Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran vest 18
Redação Douranews

Redação Douranews

Cinco apostadores ganharam a LotoFácil. O concurso 1608 foi realizado nesta sexta-feira (5) em Camboriú, Santa Catarina. Cada ganhador vai receber o prêmio de R$ 795.670,54.

Veja os números sorteados:
01 - 02 - 03 - 05 - 06 - 09 - 10 - 14 - 17 - 18 - 20 - 21 - 22 - 23 – 25

As apostas vencedoras foram realizadas nas cidades de Brasília, Xinguara/PA, Ribeirão do Pinhal/PR, Alvorada/RS e na capital paulista.

Comentário

Um acidente envolvendo três veículos matou, pelo menos, uma pessoa e deixou várias feridas, no final da tarde desta sexta-feira (5) na altura do Km 167 da rodovia BR 267, no trecho que liga o distrito de Nova Casa Verde, em Nova Andradina, à cidade de Nova Alvorada do Sul.

De acordo com levantamento inicial das equipes do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina e de Nova Alvorada do Sul, acionadas para atender a ocorrência, além de uma vítima fatal havia em torno de sete pessoas feridas no local do acidente.

Uma mulher de 28 anos, grávida de seis meses, foi arremessada do carro pelo próprio marido, um homem de 30 anos na madrugada desta sexta-feira (5), quando faziam o trajeto de Douradina pela rodovia MS 156, próximo da última rotatória da reserva indígena, no sentido Dourados-Itaporã.

A vítima foi encontrada por populares às margens da rodovia pedindo socorro e reclamando de fortes dores na barriga, apresentando sinais de hematomas no rosto. Ela foi socorrida pela Polícia Militar de Itaporã, após a denúncia de que uma mulher havia sido arremessada no asfalto por um condutor de uma caminhonete Saveiro de cor branca.

A mulher relatou que o esposo seguiu para Dourados após agredi-la com socos e chutes e arremessá-la para fora do carro. Encaminhada ao Hospital municipal de Itaporã, a vítima foi diagnosticada com afundamento do osso da face e suspeita de fratura do maxilar. Ela registrou boletim de ocorrência contra o marido e foi orientada pelos policiais a fazer contato com o homem, para que ele fosse buscá-la em Itaporã, uma forma para prendê-lo.

Ao chegar até o local marcado, o homem foi surpreendido pelos policiais e recebeu voz de prisão. Contra ele já havia, segundo publica o jornal Itaporanews, uma medida protetiva em relação à vítima. O agressor foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Itaporã onde deverá responder pelos atos cometidos.

Comentário

O tratamento preventivo contra a tuberculose tem crescido, especialmente em grupos de maior risco, como pessoas que vivem com HIV e crianças de até 5 anos de idade, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No entanto, a organização aponta que, apesar de o valor investido pelos países no cuidado e prevenção da doença ter aumentado em um período de dez anos, as pessoas com perfil para o tratamento preventivo não têm recebido o atendimento adequado.

Em 2017, foram investidos em todo o mundo quase US$ 7 bilhões em ações de combate à tuberculose. Mais de 80% desses recursos são provenientes do orçamento dos próprios países, como é o caso do Brasil, em que todo o investimento na área é nacional. Já em nações de menor renda, as doações internacionais ultrapassam o investimento doméstico. Em nível mundial, o déficit de investimento supera os US$ 2 bilhões. Dos 30 países com maior incidência de tuberculose, apenas nove têm investimento doméstico em programas de combate à doença, dentre eles o Brasil.

A organização cita a política brasileira de investimento para o controle da doença como exemplo mundial. Em 2017, o orçamento do plano estratégico contra a tuberculose foi de US$ 67 milhões. Uma das ações previstas para o segundo semestre de 2018 é uma campanha para as as pessoas privadas de liberdade, consideradas uma das populações mais vulneráveis à doença, notificarem os sintomas de tuberculose. Para isso, o Ministério da Justiça e Segurança Pública repassou à Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) mais de R$ 27 milhões.

A OMS defende que as lacunas de financiamento devem ser preenchidas tanto com o investimento de mais recursos domésticos quanto com doações internacionais, principalmente em países de média e baixa renda, que concentram a maior parte da carga de tuberculose no mundo.

Comentário

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) assume o governo de Mato Grosso do Sul na segunda-feira (8), data em que o governador Reinaldo Azambuja inicia período de férias. Ela ficará na chefia do Executivo estadual até o dia 26 deste mês.

Já nos primeiros dias de administração, segundo a assessoria da vice-governadora, Rose deve visitar municípios que se encontram em situação de emergência, devido à chuva e aos vendavais. Ao todo, mais de 1.800 pessoas foram afetadas em 13 cidades do Estado.

"A pedido do governador, vamos visitar esses municípios, que estão sofrendo com os temporais, e verificar de perto de que forma o Estado pode atuar para colaborar com as famílias atingidas", resumiu Rose.

Até agora, as 13 cidades com situação de emergência decretada são: Coronel Sapucaia, Deodápolis, Batayporã, Novo Horizonte do Sul, Itaquiraí, Japorã, Eldorado, Miranda, Rio Verde, Bataguassu, Porto Murtinho, Sete Quedas e Tacuru.

Rose Modesto também deve aproveitar para visitar obras em andamento nessas cidades e percorrer outros municípios onde existem ações do Governo.

Comentário

Moradores de quatro cidades [Bataguassu, Aquidauana, Campo Grande e Ponta Porã] de Mato Grosso do Sul estão na lista dos beneficiados pelo Cartão Reforma. Os municípios fazem parte dos 95 selecionados em todo país para estar no primeiro edital. A informação foi divulgada na quinta-feira (4) pelo Governo.

O programa, pertencente ao governo federal, possibilita reforma, ampliação ou conclusão de imóveis sob assistência técnica de profissionais da área da construção civil. Com o auxílio, moradores que não possuem rede de esgoto e outras condições básicas de moradia, passam a contar com os benefícios.

Ao dono do imóvel cabe custear as despesas com mão de obra para a utilização do material a ser adquirido com o subsídio oficial. O Governo esclarece que não se trata de um financiamento.

Comentário

Pelo menos 12 corredores de Sorocaba, no interior de São Paulo, correram a tradicional corrida de São Silvestre, na capital, com o mesmo número de inscrição: 23.023. O fato está sendo investigado e apurado pela coordenação da prova.

Os corredores usaram a mesma camiseta de uma assessoria esportiva de Sorocaba, a Run Up. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o grupo usando o mesmo número. Em uma foto, duas mulheres com o número 23.023 usam a camiseta esportiva da assessoria.

Os alunos da Run Up já fizeram isso em outra prova. Em 2015, o número 4.873 aparece na camiseta de duas mulheres que participaram da corrida pela assessoria.
O advogado da Run Up, Henrique Apparicio, nega as fraudes e diz que a empresa é contra este tipo de atitude, conforme reproduziu reportagem do G1.

Comentário

Gastos de R$ 491.791,00 com produtora de vídeo e de R$ 391.261,00 com agência de publicidade, este último por um período de apenas três meses, são os principais ‘investimentos’ realizados durante o primeiro ano de mandato à frente da presidência da Câmara de Dourados pela vereadora Daniela Hall (PSD), agora entrando em 2018 com pose de pré-candidata a deputada estadual.

Sem contar os R$ 6.890 a que teve direito, a título de diárias para viagens, a maioria para Campo Grande, onde tem sido vista com muita frequência, a presidente da Câmara ainda conseguiu coroar o primeiro ano no comando da casa com aquisições significativas, como a contratação de uma empresa do interior de São Paulo para a troca de todas as cortinas do prédio da Câmara, por quase R$ 100 mil e ainda a compra de mobiliário novo para os gabinetes e mais um carro [a Câmara já dispõe de três veículos] novo.

No final do ano, a vereadora ainda fez questão de assumir a paternidade pela devolução de recursos da ordem de aproximados R$ 6 milhões, para que a prefeita Délia Razuk pudesse manter, pelo menos, a política de escalonamento de salários dos servidores do Município, adotada desde setembro, dinheiro recebido a mais nos repasses mensais do duodécimo feitos pelo próprio Executivo para custeio das atividades dos vereadores.
"No início da gestão, a Mesa Diretora decidiu que gastaria o dinheiro na reforma do prédio da Câmara, mas, no decorrer do ano, nós entendemos que estamos em um momento de crise, por isso resolvemos devolver as sobras", ainda comentou a vereadora Daniela Hall.

Crise à vista

O vereador Cirilo Ramão (PMDB), segundo secretário da Mesa Diretora da Câmara, que se disse “apanhado de surpresa” com a iniciativa da presidente da Casa em manter processo de licitação cercado de ‘boatos’ para a contratação de agência de publicidade, reafirmou, no final do ano, que espera a ação do Ministério Público quanto a boatos “de que um grupo estaria realizando reuniões para encontrar formas de se beneficiar” através do contrato de comunicação.

Segundo o vereador, a participação do MP no sorteio da subcomissão técnica para avaliar os trabalhos apresentados pelas agências participantes foi de extrema importância para garantir transparência e legalidade no certame, porém, o que leva o vereador a questionar o processo vai além do processo burocrático. “Não disse que a licitação está irregular, pelo contrário, atende toda a legalidade. É preciso de esclarecimentos e investigações a respeito da possibilidade de beneficiar algumas pessoas, mas isto, segundo os rumores, está sendo feito na surdina. Se estiver realmente acontecendo temos o dever de desmascarar os envolvidos”, revelou, em público, durante uma das últimas sessões do ano passado.

Comentário

A defesa entrou com um pedido de tratamento psiquiátrico para Roberson Batista da Silva, 33 anos, acusado de matar a jovem Mayara Fontoura Holsback, 18 anos. O crime foi no dia 15 de setembro do ano passado.

Em petição feita à Justiça no dia 27 de novembro, o advogado Hilton Hasimoto defende que o cliente seja encaminhamento a um hospital adequado para tratamento psiquiátrico, com urgência, para que realize exames e receba prescrição de medicamentos necessários ao tratamento.

Para sustentar o pedido, o advogado defende que Roberson tem tido alucinações e está "fora de juízo", falando frases sem nexo como: "doutor, os policiais sequestraram todos os meus familiares, é um golpe, doutor, se o senhor não chegasse aqui hoje antes das 10h30, eles iriam me matar lá no forte, doutor.’’

No dia 30 de novembro, o juiz Marcelo Ivo de OLiveira, da 1ª Vara de Execução Penal, aceitou ao pedido e solicitou que a direção do Instituto Penal de Campo Grande, onde Roberson está preso, tome as devidas providências. Ele irá passar por um consulta no hospital, para saber quais medicamentos deve tomar.

O crime

Roberson é acusado de ter matado Mayara a golpes de tesourada no bairro Universitário, em Campo Grande, no dia 15 de setembro. Ele ficou foragido durante quase três meses, até que em 6 de novembro se apresentou à polícia.

Conforme boletim de ocorrência, a jovem foi encontrada nua sobre a cama com parte do corpo coberto com edredom. Havia sangue no colchão, nas cobertas e algumas manchas no banheiro (no interruptor e na parede). A tesoura, usada no crime, foi localizada coberta de sangue ao lado do corpo, que já estava em rigidez cadavérica.

À polícia, uma testemunha contou que a jovem falava pouco do marido, mas que já havia comentado que Roberson era assaltante de banco e estava preso por ter matado uma pessoa por causa de uma dívida de R$ 400 mil.

A jovem também teria comentado que o marido era possessivo e ciumento. Ela o visitava na cadeia e tinha uma tatuagem com o nome dele no braço.

Perdão de pena

Roberson tem várias passagens pela polícia e teria matado Mayara um dia após receber o perdão de sua pena. Ele estava preso há três anos, 10 meses e 27 dias por tentar matar a ex-companheira em 2011.

Na época, a jovem tinha 25 anos, e ele atirou contra ela num posto de combustíveis, depois dela se recusar a conversar com ele. A moça foi atingida no pescoço, mas acabou socorrida e passa bem.

Por apresentar “bom comportamento” nos últimos 12 meses, sem que houvesse registros de "falta grave", o acusado acabou solto e ganhou o perdão da pena por meio do indulto, que é uma forma de extinguir o cumprimento de uma condenação imposta ao sentenciado. A decisão foi do juiz da 1ª Vara de Execução Penal, Caio Márcio de Britto.

Comentário

O elenco do Sete de Dourados voltou aos treinos após as festas de fim de ano. Desde quarta-feira (3), os jogadores trabalham nos campos do CT do clube em busca de melhorar a condição física e técnica até o dia 17, quando estreia no Campeonato Estadual contra o Urso, em Mundo Novo.

Na volta, uma baixa e uma novidade. O zagueiro Jonatan foi para o Águia Negra, clube que defende em 2017. Para compensar, o lateral esquerdo e meia Jô não teve a transferência para o Olímpia-SP confirmada e acertou novo vínculo com o Sete para este ano.

Na volta aos trabalhos, os jogadores treinam em dois períodos até nesta sexta (5). Sábado e domingo os treinos acontecem apenas na parte da manhã e retornam em dois períodos na segunda-feira. De acordo com o técnico Márcio Santos, o time pode fazer pelo menos um amistoso antes da estreia. “Estamos buscando um adversário para o dia 10”, disse.

Jô e outras contratações

Sobre o elenco, a novidade na volta foi a reapresentação do lateral Jô. O atleta iniciou a preparação em dezembro no Olímpia, que vai disputar a Série A3 do Campeonato Paulista, mas sem acordo para confirmar o vínculo, retornou a Dourados. “Conversamos hoje [quinta] e ele já se apresenta ao técnico Márcio Santos para seguir o trabalho com o elenco”, informa o gestor Tony Montalvão.

Sobre outras posições, o Sete pode ter novos jogadores. A prioridade é um zagueiro para suprir a saída de Jonatan, além de um meia e um atacante de área, posições carentes durante a pré-temporada em dezembro. “Esperamos ter respostas positivas ainda nesta sexta para que cheguem o mais rápido possível”, disse Tony.

No Estadual, Sete e Urso estão no Grupo B, junto com o campeão Corumbaense, Águia Negra e o recém promovido Operário AC. De folga na segunda rodada, a primeira partida no estádio Douradão acontece no dia 28, às 16 horas, contra o Águia Negra.

Comentário

Página 10 de 793
  • mistura
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus