Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

"Fazer gestão é coisa séria, só quem está à frente de um empreendimento sabe que só vai poder gastar de acordo com o que arrecada". A lição foi receitada pelo deputado Barbosinha, pré-candidato a prefeito de Dourados, em conversa na manhã desta segunda-feira (1) com o radialista Lucas Corrêa, na rádio Harmonia.

Barbosinha lembrou a passagem pela prefeitura de Angélica, no passado e, mais recentemente, o trabalho de gestão como presidente da Sanesul por mais de sete anos e de secretário estadual de Justiça e Segurança Pública no primeiro mandato do governador Reinaldo Azambuja.

"Em todas as funções que desempenhei, aprendi que você pode exercer a autoridade sem ser autoritário, compartilhando opiniões e debatendo ideias com os meus colaboradores, valorizando as pessoas e sempre contando com o apoio da equipe", ilustrou Barbosinha.

Com a experiência acumulada como gestor público que começou bem cedo na atividade, Barbosinha relatou que "essa crise [da pandemia da Covid-19] é mais uma oportunidade que se apresenta para enfrentar o desafio de gerir a máquina pública de forma a mostrar eficiência".

No caso de Dourados, o pré-candidato a prefeito voltou a comparar números da arrecadação dos tributos municipais e a aplicação em saúde, por exemplo, com outras regiões do Estado. "Eu tenho levantado os problemas, é preciso ter consciência de que a responsabilidade é de todos, e cada um deve fazer a sua parte", pregou Barbosinha, ao se apresentar para a disputa eleitoral deste ano.

"Dourados tem solução, desde que o próximo prefeito se apresente com soluções concretas, disposto a arrumar a casa, seja competente na hora de formar a equipe, saiba escolher entre os melhores as pessoas para cuidar de cada segmento, e reúna as condições políticas para captar os apoios que vai precisar no Governo Federal, no Estado e entre os membros da bancada de deputados em Mato Grosso do Sul", disse o pré-candidato.

Comentário

O Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionais na Região da Grande Dourados)realiza assembleia virtual nesta terça-feira (2), às 19h30, quando os filiados que estão quites com as obrigações estatutárias vão tentar uma saída para o impasse criado por conta da falta de pessoal interessado em liderar os destinos da entidade.

Novo edital de convocação foi publicado na edição de quinta-feira (28) do Diário Oficial do Município, depois do prazo inicial de inscrição de chapas terminar na quarta-feira (27) passada sem que houvesse nenhum nome interessado em constituir candidatura para susbstituir a presidente Karine Segatto, cujo mandato já expirou.

De acordo com a atual presidente, entre os fatores que estão dificultando este ano a formação de uma chapa para as eleições de renovação da Diretoria, o principal, segundo ela, "é o contexto da pandemia do novo coronavírus que enche de incertezas os jornalistas sobre o futuro dos seus empregos. Depois vem a própria falta de tempo para se dedicar às demandas sindicais, por causa do baixo salário que faz com que os profissionais tenham que atuar em dois lugares para aumentarem a renda e isso, por sua vez, eleva a jornada de trabalho para 10 horas diárias ou mais".

Ainda assim, ela criticou o desinteresse dos colegas da profissão. "Mesmo diante desses problemas, é grande a falta de conscientização sobre a importância de se dedicar ao sindicato e defender a coletividade, o que se reflete no pequeno número de filiados, aproximadamente 60 pessoas”, avalia Karine.

A nova diretoria do Sinjorgran precisa ter renovação de 50% dos membros, conforme exigência estatutária. Entre os filiados que não podem concorrer estão: os aposentados, a menos que tenham retornado ao exercício profissional há mais de dois anos da data da eleição; os desempregados; os empregadores (pessoa jurídica) e; os associados com menos de 90 dias de exercício profissional.

Comentário

"A imprensa é fundamental na garantia dos princípios democráticos e na manutenção da liberdade individual". Essa é a opinião da prefeita Délia Razuk (PTB) em mensagem curta pelo dia 1 de Junho, a nova data celebrada para a comemoração do Dia da Imprensa no Brasil.

Conforme a mensagem, remetida via email aos orgãos de comunicação do Estado, a prefeita presta 'reconhecimento' aos que fazem "essa nobre missão de bem informar".

Comentário

A folha salarial de maio estará disponível para saque na sexta-feira (5) para os correntistas do Banco do Brasil que trabalham no Governo do Estado. São R$ 395 milhões injetados na economia regional.

Com esse pagamento, o governo estadual mantém o salário dos servidores em dia, mesmo diante do cenário de queda de arrecadação por conta da pandemia do novo coronavírus. O Estado tem 79 mil servidores ativos e inativos (aposentados e pensionistas).

Comentário

Dos 11.883 casos notificados para o novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, o mais recente boletim epidemiológico, divulgado na manhã desta segunda-feira (1), mostrou que o Estado já tem 1.568 casos confirmados para a Covid-19, dos quais 27 novos detectados em Dourados. Nas últimas 24 horas aumentaram 79 casos no Estado

Segundo o boletim, há ainda 465 amostras em análise no Lacen, o laboratório central de Campo Grande, mas, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o número de testes e pesquisas aumenta, e são contabilizados, também, 880 casos sem encerramento por parte dos municípios, dos quais, 504 apenas em Dourados.

Na estatística por cidades, Campo Grande segue sendo o município com mais casos confirmados, 312, apenas seis a mais do que Dourados, que ocupa o segundo lugar no ranking da incidência da Covid-19. Guia Lopes da Laguna tem 230 casos confirmados e Três Lagoas, 146. Ainda na macrorregião de Dourados, Fátima do Sul tem 69 casos, Douradina tem 62 e Rio Brilhante, 54.

Comentário

Com uma frota estimada de 159 mil veículos, Dourados ganha a partir desta segunda-feira (1) uma nova agência do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). O prédio, com 200 m2 de área para atendimento, foi implantado na avenida Marcelino Pires e projetado, segundo o gerente local, Aparecido Dias Duarte, "de maneira a oferecer mais facilidade e conforto ao cliente de Dourados e região".

Esta será a segunda agência do Detran no município onde o cliente poderá usufruir dos serviços de renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), emissão de documentos dos veículos, além de conseguir fazer a prova online para obtenção da habilitação. Aparecido Duarte disse que a população agora conta com mais essa opção, "fruto da sensibilidade do nosso diretor, Rudel Trindade, em oferecer cada vez um atendimento mais ágil e de qualidade para os usuários do trânsito".

Comentário

João Victor Flores, de 25 anos, que estava na calçada de uma lanchonete nas proximidades da escola Adé Marques, foi executado a tiros na noite deste domingo (31), em Ponta Porã.

De acordo com testemunhas, o rapaz foi atingido com vários tiros por um homem que se aproximou do local armado com um fuzil. Acionado, o Corpo de Bombeiros não teve como socorrer o rapaz que já foi encontrado morto.

Comentário

A Câmara de Dourados vai ficar fechada ao atendimento por uma semana, até sexta-feira (5), e nem realiza a sessão ordinária virtual da noite desta segunda-feira (1), depois que teve confirmados dois casos da Covid-19. A medida foi anunciada na noite deste domingo (31) pelo presidente Alan Guedes (Progressistas).

De acordo com o presidente da Câmara, desde que surgiram os primeiros casos do novo coronavirus e Dourados, decisões internas já foram tomadas com o objetivo de mitigar os seus efeitos entre os servidores e membros do Poder Legislativo. "Incentivamos e determinamos o teletrabalho, liberamos o registro de frequência e dispensamos os servidores com mais de 60 anos. Suspendemos eventos e adquirimos máscaras para os servidores. Passamos a realizar as sessões e audiências públicas de forma remota, com transmissão pelo YouTube e pelo site institucional (www.camaradourados.ms.gov.br)", detalhou Guedes.

Contudo, com o expressivo aumento de casos em Dourados novas medidas terão que ser tomadas, principalmente após a confirmação das autoridades de saúde de que dois colaboradores do quadro de pessoal testaram positivo para a Covid-19. "Trata-se de um contato próximo ao primeiro caso, já confirmado ontem. O dia 20 de maio foi o último trabalhado pela servidora, que já está em quarentena, assim como todos que com ela mantiveram contato. Seguimos, mais uma vez, todas as recomendações da Vigilância em Saúde e do Comitê de Gerenciamento de Crise do Coronavírus", anunciou Alan Guedes, em nota distribuída na noite deste domingo.

A Câmara de Dourados só vai permitir o acesso aos servidores que, pela imprescindibilidade de funções, tenham tal necessidade. A 4ª Brigada de Cavalaria realizará a desinfecção de todas as dependências da sede do Poder Legislativo, e a Vigilância em Saúde promoverá a testagem de servidores e vereadores – dentro do que preconizam as autoridades sanitárias.

A 18ª Sessão Ordinária, prevista para esta noite, não será realizada. "Qualquer matéria de caráter urgente relacionada à pandemia, que porventura precise ser apreciada entre os dias 1º e 5 de junho, será feita via sessão extraordinária remota, ressaltando que isso não gera nenhum pagamento adicional aos edis", informou Alan Guedes. Nesta segunda, em conjunto com o porta-voz do Comitê de Gerenciamento da Crise, Frederico Weissinger, serão dados mais detalhes sobre as ações realizadas pela Câmara diante da chegada da Covid-19 ao Legislativo municipal.

Comentário

O Ministério da Saúde anunciou, sexta-feira (29) passada, a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe até o dia 30 de junho, em todo o país. A terceira e última fase teve início no dia 11 de maio, com prioridade aos grupos formados por pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, professores e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

A meta é vacinar 90% dos grupos prioritários, porém, até o momento, foram vacinadas apenas 25,7% de 36,1 milhões de pessoas estimadas nesta terceira fase. Desde o início da ação nacional, em 23 de março, 50 milhões de pessoas foram vacinadas, faltando ainda 28,3 milhões que ainda não receberam a vacina.

“Estamos com uma campanha em andamento e é fundamental que as pessoas que fazem parte dos grupos de risco, que ainda não se vacinaram, procurem os postos de saúde. Por conta do baixo alcance da meta nesses grupos prioritários, nós, em acordo com os estados e municípios, estamos prorrogando a campanha, de 5 para 30 de junho. É mais uma oportunidade para que os públicos de todas as fases, que ainda não se vacinaram, possam procurar de forma organizada as unidades de saúde”, explica o secretário substituto de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Macário. A vacina é importante para reduzir complicações e óbitos por influenza.

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a Covid-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Balanço

Na primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe de 2020, mais de 100% do grupo prioritário, idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores de saúde foram vacinados contra influenza, ou seja, acima da meta de 90%. Durante a segunda fase, no entanto, a cobertura foi de 66,61%, de acordo com o Ministério da Saúde.

Comentário

Tendo em vista o avanço da Covid-19, bem como pensando nas dificuldades de proteção aos indígenas que habitam a Reserva Indígena de Dourados, a Igreja Metodista da 5ª Região, lançou, através do Ministério de Ação Social, uma campanha para arrecadação de máscaras, voltada principalmente aos segmentos que não possuem condições financeiras para se proteger.

A campanha denominada 'Missão Tapeporã' (visando conduzir ao 'bom caminho', na tradução indígena), tinha como objetivo o envio de 12 mil máscaras, conforme a mobilização realizada através dos 12 Distritos que compoem a 5a. Região. O esforço concentrado acabou melhor do que a expectativa; até a semana que vem mais de 17 mil máscaras deverão ser entregues.

De acordo com os coordenadores, a iniciativa tem o objetivo de prevenir e orientar os moradores dos locais sobre a doença. Cada indígena vai receber uma máscara. A comunidade da igreja conta com a colaboração da Secretaria de Saúde do Município no sentido de recrutar voluntários para auxílio na distribuição logística das doações.

Comentário

Página 4 de 1658
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis