Timber by EMSIEN-3 LTD
  • futuro
  • Dnews Whats
Segunda, 05 Abril 2021 08:24

Hospital de Cirurgias pode servir como referência no atendimento à Covid em Dourados Destaque

Escrito por
Regional atende 'ordens' da Regulação Estadual, quando poderia ser 'porta de entrada' para os casos de Covid Regional atende 'ordens' da Regulação Estadual, quando poderia ser 'porta de entrada' para os casos de Covid Divulgação

Afiliado desde junho do ano passado ao Instituto Social Mais Saúde, com sede na capital paulista, o HRCGD (Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados) dispõe de 32 leitos que poderiam muito bem estar sendo utilizados como ponto de referência para o atendimento da situação de pandemia da Covid-19, considerando a elevada demandas por vagas na rede hospitalar do Município.

O Hospital foi contratado pelo Estado, através da Secretaria de Saúde, junto à rede privada local e depois ‘terceirizado’ ao Instituto paulista, para atender nas especialidades de Cirurgia Geral, Ortopedia, Ginecologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Vascular e Oftalmologia. Atualmente, todas as cirurgias eletivas foram suspensas por meio do decreto estadual que definiu como prioridades o atendimento à situação de pandemia do novo coronavirus.

Em comunicado feito ao DOURANEWS, atendendo solicitação de informações, o Mais Saúde disse que “em virtude da atual situação da pandemia, desde 17 de março de 2021 o Hospital de Cirurgias da Grande Dourados voltou suas atividades ao atendimento de pacientes Covid, a fim de compor a rede de atendimento da região”.

Informou, ainda, que “para atendimento a esses pacientes, o hospital destinou sua capacidade integral para internações clínicas de baixa e média complexidade de pacientes com síndrome respiratória que são recebidos através da regulação estadual”. Considerando as características do paciente Covid, “principalmente o uso em grande escala de oxigênio, o hospital vem adequando sua rede de gases para caso seja viável ampliar o número de leitos”, acrescentou no comunicado.

Na página oficial do Hospital Regional na internet, a instituição destaca que “em caráter de excepcionalidade”, atendendo solicitação estadual neste momento de pandemia, “passa a atender por período indeterminado como retaguarda de pacientes que precisam de internação clínica de pequena e média complexidade, a fim de desafogar os hospitais que hoje estão atendendo casos suspeitos e confirmados de Covid no estado do Mato Grosso do Sul”.

Saúde monta ‘hospital novo’

Enquanto isso, a Secretaria estadual de Saúde anuncia que está viabilizando Acordo de Cooperação Técnica com a Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), que administra os hospitais federais para a abertura de novos leitos destinados ao enfrentamento da Covid-19 no HU (Hospital Universitário) da UFGD, utilizando para isso a estrutura do prédio da UMC (Unidade da Mulher e da Criança), inaugurada no mês passado na área do HU.

Para o funcionamento do espaço no enfrentamento da Covid será preciso adquirir os insumos e equipamentos médico hospitalares necessários ao funcionamento de 30 leitos de UTI Adulto, 5 leitos de UTI Pediátricos e 20 leitos Clínicos de Enfermaria, conforme prevê o Acordo. O prédio, inaugurado inclusive com a presença do ministro da Educação, Milton Ribeiro, não dispõe de leitos destinados a pacientes acometidos pela síndrome gripal e nem dos equipamentos médicos relacionados (ventiladores mecânicos, monitores e camas), incluindo medicamentos, cânulas traqueais, gases medicinais e equipamentos de proteção individual.

Última modificação em Segunda, 05 Abril 2021 09:39

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

google-site-verification=JCBZiaUdGxZgtTnDymeR8S6dTexoochsEftWECURSIQ