Timber by EMSIEN-3 LTD
Terça, 14 Setembro 2010 15:57

Juiz não fala sobre pedido de afastamento de vereadores

Escrito por Clóvis de Oliveira

O juiz Carlos Alberto Rezende, da 4ª. Vara Cível de Dourados, mandou dizer hoje, pelo assessor de gabinete Milton Ferreira da Silva, que não irá se pronunciar sobre o pedido de afastamento formulado através do MPE (Ministério Público Estadual) que pede o afastamento de nove vereadores envolvidos na operação “Uragano” (furacão, em italiano) da Polícia Federal.

O artigo 36 da Lei Orgânica da Magistratura, segundo o assessor, “impede que o juiz se pronuncie a respeito de processos que ainda se encontrem pendentes de julgamento”.

O pedido do Ministério Público, contendo 4.105 folhas, recomenda o afastamento das funções aos vereadores Sidlei Alves, Edvaldo Moreira e Júnior Teixeira, que ainda estão presos na Phac (penitenciária Harry Amorim Costa) e também de Zezinho da Farmácia, Aurélio Bonatto, Paulo Henrique Bambu, José Carlos Cimatti, Tio Julio Artuzi e Marcelo Barros, já em liberdade, porém todos indiciados no inquérito da Polícia Federal que apurar o envolvimento com o esquema de recebimento de propinas e fraudes em licitações que seria comandado pelo prefeito impedido Ari Artuzi, ainda recolhido em uma das celas do 3º. Distrito Policial em Campo Grande.

  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus