Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A suplente de vereadora Denize Portolann de Moura Martins, que perdeu a condição de titular depois que a Justiça tirou-lhe o mandato por conta de prisão em operação da Polícia Federal realizada quando era secretária de Educação do Município, deverá reassumir funções na Câmara de Dourados.

Nova decisão judicial, contestando as razões apontadas para o afastamento dela do cargo, vão garantir o retorno de Denize ao cargo, também pleiteado pela segunda suplente Lia Nogueira, que chegou a ocupar a cadeira por um tempo.

Ambas integram a linha de sucessão do vereador Braz Melo, alvo novamente da ação da Justiça que não reconhece decisão do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª. Região), em São Paulo, de absolvição no caso da compra de leite superfaturado quando foi prefeito de Dourados na década de 80.

Comentário

Uma jovem morreu após tentar ultrapassagem de uma carreta que cruzava na região do Parque das Nações, em Dourados, e caiu com a moto sob as rodas do veículo depois de acidentar-se em um buraco da rua.

De acordo com moradores da região, o acidente, no final da tarde desta terça-feira (7), ocorreu na rua Honduras, trecho que dá acesso ao Parque das Nações II e serve coo contorno, pelo interior do bairro, para a ligação com o túnel que divide o bairro com o Parque das Nações I.

Comentário

Apesar do apelo das autoridades e especialistas em saúde para que a população fique em casa e Mato Grosso do Sul já contabilizar duas mortes pelo Covid-19, o estado ocupa o segundo lugar no ranking dos estados brasileiros com pior taxa de isolamento.

Com média de 48,20% da taxa de isolamento registrada nesta segunda-feira (6), o estado perde apenas para Tocantins com taxa de 46,70%. Diante das estatísticas que apontam para um possível pico da pandemia em MS que pode sobrecarregar o sistema de saúde, o governador Reinaldo Azambuja reforça a gravidade da situação e pede que a sociedade tenha atitudes conscientes e responsáveis nesse momento de crise mundial.

“O pico da infestação no Brasil está previsto para abril e maio. Quanto mais ficarmos restritos ao ambiente familiar, quanto mais tivermos as precauções, menos pessoas serão contaminadas. Manter a vigilância, manter o isolamento é essencial para que possamos ultrapassar esse momento mais crítico. E o mais importante, dando suporte aquelas pessoas que necessitam da internação na rede pública estadual em todas as regiões do estado”, destaca.

O monitoramento por geolocalização coloca Campo Grande como a 36° cidade do estado no ranking, com 47,90% da taxa de isolamento nesta segunda-feira. No comparativo com o mesmo dia de semanas anteriores, o isolamento foi o menor de todos. A segunda-feira (30) passada registrou taxa de isolamento de 49%, enquanto a anterior (23) foi de 55%.

Comentário

O empresário douradense Mauro Rodrigues fez a doação de vidros temperados que impactará positivamente na proteção dos trabalhadores do Hospital da Vida e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em relação ao contágio pelo coronavírus, o Covid-19. A doação faz parte do projeto "Adote o Hospital da Vida", unidade hospitalar gerida pela Funsaud, a Fundação de Serviços de Saúde de Dourados, que também administra a UPA.

A doação foi intermediada pela advogada Helena Isidoro de Souza, presidente da Associação Amigos da Vida e que contou com a parceria da Comissão de Saúde da subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil. Segundo Helena, na sexta-feira foram colocados os vidros no balcão da recepção do Hospital da Vida e nesta terça-feira foi a vez do balcão da UPA receber a proteção.

"Adote o Hospital da Vida" é uma proposta formulada afim de que a sociedade, por meio de doações em dinheiro, de bens móveis ou de serviços, possa contribuir de forma efetiva na manutenção e melhoria dos serviços de saúde. De acordo com a portaria, o "Adote o Hospital da Vida" tem por objetivo garantir a regularidade do atendimento à população e a adequada gestão hospitalar e funcional, zelando pelo princípio da supremacia do interesse público, visando melhorar a qualidade e resolutividade dos serviços prestados à população.

Comentário

O protagonismo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nas ações em prol da Saúde para enfrentar a pandemia do Covid-19 foi enaltecido em transmissão ao vivo entre os dois Poderes na manhã desta terça-feira (7) pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), por meio de videoconferência durante a sessão virtual conduzida pelo presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), com a participação online dos demais parlamentares.

Os 24 deputados estaduais, em um esforço conjunto para enfrentar a pandemia do Covid-19, destinaram mais de R$ 20 milhões dos recursos provenientes das emendas parlamentares deste ano aos Fundos Municipais de Saúde. A medida evita a burocracia e permite que cada município utilize o montante recebido da forma que necessitar.

“Esses recursos, por ação de parlamentares e do governo do Estado, são vitais nesse momento grave de pandemia da Covid-19 para ajudar a cuidar da saúde da nossa população”, definiu o deputado Barbosinha, durante participação na sessão virtual. O deputado Paulo Corrêa definiu a medida como uma iniciativa dos deputados estaduais, uma decisão política que faz o dinheiro chegar mais rápido ao município, eliminando a burocracia. “Assim, os 79 municípios serão contemplados e essa ação de decisão política é extremamente relevante neste momento”, declarou o governador Reinaldo Azambuja ao agradecer o empenho da Assembleia nesse sentido.

Os recursos das emendas dos parlamentares que representam as diferentes regiões do Estado serão redistribuídos ao Fundo estadual de Saúde que vai repassar aos Fundos municipais e todas as 79 cidades de Mato Grosso do Sul serão contempladas. “Isso significa o comprometimento dos deputados e do Governo em ajudar a sanar essa grave situação criada com o novo coronavírus”, disse o deputado Barbosinha.

Comentário

O presidente dos EUA, Donald Trump, tem insistido no uso da cloroquina, mesmo que não haja estudos que comprovem a eficácia do medicamento no tratamento do novo coronavírus. Reportagem publicada nesta segunda-feira (6) pelo jornal New York Times aponta o que parece ser o principal motivo dessa insistência: alguns sócios de Trump e o próprio presidente dos EUA teriam interesses financeiros na questão, já que os maiores acionistas da Sanofi, empresa que detém a patente da Cloroquina, incluem uma empresa administrada por Ken Fisher, um dos principais doadores para republicanos, incluindo Trump.

No ano passado, Trump disse que suas três famílias tem investimentos em um fundo mútuo da Dodge & Cox, cuja maior participação era na Sanofi. Além disso, segundo o NY Times, vários fabricantes de medicamentos genéricos estão se preparando para produzir pílulas de hidroxicloroquina, incluindo a Amneal Pharmaceuticals, cujo co-fundador, Chirag Patel, é membro de um clube de golfe de Trump em Nova Jersey, onde já foram vistos jogando ao menos duas vezes desde que Trump se tornou presidente.

Outro investidor da Sanofi e da Mylan, também uma empresa farmacêutica, é a Invesco, o fundo anteriormente administrado por Wilbur Ross, o secretário de Comércio de Trump. Ross disse em comunicado na segunda-feira que “não estava ciente de que a Invesco tem investimentos em empresas que produzem ‘o medicamento’, nem tenho qualquer envolvimento na decisão de explorar isso como um tratamento”.

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro também segue insistindo na eficácia sem comprovações da cloroquina, repercute a publicação da revista Forum nas redes sociais. Médicos dos EUA e do Brasil já declararam que não sabem se alguns pacientes melhoram sozinhos ou se a cloroquina teve, de fato, alguma influência, enquanto outros que fizeram uso do medicamento não apresentaram melhora e acabaram morrendo.

Comentário

O coordenador do Núcleo de Imunização da Secretaria municipal de Saúde, Edvan Marcelo Marques, confirmou que pontos estratégicos para atendimento da campanha de vacinação contra a influenza voltam a funcionar a partir desta terça-feira (7), bem como também haverá uma ordenação através de distribuição de 120 senhas por período, conforme horários de atendimento das unidades de saúde da Seleta, Vila Índio, Altos do Indaiá, Vila Vieira, Jóquei Clube, Parque das Nações I, Maracanã e nos ESF dos distritos de Vila Vargas, Ithaum e Vila São Pedro.

Pensando em maior agilidade, serão montados dois pontos de vacinação na modalidade Drive Thru, o que já vinha funcionando no estádio Douradão, agora nos dias 8 e 15 de abril, das 8 horas até o meio-dia e um na UFGD/Unidade I (na rua João Rosa Góes, 1.761 – Vila Progresso), também dos dias 8 e 15, no mesmo horário. Nos Drives Thru serão ofertadas 350 doses por dia de atendimento.

De acordo com o coordenador, os Núcleos de Imunização e Atenção Básica se reservam no direito de interromper as atividades de vacinação a qualquer tempo, caso ocorra desabastecimento do imunobiológico.

Comentário

O dia 7 de abril, quando é celebrado o Dia do Jornalista e, também, o dia da Saúde, marca este ano uma relação ainda mais próxima desses dois segmentos, por conta de uma pandemia que assola os quatro cantos do mundo. A humanidade nunca teve tanta necessidade de informação de qualidade, clara, vinda de fontes confiáveis.

“As pessoas precisam saber sobre a realidade da Covid-19, sobre as pesquisas para uma eventual vacina, sobre as formas de contágio, sobre os efeitos sociais da pandemia. O jornalismo emerge, neste momento, como artigo de primeira necessidade”, diz nota da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas), assinada em conjunto pelos sindicatos regionais, entre os quais o Sinjorgran, da Grande Dourados.

“Nosso desafio, hoje, é realizar um inédito ato virtual, nacional, para celebrar o Dia do Jornalista. No Ato vamos homenagear todos os jornalistas, na pessoa da profissional Patrícia Campos Mello, que simboliza a excelência e a coragem dos repórteres de todo o Brasil”, convoca a entidade, para um encontro nacional, via o canal do Youtube, às 18 horas, pelo horário de Mato Grosso do Sul. Link de acesso AQUI

 

Comentário

As Testemunhas de Jeová vão realizar nesta terça-feira (7), de suas próprias casas, por meio de videoconferências, uma celebração para lembrar a morte de Jesus Cristo. A programação consiste de uma palestra bíblica em que o orador busca explicar por que a morte de Jesus é importante e como ela pode trazer benefícios para a Humanidade.

Com o objetivo de criar expectativa para esse momento, no domingo (5) passado foi exibido, também pelo sistema de videoconferência, um discurso especial com base na Bíblia com o tema ‘Existe um líder em quem você pode confiar?’ Só no ano passado, no dia da Celebração da morte de Jesus, o evento reuniu mais de 21 milhões de pessoas, na modalidade presencial.

Desde que a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou a situação de pandemia por conta da Covid-19, as Testemunhas de Jeová vem promovendo esse arranjo em que pessoas de todo o mundo mantém o ritmo de fortalecimento espiritual, participando das reuniões do meio de semana e dos estudos bíblicos dos finais de semana, sem sair de casa, em todas as mais de 120 mil congregações espalhadas pelo planeta.

A gravação do discurso especial está disponível AQUI

Comentário

Uma ação do movimento ‘Energia do Bem’, criado pela Energisa para ajudar no combate à pandemia de Covid-19, começa a partir desta terça-feira (7), com a retirada de 13 ventiladores [sete do Hospital da Vida e seis da Secretaria municipal de Saúde] em Dourados e que vai atender, em Mato Grosso do Sul, a restauração de 70 ventiladores pulmonares que estão danificados e serão levados para a Capital pela concessionária para conserto.

O transporte dos equipamentos começa pelo município de Dourados e vai abranger também as cidades de Campo Grande, Ponta Porã, Bonito, Aquidauana, Jardim, Guia Lopes da Laguna e Aparecida do Taboado. O Grupo Energisa investirá R$ 5 milhões no movimento em todos os estados onde atua. Os recursos serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local.

“Estamos acompanhando no mundo todo a importância desses equipamentos para a recuperação de pacientes em estado grave. Todas as medidas necessárias para proteger a saúde dos nossos colaboradores e dos nossos clientes foram tomadas. Nos envolvemos agora com o governo do estado e a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS) no combate a essa pandemia. Diminuir a curva de infecção é o melhor caminho, mas para os que já contraíram o vírus, o tratamento é essencial, bem como a quantidade de ventiladores para atendimento nos hospitais”, afirmou o diretor-presidente da Energisa MS, Marcelo Vinhaes.

Para a secretária de Saúde do município de Dourados, Berenice de Oliveira Machado Souza, a reforma dos ventiladores vai contribuir no atendimento aos pacientes da região. “Além de Dourados, apenas em Ponta Porã e Nova Andradina existem Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). Precisamos estar bem equipados - como centro de referência - para dar suporte aos outros 32 municípios próximos, que devem ser encaminhados pra nós. Essa iniciativa é de grande valia”, afirmou.

Comentário

Página 1 de 1611
  • alemsmais

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus