Timber by EMSIEN-3 LTD
Douranews - Dourados
Redação Douranews

Redação Douranews

O índice relativo à produção industrial sul-mato-grossense registrou uma pequena melhora no mês de maio em relação a abril, marcando 46,8 pontos contra 42,7, conforme a Sondagem Industrial realizada pelo Radar Industrial da Fiems junto às empresas estaduais. “Esse índice indica que na passagem de um mês para o outro houve diminuição do número de estabelecimentos com queda na produção. O resultado em maio apontou que 36,4% das empresas apresentaram queda na quantidade produzida, contra 41,1% em abril, enquanto os estabelecimentos que apresentaram crescimento aumentaram de 10% para 19,5%”, analisou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende.

Ainda de acordo com a Sondagem Industrial, segue elevado o nível de ociosidade da indústria, já que para 52% dos respondentes a utilização da capacidade instalada esteve abaixo do usual para o mês. “Já o índice ficou em 37,1 pontos em maio e segue muito abaixo do patamar considerado adequado para o período, que é alcançado quando o indicador se situa em torno dos 50 pontos. Por fim, a ociosidade média em maio foi de 39%, contra 38% em abril”, informou Ezequiel Resende.

Além disso, o pessimismo recuou e as expectativas melhoram, tendo melhora expressiva, principalmente, em relação às expectativas quanto à demanda e quantidade exportada com os indicadores, avançando 8,6 e 11,5 pontos, respectivamente. “Tal desempenho fez com que as variáveis citadas se situassem acima da linha divisória de 50 pontos, ou seja, mostrando perspectiva de aumento nos próximos seis meses. Por fim, de um modo geral, os índices mostraram melhora no ânimo dos empresários, com todas as variáveis analisadas registrando crescimento na comparação mensal.

Confiança

O ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) em Mato Grosso do Sul aumentou pelo segundo mês consecutivo em junho, alcançando 46,1 pontos, crescendo 5,7 pontos na comparação com o mês anterior e acumulando variação de 6,8 pontos nos dois últimos meses. “Adicionalmente, é importante ressaltar, esse foi o melhor resultado dos últimos 23 meses. Contudo, o índice permanece abaixo dos 50 pontos, o que significa que o empresário ainda registra falta de confiança, embora cada vez menos intensa”, explicou o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems.

Ele reforça que, considerando os componentes do ICEI/MS, como as condições atuais e expectativas, há crescimento em ambos na comparação mensal - 4,5 pontos em condições atuais e 6,8 pontos em expectativas. “O destaque que o índice de expectativas passou de 45,4 pontos em maio para 52,2 pontos em junho, ou seja, indica expectativa positiva do empresário para os próximos seis meses”, acrescentou.

Em junho, para 69,8% dos respondentes as condições atuais da economia brasileira pioraram, enquanto no caso da economia estadual, na mesma comparação, a piora foi apontada por 64% dos participantes e, com relação à própria empresa, as condições atuais estão piores para 46,8% dos respondentes, sendo que para 45,5% elas não se alteraram.

Expectativas

Para os próximos seis meses, 31,2% dos respondentes mostraram-se pessimistas em relação à economia brasileira, enquanto no caso da economia estadual o pessimismo foi apontado por 29% dos participantes da pesquisa e, em relação ao desempenho da própria empresa, considerando os próximos seis meses, 15,6% dos respondentes mostraram-se pessimistas, patamar já distante aos dos que acham que a situação permanecerá igual, que chegou a 42,9%, e também dos que estão confiantes, que está em 39%.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems destaca ainda que intenção de investimento permanece baixa. “O índice de intenção de investimento do empresário permanece baixo, mas aumentou 2,4 pontos na passagem de maio para junho. Com o aumento, o indicador alcançou 38,1 pontos e, adicionalmente, é importante ressaltar que a parcela dos empresários que pretendem investir nos próximos seis meses aumentou para 32,9%, contra 26,7% do último levantamento”, finalizou.

Comentário

A ex-secretária municipal de Educação Marinise Mizoguchi vai assumir sexta-feira (1), às 15 horas, em evento aberto ao público agendado para acontecer na sede social do Clube Nipônico, na esquina da rua Weimar Torres com Toshinobu Katayama, no centro da cidade, o comando do PSB Mulher em Dourados. “Sempre gostei de desafios em minha trajetória de vida, quer seja pessoal ou política, e com certeza essa será mais uma missão a cumprir”, definiu ela.

Autoridades políticas, como o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosinha e o prefeito Murilo Zauith, principais lideranças do partido no Estado, além da presidente do PSB em Mato Grosso do Sul, deputada federal Tereza Cristina, são aguardadas para o encontro, que deve reunir mulheres da cidade e dos distritos.

O nome de Marinise vem sendo colocado, também, nas rodas de política, como pré-candidata a vereadora do partido e alternativa para composição nas chapas majoritárias que estão se formando.

Comentário

A Câmara de Dourados realiza nesta terça-feira (28), a partir das 14 horas, a audiência pública “Implementação e fortalecimento das políticas públicas direcionadas à pessoa idosa”. A programação será desenvolvida no Centro de Convivência da Pessoa Idosa ‘Andrés Chamorro’, no Jardim Água Boa.

Propositor da audiência, o vereador Raphael Matos (PMDB) diz que a audiência, aberta à população em geral, tem por finalidade discutir políticas públicas já existentes e como é possível melhorá-las e fortalecê-las, de maneira que a terceira idade possa ter o envelhecimento ativo e saudável.

Raphael Matos lembra que os idosos já representam 14% da população brasileira, e esta é uma questão que merece atenção, uma vez que este número deve aumentar. “Com as recentes mudanças no fator previdenciário, garantir a aposentadoria não é a única preocupação. É indispensável a implementação de políticas públicas específicas que atendam às necessidades das pessoas acima dos 60 anos”, observa o vereador.

O vereador entende, ainda, que é necessário o engajamento, não só dos poderes constituídos, mas de toda a sociedade organizada nesta questão que é de suma importância e extrema relevância social. A audiência terá como palestrante Eduardo Ramirez Meza, vice coordenador do Programa de Direitos Humanos da Pessoa Idosa da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

Comentário

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Mato Grosso do Sul realiza nesta terça-feira (28) no auditório da entidade, às 8h, a Audiência Pública “Aspectos de Efetivação da Atenção Básica e Hierarquização da Saúde no Mato Grosso do Sul”. Foram mobilizados advogados, gestores de saúde do Estado e do Município, promotores de Justiça, defensores públicos e juízes de Direito. A realização é das Comissões de Direitos Humanos e da Saúde da entidade.

De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Christopher Scapinelli, o evento tem por objetivo discutir experiências e projetos para a efetiva descentralização dos serviços de saúde em Mato Grosso do Sul. “Precisamos fortalecer a Atenção Básica e Hierarquização da Saúde, e isso consiste na formação de uma rede de serviços regionais que promova um melhor atendimento para toda a população do estado”, disse.

Ao final da Audiência Pública será elaborado um documento com propostas e observações para o estabelecimento de um marco positivo para a Saúde Pública do Estado, segundo divulga a assessoria da OAB estadual.

Comentário

O presidente da AFA (a Associação do Futebol da Argentina), Luis Segura, renunciou ao cargo nesta segunda-feira (27), segundo a imprensa local. Ele tinha apenas mais dois dias de mandato, mas a saída do cargo escancara a crise na seleção do país, iniciada com a derrota nos pênaltis para o Chile, domingo (26) na decisão da Copa América Centenário, que deixa os ‘hermanos’ com um jejum de 23 anos sem conquistas.

A renúncia vem dias depois de Messi, principal jogador do país, fazer críticas contundentes à AFA. O camisa 10 reclamou de um problema com voo da seleção em Houston, na semana passada, e chamou a federação de 'desastre'. De acordo com a imprensa local, presidentes de clubes da Primeira Divisão da Argentina estariam reunidos no escritório do presidente do Huracán, Alejandro Nadur, para tentar soluções para o futebol do país.

No fim de maio, o governo argentino decidiu intervir no processo eleitoral para a presidência da AFA, devido a uma investigação sobre desvio de recursos do programa do governo de apoio ao futebol no país. Na quinta-feira, a eleição na entidade deveria definir o substituto de Segura.

O secretário-geral da entidade, Damián Dupiellet, ficará como presidente interino até que a situação seja normalizada. A nova eleição deve ser conduzida por um comitê nomeado pela Fifa para administrar a federação, conforme publica o jornal esportivo Lance!.

Comentário

O douradense Lucas Di Dio foi campeão, em dupla com o jogador Giba, do 1° Campeonato Morena Esportes de Squash ‘Othoniel Mato Grosso’, realizado neste domingo (26) no centro esportivo Morena Esportes. Os jogos começaram quarta-feira (22), reunindo dezenas de competidores da Capital, e ainda de Bonito, Naviraí e Dourados.

De acordo com os organizadores do evento, o campeonato teve 82 inscritos. “Um número importante se avaliarmos a timidez do esporte no Estado, não esperávamos essa quantidade, foi uma surpresa muito boa pois nunca houve um campeonato nessas proporções”, disse Leandro Basmage, um dos organizadores do evento, ao jornal O Estado de MS, apoiador da competição na Capital.

Diante do sucesso do primeiro campeonato, os promotores já pensam em viabilizar uma etapa do NSB (Novo Squash Brasil) em Campo Grande. “A ideia é fazer um circuito estadual, quem sabe trazer uma etapa para cá”, comenta Rafael Cafure, sócio e organizador do evento.

Lucas Di Dio, que também chegou entre os finalistas da 3° Classe, conta que entrou para o esporte única e exclusivamente para perder peso, há dois anos e oito meses. Ele, pesava em torno de 100 quilos, hoje pesa 87 e continua progredindo. “Além da integração das cidades, o clima de amizade, e os benefícios são a melhor coisa que esse esporte proporciona, mas melhor mesmo é competir com a capital e ganhar, é claro”, brinca o douradense.

O Squash

Com raquetes e uma bola de borracha em quadra fechada, com medidas aproximadas de 6,4m de largura por 9,75m de comprimento, o objetivo dessa modalidade esportiva é alternar jogadas com o adversário, batendo (com a raquete) a bolinha na parede frontal da quadra. A bola, após bater na parede frontal, pode tocar nas laterais ou na parede de fundo, mas só deve tocar uma vez no chão, quando rebatida. O jogo pode ser classificado como simples, ou em dupla, onde quatro pessoas dividem a mesma quadra em busca da melhor pontuação. Os competidores se organizam em “classes”, começando pela classe principiante, depois 5° classe, 4° classe, 3° classe, 2° classe e 1° classe, onde jogam os melhores, e por fim, as duplas.

Comentário

Dourados recebeu a Tocha Olímpica em ritmo de festa na tarde deste domingo (26) quando, segundo os organizadores, pelo menos 50 mil pessoas acompanharam o trajeto do emblema dos Jogos Olímpicos Rio 2016 ao longo do percurso até à chegada da tocha e acendimento da pira na Praça Antônio João.

O percurso começou na MS 156, na entrada da reserva indígena e terminou na Praça Antônio João, onde foi acendida a chama com a presença de autoridades, como o prefeito Murilo Zauith (PSB), o vice-prefeito Odilon Azambuja (PMDB), o presidente da Câmara de Vereadores, Idenor Machado (PSDB), o juiz presidente do Fórum de Dourados, Waldir Marques, entre outras.

No local, o índio Rocleiton Ribeiro Flores, que é campeão de lançamento de flecha, foi o primeiro a conduzir a chama olímpica em Dourados. Um ônibus conduziu os 81 condutores que subiam e desciam nos pontos de coleta. Um dos momentos marcantes foi o revezamento da tocha com o veterano corredor de rua ‘seo’ Paulino, de 97 anos, que fez o trajeto sob aplausos do público, além de Rosenilda Aoyama, que é cadeirante e participa de equipes de basquete sobre rodas.

Um dos pontos mais movimentados foi no Jardim Água Boa e na Marcelino Pires, onde as pessoas se aglomeraram junto ao meio fio e participaram da animação de fanfarras municipais, baterias das associações atléticas universitárias, apresentações culturais de escolas particulares. Na aldeia indígena, uma equipe de team leaders da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) fez apresentação na rotatória da Aldeia Indígena, onde também tinha parque de diversão itinerante para as crianças. Jornalistas convidados acompanharam as apresentações culturais do Press Trip realizado no começo da tarde no Teatro Municipal.

A chama olímpica chegou na Praça Antônio João por volta das 20 horas, entregue à judoca Camila Gebara, última a conduzir o emblema, que chegou sob aplausos de populares. Com muita emoção e contagem regressiva, ela acendeu a pira olímpica sob os olhares do público. O prefeito Murilo disse estar bastante orgulhoso de Dourados ter recebido esse símbolo maior do esporte mundial. “Quem viu, viu e quem não viu não vai ver mais” declarou ele, na chegada da tocha à Praça Antônio João.

Para o comerciante Marcos Assevel, que foi até a praça acompanhado da esposa e dois filhos, essa foi uma oportunidade única. “Vim por causa dos meus filhos que estavam ansiosos para ver, talvez seja a única vez na vida”, disse.

A professora Cristina Ribeiro também levou os dois filhos para ver a Tocha Olímpica. “É muita emoção, jamais em nossas vidas vamos ver novamente”, comentou.

A professora e poetisa Odila Lange disse que estava muito emocionada em poder ver de perto a tocha. “É um momento histórico para Dourados. É muita emoção ver de perto esse símbolo mundial do esporte”, avaliou.

Após a cerimônia, a tocha pernoitou em Dourados e seguiu na manhã desta segunda-feira (27) para São Paulo, via Nova Andradina e Presidente Prudente.

Comentário

O papa Francisco disse neste domingo (26) que a Igreja deve pedir desculpas aos homossexuais pela forma com que foram tratados todos estes anos. Em conversa com jornalistas a bordo do avião papal, quando voltava de uma visita de três dias à Armênia, Francisco voltou a dizer que se a pessoa "tem boa vontade e que busca Deus, quem somos nós para julgá-la?".

"Os cristãos devem pedir perdão por ter acompanhado tantas decisões equivocadas", disse, quando foi questionado se está de acordo com o cardeal Reinhard Marx, que declarou que a Igreja Católica deve pedir desculpas à comunidade gay por tê-la marginalizado.

“Não só a essa pessoa que é gay e que ofendeu, mas também deve pedir desculpas aos pobres, às mulheres e às crianças exploradas no trabalho. Deve pedir desculpas por ter abençoado tantas armas", acrescentou o religioso. Com informações do Terra

Comentário

Um menino de quatro anos morreu após receber um tiro acidental do irmão dele, de seis anos. O fato aconteceu em New Jersey, nos Estados Unidos, enquanto as crianças brincavam na varanda de casa. As informações são do jornal inglês The Independent, como reproduz o portal Terra.

A criança foi levada ao hospital, mas foi declarada como morta pouco depois. Não se sabe como os irmãos tiveram acesso à arma.

A mãe das crianças, Itiyanah Spruill, de 22 anos, foi presa sob a acusação de por em perigo o bem estar da criança e por violação do porte de armas, e em seguida libertada pelo pagamento de fiança.

Um vizinho afirmou à imprensa local que estavam atordoados com o incidente e o prefeito de East Orange declarou que foi um fato terrivelmente infeliz.

Comentário

Começa a funcionar, a partir das 13 horas desta segunda-feira (27), uma Sala de Vacina instalada na Cidade Universitária. O resultado consolida a parceria entre a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) com a Universidade Federal da Grande Dourados e a Secretaria municipal de Saúde, que informa ser esta a 43a. unidade na cidade.

A inauguração do espaço visa atender a comunidade da Cidade Universitária e reforça o papel do curso de Enfermagem da Uems junto ao público que frequenta o local, entre acadêmicos e servidores de ambas as instituições e população em geral.

O trabalho conjunto com a USU (Unidade de Suporte a Urgência) da UFGD será desenvolvido por meio do Núcleo municipal de Imunização, que têm trabalhado desde o início de 2015 para implantar na Cidade Universitária as ações do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

“A importância da Sala de Vacina num ambiente universitário como o nosso considera o fato de que a população jovem a adulta ainda carece de atenção e políticas mais efetivas de imunizações. Outro aspecto é o campo de prática para os acadêmicos da Enfermagem que, atendendo a população, terão treinamento e aprendizagem", informa Cássia Barbosa, coordenadora do curso de bacharelado em Enfermagem na Universidade Estadual.

Comentário

Página 1646 de 1688
  • disk corona
  • full house
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis