Imprimir esta página
Quinta, 16 Dezembro 2010 18:49

Cadastrados do Cras recebem cestas de alimentos

Escrito por Redação Douranews, com Assessoria
Na manhã desta quinta-feira, a Prefeitura de Dourados e a LBV (Legião da Boa Vontade) entregaram cestas de alimentos para 300 famílias cadastradas nos seis Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do município. A entrega aconteceu no Complexo Esportivo, Cultural e de Laze de Laz Jorge Antonio Salomão, o Jorjão, na presença de centenas de pessoas, entre inscritos no programa e autoridades convidadas.

A gerente regional da LBV, Nilda Santana, fez um relato das atividades da entidade, explicando que esse trabalho está acontecendo em várias outras cidades do Estado e que se trata de uma prática comum da Legião, que é de promover a assistência social. Ela ressaltou que Dourados foi escolhida dentro de alguns critérios que a LBV adota e deixou claro, em nome da entidade, a satisfação em promover essa doação.

A prefeita Délia Razuk, que entregou a primeira cesta, agradeceu a iniciativa e elogiou as ações da LBV. Délia falou também sobre sua administração, garantindo aos presentes que está desenvolvendo um trabalho sério, responsável e com muito carinho. Ela ressaltou que está buscando todos os meios para valorizar a comunidade douradense e ao mesmo tempo promover o resgate do orgulho que a população tem de sua cidade.

Délia fez questão de destacar que, mesmo nesse pouco tempo à frente da prefeitura, tem procurado fazer tudo com planejamento para que nos meses e nos anos que se seguem não haja prejuízos. Ela citou como exemplo a merenda escolar, que chegou a ser um problema nas escolas e garantiu que, com o trabalho da atual administração, os alunos da Rede Municipal de Ensino não ficarão mais sem a alimentação.

Participaram do ato, além da prefeita e da gerente regional da LBV, o vereador Pedro Pepa (DEM), a secretária de municipal de Assistência Social, Maria Fátima Silveira Alencar, e outros convidados.

Apresentações

Durante o ato de entrega das 300 cestas, foi aberto espaço para um momento cultural, com a apresentação do harpista Rafael Deboletto e ainda do grupo de rap indígena Bro MCs. A apresentação desse grupo chamou a atenção dos presentes, por ser formado por moradores das aldeias Bororó e Jaguapiru e ainda por ser o único no Brasil, já conhecido nacionalmente.