Timber by EMSIEN-3 LTD
  • doaçao
  • Dnews Whats
Segunda, 08 Outubro 2018 10:05

Dia seguinte: PM apura declarações de policial sobre fraudes em urnas Destaque

Escrito por
PM Balduíno gravou vídeo relatando problemas encontrados em urnas, junto a viatura policial PM Balduíno gravou vídeo relatando problemas encontrados em urnas, junto a viatura policial Reprodução/WhatsApp

Um dia depois das eleições, onde choveram críticas sobre o não aparecimento da fotografia do candidato Jair Bolsonaro quando o eleitor digitava o número 17 na urna eletrônica em várias seções pelo País, o que rendeu até manifestações do próprio candidato, a PM (Polícia Militar)de Mato Grosso do Sul começa a investigar a veracidade de um vídeo gravado e divulgado intensamente pelas redes sociais a partir do meio da tarde deste domingo (7), onde o policial James Balduíno, fardado e em frente a uma viatura da PM, denuncia supostas fraudes em urnas eletrônicas do município.

VEJA O QUE O PM DISSE

O tenente coronel Carlos Silva, comandante da unidade da Polícia Militar na cidade, disse que não tem autorização para se manifestar sobre o assunto. “O fato está sendo apurado”, limitou-se a dizer via WhatsApp.

James Balduíno, lotado no quartel do 3º. Batalhão da PM de Dourados, teria espalhado um vídeo, que viralizou nas redes sociais, onde denuncia, parado em frente de uma viatura, supostas irregularidades ocorridas nas urnas eletrônicas do município. Conforme o militar, o problema estaria ocorrendo na votação para presidente. Outro fato denunciado seria de que o eleitor digitava o número 1 e já aparecia a fotografia do candidato Fernando Haddad, inscrito sob o número 13 na disputa.

“Estou recebendo várias denúncias de que você consegue votar normalmente para outros candidatos, mas quando chega para presidente, a sua opção para presidente você não consegue confirmar. Aconteceu comigo e está acontecendo com outros eleitores. Outras situações você aperta o número 1 e já aparece a foto do candidato Haddad, então está muito estranha essa situação”, disse o policial.

Além disso, Balduíno afirma também que os mesários e fiscais estariam fraudando a votação. Ele orienta que as pessoas registrem os problemas em atas, mas estejam atentos quanto as supostas fraudes. “Verifiquem a ata se realmente está sendo feita, porque alguns mesários estão fazendo rascunho para enganar o eleitor. Você que está fazendo a denúncia assine na ata, verifique se a ata é realmente o documento da justiça eleitoral, fiquem atentos”, diz no vídeo.

Fakenews

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já divulgou nota afirmando que o vídeo onde supostamente aparece o candidato Fernando Haddad ao apertar o número 1, foi investigado e é fake, além de desmentir as notícias de que estaria havendo problemas quanto ao voto para presidente. Segundo o órgão, o vídeo trata-se de uma montagem.

A Justiça Eleitoral de Dourados informou, ainda durante o domingo, que o problema do não aparecimento da fotografia de Bolsonaro em algumas urnas estaria ocorrendo pelo fato de que o sistema é muito antigo [as urnas eletrônicas de Dourados são as mesmas desde as eleições de 2006], “mas é só o eleitor esperar um pouco antes de concluir a votação que ela aparece”, como disse uma fonte consultada pelo Douranews.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul também divulgou nota de esclarecimento desmentindo mensagem sobre a ausência de processamento de todos os votos na urna eletrônica.

  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus