Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 21 Julho 2017 09:33

Amplavisão - Ferido no peito, André recorre ao PR Destaque

Escrito por

DESABAFO Revoltado com os comentários de que seria ‘laranja ’ de investimentos financeiros do ex-governador André Puccinelli, o empresário Carlos Fernandes (setor automotivo de MS) disse ao colunista: “Minha vida é um livro aberto, trabalho duro, não tenho rabo preso, durmo tranquilo. É pura inveja pelo meu sucesso”.

REFLEXÕES Após o assassinato do ex-vereador Cristóvão Silveira e sua mulher Fátima nas cercanias da capital, reacende a velha polêmica sobre as reais vantagens e eventuais desvantagens de ser proprietário de chácara de recreio e pesqueiro. Seriam duas alegrias: uma na compra e outra na venda.

‘O AMIGO’ citado na delação da Odebrecht como sendo Lula vai sendo confirmado com a descoberta dos R$ 9 milhões que o ex-presidente aplicara no BrasilPrev. Se a grana veio das 300 palestras (ou mais), porque não há uma só prova (notícias, gravações ou fotos) de uma delas pelo menos? Falso pobre.

TEREZA CRISTINA Após ganhar a mídia nacional, a deputada federal (PSB) teve o passe valorizado. Ela sempre foi vinculada ao ex-governador André Puccinelli que investiu pesado em sua eleição. Moral da história: ela deve voltar de onde politicamente nunca saiu. Ela tem até março de 2018 para decidir; o leilão só começou.

ALÍVIO Após o desgaste na defesa do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), na Reforma da Previdência e como membro da ‘Guarda Pretoriana’ do presidente Temer, o deputado Carlos Marun (PMDB) é recompensado com a liberação de emendas parlamentares de R$ 5 milhões. Viabilizou a reeleição?

APOSTA Pela sua postura, o deputado Dagoberto Nogueira (PDT) investe as suas fichas na aprovação da denúncia contra Temer em plenário. Com o fim do PT local, ele seria o representante do presidenciável Ciro Gomes e armaria uma coligação regional com outras siglas afins.

ESPECULAÇÕES PSD e DEM juntos aqui? Não seriam muitos parentes (Trad e Mandetta) juntos num só projeto? Mas qual a reação do eleitor? É preciso ir a fundo para se aferir a opinião pública. Depois de reveladas as maracutaias do PT, PMDB e PSDB, o eleitor anda desconfiado e com razão.

NA ESTRADA O prefeito Waldeli (PR) de Costa Rica tentando viabilizar sua candidatura a governador apoiado pelo PMDB. Nesta semana deu entrevista à uma emissora de rádio de Três Lagoas confessando ser afilhado político de Ramez Tebet e que deve obediência política à senadora Simone Tebet (PMDB).

A SENHA está posta para 2018. O PMDB – atingido no peito pelas denúncias contra suas lideranças nacionais e também aqui contra Puccinelli, sente a falta de outros nomes competitivos. Aí recorre ao candidato de outro partido para marcar presença e negociar num eventual 2º turno. Mas o pré-candidato Waldeli fica no PR de Giroto ou volta ao PMDB? A conferir.

PREOCUPA Embora bem nas pesquisas, o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB) tem contra si procedimentos judiciais. Situação desgastante recorrer ao Judiciário para garantir uma eventual candidatura. E como fazer campanha e ao mesmo tempo ter que se defender? É preciso avaliar essa enrascada.

ENRASCADA sim, porque o eleitor tende a vetar aquele candidato alvo de denúncias ou suspeitas. Como me disse um líder político recentemente: “Manoel, meu filho de 17 anos, é da geração cética, altamente exigente na tratativa da política. Será que os candidatos convencerão seus filhos e seus colegas?”

ENRASCADOS Independentemente de impeditivo judicial, vamos avaliar eventuais candidaturas de Puccinelli e Edson Giroto (PR) em 2018. O eleitor não levaria em conta as denúncias na mídia e os procedimentos policiais contra ambos? Continuaria adotando o lema ‘vale fazer’, não importa o resto?

QUARESMA Na política brasileira ela acabou. Ao contrario da tradição da Igreja Católica que cobre seus santos neste período, a política desnudou completamente seus personagens. Se nas últimas eleições municipais o índice de votos nulos e brancos foi superior a 32%, imagine em 2018!

PESQUISA recente do jornal diário “O Estado – Mato Grosso do Sul” na capital retrata a realidade. De 100 pessoas consultadas sobre a credibilidade da classe política, 68 não confiam nos políticos, 20 delas manifestaram pouca confiança, 11 disseram ter confiança média e só uma disse confiar muito.

PERGUNTADAS sobre “qual a relação com a política?” as respostas foram igualmente desastrosas em termos de perspectivas. 46 pessoas disseram “acho importante, mas não participo”; 28 delas alegaram “não acho importante e não participo”; e só 26 disseram “acho importante e participo”.

E MAIS... Cerca de apenas 51 pessoas (51%) revelaram que não acompanham as ações do candidato em que votou. Outro dado; 21 delas confessaram a escolha do candidato influenciadas pela dica de amigos/parentes – ou ainda seduzidas pela promessa de receber alguma vantagem pessoal.

A MARCA Muitos parlamentares passam despercebidos pelo Congresso Nacional, sem protagonismo em projetos importantes de cunho nacional. Daqui, Fábio Trad como presidente da comissão do CPC na Câmara dos Deputados e o senador Pedro Chaves (PSC) como relator da Comissão Mista do Congresso para Reforma do Ensino Médio ganharam notoriedade pelo bom desempenho.

POSIÇÃO dos vereadores da capital Odilon Oliveira Jr. e Ademir Santana, ambos do PDT, quanto a queda de 13,84% no rateio do ICMS de Campo Grande já foi objeto de manifesto na mídia. Mas indago: farão uso de todos os recursos para reverter o índice, o menor desde 1989?

INDIGESTO O prefeito Marcos Trad (PSD) também não engoliu esse prejuízo, que se mantido irá inviabilizar seu projeto administrativo. Politicamente seria um tsunami sem precedentes. Mas ao seu estilo, o prefeito prefere o caminho da ação com suporte técnicos e jurídicos cabíveis. É esperar.

DE LEVE: Repercutindo negativamente a decisão do Tribunal de Justiça ao conceder a internação (num Spa) de Breno Borges, filho da desembargadora Tania Freitas G. Borges, preso em flagrante com 129 kg de maconha, arma de fogo e 270 munições. Mas a justiça não deve ser igual para ricos e pobres? O que pensam os novos juízes recém-empossados no cargo? Boa pergunta.

A SOCIEDADE também acompanha as manobras para amenizar a situação do PRF Ricardo Huun Su Moo, matador do empresário Adriano Correa do Nascimento aqui na capital. Aliás, o deputado coronel David (PSC) pediu rigor da Coordenadoria Geral de Perícias para apurar o plantio de provas (flambador) e punir os funcionários envolvidos. É gravíssimo. Está certo o parlamentar.

HIPOCRISIA O combate a corrupção, ao crime e aos desmandos são postos na mídia como a grande aspiração da nação. Mas, na práatica, não é isso que se vê. As autoridades nem sempre dão os bons exemplos. Se o ex-presidente Lula se apropriou de objetos decorativos da residência oficial, outras autoridades também se julgam intocáveis como na França antes da Queda da Bastilha. País tem jeito?

“Não existe viva alma mais honesta do que eu nesse país” (Lula)

  • kikao natal
  • Mito

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus