Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A primeira fase das provas do concurso que destinou 450 vagas da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul acontece neste domingo (12), mobilizando 36 mil candidatos que farão as provas em cinco locais em Campo Grande e, em dois de Dourados. A abertura dos portões será às 6 horas e o fechamento às 8 (de MS) quando começam as provas.

A organização do concurso recomenda que os candidatos cheguem aos locais da prova com duas horas de antecedência para evitar problemas; munidos de documento de identificação com foto e caneta esferográfica de tinta azul ou preta, que não apague, fabricada com material transparente. A prova terá duração de quatro horas.

Para facilitar o acesso dos candidatos aos locais da prova foi solicitado o reforço nas linhas de transporte coletivo. Devido ao grande número de participantes, a Polícia Militar reforçará o policiamento no entorno dos locais de realização das provas. Também será montado esquema especial de trânsito nesses locais, em Campo Grande e Dourados, para facilitar a chegada e saída dos candidatos de modo que será dada maior atenção aos pontos que apresentem potencial maior de ocorrência de transtornos aos candidatos.

Entre as medidas adotadas pelo Governo do Estado e pela Fapems (a Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul), encarregada da organização do crime, para garantir a segurança e evitar fraudes na realização do concurso, destaca-se a atuação de equipes da Diretoria da Inteligência da Polícia Militar.

As provas serão realizadas em Campo Grande nos seguintes locais:
• Uniderp – Avenida Ceará, 333 Vila Antônio Vendas;
• Uniderp Agrárias – Rua Alexandre Herculano, 1.400 Taquaral Bosque;
• Centro Universitário Anhanguera (Unidade 2) – Avenida Gury Marques, 469 Chávara das Mansões;
• Universidade Católica Dom Bosco – Avenida Tamandaré, 6.000 Jardim Seminário;
• Unigran – Rua Abrão Júlio Rahe, 325 Centro.
Já em Dourados as provas serão realizadas nas dependências da Unigran, na rua Balbina de Matos, 2.121 no Jardim Universitário e na Unidade 2 da Universidade Federal da Grande Dourados, na rodovia Dourados – Itahum.

Comentário

O Twitter divulgou nesta semana um comunicado com as medidas para as eleições deste ano. A plataforma, assim como Facebook, Google, Instagram e Whatsapp, vem buscando respostas em razão de preocupações com possíveis problemas e influências negativas no debate público, como a disseminação das chamadas notícias falsas ou de mensagens de ódio entre defensores das candidaturas colocadas no cenário nacional.

Na nota, a empresa afirmou que tem como objetivo “promover um ambiente cada vez mais saudável na plataforma”. Um dos focos será a verificação de contas de candidatos e partidos, de modo a coibir perfis falsos que possam divulgar informações e causar confusão nos eleitores.

Além dessa verificação, a própria rede social irá organizar sessões de perguntas e respostas com os candidatos, com o intuito de “facilitar o contato direto entre os candidatos e seus eleitores”. A companhia anunciou que firmou parceria com alguns veículos de mídia – como Band, RedeTV, Estadão, Rádio Jovem Pan, Revista Istoé e Catraca Livre – para a transmissão pela plataforma dos debates com os concorrentes à Presidência da República e aos governos de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Contas automatizadas

Uma das medidas destacadas pela empresa é o combate ao que a empresa chama de “contas automatizadas mal-intencionadas e/ou que disseminam spam”, perfis falsos ou os chamados robôs (ou bots, no termo em inglês popularizado). Os robôs são vistos como um dos meios de disseminação de notícias falsas e um dos problemas na rede social, embora estudo recente do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) tenha apontado o grau de difusão de fake news por essas contas semelhante ao de humanos.

Segundo a assessoria de empresa, também foram realizadas ações como o aprimoramento do processo de abertura de contas, auditorias em contas já existentes e a expansão de detecção de “comportamento mal-intencionado”. O número de contas contestadas mensalmente subiu de 2,5 milhões em setembro de 2017 para 10 milhões em maio de 2018. A média de denúncias de spam recebidas pela plataforma diminuiu de aproximadamente 25 mil por dia em março para cerca de 17 mil por dia em maio, conforme reproduz a Agência Brasil de notícias.

Comentário

O administrador de empresas Gilberto Schaedler, que atuava como diretor técnico do Senai em Mato Grosso do Sul, assumiu a gerência unificada das unidades de Dourados, Naviraí e Maracaju. O anúncio foi feito pelo diretor-regional Rodolpho Caesar Mangialardo durante reunião realizada nesta sexta-feira (10) com os colaboradores da unidade de Dourados.

Segundo Rodolpho Mangialardo, a mudança faz parte de uma nova estratégia do Senai para potencializar o atendimento das indústrias da região sul do Estado. “O Gilberto é de Dourados e conhece muito bem a região. Ele será responsável pelos municípios da área de Nova Andradina até Porto Murtinho, passando por Dourados para fortalecer as unidades e ampliar a oferta de serviços e produtos que temos para melhorar a competitividade das empresas”, afirmou.

Para Gilberto Schaedler, a mudança representa um grande desafio. “Espero contar com apoio de todos para que consigamos elevar as potencialidades das equipes das unidades e oportunizar um Senai mais efetivo junto às empresas de Mato Grosso do Sul e levar qualificação profissional de qualidade à população”, finalizou.

Comentário

O corpo de um jovem de 20 anos foi encontrado com vários tiros e um bilhete alertando ladrões para que não roubassem mais nos bairros Terrassa e Cidade Nova, em Ponta Porã. Identificado como Willian David Villalba Espinosa, o homem que tinha passagem por roubo e era procurado pela polícia foi sequestrado por quatro pessoas que o executaram em seguida.

De acordo com o jornal Porã News, Willian foi cercado por quatro homens armados no começo da noite desta sexta-feira (10) e algumas horas depois o corpo dele foi encontrado com vários disparos no rosto e cabeça, no Jardim Ivone. Junto ao corpo, foi deixado um bilhete escrito em espanhol, traduzido “Não roubar mais nos bairros Terrassa e Cidade Nova”.

Ainda conforme a publicação, os autores do crime teriam ainda passado à polícia falsas ocorrências em regiões opostas da cidade a que foi encontrado o corpo. Crimes como estes dos chamados “justiceiros da fronteira” têm sido registrados com frequência na região de fronteira.

O recado para os outros ladrões que estariam atuando nos bairros foi a forma encontrada pelos ‘justiceiros’, em razão do aumento no número de roubos e assaltos, e também como forma de advertir às autoridades para a necessidade de reforçar organismos de Segurança na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Comentário

O candidato do PDT a governador, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, disse na manhã desta sexta-feira (10), que, se eleito, a vice-governadoria vai funcionar em Dourados, terra do candidato a vice na chapa dele, o bispo Marcos Antônio Vitor.

Odilon participou de entrevista na rádio local, depois de passar a quinta-feira (9) durante o dia inteiro e a noite em Dourados, que essa é mais uma medida no sentido de aproximar o governo dos municípios do Conesul do Estado.

Durante a gestão do ex-governador Marcelo Miranda, de 1986/90, o Estado chegou a montar uma estrutura igual em Dourados, onde o então vice, o atual deputado estadual e candidato a federal George Takimoto, recebia lideranças dos municípios do interior em nome do Governo. À época, o atual coordenador da campanha de Odilon, o ex-deputado João Leite Schimidt, era o chefe da Casa Civil de Miranda no Governo.

Comentário

Morreu nesta sexta-feira (10), em Campo Grande, o ex-vereador de Dourados, José Luiz de Oliveira, o Zé do Itahum, atualmente servidor público aposentado do Estado, depois de desempenhar funções de fiscalização na Agência de Metrologia, órgão fiscalizador do Inmetro em Mato Grosso do Sul. Zé do Itahum tinha 56 anos e vinha tratando de complicações depressivas.

O ex-vereador foi eleito para uma única legislatura, pelo então PRN (Partido Republicano Nacional) na época em que o ex-presidente Fernando Collor chegou ao cargo máximo nacional. Zé do Itahum exerceu o mandato de 1993 a 1996 e foi vice-presidente da Câmara em Dourados, como representante do distrito ao qual ‘adotou’ o nome.
Emancipação

Uma das maiores campanhas do ex-vereador, durante e após o exercício do mandato, foi a mobilização da comunidade do distrito, encabeçando uma Comissão dos Moradores Pró-Emancipação de Itahum.

Ele chegou a propor a convocação de um plebiscito para decidir pela transformação do distrito em município, que até recebeu parecer favorável na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O processo só não avançou por conta de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) aprovada em Brasília, que devolveu aos estados a prerrogativa de criar novos municípios.

No meio da semana o ex-vereador foi hospitalizado em Campo Grande, onde veio a falecer nesta sexta. O funeral de Zé do Itahum acontece na capela mortuária do Cemitério Jardim das Palmeiras, onde o corpo será sepultado neste sábado (11), às 8h30, na capital do Estado.

Comentário

A Unigran está com inscrições abertas para o Processo Seletivo de Inverno com provas agendadas. São oferecidos 22 cursos na modalidade presencial, para início de ano letivo ainda em agosto. Inscrições e agendamentos de prova podem ser feitos AQUI.

Avaliada recentemente pelo Ministério da Educação com o conceito 5, em uma escala que vai de 1 a 5, ou seja, nota máxima, a Unigran também vem obtendo, há cinco anos consecutivos, a nota 4 no ICG (o Índice Geral de Cursos), que é o resultado dos conceitos obtidos no Enade (o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), realizado na Instituição.

As vagas oferecidas no Vestibular de Inverno contemplam os cursos de Administração, Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Contábeis, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia de Software, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Nutrição, Pedagogia e Psicologia e ainda os cursos tecnológicos em Design de Interiores, Estética e Cosmética, Produção Agrícola e Radiologia.

A Unigran é credenciada nos Programas Fies (de Financiamento do Ensino Superior) e Prouni (Universidade para Todos) do MEC e no programa Vale Universidade do governo estadual. Os vestibulandos ainda têm a opção de ingressar a graduação com a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e também como portador de diploma.

Outras informações podem ser obtidas nos telefones (67) 3411-4194 e 9222-5948 (WhatsApp).

Comentário

Já está sendo comercializado o novo voo direto entre a capital de Mato Grosso do Sul e Foz do Iguaçu, no Paraná, com início da operação marcada para a segunda quinzena do mês de dezembro.

A rota, que liga diretamente os dois principais destinos de ecoturismo do Brasil, vai facilitar a entrada de turistas estrangeiros que vêm da cidade paranaense em busca do turismo do Pantanal e Bonito, considerado o melhor destino de ecoturismo do País.

Com saídas diárias às 19 horas, o voo AD9090 fará o trecho Campo Grande x Foz do Iguaçu e o voo AD9091 fará Foz do Iguaçu x Campo Grande, com saídas às 8h30.

Campo Grande é uma das capitais com melhor qualidade de vida do Brasil, onde o turismo de Negócios e Eventos é o carro-chefe do setor.

No ecoturismo, a região de Bonito-Serra da Bodoquena, é referência em turismo responsável. Destaque para Bonito, que foi eleito por 14 vezes o melhor destino de ecoturismo do Brasil pelos leitores da revista Viagem e Turismo. O destino também ganhou o prêmio de turismo responsável, o World Responsible Tourism Awards, em 2013.

Aproximadamente 65% do Pantanal, uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais do planeta e reconhecido pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como Patrimônio Natural da Humanidade, está localizado em Mato Grosso do Sul.

É um paraíso para observadores e fotógrafos de fauna e flora e a maioria das fazendas localizadas no Pantanal não só oferece boa infraestrutura e atendimento ao turista como também apresentam conscientização ecológica e manutenção das tradições da cultura do homem pantaneiro.

Em 2015, o Pantanal foi eleito o 4º melhor destino para apreciação de vida selvagem no mundo e atualmente é um dos destinos brasileiros mais procurados pelo turismo nacional e internacional.

Comentário

O vereador Madson Valente (DEM) apresentou requerimento solicitando informações sobre o volume faturado com IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) nos distritos de Dourados nos anos de 2017 e 2018. Ele obteve a aprovação, depois de um intenso debate entre a base de vereadores que apoiam a administração e os independentes, conseguindo convencer os demais pares sobre a importância desta informação, que servirá para que todas as comunidades possam ter ciência de suas contribuições para os cofres municipais.

“Considero importante este debate e tenho usado a tribuna como instrumento para isso, para dar voz ao povo, fazendo questionamentos e cobrando melhorias para a cidade e para o campo. Considero que, pelo fato da zona rural possuir uma sobrecarga de impostos, principalmente o IPTU, se torna perfeitamente compreensível que tenhamos mais autoridade ainda para fazermos cobranças de investimentos em melhorias para os distritos. É perfeitamente natural nosso posicionamento e tenho o reconhecimento destas comunidades pela luta que estamos propondo”, disse Madson.

O vereador também lembrou sobre as taxas de iluminação pública que estão sendo pagas pelos distritos e que os mesmos não estão recebendo manutenções elétricas, por isso também requereu informações do volume arrecadado com a Cosup (a Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública dos Municípios), taxa cobrada sobre os serviços de iluminação nas vias.

Comentário

A Escola do Sesi de Dourados vai sediar, neste sábado (11) a etapa regional da OBR 2018 (Olimpíada Brasileira de Robótica), uma competição emocionante com robôs de verdade em que 22 times de escolas públicas e privadas vão se enfrentar em provas que envolvem ultrapassar obstáculos, resgatar objetos e concluir trilhas, tudo isso com robôs construídos pelos próprios alunos.

Além de escolas de Dourados, também competem instituições de Maracaju, Naviraí e Ponta Porã. As provas começam a partir das 8 horas, no ginásio poliesportivo da Escola do Sesi, na rua Valdemiro de Souza, 290, na Vila Industrial, e seguem por todo o dia, até às 17 horas. Visitantes de todas as idades podem acompanhar as provas, treinos, avaliações dos jurados e ver de perto como os alunos preparam cada robô para a competição.

Ao final do torneio, serão anunciadas as escolas classificadas para a etapa estadual da OBR, que será realizada em Campo Grande e pode levar os times para a etapa nacional, que neste ano será em João Pessoa, na Paraíba, em novembro. “Aprender a programar, ler algoritmos, se deparar com problemas e encontrar soluções. Tudo isso faz parte da rotina de quem lida com a robótica, área que hoje é considerada estratégica para a indústria e que, desde os primeiros passos, faz parte da grade curricular da rede de escolas do Sesi”, afirmou a analista de educação do Sesi, Glaucia Campos.

Escolas do Sesi

Nesta etapa da OBR em Dourados, as escolas do Sesi vão competir com oito times: três de Dourados (Megamentes One, Two e Three), três de Naviraí (The Vikings 1, 2 e 3) e dois de Maracaju (Sesi Maracaju 1 e 2). Se as equipes repetirem bom o desempenho que o Sesi obteve no fim de semana anterior, quando a etapa regional foi disputada pelas escolas de Campo Grande, Três Lagoas, Aparecida do Taboado e Corumbá, tem tudo para ir longe.

As escolas garantiram a classificação de seis times: Terminators, de Campo Grande, H.A.F.A., Oneshot e Yin-Yan, de Corumbá, Tera Robotic's, de Três Lagoas, e Alphadroid, de Aparecida do Taboado. Para Glaucia Campos, a participação na OBR 2018 é resultado da preparação constante dos alunos do Sesi para serem futuros profissionais capacitados para atuar na nova era da indústria, a Indústria 4.0.

“A robótica é um caminho importante e lúdico para desenvolver estudantes. Aquele aluno que se desenvolve na robótica está apto a entrar no universo da Indústria 4.0”, concluiu o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla. “Essa é uma área fundamental para a formação profissional, por várias razões. A primeira delas é pelo desenvolvimento do raciocínio dos alunos em ciência e tecnologia”, finalizou.

Comentário

Página 4 de 1015
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus