Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
  • cmd mascara
Redação Douranews

Redação Douranews

A JBS vai doar R$ 700 milhões para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Desse total, R$ 400 milhões – mais de 50% dos recursos – serão destinados a ações no Brasil. As doações no Brasil envolvem três frentes de atuação: saúde pública, ação social e apoio à ciência. As iniciativas terão abrangência nacional, impactando diretamente 162 municípios de 17 Unidades da Federação. Somadas, as populações das cidades atendidas chegam a quase 60 milhões de pessoas. Também serão destinados recursos a organizações sociais sem fins lucrativos e entidades de pesquisa.

“Essa doação está inteiramente dedicada ao enfrentamento da Covid-19. Estamos em meio a uma crise sem precedentes no mundo, e enfrentá-la requer o envolvimento de todos. Estamos fazendo todos os esforços e nos dedicando em várias frentes para atender às questões mais críticas nessa pandemia, por meio de investimentos em saúde, ajuda aos mais vulneráveis e apoio à ciência e tecnologia”, afirma Gilberto Tomazoni, CEO da JBS. “Estou muito confiante de que esse projeto fará muita diferença na vida de milhões de pessoas nesse momento tão desafiador para nossa sociedade”, declara o executivo.

Os R$ 400 milhões doados pela JBS para o enfrentamento da Covid-19 no Brasil, serão distribuídos da seguinte forma: R$ 330 milhões serão destinados à construção de hospitais, ampliação de leitos, compra de testes, medicamentos, equipamentos médicos e insumos de higiene, além de doação de alimentos que vão impactar 17 Unidades da Federação e 162 municípios; - R$ 50 milhões estarão à disposição de entidades de pesquisa e tecnologia no país com foco em estudos na área de saúde; e outros R$ 20 milhões vão para 50 organizações sociais sem fins lucrativos que atendem comunidades vulneráveis no país.

Ao todo, vivem nos estados beneficiados pela doação da JBS 170 milhões de brasileiros. “Temos uma história de compromisso com o Brasil há mais de 65 anos. Seguimos inteiramente dedicados ao país e aos brasileiros no enfrentamento dessa pandemia e trataremos o assunto com a urgência e a velocidade que o momento pede. Para isso, foi estruturada uma ação de grande capilaridade e relevância, apoiada pelos mais renomados especialistas no país em suas diferentes áreas de atuação e que nos ajudarão em cada etapa dessa ação”, destaca Wesley Batista Filho, presidente da JBS na América do Sul e presidente da Seara.

Comentário

A Secretaria municipal de Saúde confirma para esta terça-feira (12) o início, efetivamente, da 3ª etapa da Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza em Dourados, com o intuito de atender aos grupos prioritários referentes a esta fase.

Novas estratégias de imunização estão sendo oferecidas, como vacinação em todas as unidades de saúde da rede municipal, exceto nas unidades do Cachoeirinha, Vila Índio e Santo André, designadas como referência para os atendimentos de pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e preventiva do novo coronavírus.

“Ressaltamos o momento vivenciado, onde constitui uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional, a pandemia pela Covid-19. Por isso, reforçamos as recomendações do Ministério da Saúde, para que se evitem aglomerações como também, evitar a disseminação da doença”, diz Edvan Marcelo Marques, gerente do Núcleo de Imunização de Dourados.

Considerando os fatores técnicos, científicos e logísticos ofertado pelo Ministério da Saúde, a tabela atualizada com datas e grupos a serem atendidos a partir desta data ficou da seguinte forma: na primeira etapa, de 11 a 17 de maio, devem ser vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias. Na segunda etapa, de 18 de maio a 05 de junho, será a vez de adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas de ensino.

O gerente do Núcleo lembra que os demais grupos contemplados anteriormente e que por ventura ainda não se vacinaram para que procurem a unidade de saúde mais próxima de sua residência para receber a dose da vacina.

Comentário

A cidade de Seul, na Coreia do Sul, ordenou neste domingo (10) o fechamento de todos os clubes e bares após uma explosão de novos casos, devido ao temor de uma segunda onda de coronavírus, e o presidente Moon Jae-in pediu que o público permanecesse em alerta. Ele falou em um evento de comemoração do seu terceiro ano na presidência.

O país se apresentou como um modelo global de como conter o vírus, mas a ordem do prefeito de Seul no sábado (9)segue novos casos de infecção em Itaewon, um dos bairros mais movimentados da cidade. Mais de duas dúzias de casos estão relacionados a um homem de 29 anos que testou positivo para a Covid-19 depois de passar um tempo em cinco clubes e bares em Itaewon no último fim de semana.

As autoridades de saúde alertaram para um aumento adicional de infecções e estima-se que cerca de 7.200 pessoas tenham visitado os cinco estabelecimentos identificados. "A negligência pode levar a uma explosão de infecções", disse o prefeito de Seul, Park Won-soon, acrescentando que o pedido continuará em vigor indefinidamente. Dos 18 novos casos sul-coreanos relatados no sábado, 17 foram vinculados a Itaewon, segundo o Centro Sul-Coreano de Controle e Prevenção de Doenças.

Wuhan

A cidade de Wuhan, na China, onde a epidemia de coronavírus teve início, divulgou neste domingo (10) o primeiro novo caso da doença desde 3 de abril, segundo autoridades de saúde locais, como informa a rede norte-americana CNN. O paciente está em estado crítico e a esposa dele também testou positivo e foi relatada como um caso assintomático. O paciente mora em um bairro que registrou 20 casos confirmados no total.

Comentário

Um idoso de 72 anos e o filho dele, de 43, foram presos na sexta-feira (8) e encaminhados para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados), depois do estupro coletivo de duas irmãs, uma de 9 e outra de 12 anos. Um adolescente de 16 anos, que participou do estupro coletivo, foi encaminhado para Unei (Unidade Educacional de Internação).

De acordo com publicação do site midiamax, o idoso e o filho vão responder pelo fornecimento de bebidas alcoólicas para as irmãs, sendo que a menina de 12 anos acabou embriagada sendo socorrida e levada para uma unidade hospitalar da cidade.

O crime aconteceu na quinta-feira (7), quando a polícia recebeu a denúncia anônima de que estava acontecendo um estupro coletivo de duas irmãs, na casa de um idoso de 72 anos, e que na residência ainda estavam mais um homem de 43 anos, um rapaz de 26, outro de 21 anos e um adolescente de 16.

Os homens estavam fornecendo bebidas alcoólicas para as irmãs, sendo que a menina de 12 anos ficou embriagada e quando socorrida foi levada para o hospital da cidade. Já a adolescente de 9 anos contou aos policiais que quando os homens davam bebidas para ela, ela fingia que engolia, mas jogava fora o líquido.

O jovem de 21 anos foi ouvido e liberado, já que ficou apurado que não havia participado do crime. E a polícia procura por outro homem, que fugiu do local, de acordo com a publicação.

Comentário

Ninguém acertou os números sorteados do concurso 2260 da Mega-Sena, realizado neste sábado (9) e a loteria permanece acuulada. As seis dezenas sorteadas em São Paulo foram 12-14-34-35-37-47.

Como não houve bilhetes vencedores, o prêmio, que já estava acumulado em R$ 80 milhões, agora será de R$ 90 milhões para o próximo sorteio.

As 91 apostas vencedoras na faixa da quina vai pagar a cada acertador R$ 45.513,08 e outras 6.688 apostas foram premiadas com R$ 884,67, para quem acertou a quadra

Comentário

A infectologista e integrante do COE (Comitê de Operações de Emergência) da Secretaria estadual de Saúde), Mariana Croda, apresentou a estratégia que está sendo implantada especificamente nas aldeias indígenas de Dourados para combate ao coronavírus, na transmissão ao vivo deste sábado (9) pelas redes sociais do Governo na internet. Segundo Mariana, o mais importante é evitar o contágio e imprimir uma ação rápida nessas comunidades.

“Até o momento nenhum caso foi registrado. Em conjunto com o DSEI (o Distrito Sanitário Especial Indígena), que faz o gerenciamento da saúde dos indígenas em MS, iniciamos a implantação de unidades de vigilância, que possam fazer o diagnóstico molecular, por RT PCR, nas síndromes gripais da população indígena”. A ação inicia-se nas aldeias Bororó 1 e 2 e na Jaguapiru 1 e 2.

“É uma estratégia ampliada porque nós não testamos apenas o coronavírus, mas os vírus sanitários, nos modelos do Ministério da Saúde, para saber a circulação viral nessa comunidade”, complementa a especialista, que é professora da UFMS e por vários aos foi diretora do HU (Hospital Universitário) da UFGD em Dourados, referência no atendimento às populações indígenas do Sul do Estado.

Serão coletadas dez amostras de swab em pacientes indígenas que apresentarem sintomas da síndrome gripal para ser realizado exame RT-PCR de painel viral para onze vírus respiratórios, para detectar qual vírus está circulando na aldeia. As coletas serão feitas nos postos de saúde das aldeias e enviadas ao Lacen/MS, o Laboratório Central de diagnósticos.

A segunda etapa acontece quando o primeiro paciente indígena der positivo na aldeia. “A partir disso começará a ser feita a testagem em massa na população indígena através de testes rápidos e também RT-PCR para isolamento domiciliar”, reforça o titular da pasta, Geraldo Resende, explicando ainda que o próximo município a receber iniciativa semelhante será Amambai, onde também se concentra expressiva população de índios.

Número de casos dispara

Com a curva de crescimento da Covid-19 em ascensão no Estado, a Secretaria de Saúde reforça a necessidade da população se manter em casa, só sair em caso de extrema necessidade, mantendo todos os cuidados com higienização das mãos e o uso de máscaras. O secretário Geraldo Resende disse que o Governo está monitorando e oferecendo todo suporte aos municípios com avanço acelerado de contaminação, e mais uma vez chamou a atenção para a única medida capaz de enfraquecer o vírus.

“O número de casos tem crescido muito nos últimos dias. Há poucos dias tivemos 23, ontem mais 15 e hoje mais 20 casos. O crescimento está sendo exponencial. Fazemos um apelo para o isolamento social, especialmente numa data em que culturalmente as famílias se reúnem para comemorar o dia das mães”, pontuou durante live neste sábado (9), pedindo que a população use as ferramentas digitais para celebrar a data.

Confira o último boletim do Estado para a Covid-19

Mesmo sem casos suspeitos entre os indígenas no Mato Grosso do Sul, por enquanto, o temor existe porque o governo federal não apresentou até o momento um plano de combate ao novo coronavírus junto às aldeias. Tampouco os povos indígenas foram considerados como grupo de risco pelo Ministério da Saúde, o que não implica cuidados específicos e diferenciados, manifesta o Cimi (Conselho Indigenista Missionário).

Na Reserva de Dourados, além da grande quantidade de indígenas em pouco espaço, a falta de água é constante em algumas regiões e persiste há mais de uma década. Muitas famílias precisam caminhar por horas para conseguir água ou contar com o abastecimento, feito de forma esporádica, já denunciou o deputado Barbosinha, cobrando providências das autoridades nesse sentido e sugerindo a contratação dos serviços da Sanesul para resolver a situação.

Comentário

A Guarda Municipal de Dourados apreendeu na madrugada deste sábado (9) um adolescente de 17 anos autor de furto e arrombamento em vários estabelecimentos comerciais no centro da cidade. A Guarda foi acionada por volta de uma hora da madrugada por um homem de 60 anos, proprietário da mercearia localizada na região do Terminal de Transbordo relatando que o local havia sido arrombado.

O homem disse que acordou de madrugada após ouvir barulhos de pessoas andando no telhado do comércio e que ao sair para verificar observou um indivíduo preso no madeiramento vestindo um casaco cinza com toucas e short estampado, porém o rapaz conseguiu fugir.

Com essas características, a equipe da Guarda iniciou rondas na região central e ao passar em frente a uma farmácia na avenida Marcelino Pires observou que havia uma porta arrombada e vários produtos jogados ao chão. O gerente da farmácia compareceu ao local e através de levantamentos foi constatado que o autor do arrombamento na farmácia tinha as mesmas características do autor que realizou o arrombamento na mercearia.

A equipe da Guarda Municipal continuou as rodas na região e localizou o adolescente de 17 anos escondido embaixo de uma das marquises da antiga biblioteca no Terminal de Transbordo, onde está sendo reformada a praça Antônio Alves Duarte, antiga 'Mario Corrêa'. As vítimas reconheceram o adolescente que foi apreendido e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.

Essa não é a prieira vez que o rapaz vai preso, Há uns 20 dias a Guarda Municipal já havia detido o mesmo adolescente praticando arrombamento em uma loja de telefonia na região central, de onde furtou seis aparelhos celulares.

Comentário

Duas pessoas morreram na noite desta sexta-feira (8) em Pedro Juan Caballero depois de se envolverem em um acidente entre duas motos. O fato aconteceu na rua Cerro Léon esquina com a rua Cubas e causou a morte de Lourdes Quiñones, de 30 anos e Ramón Lazarte López, de 54 anos.

De acordo com as informações obtidas no local, os dois conduziam cada um uma das motocicletas e, por motivos que ainda serão apurados, bateram de frente. Com o impacto da batida e a queda no asfalto, Lourdes e Ramón tiveram traumatismo craniano e morreram antes de receber os primeiros socorros.

Peritos da Polícia Nacional estiveram no local e os corpos foram levados para o necrotério do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, divulgou o site Ponta Porã News.

Comentário

O Procon realizou, quarta (6) e quinta-feira (7), pesquisa de preços de flores para o dia das mães em Dourados. No total foram pesquisados 17 itens em sete estabelecimentos comercias da cidade, indicando significativa diferença de preços entre os estabelecimentos. O Kalanchoe Grande (275%), a Azaléia (120%) e a Gerbera (120%), por exeplo, requerem uma busca cuidadoda antes de serem adquiridos.

De acordo com o Procon, dos produtos pesquisados seis foram encontrados a venda em todos os estabelecimentos visitados pela equipe de ficalização, apresentando variação de 39,6% do estabelecimento com menor para o de maior preço. Em relação à pesquisa realizada em maio de 2019, os valores encontrados mostram que houve um aumento de 7,9% nos preços.

COMPARE OS PREÇOS

De acordo com o diretor administrativo do Procon, Antonio Marcos Marques, é importante que se visite mais de um estabelecimento antes de comprar as flores para essa data especial. “Os consumidores que seguirem a pesquisa poderão pagar até duas vezes menos. Sempre é recomendável pesquisar preço, tipo da flor e do arranjo antes de escolher, pois dependendo do material utilizado o preço poderá ter alterações consideráveis”, diz.

Orienta ainda que para a entrega em outros locais/municípios, o consumidor deve pedir informação e não deixar de verificar o valor do frete. “Tudo deve ser feito por escrito: tipo de flores ou arranjo, horário, local e mensagem”. Diz ainda que é recomendável que se solicite confirmação da entrega e se exija nota fiscal ou recibo. “Não se esqueça de confirmar se a pessoa recebeu tudo, e reclame caso haja divergência entre a encomenda e a entrega”, alerta o diretor.

Comentário

O Setor de Digitalização da Prefeitura de Dourados está investindo na digitalização de todos os arquivos e documentos referentes à vida funcional de cada servidor da administração municipal, do Departamento de Recursos Humanos. De acordo com a secretária municipal de Administração, Elaine Boschetti Trota, esse é um processo que se faz necessário devido à alta demanda dos documentos relacionados à vida funcional dos servidores, ativos e exonerados.

O arquivo possui mais de duas mil caixas, totalizando mais de dois milhões de páginas. A digitalização desses documentos passa por um processo rigoroso de análise, separação e, em alguns casos, a recuperação dos documentos, pois, em alguns casos, alguns apresentam desgaste natural devido ao tempo em que foram gerados.

Hoje são em torno de sete mil funcionários, incluindo efetivos, comissionados e contratados, e cada um conta com a sua pasta funcional. Algumas dessas pastas chegam a ultrapassar 100 páginas de arquivo. Atualmente, de acordo com a Secretaria de Administração, aproximadamente pouco mais de 17% de todo o acervo está digitalizado.

A secretária de Administração Elaine Boschetti destaca que quando algumas informações são solicitadas, demanda-se muito tempo na busca por esse material. Agora, com o sistema que está sendo implantado, essa busca vai demorar apenas alguns segundos, tornando o procedimento muito mais prático e acessível. “Nossa meta é encerrar o ano de 2020 com pelo menos 40% de todo processo concluído”, informa.

Comentário

Página 16 de 1652
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus