está (Temer) do outro lado do balcão. Michel Elias descende dos fenícios, os maiores negociantes que o mundo já viu. Ora! Os libaneses herdaram deles as lições de venda e compra.

TIROTEIO Nem mesmo o noticiário recente na grande mídia intimidou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) no tocante à delação de Joesley Batista. Caso espinhoso que faz parte do processo de delação homologada pelo ministro Fachin. É o caso de se questionar: até onde vão os resultados desta CPI da Assembleia Legislativa?

ÓRFÃOS Aqui existem em abundância, sem discriminação de partidos. Interessante é que eles estão ainda errantes, perdidos na estrada a espera talvez de uma nova luz. Os petistas guaicurus são os que mais sofrem com um cenário tão desolador após a perda de mandato do ex-senador Delcídio.

‘ANDREZISTAS’ Representam o núcleo da esperança do velho PMDB desgastado aqui e em Brasília num ambiente de denúncias e prisões inclusive. André recolheu-se; sabe que não será fácil se reinventar e convencer que o noticiário desfavorável seria apenas obra de manipulação.

LEMBRETE As pesquisas locais mostram um eleitorado indignado também com o PMDB. Não tem como evitar; o eleitor acaba ligando o ex-governador André às figuras de André Cancer, Edson Giroto, João Amorim, Temer, Eduardo Cunha, Henrique Alves, Padilha, Geddel e outros peemedebistas.

CABO ELEITORAL? Prestígio não se transfere. O ex-governador André sabe. Ele está preocupado com sua imagem pelas situações vexatórias que passou e que poderão pesar negativamente. E há outros componentes: saúde, idade e família. Questões íntimas que devem ser respeitadas pelos companheiros temerosos da orfandade.

ALELUIA Já notou? Os desempregados na maioria não são qualificados. A Escola da Construção inaugurada pelo Senai/Fiems na capital oferece 2.100 vagas para 81 cursos profissionalizantes. Esse é o primeiro passo para combater o desemprego e estruturar a cidade para receber novos empreendimentos. Qualificar – o caminho é esse!

UM TERROR Otimistas de plantão que se cuidem. Os cortes anunciados pelo Planalto mostram que o 2º semestre será ainda pior. Municípios que contavam com liberações de verbas provenientes de emendas parlamentares terão que se readequar e se preparar inclusive para pagar o 13º salário dos servidores.

‘MUI AMIGOS’ Ouvindo discursos em defesa da candidatura do ex-governador André percebo o interesse pessoal dos oradores de levar vantagem eleitoral. Lá no passado muitos candidatos fraquinhos, sem preparo, acabaram encostando em Wilson Martins e Pedro Pedrossian e se elegeram. Entendi.

VAZIO Sinto nas conversas com o nosso eleitor a esperança do surgimento de novas lideranças descomprometidas de alianças com as figuras antigas. O eleitor cansou-se do estilo ‘rouba mas faz’ que nós por comodismo acabamos abraçando ou sendo coniventes de alguma forma.

IMPRENSA Precisa e deve ouvir mais a população. Aliás, a influência dos chamados ‘jornalões’ passou. A internet deve eleger muita gente nova. Anote bem isso. E nós jornalistas, também temos culpa. Exageramos na dose dos elogios a políticos não tão qualificados assim. Eram ídolos de barro.

ALERTA O campograndense não brinca, é cruel se necessário. O recado por mudanças foi claro na vitória de Alcides Bernal (PP). Voltou ao equilíbrio na eleição de Marquinhos Trad (PSD), mas está atendo ao cenário como desenham os números das pesquisas. Mais uma vez, será ele quem decidirá a sucessão estadual.

‘TABAJARA’ Laudo psiquiátrico lembra o atestado médico de favor. Por analogia, a ‘síndrome de Bordeline’ poderá será argumentada por assassinos ricos ‘sem noção do crime praticado’. E aí somos ridicularizados mais uma vez na mídia nacional. É a justiça na terra dos ‘Mauricinhos’: eficiente na condenação aos pobres e absolvição dos poderosos.

LOROTA Quantos funcionários para cada integrante do Congresso Nacional? Qual deles fez uma lei de demissão voluntária? Ao contrário, criaram-se cargos em comissão para alimentar o fisiologismo. O PT e PMDB campeões. Demissões? Pura cortina de fumaça para encobrir a compra de parlamentares, como sempre foi.

‘LA VITA É BELLA’ O Congresso Nacional emprega 28.762 funcionários. É o dobro do contingente da Polícia Federal, mais que a população de 79% das nossas cidades. No Senado, 9.585, 2.753 efetivos, 3.436 comissionados, 2.777 terceirizados, 449 estagiários e 89 menos aprendizes. E cada senador tem 55 cargos de confiança.

RIDÍCULO o Programa de Demissão Voluntária do Planalto. Ninguém quer abrir mão das garantias do emprego público. O cidadão tem perspectivas de algo igual ou melhor ‘aqui fora’? O Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público Federal e outros órgãos precisam sim cortar na própria carne. Convenhamos: é acreditar em saci pererê.

LEI DE GERSON Ela impera com cumplicidade recíproca dos 3 poderes. Só com os tais ‘penduricalhos’ do Ministério Público Estadual gasta-se R$ 442 milhões por ano. Os filhos dos procuradores e promotores tem verbas de invejar o pessoal da Suécia. Isso sem contar os belos salários e as outras vantagens como as diárias, etc. Vai Brasil!!!!

DOIS ASSUNTOS levaram os vereadores de Campo Grande à mídia. O primeiro foi o número espantoso de indicações neste 1º semestre: 11.839. O segundo foi o reembolso da verba indenizatória neste período no valor de R$ 1,13 milhão e que estava ‘sob judice’. O salário de cada vereador na capital é de R$ 15 mil. Sem comentários.

Se os governantes aumentam impostos para fechar suas contas, o povo pode deixar de pagar os impostos para fechar as suas? (na internet)

  • Unimed 38
  • unigran vest 18 menor

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus