Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran 2018
Redação Douranews

Redação Douranews

A Semed (Secretaria municipal de Educação) está utilizando a biblioteca localizada na escola Avani Fehlauer, do Jardim Flórida, para a execução do projeto Construindo Conhecimento. O objetivo é tornar acessível um espaço onde possa ser possível produzir e fortalecer integralmente a capacidade de cada indivíduo

Em parceria com o Sesi (Serviço Social da Industria) e a BIC (Biblioteca Indústria do Conhecimento), o projeto faz do estudante, principalmente das escolas públicas, o principal alvo. O Sesi entra com o espaço e o acervo e a Prefeitura executa o projeto, desenvolvendo atividades de robótica, leitura, musicalização, reciclagem e inclusão digital.

A nutricionista e contadora de histórias Marisa Zart, que coordena esse trabalho, ressalta que o Construindo Conhecimento é perseverante no objetivo de favorecer o aprendizado, promovendo cidadania e autonomia, “pois um cidadão bem informado é capaz de realizar melhores escolhas”. Ela destaca que o local (uma biblioteca) é adequado para essas atividades porque é onde são armazenadas informações através de literaturas das mais variadas áreas.

O projeto conta ainda com o apoio da Escola Municipal Avani Fehlauer e do Centro de Educação Infantil Maria de Nazaré, que são unidades educacionais próximas, o que facilita o trabalho. O atendimento semanal chega à média de 500 alunos, podendo ultrapassar esse número se computados os demais beneficiados, todos integrantes da comunidade.

A coordenadora esclarece que a intenção é atender também outras escolas interessadas, mesmo porque existem atividades que são direcionadas exclusivamente a alunos, como de reforço escolar, de educação alimentar e nutricional associado ao projeto ‘Hora do conto’, leitura e outras. “A extensão e a diversidade do nosso trabalho é desafiador, e nos impulsiona a buscar competência e primor a cada dia”, comentou Marisa.

Mariolinda Ferraz, do Núcleo Pedagógico da Semed, conta que são atividades muito interessantes e que estão dentro da proposta da prefeita Délia Razuk, de levar conhecimento, promover a cidadania e proporcionar às pessoas as condições de obter tudo isso da forma mais objetiva possível. No caso específico de alunos, Mariolinda entende que se trata de um projeto de fundamental importância.

Comentário

Lucas Vinícios Amorim Ribeiro foi preso na tarde desta quarta-feira (18), conduzindo um Chevrolet modelo Cobalt, de cor prata, com placas de Belo Horizonte, na companhia de Raiane Fernandes de Freitas, durante fiscalização da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na Base Operacional de Bataguassu, na altura do Km 18 da BR 267.

No fundo falso do veículo os policiais localizaram forte arsenal em armas e munições que Lucas afirmou ter sido encarregado de conduzir até à capital paulista, mediante o pagamento de R$ 5 mil pelo transporte.

No balanço geral, foram apreendidos os seguintes armamentos:

- 23 pistolas de calibre 9mm;
- 2 pistolas de calibre.40;
- 2 pistolas de calibre 45,
- 1 pistola de calibre 380;
- 15 revólveres calibre 38;
- 3 revólveres calibre 357;
- 2 espingardas calibre 12 semi automáticas;
- 1 fuzil calibre 5,56;
- 528 munições calibre 38;
- 303 munições calibre 380;
- 75 munições calibre 12;
- 150 munições calibre 357;
- 500 munições calibre .40;
- 140 munições calibre 45;
- 656 munições calibre 9mm;
- 100 munições calibre 556;
- 90 munições calibre 22;
- Carregadores e grande quantidade de munição que ainda está sendo contabilizada.

Todo o material apreendido e a dupla foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas.

Comentário

A prefeita Délia Razuk vistoriou, na manhã desta quinta-feira (19), as Unidades de Saúde reformadas dos bairros Jóquei Clube e Guaicurus. Acompanhada do secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal, profissionais das unidades e lideranças da comunidade, ela conversou com funcionários, pacientes que aguardavam atendimento e elogiou os trabalhos realizados na região.

“Esse trabalho feito aqui, com muito amor, é o reflexo do envolvimento de toda a comunidade, desde os moradores dos bairros, aos nossos colaboradores, e mostra o cuidado que todos devemos ter com a nossa casa”, destacou a prefeita.

Délia Razuk também conversou com servidores que realizam o acolhimento aos pacientes, cumprimentou o pessoal da área de tecnologia e falou que a partir do sistema de agendamento de consultas e demais procedimentos Dourados tem sido referência para o Estado e a região Centro-Oeste do País.

De acordo com o secretário Renato Vidigal, o Município é um dos poucos do País que mantém o Sisreg (Sistema nacional de Regulação) em linha direta com o Ministério da Saúde. “As informações recolhidas aqui são repassadas diretamente para o site do Ministério e assim Brasília pode ter um raio-x completo do que estamos fazendo, e reconhece esse trabalho”, afirmou Vidigal.

Nas unidades “Antonio Costa Carvalhinho”, do bairro Jóquei Clube, servidores e lideranças do bairro se mobilizaram na restauração do teto, pintura e do mobiliário e, na Unidade Básica de Saúde “Erisvaldo Mendonça dos Santos”, do Guaicurus, onde também funcionam os pólos 55 e 56 da ESF (Estratégia de Saúde da Família), foi criado um núcleo da CAF (Central de Assistência Farmacêutica), dotado de todos os medicamentos básicos para atendimento imediato.

Ação social

No bairro Jóquei Clube também aconteceu, nesta quinta-feira, Ação Social realizada pela Secretaria municipal de Assistência Social, com atividades de atendimento médico-odontológico, aferimento de pressão arterial, emissão e atualização do Cartão SUS, informações sobre cadastro e recadastramento do Programa Bolsa Família, assistência jurídica, entre outras ações.

Comentário

Dados divulgados pelo Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria municipal de Saúde de Dourados, indicam que crianças, gestantes e indígenas, três dos sete grupos de risco para receber a vacina contra a gripe, ainda não alcançaram o percentual mínimo de cobertura vacinal e ‘puxam’ para baixo o índice geral da Campanha de Vacinação contra a Influenza 2018 em Dourados.

Com isso, a Secretaria municipal de Saúde segue recomendando as pessoas inseridas nestes grupos de risco que compareçam aos postos de saúde para receber a dose trivalente contra o vírus. O mínimo de cobertura exigido pelo Ministério da Saúde é 90%.

A população estimada entre os grupos prioritários é de 60.885 pessoas e a cobertura alcançou 87,28%, com 53.142 doses aplicadas, abaixo ainda do que o Ministério preconiza.

O que mais preocupa, segundo a Secretaria de Saúde, é a cobertura do grupo de crianças com até 5 anos, que alcançou índice de 75,13% tendo 11.191 doses aplicadas de um total de 14.896 estimadas. Este grupo prioritário é estipulado justamente pela fragilidade dos pequenos diante desta doença.

Em seguida, também com pouca cobertura, aparecem gestantes e indígenas com cobertura de 76%. As gestantes, de um total de 2.918 pessoas esperadas, 2.222 foram aplicadas. Outras 10.673 foram aplicadas ao grupo dos indígenas, para o qual são esperadas 14.027 pessoas.

Perto de atingir o índice mínimo está o grupo de puérperas, com 89%, tendo sido aplicadas 429 doses, de um total de 480. Já os trabalhadores em saúde estão próximos de atingir 100% de cobertura vacinal das 7.545 pessoas aguardadas. Já foram aplicadas 7.463 doses com cobertura de 98,91%.

Já os grupos de idosos e professores extrapolaram a meta, com mil doses a mais aplicadas em cada grupo prioritário. Os idosos, outra parcela mais suscetível à doença, tiveram 107,58% de cobertura com 19.613 doses aplicadas. Eram esperadas 18.231 pessoas. O grupo professores, com população de 2.788 pessoas esperadas, teve 3.713 doses aplicadas com cobertura vacinal de 133,18%.

Comentário

Após meses lutando pela reforma do ginásio de esportes do distrito de Vila Vargas, o vereador Madson Valente (DEM), finalmente, pode acompanhar o início das obras de reparação do local. De acordo com Valente, esse resultado foi obtido depois de longos debates e proposições do vereador que usou a tribuna livre da Câmara de Dourados e falou das péssimas condições estruturais do ginásio que colocava em risco a integridade física dos jogadores.

Madson afirmou que no final do ano de 2016 ficou previsto, no orçamento do Município, recursos para a reforma que, seguidamente, foi cancelado pela atual gestão. “Dessa forma os desportistas continuaram a utilizar o local, em situação precária, por quase dois anos. Buscando evitar uma fatalidade, insisti para que o executivo municipal pudesse se sensibilizar com a situação e prosseguir com a reforma e agora, podemos enfim, comemorar”, destaca, aguardando que o benéfico seja estendido a outros distritos.

IPTU

Madson lembrou ainda que o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) cobrado dos distritos a partir do ano passado precisa retornar de forma integral para as comunidades por meio de benefícios, uma vez que, ao percorrer os distritos, é possível constatar o estado de abandono que estão sendo submetidos. "O IPTU pagos pelos moradores dos distritos precisa ser redirecionado para essas localidades", diz.

“Fico extremamente feliz pela comunidade de Vila Vargas, mas espero que as comunidades dos demais distritos também recebam da prefeitura o mesmo benefício, afinal todos estão pagando IPTU”, afirma. Madson diz ainda que em seu mandato solicita constantemente que a prefeitura atenda aos distritos com visão homogênea, priorizando a equidade.

Madson chamou atenção que esta é a única obra realizada nesta administração, de todos os distritos. Ele avalia como positiva essa conquista, mas ainda se preocupa quando percebe que não há um plano de investimentos para os distritos, por isso continuará vigilante na defesa da zona rural, sem também deixar de reivindicar pela cidade, “que no atual momento vivencia uma das suas piores crises administrativas da história”, finaliza. (Com assessoria)

Comentário

Servidores de 42 municípios da parte sul do Estado estão participando em Dourados de treinamento sobre o eSocial, o novo Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas e EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital), ministrado pelo professor e advogado Domingos Vasco, especialista na área tributária.

Aberto na manhã desta quinta-feira (19), o curso também informa sobre as novas exigências relativas às normas referentes à Segurança e Medicina do Trabalho, às quais estão sujeitas também empresas e órgãos públicos. Idêntico treinamento já foi oferecido em Campo Grande na terça e quarta-feira desta semana, para servidores de 37 cidades.

A iniciativa do curso é da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e conta com a parceria da Prefeitura de Dourados, que cedeu o auditório do Centro Administrativo Municipal para o evento. O curso tem duração até às 17 horas desta sexta-feira (2), de acordo com os organizadores.

O diretor-geral da Assomasul, José Domingues Ramos (Zé Cabelo), disse na abertura que o treinamento é muito importante para os servidores e busca esclarecer a transição das informações exigidas atualmente para o novo sistema eSocial. Reiterou que que a capacitação é um compromisso da diretoria da Assomasul, presidida hoje pelo prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, e tem como objetivo contribuir para uma administração pública mais eficiente.

Lembrou que este treinamento era realizado sempre em Campo Grande, mas, diante da dificuldade que servidores do interior encontravam para se deslocar até a Capital, resolveu-se dividir, “para encurtar distâncias e oportunizar que todos os municípios pudessem ter servidores participando”. Participam do treinamento, servidores das áreas de Finanças e Contabilidade, Recursos Humanos, Segurança do Trabalho, entre outras.

Presente na abertura, a prefeita Délia Razuk agradeceu à Assomasul por ter escolhido Dourados para o treinamento que irá qualificar servidores e dar suporte para o desempenho de suas funções. “Aproveitem bem esta oportunidade ímpar para ampliarmos conhecimento e melhorarmos nossa capacidade para servir aqueles que dependem do serviço público no dia a dia”, disse a prefeita.

Comentário

Continua em vigor o período de vazio sanitário da soja, quando fica proibido o cultivo da leguminosa em Mato Grosso do Sul. O objetivo é reduzir a quantidade de esporos da ferrugem durante a entressafra diminuindo a possibilidade de incidência da doença.

Além de não plantar o grão, os produtores devem eliminar todas as plantas voluntárias – conhecidas como guaxas ou tigueras – nas propriedades, seja por meio de processos mecânicos ou químicos, e antes de plantar, ficar atento ao prazo de cadastramento das áreas onde será feito o cultivo da soja.

Esse cadastro é obrigatório e os dados recebidos são mantidos no banco de informações da Iagro, a Aência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, servindo de base para identificar o total de área plantada, prevenir os agricultores vizinhos quando houver foco da ferrugem por meio de alerta sanitário, além de facilitar as atividades da equipe da Iagro.

A medida preventiva é uma estratégia de manejo para reduzir o inóculo nos primeiros plantios, diminuindo a possibilidade de incidência de ferrugem asiática no período vegetativo e, consequentemente, reduzindo o número de aplicações de fungicidas e o custo de produção. O período de 90 dias foi estabelecido considerando que o tempo máximo de sobrevivência dos esporos no ar, de 55 dias, vai fazer vigorar o vazio sanitário em MS até o dia 15 de setembro.

O descumprimento das normas nesse período, de acordo com a lei, pode implicar em autuação da Iagro e multa de até mil UFERMS, a Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul. A unidade teve seu valor estabelecido para o mês de junho em R$ 24,66. Para sanar quaisquer dúvidas e prestar maiores esclarecimentos a Agência coloca à disposição do produtor o telefone 0800 647 2788.

Comentário

Uma mulher de 28 anos e um homem de 33 foram rendidos por três bandidos na noite desta quarta-feira (18), em Campo Grande. Os assaltantes roubaram um televisor, um computador, documentos e o carro da vítima.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o casal se despedia na frente da residência localizada no bairro Vilas Boas quando foi rendido. Os assaltantes entraram com as vítimas na casa e dois deles fizeram o homem ficar deitado na grama, enquanto que o terceiro revistou a bolsa da mulher e depois a trancou no banheiro e a amarrou com fitas.

Os bandidos apontaram arma para a cabeça do homem e perguntaram se havia um cofre e armas na casa. Ele respondeu que não tinha e nisso o alarme da casa e do carro dispararam porque um dos assaltantes apertou botões errados. A vítima desarmou o alarme, a pedido dos suspeitos, enquanto um deles pedia para que outro agisse com calma, conforme relato do homem.

Ainda conforme relatos das vítimas à polícia, ambas foram levadas à área de serviço, onde foram trancadas. Os bandidos fugiram e a mulher, que havia escondido o celular e a chave do carro no corpo, conseguiu ligar para outro morador da casa, e este avisou um vizinho, que ajudou a libertar o casal. A Polícia procura pelos assaltantes

Comentário

Um evento que já faz parte do calendário oficial do município tem aumentando o número de participantes. A 4ª Expofest Car, que aconteceu no domingo (15), no Parque de Exposição de Dourados, um projeto do vereador Jânio Miguel (PR), aprovado pela Câmara de Dourados, tem se tornado um tradicional evento beneficente no município que envolve exposição de carros rebaixados.

De acordo com o vereador, a grande festa tem contribuído diretamente com entidades filantrópicas que recebem a doação de toneladas de alimentos que são arrecadados todos os anos. “O evento tem ganhado força não somente pelas atrações, mas sim, pela possibilidade de ajudar ao próximo através de doações de alimentos”, explica.

Segundo o organizador Cézar Leal, conhecido como Cézinha Expofest Car, o evento tem como objetivo reunir famílias e amantes de carros rebaixados em prol à solidariedade. Esse ano participaram cerca de 1.700 pessoas e foram arrecadados mais de 1.600 quilos de alimentos não perecíveis e doados à Associação de Reabilitação Novo Olhar, entidade filantrópica presidida pelo pastor Manoel Aparecido Pereira, que há mais de 10 anos desenvolve um forte trabalho social com a ressocialização de pessoas egressas do sistema prisional, a recuperação de pessoas retiradas das ruas em estado de vulnerabilidade e miserabilidade, auxiliando-as em moradia, alimentação, saúde, recolocação no mercado de trabalho e reinserção na sociedade.

Atualmente estão inseridas no programa 40 pessoas que diariamente cumprem com um rigoroso cronograma de convivência por meio de laborterapia, estudos bíblicos e acompanhamento psicológico com acadêmicos da Universidade Anhanguera.

Leal ainda explica, que além do objetivo filantrópico, o evento é bem organizado: “não há venda de bebidas alcoólicas, som alto ou manobras radicais, o intuito é a solidariedade por meio da paixão e curiosidade das pessoas pelos carros modificados, onde os entusiastas investem mais de R$ 15 mil reais em personalização e modificação de peças em seus veículos”.

O vereador Jânio afirma que a 4º edição teve um saldo positivo e que para 2019 o alvo é aumentar o número de participantes e, consequentemente, a quantidade de alimentos doados. (Com assessoria)

Comentário

A polícia do Estado procura por uma quarta pessoa que estaria ernvolvida na tentativa de roubo a uma aeronave, na madrugada desta quarta-feira (18), na fazenda Pesqueiro Santo Antônio, em Aquidauana, em ação que resultou na morte de dois suspeitos durante troca de tiros. De acordo com o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, Marcus Pollet, o meio usado pela dupla indica que mais uma pessoa chegaria ao local para pilotar o avião.

"Os meios usados são bem parecidos com os que uma quadrilha praticou durante o roubo de uma aeronave em Coxim, ou seja, tudo indica que eles renderiam o funcionário ou até o dono da fazenda, até a chegada do piloto", afirmou o comandante ao jornal Campo Grande News.

O terceiro suspeito de integrar a quadrilha responsável pela ação, José Carlos Neto Cabreira, foi preso em um hostel do bairro Universitário, na Capital, e confessou ter articulado o crime. Segundo ele, os suspeitos mortos haviam sido contratados por ele para a realização do trabalho.

Já quanto ao piloto, as investigações irão apontar como seria a participação dele na ação. "É preciso esclarecer a participação de um piloto para entender se ele sabia que se tratava de um crime", complementa Pollet. Ainda segundo o comandante, a dupla suspeita já manuseava a aeronave no momento da abordagem policial.

De acordo com denúncia anonima recebida pela Polícia, um homem identificado como “Zé Paulo” (possivelmente José Carlos Cabreira) estaria simulando a negociação e, de acordo com a PM, chegou a oferecer R$ 500 mil pelo avião. De posse dessa informação, policiais passaram a monitorar o caseiro da fazenda e o sobrinho dele e viram quando, por volta das 6h20 desta quarta um automóvel Gol (cor prata) chegou ao local. Dois indivíduos desceram e começaram a verificar os aviões.

Foi quando os policiais militares se aproximaram e, ao perceberem o flagrante, os suspeitos começaram a atirar. A equipe do Choque revidou, ferindo Donizeti e Rosival, que foram socorridos, mas faleceram no Hospital Regional. Cada um deles tinha um revólver calibre .38.

Comentário

Página 1 de 988
  • mistura

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus