Timber by EMSIEN-3 LTD
Douranews - Dourados
Redação Douranews

Redação Douranews

Está em tramitação na Câmara de Dourados o Projeto de Lei 66/2016, apresentado pelo vereador Elias Ishy (PT), visando coibir a prática de trotes ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Dourados. O projeto estabelece a aplicação de multa de R$ 1.000 ao proprietário da linha telefônica por cada trote realizado, valor que será dobrado em caso de reincidência. As ligações feitas de telefones públicos comporão um levantamento de incidência geográfica.

Conforme dados divulgados pelo Samu de Dourados, de janeiro a dezembro de 2015 foram registrados 15.142 trotes. Em agosto foram 1.806 ligações falsas, o maior índice em um único mês.
“Nosso intuito é conscientizar a população sobre os imensos prejuízos causados pelos trotes telefônicos. São prejuízos financeiros, por causa do deslocamento das equipes, e humanitários ao fazer com que um atendimento prioritário deixe de ser feito com a devida rapidez, podendo levar à morte de pacientes”, afirmou Ishy.

De acordo com o projeto de lei, ao se constatar o trote, o número do telefone será registrado e os relatórios serão encaminhados às empresas de telefonia para informarem os nomes dos proprietários, sendo posteriormente notificados e multados por órgão competente. Ishy destaca o exemplo do município de Goiânia, em que lei semelhante entrou em vigor em maio passado e, apesar do pouco tempo, já surtiu efeito, com queda de 90% no número de trotes. Com assessoria

Comentário

O Sete de Dourados conheceu neste domingo (26) a primeira derrota no Campeonato Brasileiro da Série D. Jogando fora de casa, o time douradense teve dois jogadores expulsos e foi derrotado por 1 a 0 para o Anápolis. Mesmo com a derrota, o Sete segue na liderança do Grupo A11 com seis pontos e um a mais que o Anápolis. Luziânia-DF e Sinop-MT tem apenas dois pontos, como publica a GazetaMS.

O Sete começou o jogo com a mesma formação da vitória sobre o Sinop na rodada passada. Sem contar com o volante Altino e o atacante Johnny, o time passou a primeira etapa tocando bem a bola e tentando jogar nos erros do rival. Pressionado em busca do primeiro triunfo, o Anápolis errava muitos passes e praticamente não assustou o gol de Fernando Hilário.

O Anápolis voltou para o segundo tempo com duas mudanças no ataque: Marinho Donizete e o jovem Pedro Henrique. As alterações deram resultado: o time pressionou em busca do primeiro gol, mas esbarrou em mais uma boa atuação do goleiro Fernando Hilário.

Chiquinho Lima lançou Maranhão no lugar de Juninho Cearense em busca de explorar a velocidade nos contra-ataques. Aos 32 minutos, Mário Lúcio foi expulso após tomar o segundo amarelo ao retardar a cobrança de lateral, e quatro minutos depois, aos 36 minutos, de tanto martelar, o time casa chegou ao gol. Pedro Henrique recebe na grande área e bateu na saída de Fernando Hilário para fazer o primeiro gol do vice-campeão goiano nesta Série D. Nos acréscimos, o volante Eduardo Arroz também recebeu o cartão vermelho e será desfalque na próxima rodada.

O Sete de Dourados volta a jogar no estádio Douradão contra o mesmo Anápolis-GO, domingo (3) às 15 horas e os ingressos já estão a venda nas lojas Camisa 10, Salim Esportes, Esporte Show e no Quiosque do Sete no Shopping Avenida Center, de acordo com a publicação esportiva.

Comentário

Atendendo solicitação dos moradores da rua Gasparina de Matos Carvalho, da Vila Erondina II, o vereador Silas Zanata (PPS) solicitou da Prefeitura de Dourados o serviço de cascalhamento naquela via, haja vista que o serviço feito anteriormente ficou prejudicado pelas chuvas que caíram na cidade recentemente. Agora, a Secretaria de Infraestrutura deslocou uma equipe para atender a demanda e foi feito novo cascalhamento naquela rua.

Silas Zanata ressalta que o prefeito Murilo Zauith (PSB) tem trabalhado para dar condições de trafegabilidade para as ruas da cidade, bem como as estradas dos distritos das regiões de produção agrícola e pecuária. “Temos solicitado atenção da Prefeitura e a resposta do poder público, na medida do possível, tem sido positiva. O prefeito Murilo tem se prontificado a nos ouvir e a nos atender”, disse o vereador.

Silas Zanata explica que o patrolamento de ruas é muito importante, enquanto não chega o asfalto, para garantir boas condições de tráfego. Quanto ao esgoto a céu aberto nas ruas Gasparina de Matos e Manoel Pereira da Costa, ele justifica que somente uma revisão na rede coletora irá sanar o grave problema. Com assessoria

Comentário

O Ministério da Educação divulga nesta segunda-feira (27) o resultado da segunda chamada do Prouni (o Programa Universidade para Todos). Os estudantes pré-selecionados têm até o dia 1º de julho para apresentar nas instituições de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas na hora da inscrição.

O Prouni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Serão ofertadas, no segundo semestre deste ano, 125.442 bolsas - 57.092 integrais e 68.350 parciais, de 50% - em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior.

O resultado será divulgado na página do Prouni . Cabe ao candidato verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação. Aqueles que não forem selecionados podem ainda participar da lista de espera, de 8 a 11 de julho.

A lista dos documentos necessários está disponível na internet. O estudante é selecionado quando a documentação é aprovada, conforme destaca reportagem do portal Terra.A lista dos documentos necessários está disponível na internet. O estudante é selecionado quando a documentação é aprovada, conforme destaca reportagem do portal Terra.

Comentário

Em indicação ao prefeito Murilo Zauith (PSB) e ao secretário de Saúde Sebastião Nogueira, o vereador Cirilo Ramão (PMDB) solicitou estudos e providências para a criação de um programa municipal, na área de saúde, visando ao atendimento específico de pessoas com idade acima de 60 anos.

“O idoso demanda por cuidados especiais e é justamente na fase mais avançada de sua idade que o cidadão é acometido por inúmeras enfermidades, sem que, todavia, tenha acesso facilitado ou priorizado na rede pública de saúde”, justifica o vereador, salientando que a criação de programa específico de atendimento ao idoso, tem o mérito de não só priorizar o idoso, mas as especialidades mais demandadas por este tipo de público. “Nem é preciso dizer que desafogará outros estabelecimentos de saúde que são procurados por este grupo de paciente”.

Para Cirilo, a segmentação na área da saúde não é apenas uma tendência passageira, mas a afirmação de uma estratégia que tem dado certo.
Doenças ocupacionais

O vereador também indicou, ao prefeito e à secretária de Educação Ilda Miya Kudo Sequia, a instituição de política municipal de prevenção às doenças ocupacionais que acometem os professores e demais profissionais da área de educação.
Ele justifica que estudos apontam a ocorrência comum de doenças relacionadas ao exercício da profissão do educador que acometem a coluna, processos alérgicos, problemas com a voz, assédio moral, a síndrome de Burnout, agressão física dentro da escola e além de outras de cunho emocional.

E reforça que a Unesco, a OIT e a OMS destacam a necessidade da melhoria das condições de trabalho como condição prioritária para o desenvolvimento do processo de aprendizagem. Com assessoria

Comentário

O Chile segurou a Argentina durante 120 minutos e explodiu após a cobrança de pênalti de Francisco Silva, que significou o bicampeonato da Copa América. O desfecho semelhante ao de 2015, no Chile, levou Eduardo Vargas ao delírio. Artilheiro da competição - com seis gols marcados -, o camisa 11 não escondeu a felicidade ao fim da decisão e revelou ter um gosto especial bater a Argentina.

Em entrevista ainda no gramado, Vargas elogiou o adversário deste domingo (26) e comparou a conquista nos Estados Unidos com o título em casa na última edição do torneio. “É uma grande conquista, especialmente contra a Argentina, que é uma seleção excelente a nível mundial. É lindo ganhar deles. Sei que ganhar em casa é especial, mas aqui também teve um gostinho diferente, até porque tudo parecia ser favorável a Argentina”, disse.

Campanha

O vice-campeonato da Argentina na Copa América Centenário, mais uma vez diante do Chile, ficou em segundo plano depois que Messi resolveu anunciar a aposentadoria da seleção. O "Olé", principal diário esportivo do país, deixou de lado o restante da seleção e dedicou toda a capa nesta segunda-feira (27) à dor do camisa 10, que cobrou pênalti para fora e perdeu a quarta final pelo time nacional. A publicação aproveitou para levar para o papel a campanha que iniciou nas redes sociais - "Não se vá!" - logo depois do anúncio feito por Messi, pedindo que o astro volte atrás na decisão de não vestir mais a camisa da seleção argentina. "Leo, tem que ter revanche", diz a capa do jornal. Com informações do G1

Comentário

As equipes de emergência do aeroporto de Cingapura resgataram 241 pessoas de um avião da companhia aérea Singapore Airlines que teve que realizar uma aterrissagem de emergência e pegou fogo.

O avião partiu na madrugada desta segunda-feira (27) do aeroporto de Changi, com destino a Milão (na Itália), mas retornou a Cingapura após duas horas e meia ao ser detectado um vazamento de combustível, segundo o "Channel News Asia".

Assim que o avião pousou, um dos motores começou a pegar fogo, mas a pronta reação das equipes de emergência conseguiu apagar o incêndio antes que se espalhasse ao longo da asa.
Os 222 passageiros e 19 tripulantes a bordo foram resgatados e as autoridades aeroportuárias do país abriram investigação para determinar as possíveis causas do incidente, segundo reproduziu o G1.

Comentário

O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores Delúbio Soares e o pecuarista José Carlos Bumlai vão participar de uma acareação nesta segunda-feira (27), em virtude de um processo da Operação Lava Jato. Bumlai participará por videoconferência por São Paulo e Delúbio em Curitiba, na Justiça Federal.

A acareação foi um pedido da defesa de Delúbio Soares. Ele nega a narrativa de Bumlai de que o ex-tesoureiro tenha participado de reunião em que foi negociado empréstimo de R$ 12 milhões do Banco Schahin para Bumlai. Segundo o pecuarista, o destinatário final era o PT.

Antes da acareação, Bumlai será ouvido pelo juiz Sérgio Moro como testemunha de acusação em um processo que tem Delúbio como um dos réus. Delúbio é acusado de lavagem de dinheiro em processo que envolve mais oito pessoas.

Comentário

Os jogadores de Santos e São Paulo chegaram juntos ao Pacaembu, em ação pela paz, mas os alvinegros não imaginavam que Denis, goleiro tricolor, fosse levar a ideia tão a sério. Aos 41 segundos, ele não conseguiu defender finalização de Thiago Maia e deixou Vitor Bueno concluir sozinho. Foi o primeiro gol da vitória por 3 a 0. Rodrigão aumentou ainda no primeiro tempo, e Lucas Lima, de falta, ampliou no final.
O jogo se decidiu em 41 segundos. No primeiro lance, Lucas Lima recuperou a bola no meio-campo. Dele para Gabriel, cruzamento para Thiago Maia no segundo pau, finalização e frango de Denis, que não espalmou nem defendeu, apenas ajeitou a bola para Vitor Bueno abrir o placar.

Daí para frente, o mérito do São Paulo foi não se desorganizar, e até criar algumas chances, em bolas paradas e chutes de fora da área, mas o Santos, num coletivo muito aprimorado, se aproveitou das péssimas atuações dos laterais tricolores, Caramelo e Matheus Reis. Em lance de Lucas Lima e Victor Ferraz, pela direita, Rodrigão aproveitou cruzamento e fez 2 a 0.

No segundo tempo, o São Paulo conseguiu neutralizar as tabelas do Santos pelas laterais, e voltou a desperdiçar chances em bolas paradas, com boas participações de Vanderlei. Mais pegado, o clássico teve desentendimentos, quase sempre com Lucas Lima e Calleri envolvidos. O atacante argentino, inclusive, desarmou o goleiro Vanderlei e faria o gol, mas o árbitro Raphael Claus acertou ao marcar falta, que exigiu longo atendimento ao camisa 1 santista.

Claus voltaria a ter trabalho no fim. Ele deu falta de Lugano em Gabriel e cartão amarelo para o uruguaio, que reclamou demais. Lucas Lima bateu com perfeição. O zagueiro do São Paulo voltou a chiar e, expulso, viu os minutos finais do vestiário. O Santos agora ocupa a terceira colocação no G4 e o São Paulo permanece em décimo na tabela, conforme aponta o Globoesporte.com, e, depois do outro clássico da rodada, que teve vitoria do Fluminense sobre o Flamengo por 1 a zero, o Palmeiras é o líder isolado da Série A. Veja aqui

Comentário

A Tocha Olímpica chegou atrasada, mas chegou fazendo barulho. Com mais de uma hora e meia de atraso [o horário previsto para início do revezamento era às 16 horas], o comboio do Comitê Olímpico Brasileiro, seguramente protegido por batedores da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal), da PM (Polícia Militar), Guarda Municipal e Agetran, e escoltado pelos carros dos patrocinadores oficiais, a tocha chegou na rotatória da Reserva Indígena às 17h23, onde era aguarda com ansiedade por centenas de indígenas e populares, misturados a alguns manifestantes com cartazes “Temer jamais” e “Estado assassino”, além dos dois condutores oficiais da comunidade: os professores Rocleiton Flores e Edna de Souza.

Até que o fogo olímpico apontasse na última curva antes da rotatória, pela rodovia MS 156, os condutores permaneceram na viatura dos patrocinadores, concedendo entrevistas a emissoras nacionais e regionais e, ao deixar o carro, foram paparicados pelos ‘patrícios’, todos em busca de um flash ou uma seflie para “mandar pros meus amigos”, como disse o estudante da 4ª série Igor Bogarin, de 15 anos, esperando de bicicleta pelo melhor momento de registrar a ocasião. Ainda teve uma manifestante tentando apagar a tocha em poder de Rocleiton, mas o líquido jogado de uma garrafinha de água mineral só molhou a camiseta do rapaz.

Veja momentos de tensão pré-tocha

Manifestantes, ligados aos chamados movimentos sociais de Dourados, entre eles alguns estudantes universitários, todos não índios, aproveitaram a ocasião para estender faixas contra os conflitos recentes entre indígenas e produtores rurais na região de Caarapó, que resultou na morte de um índio dentre os integrantes da aldeia Tey-Ku-ê, que ocuparam a fazenda Yvu. Houve confronto com lideranças indígenas. Celso Mamede, de família tradicional na aldeia Jaguapiru, reagiu com energia: “Não permitimos que venham tentar estragar essa festa bonita que vai começar por aqui”, afirmou. O líder desportisa Kaxé, de 59 anos, disse que “esse é um momento de festa para o esporte e a saúde, contra as drogas e a violência”.

Rocleiton é irmão do professor e diretor da escola indígena Pai Chiquito, que morreu no ano passado, vítima de enfarto quando vinha se destacando entre os membros da delegação do Estado que iria disputar os Jogos Mundiais Indígenas em Tocantins; e Edna é filha do cacique Marçal de Souza, o primeiro e mais destacado líder das comunidades no enfrentamento pela soberania das terras indígenas, morto assassinado na década de 90.

Depois de percorrer parte da rodovia MS 156, a tocha chegou ao Parque dos Ipês, onde foi entregue para a professora Noemi Ferrigolo, da Unigran, primeira a iniciar o percurso na área urbana. Dali em diante, a cada 200 metros o revezamento tinha um entre os 81 condutores selecionados, e sempre bastante gente nas laterais das ruas por onde passou até chegar na praça Antônio João. A tocha permanece na noite deste domingo em Dourados e pela manhã desta segunda (27) segue para São Paulo, via Presidente Prudente.

Comentário

Página 1647 de 1688
  • disk corona
  • full house
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis