Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran 2018
Quarta, 07 Março 2018 14:31

Mobilidade urbana é assunto para ser discutido por todos, diz arquiteto

Escrito por
Arquiteto Edson Marchioro expõe os gargalos a serem enfrentados para melhorar o sistema de trânsito  Arquiteto Edson Marchioro expõe os gargalos a serem enfrentados para melhorar o sistema de trânsito Assessoria

“Pouco adianta o poder público implantar projetos para melhorar a mobilidade urbana se não houver mudança de postura por parte dos usuários do transporte individual”. A afirmação é do arquiteto Edson Marchioro, da empresa responsável pelo estudo e elaboração do Planmob (Plano Diretor de Mobilidade Urbana) de Dourados, apresentado à sociedade em audiência pública, na manhã desta quarta-feira (7), no auditório da Prefeitura. No dia anterior, o projeto foi apresentado à prefeita Délia Razuk, secretários e assessores.

Durante a audiência, realizada no auditório do CAM (Centro Administrativo Municipal), o arquiteto discorreu sobre o estudo da problemática do trânsito douradense, a ocupação e uso do solo, e detalhou os projetos principais que compõem o Planmob: o ‘Calçada Legal’, o ‘Rede Cicloviária Integrada’, o ‘Transporte Coletivo’ e ‘Intervenções Viárias e Tratamento dos Pontos Críticos’.

A equipe do escritório Marchioro Arquitetura Urbanismo e Engenharia deixou tácito que o plano de mobilidade urbana de Dourados deve priorizar, primeiramente, o pedestre e o ciclista, e incentivar a melhoria do transporte coletivo. “O usuário do transporte individual motorizado não pode se apossar do espaço público como algo privado. É preciso democratizar os espaços”, ensinou o arquiteto.

Marchioro diz que estudos comprovam que o aumento da frota e a falta de planejamento começam a trazer sérios problemas às cidades brasileiras. Em 2007, a frota nacional era de 49 milhões de veículos, sendo 30 milhões de automóveis; em 2017 chegou a 96,7 milhões e, desses, 52,7 milhões automóveis. A previsão para 2050 é que pelo menos 130 milhões de veículos circulem pelas cidades do País.

Dourados também segue em uma crescente de frota. Segundo dados do Detran/MS, o município tinha, no final de 2017, 65,5 mil automóveis, 47% da frota total de 143 mil veículos. Em Campo Grande eram 547 mil veículos, sendo 284 mil (52%) só de automóveis. Já o Mato Grosso do Sul fechou 2017 com 688,5 automóveis, 46% de um total de 1.4 milhão de veículos circulando.

A elaboração do Planmob de Dourados teve início em 2015 e contou com apoio de acadêmicos da UFGD e Unigran e participação de técnicos das secretarias de Obras e de Planejamento, buscando sempre o atendimento à legislação federal.

O secretário de Planejamento, Carlos Dobes Vieira, enfatizou, na abertura da audiência, que o tema mobilidade urbana é amplo, vai além do debate sobre transporte urbano e abrange questões de desenvolvimento urbano, como o uso e a ocupação do solo. “A saúde e a qualidade de vida das pessoas estão intimamente ligadas às suas condições de locomoção cotidiana. Por isso a importância de se buscar modelos de cidades sustentáveis”, disse, conclamando a população a participar na construção desse processo.

O Plano de Mobilidade Urbana de Dourados vai ser disponibilizado no site da Prefeitura. O projeto será enviado à Câmara Municipal para apreciação e votação e, uma vez aprovado, a administração municipal já poderá pleitear recursos no Ministério das Cidades para dar início à execução, informou a assessoria de comunicação.

  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus