Timber by EMSIEN-3 LTD
  • governo abril
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

A Câmara de Dourados aprovou, durante sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (23), o Projeto de Decreto Legislativo de autoria da Comissão de Finanças e Orçamento, que aprova as contas da Prefeitura referente ao balanço geral do exercício de 2012. Em junho do ano passado, os vereadores já haviam aprovado as contas referentes ao balanço de 2011.

Em ambas as situações, segundo divulga a assessoria de comunicação da Câmara, os vereadores analisaram os projetos de acordo com parecer prévio favorável emitido pelo Tribunal de Contas do Estado.

2011 e 2012 coincidem com os dois primeiros anos do ‘mandato tampão’ cumprido pelo ex-prefeito Murilo Zauith, que assumiu o comando do Município após o escândalo político que levou para a cadeia, no final de 2010, os ex-prefeito e vice e o então presidente da Câmara com mais oito vereadores, apontados como envolvidos nas investigações da operação ‘Uragano’ da Polícia Federal.

Murilo foi eleito em eleição extemporânea realizada no dia 6 de fevereiro de 2011, e tomou posse no final do mesmo mês, liderando uma coalisão de 15 partidos, incluindo o PT, de quem escolheu para vice a então administradora hospitalar Dinaci Ranzi. No ano seguinte, em 2012, concorrendo em eleições diretas, o ex-prefeito obteve mais de 70% dos votos para o mandato que cumpriu até dezembro de 2016.

Comentário

O Núcleo de Educação Física e Esporte Escolar da Semed (Secretaria municipal de Educação) realiza, nesta terça-feira (24), a partir das 19 horas, o programa de recepção aos professores concursos e que tomaram posse entre os dias 17 a 20 deste mês para comporem o quadro efetivo da Reme (Rede Municipal de Ensino) em Dourados.

O evento, que pretende reunir em torno de 380 novos professores do Município, consta de palestra com o professor Valdir Pereira, sobre o tema ‘O relacionamento interpessoal como fator de sucesso’. De acordo com a coordenadora do Núcleo, professora Mariza Araújo, essa atividade visa a promoção de um ambiente de acolhimento favorável ao ingresso desse grupo na Reme.

Comentário

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca nesta terça-feira (24) nos gabinetes e também nos apartamentos funcionais do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e do senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional da legenda.

O mandado foi autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). A operação foi deflagrada em conjunto com a PGE (Procuradoria Geral da República). A PF também cumpriu mandado de prisão contra o ex-deputado Márcio Junqueira, de Roraima. Ele foi preso em Brasília.

As investigações apuram uma suposta tentativa de obstrução de Justiça. De acordo com investigadores, Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira são suspeitos de comprar o silêncio de um ex-assessor do senador que vem colaborando com a Justiça. O assessor detalhou que recebia o pagamento em espécie e quem repassava o dinheiro era o ex-deputado Márcio Junqueira.

Segundo investigadores, o ex-assessor colabora com diversas investigações no âmbito da Lava Jato e teria sido ameaçado de morte. Por conta das ameaças, ele foi incluído no programa de proteção à testemunha, segundo publica reportagem do portal G1.

Comentário

O índice de intenção de investimento do empresário industrial de Mato Grosso do Sul apresentou em abril o melhor resultado dos últimos quatro anos, alcançando 61,8 pontos e indicando crescimento de 4,5 pontos sobre março, quando o resultado foi de 57,3 pontos, conforme a Sondagem Industrial realizada pelo Radar Industrial da Fiems.

Na prática, esse resultado é 14,5 pontos maior que a média obtida para o mês de abril nos anos de 2014, 2015, 2016 e 2017, lembrando que o índice varia de zero a 100 pontos e, quanto maior o índice, maior é a intenção de investir. De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o índice de expectativa do empresário industrial também foi positivo.

“A demanda marcou 58,3 pontos, sinalizando expectativa de aumento para os próximos seis meses a partir de abril, enquanto em relação à contratação de empregados o índice marcou 53,1 pontos, indicando expectativa de estabilidade nos próximos seis meses. Já em considerando a exportação o índice marcou 55,2 pontos, demonstrando expectativa de aumento nos próximos seis meses a partir de abril”, detalhou Ezequiel Resende.

ICEI elevado

Em abril, o ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) de Mato Grosso do Sul alcançou 57,1 pontos, sendo o melhor resultado para o mês dos últimos quatro anos. O índice alcançado em abril de 2018 é 12,3 pontos maior que a média obtida para o mesmo mês considerando os anos de 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017.

Adicionalmente, todos os componentes do indicador de expectativas permanecem acima da linha divisória dos 50 pontos, sinalizando que para os próximos seis meses devem ocorrer melhoras na economia brasileira, sul-mato-grossense e, principalmente, no desempenho da própria empresa.

“Em relação as condições atuais, em abril, 20% dos respondentes consideraram que as condições atuais da economia brasileira pioraram, no caso da economia estadual, a piora foi apontada por 17,3% dos participantes e, com relação à própria empresa, as condições atuais estão piores para 21,4% dos empresários”, reforçou o economista, completando que, ainda no mês de abril, para 49,3% dos empresários não teve alteração nas condições atuais da economia brasileira, sendo que em relação à economia sul-mato-grossense esse percentual foi de 52,0% e, a respeito da própria empresa, o número chegou a 50,7%.

Por fim, para 24% dos empresários as condições atuais da economia brasileira melhoraram, enquanto em relação à economia estadual esse percentual chegou a 22,7% e, no caso da própria empresa, o resultado foi de 20%. “Já os que não fizeram qualquer tipo de avaliação responderam por 6,7%, 8% e 8%, respectivamente”, pontuou Ezequiel Resende.

Expectativas

As expectativas para os próximos seis meses a partir de abril aponta que 6,7% dos respondentes disseram que estão pessimistas em relação à economia brasileira. Em relação à economia estadual, o resultado também alcançou 6,7% e, quanto ao desempenho da própria empresa, o pessimismo foi apontado por 5,4% dos empresários.

Os que acreditam que a economia brasileira deve permanecer na mesma situação ficou em 45,3%, sendo que em relação à economia do estado esse percentual alcançou 46,7% e, a respeito da própria empresa, o número chegou a 36,0%. Por fim, 42,6% dos empresários se mostraram confiantes e acreditam que o desempenho da economia brasileira vai melhorar.

Já em relação à economia estadual, esse percentual chegou a 41,3% e, no caso da própria empresa, 53,3% dos respondentes confiam numa melhora do desempenho apresentado. Os que não fizeram qualquer tipo de avaliação das expectativas em relação à economia brasileira, estadual e do desempenho da própria empresa responderam igualmente por 5,3%.

Produção industrial

A produção industrial avançou de forma mais intensa e disseminada no mês de março, com o índice de evolução da produção industrial marcando 52,1 pontos, crescimento de 3,9 pontos em relação a fevereiro. “O resultado indica que a maior parte das empresas estão com produção estável ou crescente. O levantamento apontou que 46,7% das empresas indicaram estabilidade na produção, enquanto 30,7% disseram que a produção aumentou na passagem de um mês para o outro, fazendo, assim, o indicador ultrapassar a linha divisória dos 50 pontos pela primeira vez no ano”, disse Ezequiel Rezende.

Ele acrescenta que a capacidade ociosa diminui novamente, pois, para 29,3% dos respondentes, a utilização da capacidade instalada esteve abaixo do usual para o mês de março, porém, em fevereiro, esse número era de 34,7%. “Essa melhora se refletiu do índice de avaliação do uso da capacidade instalada, com o resultado alcançando 44,1 pontos contra 43,2 no mês anterior. Por fim, a ociosidade média da capacidade instalada em março ficou em 26%, contra 31% no mês de fevereiro”, analisou.

O economista destaca que o ano começa com a situação financeira ainda longe do ideal, mas com melhora na comparação com 2017. “De um modo geral, os empresários industriais de Mato Grosso do Sul se mostraram insatisfeitos com a margem de lucro operacional de suas empresas no primeiro trimestre deste ano, com o indicador alcançando 41,8 pontos. Comportamento semelhante foi verificado em relação às condições de acesso ao crédito e situação financeira geral da empresa, com os indicadores alcançando 36,7 e 44,2 pontos, respectivamente”, informou.

Comentário

Entre as ações de modernização das instalações e a adequação aos novos dispositivos legais, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul está executando um projeto de acessibilidade para o Palácio Guaicurus, onde funciona a sede administrativa do Poder. Nas etapas anteriores desta modernização, a ALMS já concluiu a reforma das redes elétrica e lógica, a substituição do forro e readequação dos espaços internos.

Para o primeiro secretário, deputado Zé Teixeira (DEM), as barreiras arquitetônicas acabam discriminando as pessoas com deficiência. "O Palácio Guaicurus tem mais de 30 anos. Foi construído quando ainda não se pensava em acessibilidade. Por isso, nós consideramos urgente e indispensável a adaptação desta Casa de Leis para acolher todos os portadores de deficiência. Já temos um projeto e estamos implantando as alterações necessárias dentro de um cronograma", confirmou.

A execução do projeto, que teve versão final entregue no começo deste ano à equipe técnica da Casa de Leis, já foi iniciada. “Para o prédio da ALMS, existe a NBR 9050 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que determina que dentro da acessibilidade devemos atender os corredores, por exemplo, para que as cadeiras de roda possam transitar. Como os corredores aqui já atendem bem, tivemos que fazer uma adaptação razoável dentro das expectativas”, disse Guilherme Donadelli, engenheiro da ALMS.

Guilherme também falou sobre quais adaptações já foram concluídas. “Dentro do projeto houve a adequação do balcão da recepção, que agora conta com altura regulável, além do Plenarinho, onde instalamos uma rampa de acessibilidade para a Mesa Diretora, e também houve um rebaixo nas mesas para que um cadeirante possa ficar no mesmo nível de uma cadeira normal”, explicou.

Já o arquiteto do Parlamento, Neder Schabib, diz quais serão os próximos passos da adaptação. “Iremos instalar o piso tátil, garantir acesso e espaço reservado aos cadeirantes no Plenário Júlio Maia, e finalizar as plataformas de elevação ao púlpito e à escada. Atualmente estamos em fase de levantamento de custos destas etapas”, complementou.

Comentário

Com o anúncio, pela assessoria de comunicação, em nota breve distribuída no começo da manhã, a Câmara de Vereadores de Dourados informa que “devido ao feriado da próxima semana”, vai antecipar a sessão ordinária para hoje (24), a partir das 18h30.

Segundo ainda o comunicado, durante a sessão, os vereadores apresentarão as proposições e matérias em deliberação, além dos projetos em pauta.

As sessões ordinárias acontecem sempre às segundas-feiras a partir das 18h30, no Plenário Weimar Torres, e, com esse novo feriadão, os representantes da comunidade só retornarão ao trabalho no dia 7 de maio, já que a sessão seguinte deveria ocorrer no dia 30, véspera do 1o. de maio, por sinal, data dedicada ao trabalhador.

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja entregou, juntamente com a prefeita Délia Razuk e o ministro da articulação política do GovernoTemer, Carlos Marun, as moradias do Residencial Ildefonso Pedroso, em cerimôniaque reuniu mais de mil pessoas na manhã desta segunda-feira (23) em Dourados. No discurso, Azambuja garantiu que, até o final do mandato, em dezembro, terá feito exatas 2845 novas unidades habitacionais na cidade, conforme apurou com a secretária estadual de Habitação, Maria do Carmo Avezani, também presente na solenidade. "Isso mostra uma grande parceria que nosso governo conseguiu construir com a Prefeitura e o Governo Federal”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Construído com investimentos de R$ 32,2 milhões da União, do Estado e do Município, o residencial faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida. As moradias estão localizadas na região Sul de Dourados, com acesso a posto de saúde e ao Ceim (Centro de Educação Infantil), em construção pela Prefeitura. O governador ainda anunciou que “até o final de maio vamos voltar aqui para inaugurar a nova escola em construção aqui pertinho, com 12 salas de aulas,que já começamos a equipar para vocês”, garantiu, recebendo elogios dos participantes da festa.

A parceria entre os governos também foi destacada pela prefeita Délia Razuk: “Se não fosse essa união não conseguiríamos entrar hoje esse conjunto habitacional. Aqui é o resultado do trabalho de muitos”. Ela ainda ressaltou que os apartamentos foram construídos em uma região que passa por um “crescimento acelerado” na cidade e reiterou que se hoje "Dourados é esse grande canteiro dee obras, o resultado é a boa sintonia entre os governos municipal, estadual e federal, porque sem união de esforços ninguém consegue fazer nada", afirmou a prefeita.

“Queremos que vocês sejam muito felizes aqui”, falou o ministro Marun aos beneficiários, antes de percorrer os novos apartamentos, com a comitiva de autoridades. Na unidade onde encontrou uma das contempladas, a zeladora Pedrosa Gomes Canhete, de 47 anos, mãe de dois filhos e que vivia com um aluguel mensal de R$ 450, Marun, Reinaldo e Délia aproveitaram para cumprimentar o filho dela, Wesley, aluno da 7a. série da escola Ramona Pedroso. “É uma sensação maravilhosa ter o que é da gente”, revelou Pedrosa que agora vai investir R$ 90 na prestação do imóvel próprio.

Dois hospitais

Além de assegurar a entrega da unidade escolar que vai atender o Residencial Ildefonso Pedroso, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que dará melhores condições à Saúde de Dourados com mais dois hospitais. “Daqui 15 dias vamos dar ordem de serviço para construção do Hospital Regional da Grande Dourados, que será vizinho do residencial. Será um novo hospital edificado numa parceria da bancada federal, Governo do Estado e Prefeitura Municipal”, anunciou. “Vamos também fazer a abertura do hospital São Luiz. É um hospital que o Governo alugou, que estava paralisado. Ele será exclusivamente para cirurgias eletivas, faremos ali de 300 a 500 cirurgias todos os meses para fazer diminuir as filas de esperas”, confirmou.

Ao final da cerimônia, em entrevista com jornalistas de Dourados, Reinaldo disse que a fila de espera por procedimentos de saúde já esteve em 79 mil pessoas. "Com a Caravana da Saúde, conseguimos reduzir em mais de 50 mil atendimentos essa fila, agora vamos abrir uma nova frente para zerar o que ainda resta", garantiu.

 

Comentário

A duquesa de Cambridge Kate Middleton e o príncipe William deixaram a maternidade na tarde desta segunda-feira (23), em Londres, para mostrar o 3º filho do casal e, logo em seguida, seguiram para casa. O menino, que nasceu com 3,8 kg, é o 5º na linha de sucessão da coroa britânica. O nome dele ainda não foi divulgado.

Kate foi hospitalizada, já em trabalho de parto, nesta manhã levando a imprensa e admiradores para a porta do hospital St. Mary, em Paddington. O príncipe William, que acompanhou o parto, chegou a deixar a maternidade por algum tempo para buscar o príncipe George e a princesa Charlotte para que conhecessem o irmão,como publica o portal G1.

No Reino Unido, o nome do novo bebê real é motivo de muita especulação. Quando George Alexander Louis e Charlotte Elizabeth Diana nasceram, seus nomes foram anunciados dois dias após Kate dar à luz. Os favoritos para um menino nas casas de aposta são Arthur, Albert, Frederick e Philip. São nomes que prestam homenagem a diferentes membros da própria família real. Philip, por exemplo, é o nome do avô de William, marido da Rainha Elizabeth II.

Comentário

A imagem de uma rã gigante, pendurada em uma corda, que circulou nos grupos de mensagens virtuais, no começo do mês, acompanhada de áudios em que supostos pescadores da região do pantanal de Porto Murtinho, na divisa com o Paraguai, afirmavam que o animal pesava 92 quilos e media quase um metro e sessenta, é uma invenção da internet.

Mesmo assim, o assunto virou notícia nacional. A edição do programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou neste domingo (22) as imagens e os áudios no quadro Detetive Virtual e checou junto a especialistas no assunto que o caso da rá gigante é mais uma mentira desses tempos de fakenews.

Acompanhe aqui

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja participa, na manhã desta segunda-feira (23), junto com o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, da entrega dos apartamentos construídos do residencial Ildefonso Pedroso, em Dourados. O governador ainda vai visitar Jateí e Vicentina.

O projeto habitacional foi executado por meio de parceria firmada entre os governos estadual e federal e a Prefeitura de Dourados, pelo Programa Minha Casa Minha Vida. As obras tiveram início em junho de 2015 e o investimento totalizou R$ 32.2 milhões. O residencial conta ainda com posto de saúde e Centro de Educação Infantil.

Além de R$ 1.686.99,39 da contrapartida, o Governo do Estado investiu mais R$ 351.523,21 para assegurar a ligação das moradias à rede de esgoto e construção de uma estação elevatória. O governo estadual também executou obra de drenagem, aplicando R$ 228.254,76.

Comentário

Página 4 de 896
  • mistura
  • unigran pos

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus