Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) retomou nesta segunda-feira (28) o trabalho presencial no Parque dos Poderes. Ele postou, no perfil no Facebook, que está recuperado da Covid-19 depois de ter sido diagnosticado com a doença no dia 17 deste mês. Foram 11 dias isolado, cumprindo quarentena, mas trabalhando em regime de home office - de casa, sem ir à Governadoria.

"Após permanecer em quarentena por conta do diagnóstico da Covid-19, retomo hoje as atividades presenciais no Governo do Estado. Agradeço a todas as orações e mensagens enviadas durante o período. Que Deus abençoe cada um de vocês!", postou Reinaldo.

O chefe do Executivo sul-mato-grossense afirmou em postagem anterior que apresentou apenas sintomas leves e que se sentiu bem durante o período afastado e cumprindo todas as orientações médicas que foram recebidas por ele, mas manteve o mesmo ritmo de trabalho, à distância.

Comentário

O Diário Oficial de Dourados, edição de sexta-feira (25) traz a publicação da Lei 4.538, de 22 de setembro de 2020, em que a prefeita Délia Razuk autoriza a cedência de imóvel à União, por intermédio do Ministério da Justiça e Segurança Pública/Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul, para que seja destinado à construção da sede da Delegacia da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Dourados.

O imóvel, avaliado em R$ 2.055.073,20, é parte da fazenda Coqueiro, desmembrado do Lote B-0 (remembrado), perímetro urbano, situado na rua Ildefonso Pedroso, 765, com área uma de 10.384,01m². A cessão da área pública é feita de caráter gratuito e pelo prazo de 10 anos.

Conforme a publicação no Diário Oficial, “o imóvel só poderá ser utilizado para fins da construção e instalação da sede da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, com os equipamentos necessários para a prestação do serviço público afim, no Município de Dourados”.

Comentário

O engenheiro Ângelo Ximenes, diretor administrativo da Mútua-MS, a caixa de assistência dos trabalhadores do Sistema Confea/Crea, é o único candidato do interior do Estado nas eleições que serão realizadas, presencialmente, em todo o Brasil, incluindo a Regional de Mato Grosso do Sul, na quinta-feira (1), das 8 às 19 horas. Ximenes disputa a reeleição para o cargo que já ocupa há três anos.

No Douranews, na tarde desta segunda-feira (28), o agrônomo que já presidiu a Aeagran (Associação de profissionais da categoria na Grande Dourados) e por último, o Clube Indaiá, disse da importância do comparecimento dos filiados ao Sistema. “O mutualista [como são denominados os associados à caixa de assistência] tem vantagens que nenhum outro segmento do mercado oferece”. A Mútua-MS tem, aproximadamente, R$ 10 milhões em caixa para atender os profissionais da área.

CONFIRA A ENTREVISTA

Nessas eleições serão eleitos os presidentes do Conselho Federal (Confea) e do Crea-MS e os diretores geral e administrativo da Caixa de Assistência dos Profissionais (Mútua-MS) que ocuparão os cargos pelo período de janeiro de 2021 a dezembro de 2023. Todos os profissionais registrados no Crea-MS, em torno de 10 mil, e quites com a anuidade referente ao exercício 2019, estão aptos a votar.

Haverá urnas em 17 cidades: Dourados, Campo Grande, Amambai, Aquidauana, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Jardim, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Três Lagoas e em todos esses locais foram adotadas medidas de distanciamento e higienização visando a segurança do eleitor. Os mesários estarão protegidos por máscaras, protetores faciais e luvas durante todo o período em que estiverem no local de votação, desde a organização da sala até a apuração dos votos.

Crea-MS

Três profissionais estão na disputa pelo cargo de presidente do Crea-MS, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, atualmente presidido pelo agrônomo Dirson Freitag. Concorrem ao pleito: A engenheira agrimensora Vânia Abreu de Mello, o engenheiro civil Marco Antônio Paulino Maia e o engenheiro mecânico Jorge Tadeu Mastela e Almeida.

Comentário

A Caixa Econômica Federal deposita nesta segunda-feira (28) mais uma parcela de R$ 600, ou de R$ 1.200 no caso das mães que se declararam chefes de família, aos nascidos em outubro e novembro. Também recebem a primeira parcela de R$ 300 os inscritos no Bolsa Família, com NIS (Número de Inscrição Social) terminado em 8.

No total, 9,4 milhões de trabalhadores estão aptos a receber a ajuda federal, sendo 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família e o restante de inscritos no Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios.

O recurso, entretanto, só poderá ser utilizado para pagamento de contas e boletos ou para fazer compras via QR Code e cartão de débito virtual, porque, em princípio, ficará em uma conta poupança digital da Caixa Econômica Federal. Somente depois, conforme outro calendário, é que será permitida a realização de saques e transferências.

Comentário

O Cartório da 18ª. Zona Eleitoral informou que algumas alterações foram promovidas em pontos de coleta de votos para as eleições deste ano em Dourados, incluindo a mudança das seções que funcionavam no Centro de Convivência do Idoso ‘Andres Chamorro’, local que agora está servindo como ponto de testagem para a Covid-19.

“Nessas eleições, estamos tomando todos os cuidados necessários de biossegurança, atendendo orientações do Tribunal de garantir a proteção do eleitor no seu direito de voto”, observou Israel Lins, o chefe do cartório da 18ª. ZE.

As seções 394 e 402 do Centro de Idosos mudaram para a Escola Estadual Antônia da Silveira Capilé, que se localiza na mesma região.

Também, desta vez por conta de reforma no local de votação, as seções da escola Sesi serão transferidas temporariamente para outros dois locais. As seções 409 e 418 do Sesi vão funcionar na Escola Municipal Maria da Rosa Silveira Câmara, localizada em frente da Praça do Cinquentenário, na mesma região, que é para onde o eleitor deverá se dirigir no dia da eleição. Já as seções 393 e 401, também do Sesi, foram para Escola Municipal Álvaro Brandão, na região do bairro João Paulo II.

A Justiça Eleitoral vai mobilizar em torno de 3.000 pessoas no processo de votação deste ano. Atualmente, dos 1200 convocados na 18ª Zona (a Zona 43 terá outros 1230 mesários) cerca de 150 pediram dispensa por motivo de saúde, mudança de cidade ou por estarem em algum cargo incompatível com a função de mesário (como membro da Guarda Municipal, por exemplo), o que demanda a procura por mesários voluntários.

Comentário

Isaac Escurra Ocampos, de 55 anos e Teodoro Cuevas Benites, de 56, foram executados a tiros em frente da casa onde moravam, na noite deste domingo (27), em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz divisa com a brasileira Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o levantamento policiais, os dois chegavam na residência depois de acompanharem uma corrida de cavalos quando foram surpreendidos por pistoleiros. Um dos autores desceu com uma pistola 9mm em punho e fez vários disparos para o interior do carro dos ocupantes, segundo o repercute o site Ponta Porã News.

Isaac morreu no local antes mesmo do socorro, já Teodoro chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. A polícia recolheu várias cápsulas dos tiros deflagrados, e está à procura dos assassinos. Investigações foram iniciadas para apurar as intenções para o crime.

Comentário

Apesar do número recorde de candidatos para a Prefeitura de Dourados [sete chapas protocolaram pedido de registro], a disputa deve ser polarizada por dois concorrentes de maior cacife político na cidade: o deputado estadual José Carlos Barbosa (DEM) e o atual presidente da Câmara de Vereadores Alan Guedes (PP).

Barbosinha tem a preferência do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), de quem foi secretário de Justiça e líder na Assembleia e de cujo partido escolheu o vice, o ex-deputado Valdenir Machado. Já Alan Guedes tem a simpatia da prefeita Délia Razuk (sem partido), como ela própria revelou em entrevista ao DOURANEWS e cujo ex-adjunto da Saúde e figura ligada na família, o médico Guto Moreira, foi escolhido candidato a vice.

Reportagem deste domingo (27) no site Campo Grande News, detalhando todas as alternativas oferecidas aos 164.395 eleitores cadastrados no segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso do Sul, repercute que, aos 55 anos, Barbosinha entra na eleição com apoio do PSDB, o partido do governador Reinaldo Azambuja, e relata que a legenda tucana indicou como candidato a vice-prefeito o veterano político douradense Valdenir Machado, ex-coordenador do escritório regional do Governo em Dourados.

Além do DEM e PSDB, a coligação “Reconstruir é Nosso Desafio” tem Avante, Patriota, Podemos, PSB, MDB, PSD e Solidariedade.

O principal concorrente de Barbosinha é o jovem político douradense Alan Guedes. Aos 34 anos, o advogado de carreira cumpre o segundo mandato na Câmara de Vereadores e entra na sexta disputa eleitoral. Em 2018, teve 11.145 votos como candidato a deputado federal, lembra a reportagem. Guedes, à época no DEM, foi impulsionado pelo hoje vice-governador Murilo Zauith e o atual primeiro secretário da Assembleia, Zé Teixeira, ambos agora no projeto de Barbosinha.

Relata o Campo Grande News: “Alan Guedes tem como candidato a vice o médico Carlos Augusto Moreira (PL), o Doutor Guto, outro douradense nato. Guto foi secretário adjunto de Saúde na gestão de Délia Razuk em 2017. Sobrinho do ex-prefeito José Elias Moreira, que ocupou uma das principais secretarias no governo Délia Razuk (Planejamento) e depois se tornou conselheiro da prefeita, Guto é filho de uma amiga e assessora de longas datas de Délia Razuk. O PL, partido de Guto Moreira, foi a legenda pela qual a prefeita foi eleita em 2016, derrotando o também candidato apoiado pelo governador, o atual secretário estadual de Saúde Geraldo Resende”.

Oficialmente, a atual prefeita ainda não se pronunciou, mas a tendência é declarar apoio ao candidato do PTB, o advogado indígena Wilson Matos. O partido é liderado atualmente em Dourados pelo filho de Délia, o deputado estadual Neno Razuk. Mas, Délia Razuk declarou recentemente que gostaria de ver Alan Guedes no comando do município a partir de 1º de janeiro de 2021, na entrevista gravada em vídeo para o DOURANEWS, interpretada por lideranças locais como indicativo de acordo previamente costurado com a indicação do vice na chapa.

“A candidatura própria do PTB é vista pelos adversários de Alan Guedes como manobra para não contaminar o vice. Pesquisas internas teriam revelado que a prefeita poderia tirar votos de qualquer candidato apoiado por ela”, analisa o Campo Grande News.

Comentário

O candidato à Prefeitura de Dourados pelo partido Republicanos Racib Harb, realizou ato simbólico de abertura da campanha eleitoral deste ano na manhã deste domingo (27) na Praça Antônio João. Reunido com candidatos à Câmara de Vereadores do partido, Racib orientou os postulantes sobre a caminhada nas ruas e alinhou as bandeiras de defesa da legenda.

"O nosso compromisso é com a população douradense. Desde o início temos mostrado a nossa liberdade em fazer uma campanha limpa e livre de amarras partidárias. O combate à corrupção, a ordenação efetiva do recurso público e a valorização da vida e da família será a nossa prioridade. Dourados não suporta mais quatro anos de uma gestão incompetente e sem assistência das demandas populares", afirmou o candidato à Prefeitura, conforme divulgou a assessoria.

A partir deste domingo todos os candidatos já podem pedir votos, respeitando as regras da legislação eleitoral e priorizando divulgar números que serão adotados nas urnas e propostas de trabalho. As eleições acontecem no dia 15 de novembro. Dourados possui 19 cadeiras para o legislativo, enquanto para o executivo, devido o número de eleitores, a cidade definirá o sucessor de Délia Razuk já em primeiro turno.

Comentário

Está valendo! A partir deste domingo (27) as Eleições Municipais 2020 entram em uma nova etapa, com o início da campanha aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. Os candidatos estarão liberados, por exemplo, a pedir votos e divulgar propostas nas ruas, na internet e na imprensa escrita. Já a propaganda gratuita em rádio e televisão do primeiro turno – marcado para 15 de novembro - será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro.

No ambiente virtual, em plena pandemia do novo coronavírus, quando a Internet ganha cada vez mais importância, a publicidade eleitoral poderá ser feita nos sites dos partidos e dos candidatos, em blogs, postagens em redes sociais e aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Telegram. São proibidos, entretanto, os impulsionamentos de publicações feitas por terceiros, o disparo em massa de mensagens e a propaganda em sites de quaisquer empresas, organizações sociais e órgãos públicos.

Outra conduta proibida, na mira da Justiça Eleitoral, são os conteúdos enganosos ou descaracterizados, utilizados pelos candidatos. Nesses casos, eles serão responsabilizados por publicações desse tipo.

Nas ruas, ficam permitidas bandeiras móveis entre às 6 e 22 horas, desde que não atrapalhem o trânsito de veículos e pedestres. Os carros de som só serão permitidos em carreatas, passeatas ou durante comícios e reuniões. Os candidatos também podem colocar em mesas materiais impressos de campanha.

Para receber denúncias de cidadãos, além do registro em cartórios eleitorais e no Ministério Público Eleitoral, o aplicativo Pardal, específico para informar irregularidades de campanhas também estará disponível. Todas as denúncias precisam identificar o cidadão denunciante.

O que pode e o que não pode

Rua (liberados)

Distribuição de santinhos adesivos será permitida até às 22 horas da véspera das eleições (14 de novembro);

Colocação de adesivos em bens privados como automóveis, caminhões, motocicletas e janelas residenciais, desde que não excedam a dimensão de 0,5m2. O material deve conter o CNPJ ou CPF do responsável pela confecção, bem como de quem o contratou, e também a respectiva tiragem;

Até 12 de novembro: Comícios, das 8 horas até à meia-noite, desde que avisado pelo menos 24 horas antes à autoridade policial. Apresentação de artistas estão vedadas;

Até 13 de novembro: anúncios na imprensa escrita desde que respeitem o tamanho máximo do anúncio por edição;

Até o dia 14 de novembro: Alto-falantes ou amplificadores de som podem ser utilizados das 8 às 22 horas, observando-se as restrições de local. Os equipamentos porém, não podem ser usados a menos de 200 metros de locais como as sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, quartéis e hospitais, além de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros (quando em funcionamento).

Bandeiras e mesas para distribuição de materiais são admitidas ao longo das vias públicas, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículo;

Carros de som ou minitrios são permitidos apenas em carreatas, caminhadas, passeatas ou durante reuniões e comícios, respeitando o limite de 80 decibéis e restrições de local;

Proibidos

Propagandas via telemarketing em qualquer horário.

Disparo em massa de mensagens instantâneas sem permissão do destinatário.

Na Internet (liberados)

Propagandas eleitorais são permitidas em sites dos candidatos, partidos e coligações. O endereço eletrônico deve ser comunicado à Justiça Eleitoral e hospedado em provedor estabelecido no país.

Mensagens eletrônicas são permitidas apenas para endereços previamente cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido político ou coligação.

A campanha por meio de blogs, redes sociais, aplicativos de mensagens instantâneas, mas o conteúdo deve ser gerado ou editado pelos candidatos, partidos ou coligações. Todo impulsionamento deverá conter, de forma clara e legível, o número de inscrição no CNPJ ou CPF do responsável, além da expressão "Propaganda Eleitoral”.

Na Internet (não pode)

Veicular propaganda eleitoral em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em portais oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública direta ou indireta;

Impulsionamentos de posts e mensagens por terceiros.

Debates

Permitidos - até o dia 12 de novembro - em rádios ou canais de televisão, assegurada a participação de candidatos dos partidos com representação no Congresso Nacional de, no mínimo, cinco parlamentares.

Comentário

A Caixa Econômica realizou neste sábado (26) em São Paulo o sorteio do concurso 2.303 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram as seguintes: 03 - 07 - 17 - 20 - 48 - 50.

Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio, que poderia pagar R$ 50 milhões a quem acertasse todos os números, acumulou. A previsão é de que o próximo sorteio, na quarta-feira (30), pague R$ 60 milhões.

A quina teve 145 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 28.857,20 e a quadra, com 8.431 apostas ganhadoras, vai pagar a cada uma R$ 708,99.

Comentário

Página 16 de 1760
  • Editais

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis