Timber by EMSIEN-3 LTD
Sábado, 08 Janeiro 2011 10:30

Eleição da UDAM acontecerá depois de 20 de março

Escrito por Carlos Marinho
Cerca de 40 associações se fizeram representar na reunião que aconteceu ontem, às 19 horas, na sede da União Douradense de Associações de Moradores – UDAM. O encontro serviu para discutir a atual situação da UDAM, que segundo denúncias, tinha como presidente Adilson Mourão – Cabelo – no cargo de forma indevida. Todas as associações presentes foram representadas por seus respectivos presidentes, além de outros integrantes de sua diretoria.

O Douranews recebeu a visita de dois dos participantes – do atual presidente da UDAM, Cabelo, e do secretário-geral da Associação de Moradores do Izidro Pedroso, José Cabral, o Bel.

Na reunião, Luciano da Conceição Amorim, vinha gerando “factóides”, segundo Cabelo, tentou fazer uso da palavra, o que lhe foi negado, haja vista ele não ser membro de qualquer diretoria de associação. Segundo Cabelo, “este rapaz por diversas vezes vem criando situações desconfortáveis, sendo inclusive, em algumas delas, necessária a intervenção policial”, explicou, lembrando fatos ocorridos recentemente.

Durante os debates a maioria dos representantes das associações concordou que “realmente a situação não é a correta, mas não podemos também nos sobrepor ao estatuto da entidade”, chegando a um consenso para que seja realizada nova eleição, que irá definir a nova diretoria da UDAM.

Os trâmites para a eleição serão iniciados após o dia 20 de março, quando serão formalizados todos os atos necessários para que as associações possam apresentar as chapas que concorrerão à presidência, mas ficou definido também que “o atual presidente, Adilson Barros Mourão, continua no cargo, dando os encaminhamentos para o pleito.

bel

Bel quer que o estatuto da UDAM seja respeitado

Também presente à reunião, o secretário-geral da Associação de Moradores do Izidro Pedroso, José Cabral, o “Bel”, foi mais um que contestou Luciano. “É preciso que, primeiro, nós respeitemos o estatuto da Udam, para assim termos um posicionamento correto e dentro do que manda a lei. Da forma que vêm agindo, seria cometer um erro para consertar outro e não é isso que buscamos aqui”, destacando que “ele (Luciano) precisaria, pelo menos, ser um representante legal de alguma associação, fato que não acontece”.

Para Cabelo, “Estão criando uma tempestade num copo d’água, e o pior, sem conhecimento. Se forem analisadas atas anteriores, quem reclama poderá verificar que eu já havia colocado a necessidade de novas eleições, mas ninguém se manifestou quanto a isso. Agora, até agradeço esse movimento, pois chamou à responsabilidade todas as associações que agora terão a obrigação de promover nova eleição e escolher um novo presidente para a UDAM”, acrescentando ao final que, “se continuarem as acusações infundadas e sem qualquer sustentação, irei, como já disse antes, entrar com uma queixa crime e as cabíveis ações penais contra esse rapaz que, não sei com qual intenção, vem denegrindo meu nome, achando que pode falar as inverdades que quiser. Como se dizia antigamente – quem fala o que quer, ouve o que não quer – e pode ter que responder judicialmente por isso”, finalizou Cabelo.

Última modificação em Sábado, 08 Janeiro 2011 10:56
  • unimed nova
  • Benito hojr

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus