Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Já estão abertas as matrículas para o curso de Medicina para o segundo semestre deste ano na UCP (Universidad Central do Paraguay) em Pedro Juan Caballero e Ciudad Del Este. Considerada a maior faculdade de medicina daquele país, a UCP possui duas unidades em Pedro Juan Caballero e duas em Ciudad Del Este/Minga Guazú, com grandes estruturas a disposição dos acadêmicos que optarem pela instituição. As matriculas estão abertas e as aulas começam em agosto.

Em Ciudad Del Este a Unidade 1 da UCP fica localizada no bairro Boqueron em frente ao Lago da República em um prédio de seis andares com toda a estrutura para o desenvolvimento acadêmico, sendo 16 salas de aula climatizadas e com isolamento acústico e com capacidade para dois mil alunos. O local conta ainda com bibliotecas física e virtual com completo acervo para pesquisas de alunos e professores, laboratórios de anatomia, histologia, microbiologia e informática. Possui também um auditório com moderno sistema de som e cadeiras com assentos confortáveis e uma ampla área de convívio universitário.

Já na sede do Complexo Internacional de Minga Guazú existe uma das melhores estruturas da região com toda a comodidade para professores e alunos. A UCP possui também duas unidades em Pedro Juan Caballero onde já estudam centenas de alunos em várias turmas.

As matriculas podem ser feitas AQUI. As vagas são limitadas.

A universidade possui ainda um amplo programa de extensão universitária prestando serviço para a comunidade de diversas cidades do interior do Paraguai em parcerias com entidades públicas e privadas daquele pais.

A Universidad Central do Paraguay está reconhecida pelo Cones (o Conselho Nacional de Educação Superior do Paraguai) e o curso possui cadastro no Registro Nacional de Ofertas Acadêmicas, Cadastro de Carreiras de Graduação, Programas de Graduação e Pós-Graduação de Instituições de Ensino Superior, o que garante a validade do diploma dos formados perante as autoridades.

Comentário

Decreto 1796, com data de 7 de maio, publicado na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial do Município, constitui a Comissão Especial de Auditoria e Levantamento de dados financeiros da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), que terá prazo de 40 dias para apurar a onda de denúncias em torno da má aplicação do dinheiro nessa entidade.

Depois que o Ministério Público optou por recomendar essa apuração, e já reiterando o que dizia o primeiro secretário de Saúde da atual gestão na Prefeitura, o médico Renato Vidigal [ao Douranews ele dizia que a Funsaud deveria ser extinta porque gerava um prejuízo da ordem de R$ 12 milhões por ano], a prefeita Délia Razuk decidiu escalar o procurador-geral Sérgio Henrique Pereira Martins de Araújo para comandar essa apuração.

A Comissão Especial terá ainda, membros designados pelas Secretarias municipal e estadual de Saúde, com poderes para levantar todos os contratos geridos pela Funsaud, “analisando isoladamente a legalidade e regularidade da prestação dos serviços de cada contrato, desde a formação do processo licitatório”, além, de todas as informações relativas aos lançamentos da folha de pagamento dos funcionários, compreendo valores pagos e jornadas de trabalho.

De acordo com o decreto, a Comissão terá acesso irrestrito a todo e qualquer documento que entender necessário e pertinente ao desenvolvimento dos trabalhos, sob pena de eventuais sindicâncias ou processos disciplinares.

Comentário

O Poder Executivo de Dourados sancionou a Lei 4263/19, que trata do descarte devido dos materiais perfuro-cortantes, como forma de evitar os acidentes envolvendo coletores. De autoria da vereadora Lia Nogueira (PR), o projeto prevê a realização de campanhas educativas, palestras e demais ações de conscientização para a importância do descarte seguro e devido de materiais como cacos de vidro, espetinhos de madeira, latas, garrafas, entre outros.

Conforme a autora do projeto, pelo fato da cidade não conter coleta seletiva na maioria das regiões, é importante que o município trabalhe a conscientização e prevenção junto à população. "Em Dourados existem hoje cerca de cem trabalhadores que atuam na coleta do lixo domiciliar e comercial, sendo a maioria indígena. Os registros de ferimentos, cortes nas mãos e nas pernas devido ao descarte de cacos de vidro, espetinhos de madeira, são preocupantes", relatou Lia Nogueira.

A vereadora explicou ainda que só neste começo de ano, conforme estatísticas da empresa responsável pela coleta em Dourados, foram registrados seis acidentes envolvendo estes trabalhadores. "A empresa oferece todas as condições e segue os padrões de prevenção aos acidentes de trabalho, mas o problema está no descarte indevido desse tipo de lixo. Creio que agora, com esta lei, possamos reduzir estes índices e garantir mais segurança e dignidade aos nossos coletores", destacou a parlamentar.

Segundo ainda Lia Nogueira, a partir da sanção da norma, a ideia é desenvolver uma série de ações educativas e de prevenção aos acidentes com os coletores. "Um dia, dois, que ficamos sem a coleta, a cidade vira um verdadeiro caos. Agora com esta lei, iremos realizar no próximo mês, a semana de conscientização do Descarte do Lixo Perfuro-Cortante. Queremos trazer a população para que ela abrace este projeto e nos ajude a evitar os acidentes com os coletores", ressaltou a vereadora. (Com assessoria)

Comentário

A PM (Polícia Militar) de Dourados contabilizou, em balanço apresentado nesta terça-feira (14), o menor número de incidência de três crimes (roubo, furto e homicídio doloso), apontados como os de menores índices para um primeiro quadrimestre desde de o ano de 2009, o que demonstra que o planejamento da aplicação do policiamento, bem como a filosofia de polícia comunitária adotada pela gestão do atual comandante, produz resultados, como divulga a assessoria de comunicação do Batalhão.

Os números divulgados indicam 782 furtos, 153 roubos e 10 homicídios no período. “Temos os melhores resultados em uma década, e isso só é possível com muito trabalho e comprometimento. Nossos policiais fazem seu serviço com excelência e são comprometidos com a comunidade douradense, o que muito nos orgulha pelos resultados alcançados”, avalia o tenente coronel Carlos Silva, comando da PM em Dourados.

A assessoria de comunicação do 3º. Batalhão de Polícia Militar cita, para justificar essa performance, “a experiência e conhecimento técnico de seu comandante, que nos últimos anos ascendeu na hierarquia dentro da Polícia Militar, comandando unidades da região como Rio Brilhante e também forças especializadas dentro do Batalhão, como Getam, Força Tática, Serviço Reservado, além de chefiar diversas seções da unidade”.

Comentário

O secretário especial de Assuntos Fundiários do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Luiz Antônio Nabhan Garcia recebeu no sábado (11), antes de participar da cerimônia de abertura oficial da 55ª Expoagro, um grupo de diretores do Sindicato Rural de Dourados e dezenas de produtores rurais da região que tiveram as áreas invadidas por índios.

Durante o encontro, os produtores e a diretoria do sindicato trataram sobre os conflitos fundiários e agrários que afligem a região. Na oportunidade, os produtores de Dourados, Caarapó e outros municípios da região falaram sobre a falta de segurança em suas propriedades, já que vivem expostos a riscos de invasões e muitas vezes os órgãos de segurança não atuam no momento e da forma necessária.

O secretário Luiz Antônio Nabhan ouviu as reivindicações apresentadas pelo grupo e falou sobre a condução dos trabalhos na Secretaria Especial de Assuntos Fundiários, citando o que já foi feito no pouco período à frente da pasta. O secretário disse também que o Mapa tem buscado tratar deste assunto de forma rápida e efetiva, levando em consideração a segurança jurídica e a aplicação rigorosa da lei.

Comentário

Com a queda na temperatura em Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado decidiu intensificar as ações de mobilização da 5ª edição da Campanha do Agasalho dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul – “Aqueça uma Vida”. A partir desta terça-feira (14), a primeira-dama Fátima Azambuja e o secretário especial, chefe de gabinete do Governador, Carlos Alberto de Assis começam a percorre os órgãos estaduais para mobilizar os servidores. A expectativa é superar a arrecadação do ano passado e chegar nas 32 mil peças.

Responsável pela organização da campanha, o secretário Carlos Alberto de Assis destaca que a participação dos servidores públicos reflete o espírito de solidariedade, humanização e respeito ao próximo, presentes nesta gestão do Governo de Mato Grosso do Sul. “Nas duas últimas edições organizamos ações de mobilização e o resultado foi surpreendente. Seria ótimo se, nesta reta final da campanha, todas as secretarias se mobilizassem para o seu dia D”, sugeriu.

Para a primeira-dama, a mobilização dos servidores aquecerá diversas pessoas e famílias atendidas por entidades voltadas a ações filantrópicas. “Este já é o quinto ano da nossa campanha. O ano passado foi um sucesso e tenho certeza que este não será diferente. Faremos o repasse dos agasalhos para igrejas e instituições de caridade, com base nos pedidos que recebemos”, explica.

Apesar de ser uma campanha dos servidores públicos do Estado, toda sociedade pode participar levando as doações a uma das secretarias, fundações e autarquias. A campanha foi antecipada pelo Governo do Estado para que a triagem e as entregas possam ser realizadas antes da chegada do inverno que começa no mês de junho. Podem ser doadas roupas, cobertores e agasalhos novos ou usados, desde que estejam em bom estado de conservação.

Comentário

Familiares de reeducandos custodiados na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) participaram, no começo do mês, de ações educativas como parte do projeto “Prisões Livres da Tuberculose” (Fiocruz/Ministério da Saúde/Depen). A inciativa também serviu para orientar sobre a gripe em ações planejadas e articuladas com a Divisão de Saúde da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul).

A ação, articulada com a Coordenação do Programa de Imunizações e do Programa de Controle da Tuberculose do município de Dourados, e participação de acadêmicos de medicina da UFGD, que integram a Liga de Infectologia, contou com a participação de 11 acadêmicos.

De acordo com a apoiadora institucional do projeto no MS, enfermeira Marli Marques, durante as abordagens os familiares foram sensibilizados sobre a vacina BCG aos recém-nascidos, proteção de formas graves e tempo de proteção, havendo necessidade da atenção de todos para o quadro de tuberculose, devido aos riscos decorrentes do contato com doentes, sem tratamento, além dos riscos de levar a doença para os internos, bem como, trazer a doença para fora do estabelecimento penal.

Em relação à gripe, o foco na abordagem foi a vacinação. Todos os grupos eleitos à vacinação foram abordados (idosos, gestantes, crianças menores de 6 anos, puérperas) e questionados sobre a dose necessária. Surpreendentemente a maioria dos abordados não haviam tomado a vacina, uma gestante disse desconhecer a necessidade da vacina, porém comprometeram-se a ir aos postos de vacinação o mais breve possível.

Além disso, também foi esclarecida a importância da vacinação para os grupos alvos da campanha, sobre o risco de levar a doença aos internos que ainda não receberam a vacina, bem como, trazer a doença para a comunidade favorecendo a propagação da doença e risco de complicações, visto a baixa cobertura observada entre os abordados na fila para visita.

Assim como as ações educativas, também foram desenvolvidas atividades lúdicas oferecendo recursos para desenhos e pintura, com o objetivo de entreter as crianças durante abordagem das mães e até a entrada na unidade penal. “Fomos muito elogiados sobre a atividade e recebemos convite para retornarmos novamente com essa ação, além de sugestões das crianças para uso de outros recursos lúdicos”, explicou Marli Marques.

Aspectos positivos

Ao todo, foram abordados cerca de 500 visitantes, entre adultos e crianças, com orientação sobre as duas doenças pulmonares que estão em foco: a gripe e a tuberculose. A abordagem deu ênfase nos principais sintomas e referente à vacina disponível nos postos de saúde. Com atendimento individualizado, também foi possível oferecer orientações direcionadas para cada caso. Para o público de gestantes além da vacina, outros aspectos do pré-natal e métodos contraceptivos foram abordados. Alguns idosos que rejeitam a vacina também foram identificados e sensibilizados sobre os benefícios da vacina e o risco de complicações após o quadro de gripe.

Comentário

A Prefeitura de Dourados está dando apoio logístico para a realização do 1° Encontro Estadual de Veículos Antigos, iniciativa do Clube do Fusca e Carros Antigos de Dourados, que acontecerá sábado (18) e domingo (19) no estacionamento do Centro de Convenções Antonio Tonnani, na avenida Guaicurus, onde funciona a Secretaria municipal de Desenvolvimento.

O Encontro será aberto às 9 horas de sábado, com recepção aos visitantes. A partir das 15 horas, acontecerá sorteio de brindes e, entre as 16h30 e 22 horas, show com as bandas Carro Velho e Rádio’s 80, com muito rock retrô. O evento prossegue no domingo e tem previsão de encerramento às 11 horas.

De acordo com o empresário Humberto Ayala, presidente do Clube do Fusca e Carros Antigos de Dourados, são esperados aproximadamente 200 participantes, de todo o Mato Grosso do Sul e também dos estados de São Paulo e Paraná e, ainda, do Paraguai.

“Pretendemos fazer um evento agradável, uma grande confraternização. É um evento cultural e filantrópico, sem fins lucrativos; apenas para reunir mesmo os adeptos e colecionadores de carros antigos”, diz Humberto. Não será cobrado ingresso para visitação e nem para assistir aos shows.

Comentário

A Câmara de Vereadores realiza nesta quarta-feira (15), às 17 horas, a sessão especial para julgar o pedido de cassação do mandato do ex-presidente da Casa por dois mandatos, Idenor Machado (PSDB), apontado como um dos mentores das investigações em torno da operação ‘Cifra Negra’, de contratações superfaturadas e pagamento de propinas a outros vereadores. Na quinta-feira (16), a partir do meio-dia, acontece o julgamento conjunto dos vereadores Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB).

Esta semana, último prazo para o desfecho da apuração de escândalos que ainda causam instabilidade nas atividades da Câmara, as Comissões Processantes estão concluindo pareceres para a formatação do relatório final. O advogado Fernando Baraúna encabeça a defesa de Pepa e Cirilo e o ex-presidente da OAB local, Felipe Azuma, de Idenor Machado. Na sessão da Câmara desta segunda (13), manifestantes entregaram documento ao presidente Alan Guedes (DEM), pedindo a cassação dos envolvidos nessas investigações.

cirilo idenor presos

Cirilo e Pepa terão julgamento conjunto e Idenor não conseguiu unificar as sessões

Os vereadores Carlito do Gás (Patriota), como presidente, Jânio Miguel (PR), como relator e o vereador Olavo Sul (Patriota) teriam, inclusive, preparado dois relatórios [um com pedido de cassação, e outro a absolvição] no caso do vereador Pedro Pepa, que tentou ser presidente da Câmara, mas foi preso antes.

Denize cassada

Na terça-feira (5) passada os vereadores votaram a cassação, por unanimidade, do mandato da vereadora Denize Portolann. Ela havia substituído Braz Melo, que também perdeu o mandato, por improbidade cometida quando foi prefeito na década de 80, e teve o mandato cassado depois de ser presa na operação ‘Pregão’ que também levou para a cadeia o ex-secretário municipal de Fazenda, João Fava Neto.

Na audiência de terça passada, a defesa de Denize disse que ela não cometeu crime. “Quem mandava era o secretário de Fazenda”, justificou o advogado Alexsander Niedack. Mas o plenário decidiu pela extinção do mandato da ex-diretora da escola Aurora Pedrozo, com 18 votos e um impedimento (da suplente Lia Nogueira, que passou a ser titular).

Comentário

Pelo menos dez mulheres, pacientes em tratamento oncológico ou que já se curaram do câncer, participam de um projeto desenvolvido por acadêmicos e professores do curso de Fisioterapia da Unigran. O Grupo de Apoio ‘Mulheres em Tratamento Oncológico’ surgiu no final do ano passado, durante ações do Outubro Rosa, em Dourados.

De acordo com a professora Simone Nihues, coordenadora do curso de Fisioterapia, o projeto é desenvolvido por professores e acadêmicos do 7º semestre e atende atualmente dez pacientes. A intenção é levar para as mulheres já curadas ou em tratamento contra o câncer, além de exercícios, um momento de descontração e interação umas com as outras. Durante o encontro são realizadas sessões de drenagem linfática manual para tratamento de linfedema, exercícios em grupo que estimulam a musculatura, oficinas de auto cuidados e literária.

“Nós participamos há oito anos das ações do Outubro Rosa, e no ano passado vimos a necessidade dessas mulheres serem amparadas de alguma forma. Então, na última edição que aconteceu da ação, nós desenhamos o que desejávamos de assistência a essas mulheres e iniciamos nosso projeto, em que todas realizam atividades físicas em grupo, são feitos os atendimentos individuais de acordo com a necessidade de cada mulher”, salienta Nihues.

Quem participa do projeto desde a criação é a dona de casa Lurdes Disperati. Após descobrir um câncer na mama e passar por processos doloridos de quimioterapia e radioterapia, ela encontrou acalento no projeto. “A história de todas que participam do grupo é praticamente a mesma e aqui nós nos ajudamos, dando força uma para a outra. Durante nosso tratamento tudo é muito mais difícil e nem sempre a gente consegue externar em casa o que sentimos, e aqui podemos fazer tudo isso. Para mim esses encontros são fundamentais”, ressalta.

A acadêmica Aylla Maciel Freitas tem 20 anos e está no 7º semestre do curso. Para ela, que participa do projeto desde o final do ano passado, quando ele foi implantado, é um privilégio poder ajudar tantas mulheres que muitas vezes necessitam não só de acompanhamento relacionado à saúde, mas, também de uma boa conversa ou um ombro amigo.

“Para mim, é um privilégio poder participar todas as sextas-feiras deste projeto tão lindo. Eu já tenho contato com a minha futura profissão e aprendo a cada dia mais. São novas experiências, lições de vida, de garra e determinação, além da força de vontade de cada uma das mulheres que atendemos, eu só tenho mesmo a agradecer por esse projeto tão lindo e com a certeza que escolhi a profissão certa para seguir”, afirma Freitas.

No final de cada encontro, depois de todas as atividades corporais realizadas, o momento é de descontração. O trecho de um livro é lido, os temas escolhidos também levam uma palavra amiga. Quem coordena essa atividade é a professora Andreia de Oliveira, literata que colabora com o projeto. Na ocasião, as participantes podem também falar um pouco da vida, dos momentos difíceis e das alegrias e realizações. Os relatos são então transcritos e posteriormente devem virar um livro.

“Nós acreditamos na literatura que humaniza. A palavra que para mim e para tantas outras mulheres é ativadora de sentimentos, então a gente acredita que nessas trocas por meio da leitura literária elas têm um convite de olhar para dentro e ressignificar a dor, a perda e os sentidos. Depois de feita essa leitura, esse grupo maravilhoso de acadêmicos acolhe essas mulheres e gravamos os textos orais, depois eles são transcritos para conseguirmos dar o formato de um livro. Acreditamos que, olhando a história de vida de outras pessoas, podemos entender que a dor não é um privilégio único, a dor é sentida por todos e então o objetivo é que essa narrativa consiga chegar e ativar outras pessoas que estão passando pelo tratamento e entender a história de quem já venceu e está lutando contra essa doença”, finaliza Oliveira.

Os encontros acontecem todas às sextas-feiras, na clínica de fisioterapia da Unigran. Mais informações no telefone (67) 3411-4111. As inscrições são gratuitas.

Comentário

Página 5 de 1300
  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus