Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A edição desta segunda-feira (4) do Diário Oficial da União publica portaria editada pela Universidade Federal da Grande Dourados, informando o afastamento das atividades do professor Damião Duque de Farias e dos servidores administrativos Franz Mendes e Gilberto Braga, para fins de participar da atividade político-eleitoral.

Na mesma edição, Damião é citado como pré-candidato a prefeito e Franz e Gilberto são apontados como pré-candidatos a vereador nas eleições do dia 2 de outubro. Dos três, apenas Franz é filiado ao PSB; os demais, ao PT.

diario oficial

Mais afastamentos

No Estado, a edição do Diário Oficial de quinta (30) e sexta-feira (1) passada trouxe os afastamentos, para disputar vagas na Câmara de Vereadores pelo PSDB, do ex-vereador Walter Hora e do ex-candidato Geraldo Sales, ambos lotados no Escritório Regional da Governadoria em Dourados.

Também foi informado do afastamento das funções o assessor da Casa Civil, Walter Carneiro Júnior, que deverá exercer funções de coordenação política na campanha majoritária do pré-candidato Geraldo Resende, pelo PSDB.

diario oficial1

Comentário

O irmão do ex-goleiro Bruno, do Flamengo, Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, de 27 anos, apontou à Polícia Civil do Piauí o local onde estariam os restos mortais de Eliza Samudio, desaparecida desde 2010. De acordo com o site UOL, em reportagem reproduzida pelas redes sociais, o depoimento do irmão do ex-atleta, que se casou no último mês em uma prisão em Santa Luzia, foi colhido por de meio de carta precatória pelo delegado Elídio Duarte, chefe da Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí.

Detido em Piauí acusado de estupro, Rodrigo teria indicado que os restos mortais de Eliza estariam em uma cidade no interior de Minas Gerais - o local exato não foi revelado pela polícia. Delegado-geral da Polícia Civil, Ridel Batista disse que o pedido de depoimento foi feito pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, que ainda está investigando o caso envolvendo Bruno e a ex-amante

Caso Bruno

Em 2013, Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pela morte da ex-amante. No mesmo dia, ocorreu outro casamento de um colega de presídio do ex-goleiro de Atlético-MG, Corinthians e Flamengo, em cerimônia realizada por uma igreja evangélica e considerada pela assessoria do TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) como de "efeito civil".

Comentário

A equipe de basquete Dourados Sobre Rodas foi convidada a participar da 8ª Copa Unipam de Basquete Sobre Rodas, entre os dias 8 a 11 de julho na cidade de Patos de Minas juntamente com outras sete equipes. De acordo com informações de Alex Morais, atual presidente do Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência Física de Dourados, a equipe douradense, reforçada com dois paratletas de Presidente Prudente/SP, vai disputar o torneio contra duas equipes de Minas Gerais; e uma cada de São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Mato Grosso e do Rio Grande do Sul.

Para o deslocamento, até o evento esportivo para cadeirantes, a equipe douradense está viabilizando junto ao empresariado e a classe política da cidade, recursos para custear despesas básicas, como de alimentação dos paratletas e da equipe técnica, nessa temporada.

Alex Morais conta que para a viagem a equipe recebeu o apoio da Prefeitura, por meio da Funed (Fundação de Esporte de Dourados) que estará fornecendo o ônibus, no entanto ele afirma que ainda não possui recursos suficientes para custear as despesas com a alimentação.

“Aproveito a oportunidade e peço que quem tiver interesse em patrocinar o Dourados Sobre Rodas, que entre em contato conosco por meio do telefone (67) 99935-3494 ou com os profissionais em educação física Leandro Carlos Francisco no 99652-9374 ou com o Márcio Volpato” disse ele, acrescentando que a contribuição que a equipe receber por parte do empresariado ou da classe política com certeza será de ajuda para o crescimento do desporto paralímpico do município.

Para a inscrição da competição, o Dourados Sobre Rodas recebeu o apoio da Auto Escola Gran Prix. “Estamos em busca de recursos para participarmos deste evento, e esperamos conseguir para se deslocarmos até lá e brigar e trazer este título para a nossa cidade. Vale lembrar que o Dourados Sobre Rodas estará não só representando Dourados na competição, mas também o Mato Grosso do Sul”, finalizou Alex Morais.

Comentário

A diretoria do Sete de Setembro anunciou na manhã desta segunda-feira (4) uma promoção nos valores dos ingressos para o jogo decisivo do grupo A-11 contra o Sinop de Mato Grosso marcado para acontecer às 15 horas de domingo (10) no estádio Frédis Saldivar, o “Douradão”.

Empolgado com o resultado obtido frente ao Anápolis de Goiás neste domingo (3), quando os comandados de Chiquinho Lima venceram o adversário direto pela liderança do grupo por 3 a 1, porém, decepcionado com o pouco número de torcedores presentes [o público que foi ao estádio proporcionou uma arrecadação de pouco mais de 15 mil reais], o gestor Tony Montalvão estipulou em 10 reais o valor do ingresso nas arquibancadas e 20 nas cadeiras.

Os valores promocionais, segundo o mandatário, serão realizados de terça (5) até sexta-feira (8) e no dia do jogo os valores serão 15 e 30 reais respectivamente. “Vamos colocar nesta terça-feira os lotes promocionais para que nossos torcedores possam comparecer em massa domingo no Douradão para ajudar a empurrar a equipe” disse Tony Montalvão. Os ingressos estarão a vendas na tradicional Banca do Jaime; nas lojas de vendas de materiais esportivos Salim Esportes, Camisa 10 e Esporte Show, bem como no Quiosque do clube no shopping Avenida Center.

“Estamos no caminho certo e esperamos contar com o apoio de nossa torcida, pois uma vitória contra o Sinop matematicamente nos colocará na próxima fase em primeiro lugar do grupo independente do resultado entre o Anápolis e Luziânia que também se enfrentarão no mesmo dia”, disse Tony Montalvão

Preparação

Comemorando ainda os 3 a 1 diante do Anápolis, o técnico Chiquinho Lima começa nesta terça-feira pela manhã a preparar a equipe para enfrentar a equipe do Sinop domingo no “Douradão”, cujo jogo em seu ponto de vista é muito perigoso. “Vamos trabalhar a cabeça dos jogadores para que não entrem desconcentrados, pois entendo que este é o jogo chave do nosso grupo. Uma vitória e ficaremos matematicamente em primeiro lugar no grupo e, por isso mesmo, o Sinop, em que pese estar fora do páreo, com certeza virá a Dourados para tentar nos surpreender, daí a importância de trabalharmos firme nesta semana e se preparar bem para conquistarmos a vitória da classificação para a próxima fase”, encerrou o técnico.

Na programação hoje os jogadores que atuaram pouco no jogo contra o Anápolis e os que não jogaram pela manhã fizeram academia e a tarde farão um trabalho com bola. Os que atuaram os 90 minutos folgam nesta segunda e retorna amanhã de manhã para fazer academia e a tarde um trabalho tático e técnico com bola no CT (Centro de Treinamento) do clube, como relata a reportagem do jornalista Waldemar Gonçalves - Russo.

Comentário

fachada predio

Ficam os senhores Condôminos CONVOCADOS a comparecerem na Assembleia Geral Extraordinária

dia 15 DE JULHO DE 2016, às 19 horas, em primeira convocação,

com deliberação da maioria dos presentes, ou, às 19h30, em segunda convocação,

por qualquer número, conforme rege a Convenção, para a seguinte Ordem do Dia:

- Análise e aprovação das contas do Condomínio;

- Eleição e posse do Síndico;

- Assuntos gerais

Dourados, MS, 4 de julho de 2016

Condomínio Edifício Blumenau

Comentário

Policiais do DOF prenderam sábado (2) Antônia Galeano, de 46 anos, Mauricio Martins Cardozo Filho, de 29 e um adolescente de 17 anos, todos moradores em Dourados, suspeitos do roubo de uma caminhonete S-10, de

Dourados. A prisão ocorreu durante bloqueio policial na MS 289, entre Coronel Sapucaia e Amambai, onde foi abordado o veículo de cor branca, que era conduzido por Mauricio.

O condutor não soube relatar o que fazia na região e de quem era o veículo, mas acabou confessando o roubo em Dourados e relatou que as vítimas estariam em cárcere privado com duas pessoas cuidando delas até a chegada da caminhonete no Paraguai.

Mauricio disse que teve o apoio de Antônia, que estaria esperando o veículo para fazer o abastecimento e seguir para a cidade de Capitan Bado, no Paraguai.

Uma equipe da Defron (Delegacia de Crimes de Fronteira) foi até o endereço onde as vítimas estariam presas, no Jardim Mato Grosso, mas, ao chegar no local, os criminosos já haviam abandonado a casa e levado uma motoneta Honda Biz de cor branca, que foi recuperada em seguida em poder do menor apreendido na região do bairro Altos da Alvorada II.

Comentário

Desde o início das Olimpíadas modernas, em 1896, mais de 200 equipes de diferentes países participaram das competições esportivas. Pela primeira vez na história, um time formado somente por atletas refugiados participa dos Jogos Olímpicos, que vão acontecer em agosto no Rio de Janeiro. São dois nadadores sírios, dois judocas da República Democrática do Congo, um maratonista da Etiópia e cinco corredores de meia-distância do Sudão do Sul.

Os congoleses Popole Misenga e Yolande Bukasa moram no Brasil desde 2013, quando vieram ao país para disputar o Mundial de Judô. Quando chegaram ao Rio de Janeiro, local da competição, o dinheiro deles e os passaportes foram confiscados pelos próprios treinadores, que desapareceram por dois dias, deixando-os sem rumo. Os técnicos só voltaram no momento da competição. Sem dinheiro para comer, Yolande decidiu fugir. Popole preferiu ficar. Mas, mal alimentado e muito fraco, perdeu a luta por falta de combatividade. No dia seguinte, resolveu que não voltaria mais ao país de origem.

Até pedirem asilo ao Brasil, os atletas passaram fome e dormiram nas ruas do Rio de Janeiro. Hoje, Popole e Yolande treinam no Instituto Reação, fundado pelo medalhista olímpico Flávio Canto. Geraldo Bernardes é o técnico dos judocas. Ele conta que algumas etapas foram importantes para os atletas, como a ajuda de custo dos comitês olímpicos brasileiro e internacional e o planejamento dos treinos. Para Geraldo Bernardes, a autoestima de Popole e Yolande aumentou muito depois que foram escolhidos para disputar os jogos.

Na cerimônia de abertura das Olimpíadas, no dia 5 de agosto, Popole, Yolanda e os outros oito refugiados serão os primeiros a desfilar no Maracanã. Eles vão empunhar a bandeira olímpica, que simboliza a união dos povos, e serão seguidos pelas delegações de cada um dos países participantes.

Comentário

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS) presidiu, terça-feira (28) passada, a audiência pública conjunta das comissões de Seguridade Social e Família e de Defesa dos Direitos da Mulher, na Câmara, para debater a incidência do câncer de colo de útero no Brasil.

O evento foi possível em razão de apresentação de requerimento de autoria do parlamentar e contou com a participação de especialistas em oncologia, como o presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, Gustavo Fernandes, a presidente do Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos, Angélica Nogueira, o presidente da Comissão de Ginecologia Oncológica da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, Jesus Paula Carvalho e a diretora do Departamento de Atenção Especializada e Temática do Ministério da Saúde, Maria Inês Gadelha, além da participação da gerente da Divisão de Detecção Precoce e Apoio à Rede do Instituto Nacional do Câncer (INCA), Beatriz Kneipp.

Terceiro maior tipo de câncer que atinge as mulheres em todo o Brasil, de acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), em grande parte das vezes o diagnóstico é feito tardiamente, dificultando as chances de cura da paciente, salienta Geraldo Resende.
"O objetivo primordial é debater políticas públicas que possam contribuir de verdade para que o governo incorpore à saúde novas tecnologias e equipamentos para o tratamento desse tipo de câncer, principalmente no estímulo na prevenção e diagnóstico precoce”, explicou o parlamentar.

Comentário

O setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, já abriu 1.468 novas vagas de emprego nos primeiros cinco meses deste ano, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, somente no mês de maio, foram criadas 551 vagas, sendo o segundo melhor desempenho registrado nos últimos 27 meses.

“No entanto, nos últimos 12 meses, 7.038 vagas foram encerradas, porém, o desempenho vem melhorando sistematicamente. Por exemplo, na comparação com o início do ano, os últimos 12 meses terminados em janeiro indicavam o fechamento de 9.003 vagas. Ou seja, o total de vagas encerradas na indústria estadual, no comparativo anualizado, se reduziu em 22%”, analisou Ezequiel Resende.

Ele acrescenta que, considerando todos os setores da economia estadual, no mês de maio foram abertas 562 vagas, enquanto no acumulado de janeiro a maio o resultado aponta a criação de 3.164 postos de trabalho. “Nos últimos 12 meses, a situação é completamente diferente, com o fechamento de 11.784 vagas no mercado de trabalho. O conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou maio de 2016 com 126.966 trabalhadores empregados, indicando crescimento de 0,45% em relação a abril”, informou.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems reforça que, com esse desempenho, a indústria segue com o 3º maior contingente de trabalhadores formais do Estado. “Atualmente a atividade industrial responde por 19,7% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de serviços, que emprega 191.483 trabalhadores e tem participação equivalente a 29,7%, e da administração pública, com 130.379 trabalhadores ou 20,2%”, detalhou.

Atividades industriais

Em Mato Grosso do Sul, de janeiro a maio de 2016, ao todo 96 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 3.833 vagas. Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 70 vagas destacaram-se construção de edifícios (+989), construção de rodovias e ferrovias (+536), abate de reses, exceto suínos (+413), obras de terraplenagem (+231), abate de suínos, aves e outros pequenos animais (+161) e preservação do pescado e fabricação de produtos do pescado (+103).

Por outro lado, no mesmo período, 106 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, proporcionando o fechamento de 2.365 vagas. Entre as atividades industriais com saldo negativo de pelo menos 70 vagas destacaram-se fabricação de produtos de pastas celulósicas, papel, cartolina, papel-cartão e papelão ondulado não especificados anteriormente (-224), obras de engenharia civil não especificadas anteriormente (-183), fabricação de açúcar em bruto (-165), construção de redes de transportes por dutos, exceto para água e esgoto (-150), montagem de instalações industriais e de estruturas metálicas (-147) e serviços especializados para construção não especificados anteriormente (-97).

Comentário

O governo do Estado vai solicitar a revisão da taxa de juros da modalidade Rural do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste), aprovada quinta-feira (30) passada pelo CMN (Conselho Monetário Nacional). A partir de sexta-feira (1), os juros dos contratos do FCO Rural passaram de 7,65% a 10% para 8,5% a 11%, dependendo do tipo de investimento e do perfil do solicitante. A mudança foi aprovada pelo CMN e publicada na Resolução 4.503, de 30 de junho de 2016.

Na avaliação do secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, “esse aumento na taxa de juros vem em um momento inadequado. Estamos em um período no qual o país precisa crescer. Temos uma restrição de demanda e até alguma dificuldade em aplicar os recursos do FCO. Como é um montante para financiar o investimento e o desenvolvimento, não tem sentido o CMN aprovar esse aumento na taxa de juro”.

Segundo o titular da Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico) em Mato Grosso do Sul, que preside o Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO, existe uma demanda represada de propostas no FCO Rural no Estado. Para garantir a continuidade dos investimentos em empreendimentos rurais, o governo do Estado vai se posicionar sobre a medida do CMN na próxima reunião do Condel (o Conselho Deliberativo) do FCO, marcado para quarta-feira (6), em Brasília, com a presença de todos os governadores do Centro-Oeste.

“Nós vamos nos posicionar, juntamente com o Condel na próxima semana, solicitando uma revisão dos percentuais. Esse financiamento é fundamental para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e para incrementar as atividades, principalmente dos pequenos negócios de médios e pequenos produtores. Não foi o momento correto de fazer essa revisão na taxa de juros”, disse Jaime Verruck. Ele lembrou que em janeiro deste ano, a mobilização de Mato Grosso do Sul, juntamente com os estados do Centro-Oeste, foi determinante para que o CMN revisasse as taxas do FCO Empresarial que haviam sido reajustadas.

Comentário

Página 953 de 1015
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus