Timber by EMSIEN-3 LTD
  • doaçao
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

Com o tema “Ciência para redução das desigualdades”, a UFGD vai realizar dia 17 deste mês o Dia C da Ciência com pesquisadores, professores e estudantes, conversando com a população sobre os resultados e a importância do seu trabalho.

A apresentação das pesquisas ocorrerá das 8 às 17 horas em vários locais públicos de Dourados (Praça Antônio João, Escola Presidente Vargas, Hospital Universitário, Shopping Avenida Center, Sicredi, Aced e Parque dos Ipês) e no assentamento Capão Bonito 1, em Sidrolândia.

A reitora da UFGD, Liane Maria Calarge, convida todos os pesquisadores e alunos de Iniciação Científica para divulgarem os estudos para a sociedade e mostrarem “a nossa força como Universidade desenvolvendo Ciência”.

De acordo com o pró-reitor em exercício de Ensino de Pós-graduação e Pesquisa, Nelson Luís de Campos Domingues, na edição do ano passado a UFGD conseguiu a participação de mais de 300 pesquisadores, realizando o maior evento de Mato Grosso do Sul e mostrando que a região de Grande Dourados e a Universidade Federal contribuem efetivamente para o avanço da ciência no Estado.

Para participar basta apresentar um banner ou os experimentos em local público, de preferência com grande circulação de pessoas, e depois enviar uma fotografia (em modelo ‘selfie’), com a comunidade que está conhecendo a pesquisa, para o e-mail da Coordenaria de Pesquisa Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com os dados para emissão do certificado de participação.

Mobilização nacional

O Dia C é uma mobilização nacional do Colégio de Pró-Reitores de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação das Instituições Federais de Ensino e do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação.

Dezenas de universidades e institutos estarão articulados para realizar nesta data atividades em escolas, museus, espaços públicos, espaços institucionais próprios e externos, para mostrar à comunidade a importância das pesquisas e como influenciam o cotidiano de todo cidadão.

Com a conscientização e o apoio da sociedade, as instituições de ensino e pesquisa unem forças para a sobrevivência do ensino superior gratuito e de qualidade, bem como a manutenção do financiamento público no Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Comentário

A prefeita de Dourados, Délia Razuk, assinou sexta-feira (5) passada o termo de homologação do pregão presencial (Edital 088/2018) que tem como objeto a contratação de empresa para execução de serviços de manutenção do prédio do PAM (o Pronto Atendimento Médico), localizado na região da Cabeceira Alegre. O próximo passo é a contratação e ordem de serviço.

A manutenção ocorrerá na estrutura da cobertura, instalações elétricas e hidro-sanitárias e revestimentos, principalmente dos blocos 1 e 6, com a troca das portas e janelas e pintura interna. Além disso, será feita toda a recuperação da área externa, incluindo cercado, calçamento e a pintura de toda a estrutura. A vencedora da licitação apresentou valor global para realização da obra de R$ 690 mil.

Desde que assumiu a administração de Dourados, a prefeita Délia Razuk se empenha em conseguir parcerias para melhorar a estrutura do PAM. A prefeita sempre destaca que, mais importante do que angariar novas obras, a estrutura que Dourados tem precisa de cuidados. “Com parcerias políticas, juntos, conseguimos esta melhoria para o PAM, uma unidade extremamente importante, consolidada e que vai ser mais aconchegante para os douradenses”, disse.

As verbas foram conquistadas por emenda federal, após intercessão da prefeita de Dourados junto ao deputado federal Elizeu Dionísio. A verba total é de R$ 1 milhão e, segundo informação da Secretaria de Obras Públicas, a sobra relativa a este valor será realocada para outras melhorias no próprio prédio, que eventualmente aparecem no decorrer a obra.

No ano passado, a prefeita manteve contato com a bancada de MS no Congresso Nacional e, depois de conseguir emenda parlamentar, prosseguiu com os trâmites para elaboração do projeto e início da licitação. Como os processos precisam ser respeitados, a Prefeitura demandou de tempo, mas a recuperação do PAM está para começar.

“A atual administração está prestes a mudar o quadro de um dos pontos de referência em saúde pública da história de Dourados, que será transformado, após os devidos reparos e adequações, em um centro de especialidades”, reforçou o secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal.

O PAM tem uma área construída de 1.392 metros quadrados, onde são oferecidos atendimentos em várias especialidades médicas, serviço de fisioterapia, psicologia, nutrição e enfermagem. Como pode ser observada na estrutura do prédio, a pintura em alguns locais ainda é da administração municipal ocorrida há mais de 10 anos. O Pronto Atendimento foi instituído há mais de 30 anos e atende milhares de pacientes de Dourados e região.

Comentário

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10) três ações simultâneas para investigar e coibir crimes relacionados às eleições de 2018. De acordo com os policiais, são cumpridos um mandado de busca e apreensão no Paraná e a lavratura de dois Termos Circunstanciados de Ocorrência, um em São Paulo e outro em Sergipe.

Em nota, a polícia informou que as ações fazem parte das atividades desenvolvidas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral, em Brasília, e pretendem aprofundar as investigações sobre vídeos que circularam recentemente nas redes sociais, conforme repercute a Agência Brasil de notícias.

As apurações, de acordo com a polícia, são consequência do acompanhamento para identificar e afastar possíveis ameaças ao processo eleitoral de 2018. Os investigados poderão responder, no caso do estado do Paraná, pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma. Já os investigados em Sergipe e São Paulo deverão responder por incitação de crime contra candidatos.

Comentário

Já estão em estágio bem avançado as obras de construção de uma ponte de concreto sobre o córrego Laranja Doce, no distrito de Vila São Pedro. A nova estrutura substitui à antiga, de madeira, destruída por um incêndio que iniciou na vegetação ao seu entorno, há cinco anos.

A nova ponte, de 20 metros de extensão, está orçada em R$ 490.595,96, e deve ser concluída e entregue ainda neste mês, conforme prevê o secretário municipal de Obras, engenheiro Tahan Sales Mustafa.

“Estamos concluindo agora a colocação das vigas em pré-moldados de concreto protendido”, diz o secretário.

A construção da nova ponte já é comemorada pelos moradores, que poderão retomar o acesso pela via vicinal, que liga a região da Vila São Pedro, pela BR 163, ao distrito de Panambi e rodovias estaduais.

Para a prefeita Délia Razuk, trata-se de uma melhoria sem igual para a comunidade, pois após o incêndio, ocorrido há cinco anos, para acessar a Vila São Pedro os moradores precisam dar uma volta de 8 km pela rodovia MS 379. “Em breve teremos mais um problema antigo solucionado, devolvendo aos moradores o conforto e a comodidade”, diz.

Comentário

O Hospital Cassems de Campo Grande completa dois anos nesta quarta-feira (10) e promove um dia inteiro de atividades de humanização. Todos os projetos de humanização, Musicoterapia, A Literatura Cura, Plantão da Alegria e Almofadas do Coração estão mobilizados desde às 7h30 na programação que começou com a apresentação do Coral da Cassems na recepção da unidade hospitalar.

Além da comemoração dos dois anos do hospital, também serão desenvolvidas atividades voltadas para o Outubro Rosa e Dia das Crianças. Dentre as ações programadas estão visitas aos quartos da pediatria, entrega de almofadas em formato de coração para as pacientes oncológicas e de produções literárias do projeto A Literatura Cura. No período da tarde, às 14 horas, haverá oficina de produção de bonecas Abayomis, símbolos de resistência, tradição e do poder feminino, e contação de histórias. Para encerrar o dia, a partir das 17h30 haverá apresentação do Coral do Colégio Auxiliadora e do Coro Feminino da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

História

O Hospital Cassems de Campo Grande entrou em funcionamento no dia 10 de outubro de 2016. Atualmente realiza, em média, 7 mil atendimentos por mês, 600 internações e 640 cirurgias de pequeno, médio e grande porte mensalmente. Em dois anos de vida são mais de 145 mil atendimentos realizados. Em 2017, o hospital realizou mais de sete mil procedimentos cirúrgicos. Este ano, faltando ainda pouco mais de dois meses para encerrar 2018, já são mais de cinco mil procedimentos.

No Pronto Atendimento houve um aumento de 30% no volume de atendimentos em relação ao ano passado e a taxa de ocupação de leitos de UTI é de 97%. “Nós não esperávamos atingir esses números e nem essa maturidade tão cedo. Isso tudo é o reflexo da credibilidade do nome Cassems e também da confiança depositada em nós e no trabalho de toda a equipe”, avalia o presidente da Cassems, Ricardo Ayache.

Comentário

O filho do ator e deputado federal eleito pelo PSL de São Paulo, Alexandre Frota, usou as redes sociais para desabafar o tipo de relacionamento que mantém com o pai.

"Sou filho de um ex-ator pornô, ex-viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar", postou no perfil que mantém no Facebook.

Mayã Frota mora na Antuérpia, na Bélgica, e também está cobrando do pai o pagamento de pensão, conforme repercute o Correio Braziliense.

O jovem também reclamou o fato de o pai bloqueá-lo no Twitter, de acordo com a coluna política do jornal.

Comentário

O candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (9) que vai ficar neutro nas disputas a governos estaduais no segundo turno para não atrapalhar o próprio desempenho na votação final contra o adversário petista, Fernando Haddad.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o capitão reformado do Exército afirmou que a exceção será em Roraima, estado em que o candidato do PSL, Antonio Denarium, vai disputar contra o tucano José de Anchieta o governo local. Ele disse que vai ficar neutro até na disputa de Santa Catarina, local em que o candidato do seu partido, Comandante Moisés, concorre ao governo estadual contra Gelson Merísio (PSD), que também é seu apoiador.

“Nos demais estados nós ficaremos neutro, inclusive em Santa Catarina. Se eu assumir um lado, eu vou ter problema do outro, vai cair a votação”, disse.

O candidato do PSL agradeceu o apoio público do candidato ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB), mas frisou, no entanto, que ainda não viu uma manifestação do adversário do tucano na disputa paulista, o atual governador Márcio França (PSB). Ele disse que não quer “briga” com apoiadores dos dois lados.

Mato Grosso do Sul

Em Mato Grosso do Sul, o governador e candidato a reeleição pelo PSDB, Reinaldo Azambuja, declarou que vai com Bolsonaro no segundo turno, justificando que o PSL do presidenciável já integrou a coligação dele no primeiro turno. Por sua vez, o juiz aposentado Odilon de Oliveira, adversário de Reinaldo, disse que não apoia Bolsonaro, conforme informações de ambos em entrevistas realizadas pela TV Morena.

Comentário

Os vereadores que compõem a base aliada da prefeita Délia Razuk na Câmara de Dourados foram convocados para uma reunião que aconteceu na tarde desta terça-feira (9) no comitê central da campanha do governador e candidato a reeleição Reinaldo Azambuja.

A ordem é para que todos ingressem fileiras na ‘guerra do 2º. Turno’, prevista para começar oficialmente na sexta-feira (12), quando também começa o período previsto para a propaganda eleitoral no rádio e na Tv entre os finalistas da disputa em Mato Grosso do Sul: o atual governador e o juiz aposentado Odilon de Oliveira.

Parte dos vereadores que participou do encontro, coordenado pelos ex-secretários José Jorge ‘Zito’ Leite Filho e Waltinho Carneiro, do ex-prefeito e atual candidato a vice-governador, Murilo Zauith, estavam engajados na campanha vitoriosa do filho da prefeita, o empresário Neno Razuk, eleito pelo PTB para o primeiro mandato de deputado estadual.

Também participaram do encontro a vereadora Daniela Hall, que foi suplente do candidato derrotado para o Senado, Marcelo Miglioli, o vereador Alan Guedes, que disputou como candidato a deputado federal e o coordenador do Escritório Regional do Governo na cidade, ex-deputado Valdenir Machado.

Comentário

Em dias tensos, com uma eleição extremamente polarizada em andamento, uma desenvolvedora de jogos criou um game que promete polêmica. Na animação, o player se coloca na pele do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e ganha pontos ao matar militantes gays, feministas e integrantes de movimentos sem-terra. Entitulado 'Bolsomito 2k18', o jogo descreve os alvos como "inimigos".

"Esteja preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país", diz a descrição do jogo que está disponível na plataforma Steam, conforme divulga reportagem do jornal Correio Braziliense.

Com o objetivo final de derrotar "os males do comunismo", como os próprios desenvolvedores definem, os trailers mostram o personagem inspirado no candidato agredindo a socos seus rivais, que vão de petistas a políticos com viés de esquerda. Além de ganhar pontos, os alvos do "Bolsomito", como é identificado o personagem do jogo, viram um emoji de fezes.

"Seu objetivo principal é acabar com os líderes do temido exército vermelho, responsável por alienar e doutrinar grande parte da nação, para que defendam e lutem por suas causas terríveis", continua a descrição da produção brasileira. O jogo conta com 88% de avaliações positivas em seu perfil na Steam, com mensagens de apoio político ao candidato, e opiniões sobre o enredo e jogabilidade.

Comentário

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) recebe até domingo (14) as inscrições no concurso público para técnicos-administrativos em educação. São oferecidas 23 vagas em cargos de nível superior e outras 20 vagas para o nível médio.

Os interessados devem se inscrever pela Página do Candidato da Central de Seleção. Como as provas serão aplicadas em períodos diferentes (manhã e tarde), é possível se inscrever para um cargo de nível superior e um de nível médio.

As taxas de inscrição são de R$ 130 (superior) e R$ 90 (médio), e poderão ser pagas até 15 de outubro, exclusivamente no Banco do Brasil. O IFMS reserva 20% das vagas a candidatos negros e 5% a pessoas com deficiência, conforme previsto pela legislação.

Cargos e salários

A carga horária de trabalho para todos os cargos é de 40 horas semanais, com exceção da vaga para Médico/Psiquiatra, que é de 20 horas por semana. A remuneração inicial é de R$ 4.638,66 para os cargos de nível superior e de R$ 2.904,96 para os de nível médio, já incluso o valor do auxílio alimentação. O servidor poderá ter benefícios como auxílios transporte e pré-escolar, assistência à saúde suplementar, incentivo à qualificação e outros, de acordo com a legislação em vigor.

A prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório, composta de 50 questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Legislação e Conhecimentos Específicos, será aplicada dia 20 de janeiro de 2019, exclusivamente em Campo Grande. A homologação do resultado final está prevista para março do ano que vem.

A escolha da unidade de lotação pelo candidato aprovado dependerá da classificação no concurso e da opção que fizer quando for convocado para o provimento do cargo. O IFMS possui campi nos municípios de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Comentário

Página 9 de 1087
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus