Timber by EMSIEN-3 LTD
  • Unigran vest novo
Redação Douranews

Redação Douranews

Dez posseiros – nove homens e uma mulher – foram assassinados na manhã desta quarta-feira (24) durante uma ação policial de reintegração de posse em um acampamento na fazenda Santa Lúcia, no município de Pau d’Arco, no Pará, segundo informações da CPT (Comissão Pastoral da Terra), braço religioso da igreja católica. A reintegração foi realizada pelas Polícias Civil e Militar do estado.

“O magistrado [juiz da Vara Agrária de Redenção] determinou que essa ordem [de reintegração] fosse cumprida por policiais militares e civis. O juiz não se atentou para as orientações que constam na Cartilha da Ouvidoria Agrária Nacional e nas diretrizes do Tribunal de Justiça que determinam que esse tipo de ação seja realizada por Batalhão da Polícia Militar especializado nestas situações”, disse a CPT.

A coordenadora da Fetraf (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado do Pará), Viviane Pereira, disse, em nota, que o número de mortos em Pau D'Arco pode aumentar, pois não há precisão sobre a quantidade de feridos e o estado de saúde dos envolvidos. Segundo a Fetraf, a chacina na fazenda Santa Lúcia só perde em número de mortos para o episódio que ficou conhecido como Massacre de Eldorado de Carajás, em 17 de abril de 1996, quando 19 trabalhadores sem terra foram assassinados.

Comentário

Manifesto chamado de ‘Ocupa Brasília”, realizado durante toda esta quarta-feira (24) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, contra o governo Michel Temer e as reformas em tramitação no Congresso, acabou sendo marcado pela depredação dos prédios ministeriais e de estruturas que compõem a Esplanada. Houve registro de incêndio na área interna dos ministérios da Agricultura, do Planejamento e da Cultura, mas o fogo não deixou feridos, conforme publica o G1.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, sete pessoas foram detidas durante os protestos, suspeitas de dano ao patrimônio público, desacato e porte ilegal de arma. Até as 19h30, havia registro de 49 pessoas feridas, entre manifestantes e policiais militares, de acordo com a publicação.

Os detidos foram encaminhados à 5ª Delegacia de Polícia (área central) e ao Departamento de Polícia Especializada. De acordo com estimativa da Central Única dos Trabalhadores (CUT), os atos reuniram 200 mil manifestantes durante todo o dia. De acordo com a Segurança Pública, 35 mil ocuparam Esplanada no auge do protesto.

Até o meio da noite, o trânsito continuava bloqueado na Esplanada dos Ministérios, entre a rodoviária do Plano Piloto e a via L4 Sul. Segundo a Polícia Militar, o acesso dos veículos só será liberado quando as vias estiverem limpas.

Comentário

A prefeita Délia Razuk (PR) recebeu na manhã desta terça-feira (23) a presidente da Câmara de Vereadores, Daniela Weiler Hall (PSD), com quem discutiu questionamentos da sociedade e que requerem respostas do poder público e da soma de esforços para superar dificuldades enfrentadas por conta da retração econômica imposta pela situação de crise do país. De acordo com a prefeita, foi uma visita institucional, reforçando a necessidade de pôr em prática o discurso de união em favor do cidadão douradense.

“É uma demonstração de que podemos e devemos reunir esforços e promover uma convivência harmoniosa e produtiva entre os poderes, priorizando sempre os nossos munícipes”, disse a prefeita, destacando a iniciativa da presidente da Câmara em procurar o Executivo para que, “juntas, possamos discutir algumas demandas importantes e buscarmos as soluções”.

Daniela Hall defendeu que, embora sejam poderes independentes, Executivo e Legislativo precisam manter uma relação de respeito, onde a prioridade deve ser sempre o cidadão. “Vamos trabalhar em parceria e em sintonia. A soma de esforços facilita vencer os desafios e acelerar o atendimento das demandas que nos chegam diariamente, e que não são poucas”, disse a vereadora.

Entre os vários temas discutidos no encontro ocorrido no gabinete da prefeita está a otimização dos espaços do Centro Homeopático, na região do Jardim Londrina, cujos alguns atendimentos passarão a ser realizados em outros locais. O centro homeopático infantil, por exemplo, já funciona na Policlínica de Atendimento Infantil (PAI), inaugurada nesta quarta-feira (24). Já o atendimento aos adultos passará a ser realizado na unidade de saúde da Vila Rosa.

Também se tratou dos serviços de mastologia na Clínica de Atendimento da Mulher (CAM), cujo atendimento passará a ser regulado, ou seja, o agendamento da consulta e exames é realizado através do Sisreg (a Central de Regulação), para se ter o controle e melhor acompanhamento do trabalho realizado.

Ainda durante o encontro das duas políticas, foi debatida a realização de audiência pública para prestação de contas das ações desenvolvidas pela Secretaria de Saúde no primeiro quadrimestre do ano, conforme determina o Artigo 36 da Lei Complementar 141/2012.

Comentário

Um marceneiro suspeito de assediar uma criança de 9 anos foi preso nesta terça-feira (23) após marcar um encontro com a vítima em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e ter sido flagrado assediando também mais de 20 crianças e adolescentes em redes sociais e por mensagens de celular. O suspeito, de 47 anos, foi preso depois que o pai da criança descobriu o caso, marcou um encontro com ele e avisou a polícia.

O delegado responsável pelo caso, Cláudio Alvarez, disse que o marceneiro confessou que assediava a menina. O suspeito entregou o celular para a polícia, que encontrou diversas mensagens com outras supostas vítimas. Enquanto o delegado fazia o flagrante, a todo momento o aparelho telefônico recebia mensagens de crianças em conversas com o suspeito.

“Esse pai desconfiou pois a filha passava muito tempo no celular e nas redes sociais. Identificamos mais de 20 crianças que tinham amizade com ele em conversas pelas redes sociais. Provavelmente ele apagou fotos e vídeos de crianças nuas. O WhatsApp dele não para, crianças o procuram a todo momento. É um maníaco, se aproveita de oportunidades”, declarou o delegado ao G1.

Comentário

O Tribunal Supremo da Espanha confirmou nesta quarta-feira (24) a condenação para Messi e o pai dele por crimes fiscais. O atacante recorreu do caso na Audiência de Barcelona, mas o órgão considerou que ambos cometeram fraudes em declarações para a Fazenda sobre receitas com direitos de imagem do jogador. O valor ocultado seria de € 4,1 milhões (R$ 15 milhões), que foram desviados para paraísos fiscais. De acordo com vários veículos da imprensa espanhola, a punição para o craque é de 21 meses de prisão, mais uma multa de € 2,093 milhões (R$ 7,6 milhões).

Já a punição imposta ao pai de Messi caiu de 21 para 15 meses de prisão por colaboração com as investigações e por devolver para a Fazenda parte dos recursos que não foram declarados. De acordo com a rádio Onda Cero, a sentença é definitiva e, portanto, não cabe recurso por parte dos dois.

Ainda de acordo com a imprensa espanhola, apesar da punição imposta para Messi, dificilmente o jogador do Barcelona será preso. Na Espanha, quando se trata de uma punição menor do que 24 meses, o réu pode ficar em liberdade, desde que não tenha antecedentes criminais ou esteja envolvido em outros delitos.

Durante o processo, Messi declarou que não se preocupava com as questões fiscais, pois deixava tudo nas mãos do pai e advogados. E que em nenhum momento passou pela sua cabeça ter qualquer tipo de problema por conta deles, conforme reproduz o Globoesporte.com.

Comentário

O Ministério da Saúde anunciou, nesta quarta-feira (24), que adotará a profilaxia pré-exposição (PrEP) contra o HIV para grupos em risco. A estratégia envolve o uso diário do medicamento Truvada (combinação dos antirretrovirais tenofovir e emtricitabina) por pessoas que não têm o vírus. O objetivo é proteger grupos que estão mais expostos ao risco de infecção, como profissionais do sexo, casais sorodiscordantes (quando um tem o vírus e o outro não), pessoas trans e homens que fazem sexo com homens.

Segundo o ministro Ricardo Barros, a pasta já investiu U$ 1,9 milhão na compra de 2,5 milhões de comprimidos de Truvada, o que deve ser suficiente para atender à demanda durante um ano. Barros destacou que o Brasil será um dos primeiros países no mundo, e o primeiro na América Latina, a adotar essa estratégia preventiva.

O medicamento deve estar disponível no SUS para esses grupos 6 meses após a publicação do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas, o que está previsto para ocorrer na segunda-feira (29), segundo o ministério. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também deverá publicar a alteração do registro do Truvada para que ele possa ser usado na PrEP. Hoje, no Brasil, o Truvada é aprovado somente para o tratamento da doença, por isso é necessário uma mudança no registro para o uso em prevenção.

O governo estima que a estratégia será usada por 7 mil pessoas que fazem parte das populações-chave. Para receber o medicamento, o paciente passará por uma avaliação para verificar o quão exposto ele está ao vírus HIV.

Comentário

Em evento no Quiosque do Sete no Shopping Avenida Center, o clube douradense apresentou novos jogadores para disputa da Série D do Campeonato Brasileiro e também o novo técnico. O veterano atacante Acosta, anunciado desde o início do ano para a competição, e o meia Marlon, estão treinando desde a última semana e devem ter a situação regularizada ainda nesta quarta-feira. No comando do time, Bazílio Amaral assume a vaga aberta com a saída de Nei César na segunda-feira passada, informa a assessoria do Sete.

Além dos apresentados, chegaram também o zagueiro Thiago Moura, que disputou duas temporadas pela Águia Negra e estava na Penapolense-SP e o volante Buru, ex-Ubiratan, Naviraiense, Itaporã, entre outros clubes, e que disputou o Campeonato Catarinense pelo Almirante Barroso. Todos devem enfrentar a Aparecidense-GO, domingo (28), às 16 horas, no estádio Douradão.

Jogador mais aguardado, Acosta, com 40 anos, defendeu diversos clubes pelo interior do Brasil, mas é marcado pelas passagens no Corinthians e no Náutico-PE. Foi artilheiro do Taboão da Serra na Série A3 do Campeonato Paulista neste ano e se diz pronto para entrar em campo. “Queria ter jogado o primeiro jogo, mas não deu tempo. Agora deu tudo certo e espero ajudar o time. Precisamos agora vencer nossos jogos em casa”, afirma o uruguaio.

Marlon, vindo do Santa Maria-DF, já defendeu outros clubes como o Gama-DF, Boa Esporte-MG, Madureira-RJ e Grêmio Prudente-SP. Irmão gêmeo do meia Marlone, ex-Sport e Corinthians e hoje no Atlético-MG, o meia afirma estar pronto para a competição. “Estou preparado e esperamos fazer uma boa campanha na Série D e conseguir o objetivo do clube e da cidade que é conseguir o acesso à Série C. O grupo é bem legal e fomos bem recebidos”, afirma.

“Temos que vencer”

O técnico Bazílio Amaral terá o primeiro contato com o elenco na tarde desta terça-feira (23), acompanhando o trabalho físico comandado pelo preparador Tadeu Nogueira. Antes, uma breve conversa de apresentação. “Foi um contato rápido, até porque já conheço alguns jogadores. Amanhã [nesta quarta-feira] a gente vai trabalhar em dois períodos já pensando no jogo de domingo”, disse.

O Sete é o segundo time profissional comandado por Bazílio. Antes do vice-campeonato com o Novo, ele trabalhou em diversos clubes paulistas como auxiliar e analista de desempenho. Nesta lista estão Guarani, Portuguesa e Velo Clube. Agora, o tempo será curto para moldar o time para a competição. “Temos jogo neste domingo e já entramos pressionados pela vitória. Vamos aproveitar esses dias para entrosar o máximo possível os jogadores, mas é um time que conheço um pouco e ainda com bons reforços. Acredito que podemos buscar a classificação e depois lutar pelo acesso”. Bazílio terá Rafael Mariucci como auxiliar, mesma dupla que trabalhou no Novo.

Sete a Aparecidense estão no Grupo A11 e começaram o Brasileiro com derrotas. Agora os dois se enfrentam em busca de reabilitação. A chave é liderada por Luziânia-DF e Unão-MT que se enfrentam em disputa direta pela primeira posição.

Comentário

A Prefeitura de Dourados realizou nesta terça-feira (23), através do setor de fiscalização do Procon, a coleta de preços de carne praticados em 15 estabelecimentos na cidade de Dourados. Foram pesquisados carne bovina, suína, aves e ovinos e a diferença encontrada entre o menor e o maior preço praticado nos estabelecimentos chegou a 187,13% no lombo de porco e 110,64% na costela suína.

No caso do filé mignon, houve uma variação de 83,40% entre o menor e o maior preço (menor: R$ 26,99 e maior, R$ 49,50). Na picanha, a diferença encontrada entre o menor e o maior preço foi de 77,65%. Na carne de frango as fiscais encontraram diferença de até 160,24% na coxa e sobre coxa e 161,21% no frango congelado.

Veja os preços encontrados

A menor variação de preços foi de 38,76% na costela bovina, ofertada com o menor preço de R$ 10,45 e maior, de R$ 14,50.

Em sete estabelecimentos foram encontrados todos os produtos desta pesquisa, sendo que o menor preço ofertado ficou em R$ 364,74 e o maior preço, de R$ 557,10, com uma diferença de 52,7%. Comparando com o preço de seis estabelecimentos pesquisados em 21 de novembro de 2016 para maio deste ano, foi possível encontrar queda nos preços da carne da ordem de 1%, conforme o relatório assinado pelo chefe do Procon em Dourados, Mário Júlio Cerveira e a fiscal Iara do Nascimento

Comentário

A entrega da Policlínica de Atendimento Infantil (PAI), ocorrida na manhã desta quarta-feira (24) pela prefeita Délia Razuk (PR), acabou se transformando em um ato político como há tempos não se via em Dourados. A prefeita recepcionou, além de muitos populares, pacientes que já são atendidos no local e políticos de diferentes correntes.

O tom dos discursos marcou a importância da obra. Para o ex-deputado federal Marçal Filho, que viabilizou os recursos no Orçamento Geral da União ainda de 2010, o momento era significativo “pela sensibilidade do secretário Renato Vidigal e a realização de um sonho que sonhamos juntos, eu e a prefeita Délia”. Segundo o atual vereador pelo PSDB, o PAI “precisava de uma mãe para começar a funcionar”.

A presidente da Câmara, vereadora Daniela Hall (PSD), chegou a defender o retorno do colega Marçal à Câmara dos Deputados “para continuar ajudando a nossa cidade”. Antes dela, o próprio Marçal se disse orgulhoso pelo fato de que a prefeita Délia já entregou, desde janeiro, três obras [dois Ceims e agora a PAI] viabilizados com recursos obtidos durante o mandato dele em Brasília.

No discurso final, a prefeita reconheceu o papel de agentes políticos , citando o empenho do então deputado Marçal Filho para conseguir os recursos, a ação do ex-prefeito Murilo “que poderia ter deixado o dinheiro parado, mas construiu a obra” e os esforços de toda a equipe da Secretaria de Saúde, mediante o compromisso de garantir a continuidade da Administração.

Comentário

O Sebrae realiza no dia 31 de maio, quarta-feira, em parceria com o Sescon/MS, a palestra “e-social”, que acontece às 19 horas, na ACED – Associação Comercial e Empresarial de Dourados.

O projeto do Governo Federal, que envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal, tem como objetivo principal consolidar as obrigações acessórias da área trabalhista em uma única entrega.

A ideia é que, ao unificar o envio de informações referentes aos trabalhadores das empresas, o profissional de RH possa fazer em um único envio todas as informações relevantes para CAGED, GFIP, RAIS, etc.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no local. Informações: 3410-8805.

Comentário

Página 1 de 578

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus