Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A vida daquelas pessoas que fazem questão de adicionar os amigos aos grupos – mesmo que estes amigos tenham desistido de participar do chat comunitário no passado, está ficando mais difícil. Os criadores do WhatsApp anunciaram um recurso que “protege” os usuários desse tipo de situação.

Segundo a empresa, o bloqueio impede que os participantes sejam “adicionados repetidamente aos grupos que deixaram”. O blog especializado TechTudo apurou que o bloqueio ocorre de forma gradual: o intervalo aumenta a cada vez que o administrador adiciona uma pessoa e ela posteriormente deixa o grupo.

Funciona de forma similar à tela de bloqueio do iPhone, que aumenta o tempo de espera para digitar novamente o código a cada vez que o usuário erra a combinação.

Comentário

O MPF (Ministério Público Federal) denunciou à Justiça Federal de Brasília o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, e mais cinco pessoas por crimes como corrupção passiva, ativa, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro. A denúncia foi apresentada ao TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) no dia 27 de abril. A relatora do caso é a desembargadora Mônica Sifuentes.

Foram denunciados:
• Joesley Batista (dono da J&F): corrupção ativa, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro;
• Francisco de Assis (executivo da J&F): corrupção ativa, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro;
• Ângelo Goulart Vilella (procurador da República): corrupção passiva, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro;
• Willer Tomaz de Souza (advogado): corrupção ativa, violação de sigilo funcional, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro;
• André Gustavo Vieira da Silva (publicitário): corrupção ativa e lavagem de dinheiro;
• Juliano Costa Couto (presidente da OAB-DF): corrupção ativa e lavagem de dinheiro

No ano passado, já haviam sido denunciados por suposto vazamento de informações Ângelo Goulart Vilella e Willer Tomaz. Na ocasião, a denúncia foi apresentada ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, com sede em São Paulo, onde Vilella atua.

Os dois chegaram a ser presos na Operação Patmos, da Polícia Federal, que também mirou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o presidente Michel Temer (a operação foi deflagrada após as delações premiadas de executivos da J&F).

O caso, contudo, saiu da Justiça de São Paulo porque o Supremo Tribunal Federal entendeu que os fatos se relacionam às atividades do procurador Ângelo Vilella em Brasília. Por isso, o MPF precisou reanalisar o caso e apresentou nova denúncia, incluindo mais pessoas e mais provas.

Segundo o Ministério Público, as pessoas denunciadas atuaram em conjunto para vazar informações com o objetivo de favorecer o grupo de Joesley Batista. Com informações do portal G1

Comentário

Um homem identificado como Jose Evangelista Filho, de aproximadamente 65 anos, foi assassinado na noite desta terça-feira (15), na zona rural de Douradina. A vítima morava em um sítio próximo da localidade conhecida como Carmelândia e, segundo informações obtidas na cidade, trabalhava como vendedor ambulante.

A polícia civil de Douradina e a perícia técnica de Dourados analisaram a cena onde José foi encontrado morto. Ele foi assassinado em uma estrada que liga a Aldeia Lagoa Rica ao distrito de Bocajá. O corpo foi encontrado por populares e teria sinais de que foi agredido com golpes de pedras.

O relatório da comissão mista especial da Lei Kandir, aprovado nessa terça-feira (15), está sendo comemorado pelos Estados que acumulam perdas com a desoneração das exportações de produtos primários e semielaborados, mas a decisão final depende, ainda, da aprovação pelo plenário da Câmara dos Deputados. O relatório fixa em R$ 39 bilhões o montante dos repasses anuais aos Estados exportadores.

Mato Grosso do Sul acumula perdas de mais de R$ 8 bilhões desde a edição da Lei Complementar 87/1996, que mudou a tributação nas operações relativas à circulação de mercadorias e serviços (o ICMS) e deve ter, pelos critérios definidos no relatório, repasse de R$ 1 bilhão por ano dessa compensação.

O governador Reinaldo Azambuja intensificou no ano passado a articulação para convencer o Governo Federal a admitir as perdas dos estados e por conta de uma ação ajuizada no STF (Supremo Tribunal Federal). O Senado e a Câmara criaram comissão especial para definir as regras de compensação. Segundo o governador, até agora os estados exportadores só receberam recursos do FEX (o Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações), mas em montantes que não compensam integralmente as perdas. “O Fundo alivia, mas está longe de ressarcir as perdas reais”.

Para o governador, a Câmara deve aprovar o relatório da comissão mista especial. “É certo que haverá uma redução nas perdas com a equação proposta no relatório”.

De acordo com o Confaz (o Conselho Nacional de Política Fazendária), entre 1996 e 2016 os estados deixaram de arrecadar mais de R$ 500 bilhões. “Quando foi instituída, a Lei Kandir ajudou a vencer as barreiras da exportação, ou seja, era benéfica para nossa economia e as compensações estavam ocorrendo. Contudo, com a ausência dos repasses por parte da União, a situação fiscal se agravou. Só Mato Grosso do Sul já acumula perdas de R$ 8 bilhões”, diz o secretário-adjunto de Fazenda de Mato Grosso do Sul, Cloves Silva.

Comentário

Alunos de mais de 1.400 estabelecimentos de ensino de todos o país terão a oportunidade de interagir com crianças, adolescentes e jovens do Movimento Escoteiro em atividades de alto valor educativo por intermédio do projeto EducAção Escoteira, uma iniciativa do grupo escoteiro do Brasil que prevê inúmeras atividades integradas entre alunos e escoteiros, em Dourados.

O 2º EducAção Escoteira vai envolver jovens do Iame (Instituto Agrícola do Menor), instituição que atende jovens de 7 a 17 anos em risco social, proporcionando um momento de aprendizado com diversão e do Grupo Escoteiro São Jorge, neste sábado (19), das 14h30 às 17 horas.

O evento de impacto social, beneficiando tanto os associados e especialmente os estudantes em todo o país, conta com a experiência sólida dos escoteiros, apresentando atividades que se relacionem com o tema do anual do movimento escoteiro: “Educação para a vida”, baseado no conteúdo da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), de forma divertida e atraente.

Para o presidente do Grupo Escoteiro São Jorge, Moisés Gama, “o projeto é uma excelente alternativa para os jovens do nosso município aprenderem conceitos cotidianos através do Método Escoteiro. E para os membros do movimento, que estarão interagindo com esses alunos, uma oportunidade de fazer o bem, compartilhar o conhecimento que possuem e ampliar a relação com outros jovens, formando uma cadeia de aprendizagem e valores morais".

Ao longo do período que antecede a essa ação, o movimento escoteiro está promovendo uma campanha de arrecadação em prol do Iame, que está passando por uma séria crise administrativa e financeira. Nas últimas semanas foram arrecadadas roupas, alimentos e material de higiene pessoal, que já foram entregues a instituição, mas, a arrecadação é permanente. A sociedade em geral pode contribuir, doando roupas, agasalhos, cobertores (limpos e em condições de uso), materiais de higiene pessoal (sabonete, shampoo, desodorantes, creme dental, escovas, etc) e também alimentos perecíveis e não-perecíveis. Esses produtos podem ser encaminhados diretamente ao Instituto ou entregue aos sábados, das 14 às 17 horas, na sede do Grupo Escoteiro São Jorge, localizado no Parque Alvorada.

Comentário

Na manhã desta terça-feira (15), a Prefeitura de Dourados sinalizou parceria a um projeto ambiental que visa ao reaproveitamento do vidro. O trabalho idealizado pelo empresário Luiz Mário Catellan, que transforma o material de difícil descarte em revestimento para decoração em paredes, foi apresentado à administração, que estruturará formas de apoio ao mesmo.

O diretor do Imam, arquiteto Fabiano Costa, cita que o sistema “Ecovidros” criado pelo empresário agregará na preservação ambiental em Dourados. Diante disso, o Instituto, juntamente com as secretarias de Assistência Social, de Desenvolvimento e de Educação direcionarão estratégias conjuntas com a Ecovidros para preservação do meio ambiente do município.

“Visamos estabelecer pontos de coleta para apoio a esse projeto no município, o que será analisado junto a outras pastas ainda. Hoje o vidro é um problema mundial, a questão do descarte é difícil, e esse projeto nos mostrou uma forma de destinação bastante interessante ao material e o município vê com grande interesse essa parceria, de forma a trabalhar preservação e educação ambiental”, destacou.

Muitas pessoas ainda jogam itens como garrafas, tubos de televisão, parabrisas, entre outros em terrenos na cidade, o que acaba por constituir os lixões irregulares. Além das garrafas de bebidas, por exemplo, este tipo de material também é reaproveitado no sistema criado pela Ecovidros.

“Essa parceria vai ser bastante importante para Dourados, vamos trabalhar juntos para tirar esse material do nosso meio ambiente que muitas vezes ia ser jogado indevidamente nesses pontos”, explicou.

Comentário

Depoimento dos adolescentes vítimas de possíveis estupros de um professor, em Campo Grande, aponta que os abusos eram cometidos durante as provas. Segundo o delegado Fábio Sampaio, responsável pelas investigações, todos disseram que, quem permanecia por último, recebia as mesmas ameaças. A prisão foi baseada nos relatos de três testemunhas. Outras quatro estão sendo apuradas, conforme publica o portal G1.

"Elas disseram que a maioria dos abusos eram cometidos em época de prova e, quem permanecia por último, ouvia: ah, você faz isto pra mim que eu te passo. Sobre dinheiro, isto consta nos autos do inquérito, no caso do depoimento do último menino. São três casos já apurados e outros quatro ainda em investigação", comentou Sampaio, que não deu mais detalhes do depoimento dos adolescentes.

Nesta terça-feira (15), o homem deveria retornar para as dependências da Depca (a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente), local que não possui cela adequada e por isto à noite ele teria que permanecer na Derf (Delegacia Especializada de Repressão à Roubos e Furtos), segundo o delegado. Agora estamos aguardando a Agepen (Agência Estadual de Administração Penitenciária) se pronunciar sobre uma vaga para ele no presídio", explicou.

Preventiva

Na noite desta segunda (14), o professor de 59 anos e que atuava em uma escola na Vila Piratininga, foi preso. Ele estava escondido na casa de familiares. A prisão preventiva foi decretada pela 7ª Vara Criminal. "Nós tínhamos vários endereços que estávamos checando. A casa dele, sabíamos que não estava mais, já que o local tinha sido apedrejado. Nossas diligências então continuaram e ele foi preso na casa de outro familiar, cerca de 10 minutos depois", comentou na ocasião o delegado.

Segundo a polícia, os adolescentes de 12 e 13 anos comentaram entre si sobre os abusos. Os pais ficaram sabendo dos relatos e procuraram a delegacia para registrar boletim de ocorrência. Todas as vítimas seriam da mesma escola.

“Todas as vítimas já foram ouvidas, passaram pelo setor psicossocial e confirmaram (os abusos) e o suspeito, inclusive, já foi indiciado”, informou o delegado. Antes disso, conforme Fábio Sampaio, o homem já tinha sido indiciado em três inquéritos, por estupro de vulnerável. A pena para este tipo de crime varia de 8 a 15 anos de reclusão.

Comentário

Nova pesquisa de preços do combustível, realizada pela equipe do Procon nesta segunda-feira (14), em 35 estabelecimentos da cidade e distritos, para apurar preços do litro de etanol, diesel comum e S10 e gasolina comum e aditivada, mostrou ligeira queda de preços em Dourados.

O menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 3,790; no diesel comum foi de R$ 3,790; diesel S10 R$ 3,890; e no etanol o menor preço praticado é de R$ 3,090.

A diferença entre o menor preço encontrado na gasolina comum é de 13,4% para o maior preço (R$ 4,299), enquanto no etanol a diferença entre o menor e maior preço é de 22,3%; no diesel comum é de 17,9% e no diesel S 10, de 7,9 %.

Veja onde o combustível está mais barato

O preço médio da gasolina em Dourados, em maio, é de R$ 4,005; em fevereiro era de R$ 4,234. Ou seja, foi registrada queda de 5,4%. O preço médio do etanol nos postos em Dourados é de R$ 3,436.

O menor preço encontrado na gasolina em Dourados é 0,21 centavos mais barato que o preço médio praticado (R$ 4,005) nos postos da cidade, revelou o levantamento do Procon. Deve ter contribuído para esse fator algumas ‘promoções’ realizadas para abastecimento no dinheiro por alguns revendedores da cidade.

Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo), o preço médio da gasolina em Campo Grande é de R$ 4,044 e em Ponta Porã, R$ 4,087. O etanol tem preço médio de R$ 3,481 em Campo Grande e de R$ 3,304 em Ponta Porã.
O Procon lembra que os consumidores podem exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que deve ser feito pelo próprio funcionário do posto de combustível, e na presença do consumidor. Os telefones para esclarecer qualquer dúvida ou reclamação são 151 ou 3411-7754.

Comentário

Avesso a entrevistas, o craque argentino Lionel Messi abriu uma exceção e recebeu na casa onde mora, em Barcelona, o canal argentino "TyC Sports" às vésperas da Copa do Mundo da Rússia. No bate papo, divulgado nesta terça-feira (15), o camisa 10 do Barça falou dos prêmios individuais, dos títulos na equipe catalã e, naturalmente, da expectativa para o Mundial.

Além disso, reconheceu que uma possível transferência de Neymar, ex-colega de Barcelona, para o grande rival Real Madrid seria "uma lástima". Atualmente no Paris Saint-Germain, para onde saiu depois de três anos no Barça, Neymar vem sendo especulado como possível reforço do Real, embora ainda tenha contrato em vigor com o clube francês.

“Ver o Neymar no Real Madrid seria uma lástima, por tudo que significou para o Barcelona. Seria um golpe terrível para a torcida”, afirmou Messi, conforme repercute o Globoesporte.com.

Favoritos

"Brasil é candidato ao Mundial”, afirmou. “Chega muito bem coletivamente, tem bons jogadores a nível individual, e como grupo funciona muito bem. Fecha-se bem atrás, tem jogadores fortes e quando sai em contra-ataque te liquida com jogadores rapidíssimos como Ney ou Coutinho. Sabem muito bem o que fazem e têm os movimentos mecanizados a nível grupal", comentou Messi.

Entre outros com chances, citou a "Espanha, pelos jogadores que tem e pela maneira de jogar, mais vistosa que o Brasil. Alemanha, porque sempre é favorita. E França, porque tem jogadores muito bons, embora jogue contra o fato deles serem muito jovens".

Comentário

O triplex atribuído pelo MPF (Ministério Público Federal) ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), localizado na região do Guarujá, no litoral paulista, foi arrematado por R$ 2,2 milhões.

O prazo final para a primeira praça era até as 14 horas desta terça-feira (15) e o lance único foi feito por um usuário de Brasília faltando quatro minutos para o término do leilão, segundo o G1. O vencedor terá 72 horas para fazer o pagamento. O leiloeiro tem comissão de 5% do valor da venda.

De acordo com os organizadores da Marangoni Leilões, responsável por conduzir o leilão, também houve um outro lance de R$ 2,2 milhões, mas o usuário enviou um e-mail dizendo que ofertou equivocadamente. O juiz Sérgio Moro cancelou a proposta, de acordo com os organizadores.

O juiz Sérgio Moro ordenou a venda em leilão público em janeiro deste ano. No despacho, ele afirmou que o imóvel foi "inadvertidamente penhorado, pois o que é produto de crime está sujeito a sequestro e confisco e não à penhora por credor cível ou a concurso de credores".

Na decisão, Moro também disse que atualmente o triplex não pertence à OAS Empreendimentos nem ao ex-presidente Lula. "Está submetido à constrição da Justiça e será alienado para que o produto reverta em benefício da vítima, a Petrobras", afirmou, segundo o portal.

Comentário

Página 10 de 925
  • mistura
  • Fabio Jr

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus