Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A PF (Polícia Federal) apreendeu na manhã desta quinta-feira (15) uma carga de cocaína avaliada em cerca de R$ 4 milhões. O fato ocorreu na estrada vicinal que interliga a rodovia MS 040, próximo a Campo Grande. Um homem de 28 anos foi preso em flagrante. Conforme a PF, esta é a maior apreensão da droga no ano. O entorpecente estava em um caminhão, que seguia no sentido Santa Rita do Pardo.

Os policiais localizaram o caminhão e deram ordem de parada ao motorista que optou por fugir entrando na estrada vicinal que dá acesso à rodovia MS 040, onde atolou o veículo. Ao ser abordado, e durante vistoria, policiais encontraram a droga na caçamba do caminhão, camuflada em uma carga de soja a granel.

A cocaína pesou 420 quilos, de acordo com o que publicou o jornal Campo Grande News, estimando o valor da apreensão, com base nos indicadores do ‘mercado da droga’, em R$ 4,2 milhões. O motorista, um homem de 28 anos, confessou que levaria a carga para Santos, no litoral paulista.

Comentário

O comerciante identificado como Paulo Buchanelli, de 48 anos, de um supermercado em Sidrolândia, foi assassinado com tiros de revólver calibre 38 no peito, e o principal suspeito é um rapaz que ocupava a carona de uma moto Titan vermelha, que ainda levou o malote com o dinheiro que o homem iria depositar na agência do Banco do Brasil da cidade.

De acordo com câmeras de monitoramento da própria agência bancária, Buchanelli chegava no banco, à pé, com o movimento financeiro da empresa para ser depositado quando foi abordado por dois jovens da moto. O que estava na carona desceu, fez os disparos, matou o trabalhador e levou o malote.

Em seguida, de acordo com relatos de testemunhas, os dois fugiram, possivelmente no sentido a Campo Grande. A Polícia já foi acionada e está apurando esse latrocínio, ocorrido por volta de 14h30 desta quinta-feira (15), no centro de Sidrolândia. O total levado nessa operação ainda não foi apurado. (atualizado às 16h46, com informçaões do TempoMSnews)

Comentário

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostram que Dourados “fechou” o ano de 2017 com saldo positivo em empregos. Foram 21.507 admissões em contraponto às 21.030 demissões. Os números foram apontados por representantes da Funtrab (Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul) no encontro com a prefeita Délia Razuk, na manhã desta quinta-feira (15), em Dourados.

O presidente da Funtrab, Wilton Acosta, citou que o município começa o ano se destacando na geração de empregos, com índices melhores do que o registrado nos últimos cinco anos, no mesmo período. “Ainda não temos os números oficiais, mas, isso é perceptível pelo que temos acompanhado em Dourados e em Mato Grosso do Sul”, citou, com a afirmação de que os setores que mais se destacam são os de serviços e o agronegócio.

Acosta destacou sobre a reestruturação da Casa do Trabalhador em Dourados, um dos assuntos debatidos com a prefeita nesta manhã. “Atender o trabalhador, proporcionar um trabalho mais efetivo, passa pela reestruturação das nossas casas e isso é fundamental na parceria com o município e a prefeita Délia Razuk tem aberto isso para nós para que possamos estabelecer projetos para esse fortalecimento”, citou.

A prefeita Délia Razuk comentou a parceria da Fundação com o município, que agrega positivamente a população, e enfatizou sobre grandes empresas que têm se instalado em Dourados e contribuído para a geração de empregos. Neste ponto, ela citou ainda projetos que estão se desenvolvendo e que fortalecerão ainda mais esse aspecto na região, como a Ferroeste, por exemplo.

Acosta falou ainda sobre a perspectiva de que 2018 seja mais forte em geração de empregos, e citou que há grande expectativa no setor da construção civil, por exemplo, a partir das iniciativas públicas de novas construções no setor habitacional.

Comentário

Juliana Franciele Fernandes dos Anjos, de 32 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (15) ao capotar a caminhonete S-10 que conduzia pela rodovia MS145, na saída de Deodápolis para o distrito de Ipezal, localizado em Angélica.

O acidente aconteceu por volta das 11 horas e, de acordo com o jornal MS News, a vítima foi arremessada para fora do veículo em consequência do capotamento. A Polícia Militar esteve no local e constatou que a mulher morreu na hora. As causas do acidente serão investigadas.

O ano letivo começou nesta quinta-feira (15) e a Guarda Municipal de Dourados está retomando as rondas escolares. As equipes que compõem a Ronda Escolar Comunitária estão organizadas nos três períodos de turnos para propiciar a volta às aulas de forma segura aos alunos e toda a comunidade escolar.

Serão duas equipes de serviço por turno, divididas em setores, abrangendo aproximadamente 50 escolas, das redes municipal, estadual e particular. “O objetivo principal é evitar atos infracionais e criminosos nos perímetros das escolas, dando aos alunos e professores total segurança nesse retorno as aulas”, explica o comandante Sílvio Reginaldo Peres Costa.

Segundo ele, a metodologia aplicada são filosofias de Policiamento Comunitário e Resolução Pacífica de Conflitos, “onde os guardas municipais têm total aproximação com a comunidade escolar, fazendo as rondas escolares diuturnas, fora e dentro dos colégios, conversando com alunos, pais, professores, coordenação e direção escolar, a fim de juntos construírem um ambiente seguro e de harmonia a todos”.

Segundo ainda o comandante Sílvio Peres, “é fundamental a continuação da aproximação dos agentes da Guarda Municipal com a comunidade escolar. Essa filosofia de trabalho de resolução pacífica de conflitos e policiamento comunitário já vem sendo empregada com resultados excelentes. Nossos professores e pais veem na Guarda Municipal uma mão amiga que está sempre atenta e pronta a ajudar quando acionada”, menciona.

Ano letivo

O ano letivo teve início na manhã desta quinta-feira quando aproximadamente 27 mil alunos voltaram às salas de aula das 45 unidades da Reme e dos 37 Centros de Educação infantil.

Conforme ficou acordado na audiência conciliatória realizada na 6ª Vara Cível, semana passada, a Secretaria municipal de Educação está convocando professores, pela ordem da classificação em concurso público, para assumirem vagas puras na Rede.

Pelo entendimento mantido na audiência na 6ª Vara, a Prefeitura está autorizada a contratar, de forma temporária e excepcional, por 60 dias, os candidatos aprovados no concurso público, até que sejam oficialmente empossados após o período de apresentação de documentos e exames médicos.

Comentário

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) apresentou em plenário, em junho do ano passado, a indicação 2825/2017 solicitando a construção de cobertura na quadra de esportes da Escola Estadual Princesa Izabel, localizada no distrito de Santa Terezinha, em Itaporã.

"A obra possibilitará aos alunos, professores e também à comunidade local um espaço seguro e apropriado para o desenvolvimento de atividades esportivas, prática do lazer - inclusive festividades, sem impedimentos nos períodos de chuva ou calor intenso", justificou o parlamentar.

Em resposta ao pedido de Zé Teixeira, o Governo do Estado informou no mês de janeiro deste ano, por meio de publicação no Diário Oficial, que a obra encontra-se na fase de Extrato de Contrato para a execução dos serviços. Conforme consta na publicação, a construção de cobertura na referida quadra de esportes está orçada em R$ 320.055,65

O MPF (Ministério Público Federal) em Mato Grosso do Sul ofereceu denúncia por estelionato majorado contra um médico especialista em cirurgia plástica de Campo Grande. De acordo com o documento, o profissional atuou como médico docente do HU (Hospital Universitário) da capital sul-mato-grossense entre julho de 2006 e julho de 2011 com jornada de 40 horas semanais e regime de dedicação exclusiva, registrando frequência todos os dias da semana, das 7 às 11 e das 13 às 17 horas.

O médico chegou a assinar declaração garantindo que não mantinha atividade particular ou como autônomo. Firmou também termo de compromisso que manifestava ciência das normas pertinentes ao regime de dedicação exclusiva e das possíveis consequências diante de transgressões, assumindo o compromisso de não exercer outra atividade remunerada. No entanto, documentos comprovam que o profissional é associado da Unimed Campo Grande desde abril de 1996 e presta consultas regulares em consultório particular desde então, sendo a maioria nos mesmos horários em que registrou presença no HU.

De acordo com o MPF, o profissional obteve vantagem econômica ilícita de R$ 217 mil, referente “a pagamentos salariais integrais, em prejuízo da União, induzindo e mantendo em erro a Administração Pública, mediante fraude, consistente na inserção de informações falsas em registros de controle de frequência a fim de aparentar que cumpria a jornada de trabalho pela qual percebia remuneração”. O MPF denunciou o médico por incidência no artigo 171, § 3º, do Código Penal, requerendo inclusive a perda do cargo público que detêm.

Comentário

Outras ruas da região do Parque do Lago e do Jardim Novo Horizonte começam a ser afetadas por conta do desvio do tráfego de veículos que se utilizavam do trecho da rua Lindalva Marques Ferreira com a Manoel Machado Leonardo, prejudicadas com a cratera que se formou a partir do próprio movimento e da ação das recentes chuvas.

Entenda o caso

Agora, em razão do tráfego intenso de caminhões pesados, tampas do sistema de galerias para a captação das águas pluviais localizadas nas ruas Manoel Machado e Sergio Melgarejo, no Parque do Lago 2 e das ruas Lauro Moraes de Matos com rua Maria Gomes, no Jardim Novo Horizonte, amanheceram danificadas nesta quinta-feira (15).

Comentário

Dos mais de 34 milhões de beneficiários do INSS, quase 32 milhões já realizaram a comprovação de vida. Até o início deste mês, 2 milhões de beneficiários ainda não tinham comparecido aos bancos pagadores de seu benefício para realizar o procedimento. Em Mato Grosso do Sul, pouco mais de 26 mil segurados não compareceram até o momento para fazer a prova de vida, conforme divulga a assessoria do Instituto.

O prazo para o comparecimento das pessoas que ainda não fizeram a comprovação de vida em 2017 terminaria em 31 de dezembro de 2017, contudo, devido ao grande número de beneficiários que ainda não realizaram o procedimento, foi estendido até o dia 28 deste mês. Não é necessário ir à Agência da Previdência Social.

O procedimento é realizado diretamente no banco pagador do benefício, mediante a apresentação de um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação e outros) e é obrigatório para todos os beneficiários do INSS que recebem os pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético.

A organização e a operacionalização da comprovação de vida são de responsabilidade da rede bancária, que deve cumprir anualmente a rotina junto ao INSS. Cada instituição financeira trata a data para comprovação de vida da forma mais adequada à sua gestão: existem bancos que utilizam a data do aniversário do beneficiário, outros utilizam a data de aniversário do benefício, assim como os que convocam o beneficiário na competência que antecede o vencimento da comprovação de vida. Algumas instituições financeiras estão utilizando a tecnologia de biometria para realizar o procedimento nos terminais de autoatendimento.
Quem não fizer a comprovação de vida no tempo previsto poderá ter o pagamento interrompido e os beneficiários que não puderem ir até às agências bancárias por motivos de doença ou dificuldades de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

Os segurados que residem no exterior também podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador cadastrado no INSS ou por meio de documento de prova de vida emitido por consulado, bem como pelo Formulário Específico de Atestado de Vida para o INSS, que está disponível no site da Repartição Consular Brasileira ou no site do INSS.

Comentário

O Comando do 3º Batalhão da PM (Polícia Militar) de Dourados divulgou na manhã desta quinta-feira (15) o balanço das ações preventivas e repressivas realizadas durante a operação Carnaval 2018, que teve início sexta-feira (9) passada e encerramento nesta manhã.

De acordo com o levantamento, foram realizados 124 atendimentos, sendo que desses 67 seriam de cunho exclusivamente preventivos. Dentre os atendimentos, foram registradas ocorrências de furtos, roubos, acidentes de trânsito, violência doméstica, direção perigosa, receptação, favorecimento real e danos.

A operação não contou com o reforço operacional dos alunos dos cursos de formação de cabos e sargentos com sede de ensino em Dourados, devido ao retorno deles às unidades de origem para reforçar o policiamento nesse período, conforme determinação do Comando Geral no Estado.

O serviço emergencial 190, sob a gestão do Ciops (Comando de Informações e Operações) do 3º Batalhão, funcionou normalmente com mais de 2000 ligações atendidas, o que gerou parte do número total de registros realizados pelas equipes operacionais de Rádio Patrulha, Força Tática, Getam, e os Policiamentos Comunitário e de Trânsito.

Durante todo o período foram confeccionados 168 autos de infração de trânsito, sendo ainda as situações mais comuns as de dirigir usando o celular e sem o cinto de segurança. Uma motocicleta produto de furto foi recuperada, oito mandados de prisão cumpridos, cinco armas de fogo apreendidas e 51 pessoas foram encaminhadas as delegacias de Dourados durante a operação. Foram registradas ainda uma ocorrência de homicídio, uma de tentativa de homicídio e um acidente de trânsito com vítima fatal.

Para o comando da Polícia Militar de Dourados, a operação surtiu o efeito necessários e atingiu os objetivos. “Ações ostensivas e preventivas em todas as regiões de Dourados foram o foco da operação, realizada dentro da capacidade operacional do 3º Batalhão da PM, efetivando mais de 1300 abordagens a pessoas e veículos, culminando na prisão de 51 pessoas e no cumprimento de oito mandados de prisão nesse período”, conclui o comandante, tenente coronel Carlos Silva.

Comentário

Página 6 de 828

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus