Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

As famosas selfies são limitadas pelo tamanho do seu braço. Até hoje, a forma mais prática de driblar esta restrição da biologia humana foram os infames “paus-de-selfie”, que rapidamente passaram a ser detestados por todos. No entanto, outras formas estão surgindo; para quem tem o dinheiro, é possível adquirir um drone especializado em selfies que se dobra e pode ser colocado dentro de qualquer bolsa ou mochila.

O aparelho em questão é a Hover Camera Passport, da Zero Zero Robotics. O diferencial do dispositivo é a sua facilidade de operação, em contraposição com a complexidade de manuseio dos drones normais. Com corpo de fibra de carbono, ela pesa apenas 242 gramas, tira fotos de 13 megapixels e faz vídeos em 4K e, quando dobrada, tem o tamanho aproximado de uma fita VHS.

A Passport não vem com um controle dedicado, mas é controlado por meio do celular (Android ou iPhone), e são conectados por meio de WiFi. A conexão de 5 GHz permite distâncias de até 20 metros, permitindo voos de até 10 minutos com uma recarga completa da bateria, e o pacote padrão vem com duas baterias e um carregador duplo. Em relação a velocidade horizontal, ele se locomove a até 29 km/h.

O drone conta com um chip Snapdragon Flight, da Qualcomm, com vários sensores, que permitem uma gama de ações, entre as quais a mais importante é o fato de ele reconhecer o seu rosto e seu corpo para poder te seguir para uma foto ou orbitar uma pessoa para fazer um vídeo.

De acordo com o Olhar Digital o Passport está à venda no site oficial por um preço promocional de US$ 550. Em duas semanas, o valor subirá para US$ 600.

Comentário

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) já iniciou o levantamento para a oitava edição da Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador. O objetivo é avaliar a percepção do transportador quanto a questões macroeconômicas, investimentos, contratações, oferta de infraestrutura, custos e produtividade, dentre outros.  As entrevistas tiveram início nessa quinta-feira (13) e serão realizadas até 28 de outubro. 

A Sondagem oferece instrumentos para o planejamento estratégico de empresas e de órgãos públicos, além de permitir que a sociedade, em geral, conheça melhor as perspectivas dos empresários do setor sobre o desempenho econômico brasileiro.

Nesta edição, participarão transportadores dos segmentos de cargas e passageiros nas seguintes modalidades de transporte: rodoviário, ferroviário, aquaviário, aeroviário, urbano por ônibus e metroferroviário.

 

Seguem abaixo os links para download da última edição:

Acesse o estudo na íntegra:
Acesse o resumo do estudo:

 

Edições anteriores:
Edição 2014 - Fase 2
Acesse o estudo na íntegra:
Edição 2014 - Fase 1
Acesse o estudo na íntegra:
Edição 2013 - Fase 2
Acesse o estudo na íntegra:
Edição 2013 - Fase 1
Acesse o estudo na íntegra:
Edição 2012 - Fase 2
Acesse o estudo na íntegra:
Edição 2012 - Fase 1
Acesse o estudo na íntegra:

Comentário

As inscrições para o XIX Concurso de Fotografia Aced com o tema “Dourados e sua Força de Trabalho”, foram prorrogadas até a próxima sexta-feira, dia 21. Os interessados devem procurar a sede da associação até às 17h dessa data.

No ato da inscrição, o participante retira o kit no valor de R$ 20, que contém o regulamento completo, ficha de inscrição, CD e modelo de autorização do uso de imagem. As fotografias e demais dados descritos no regulamento, devem ser entregues pelos participantes usando a estrutura do kit até o dia 24.

Este ano o Concurso inova trazendo o tema “Dourados e sua Força de Trabalho”. O objetivo é que os fotógrafos profissionais e amadores participantes registrem um ou mais trabalhadores durante suas atividades laborais. O julgamento será no dia 25.

O concurso tem duas categorias: Câmera Fotográfica e Telefone Celular. Fotógrafos profissionais e amadores podem participar de ambas. Serão selecionadas 12 fotos entre as inscritas para estampar o Calendário Aced 2017. Entre estas, quatro serão premiadas.

Na categoria Câmera Fotográfica o primeiro colocado receberá R$ 2 mil, o segundo R$ 1,5 mil e o terceiro R$ 1 mil. Na categoria Telefone Celular a premiação é única no valor de R$ 600.

O regulamento também está disponível na página do Concurso de Fotografia, localizada na sessão "Agenda" do portal Aced (www.aceddourados.com.br). É possível acessar através deste link: http://www.aceddourados.com.br/agenda/concurso-de-fotografia.

Mais informações no (67) 3416-8653, portal Aced, Fan Page (fb.com/aced.dourados) e Instagram (@aceddourados). A associação fica localizada na avenida Joaquim Teixeira Alves, nº 1.480, centro de Dourados.

 

 

Comentário

Um homem e uma mulher que traficavam drogas na Praça do Bicalho, em Taguatinga, foram presos por ação conjunta entre policiais federais e militares na tarde desta quinta-feira (13/10). Os suspeitos portavam cerca de 15kg de haxixe, um tipo mais concentrado de maconha. Cada quilo da droga era vendido por cerca de R$ 27,8 mil. Há suspeita de que os traficantes façam parte de uma rede que movimenta mais de R$ 1 milhão. 

Os suspeitos foram detidos após denúncia anônima. Por volta de 17h, profissionais da PM observaram a movimentação dos envolvidos até o momento da abordagem. Os dois estavam em um veículo e colidiram com um carro da PM. Com eles, foi encontrado 700 gramas da droga, moeda estrangeira, identidade falsa e o cartão de um hotel, localizado no Setor Hoteleiro Norte.  

No hotel foram encontrados outras identidades falsas, os 15 kg do entorpecente e uma grande quantidade de dinheiro em moeda nacional e venezuelana, valor em torno de R$ 10 mil. A suspeita é de que o casal passou por Florianópolis em direção à capital. O homem é brasileiro e a mulher espanhola. 

Ainda foi constatado que havia um mandado de busca e apreensão do estado de São Paulo pela prática do crime de tráfico de drogas no nome dos traficantes. Ambos foram presos e conduzidos para a sede da Polícia Federal.

Comentário

Com 91 pontos obtidos ao longo da competição, o curso de Direito da UFGD foi o campeão geral da Edição 2016 dos Jojuco (os Jogos Jurídicos do Centro Oeste), realizados em Dourados entre os dias 8 e 11 deste mês, envolvendo participantes de todos os estados da região. Em segundo lugar, com 87 pontos, ficou a UFMS e em terceiro, com 81 pontos, a UCDB, ambos de Campo Grande.

A disputa para se definir o maior pontuador dos Jogos foi extremamente acirrada entre UFGD e UFMS e o título foi decidido apenas no último jogo, em uma final de confronto direto no handebol feminino onde as meninas da Hedionda (da UFGD) se valeram da força da torcida e faturaram a vitória por 7 a 3, ficando com o título da modalidade e assegurando que o primeiro lugar na classificação geral também ficasse em Dourados.

Além de 1º lugar no handebol, o time feminino conquistou três medalhas de prata no basquete, natação e futebol society, além de um bronze, enquanto o masculino foi campeão da natação, prata no handebol e bronze no futsal masculino.

Comentário

Foi enviado para o presídio de Jardim, por questões de segurança, Oscar Ferreira Leite Neto, de 30 anos, conhecido como “Oscarzinho”, investigado pela execução do pistoleiro Alberto Aparecido Roberto Nogueira, 55, o Betão, e do policial civil Anderson Celin Gonçalves da Silva, de 36 anos. Desde que passou a ser um dos suspeitos do duplo homicídio, o estudante de medicina e filho do vereador Eyde Jesus Rodrigues Leite (PSL) e a família têm sido alvos de ameaças, todos vivem em Caracol. Oscarzinho preso em flagrante no dia 1º de outubro por porte ilegal de arma de fogo, às vésperas das eleições, na cidade de Caracol.

De acordo com a advogada Luciana Abou Ghattas, Oscarzinho se manteve no direito de falar apenas em juízo e não prestou esclarecimentos quando foi interrogado pela primeira vez pelo delegado Márcio Shiro Obara, da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Homicídio (DEH), na semana passada, em Campo Grande. Além disso, Luciana informou que já entrou com pedido de habeas corpus para que ele possa responder pelo crime de porte de arma de fogo em liberdade. “Esperamos que na semana que vem o juiz informe a decisão”, disse.

O suspeito não estava em cela exclusiva na Capital, mas foi encaminhado pela Polícia Civil para Jardim porque lá o volume de presos é menor, assim como a probabilidade de que alguém tente matá-lo, diferente se estivesse em unidades prisionais maiores, como em Campo Grande ou Dourados, por exemplo. “Ele teme morrer tanto dentro quanto fora da cadeia”, observa.

A advogada explica, ainda, que,embora tenha sido formalmente indiciado pelas mortes de Betão e Anderson, Oscarzinho não está preso porque, logo que o caso veio à tona, havia sido pedido habeas corpus dele e outros dois investigados, entre eles Guilherme Gonçavels Barcelos, de 31 anos, encontrado morto por enforcamento, supostamente suicídio, no dia 25 de maio, em uma das celas da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras).

“Oscar sempre esteve à disposição da polícia. É fato que ficou tempo escondido em razão das ameaças, mas nunca chegou a ser ouvido”, apontou a defensora.

Ela alega inocência do cliente e diz que só é suspeito porque foi uma das últimas pessoas a serem vistas com as vítimas, antes do achado dos corpos carbonizados no dia 21 de abril, próximo ao lixão na cidade de Bela Vista. “Ele e a família estão preocupados, pois têm sido ameaçados com frequência, principalmente porque entre as vítmas estavam um pistoleiro bastante conhecido e um policial civil. São várias pessoas que podem tentar contra a vida dele”.

O CASO

Os dois corpos carbonizados no dia 21 de abril na carroceria de uma caminhonete Hilux eram do policial civil Anderson Celin e Betão, envolvido em vários crimes com repercussão nacional e que também atuou como pistoleiro de Fernandinho Beira-Mar, um dos maiores traficantes da América Latina. A caminhonete foi encontrada perto de um lixão de Bela Vista, cidade distante 342 quilômetros da Capital.

As circunstâncias das mortes dos dois ainda não foram descobertas. A Hilux estava em nome de Betão, Anderson Celin era policial civil lotado em Campo Grande e morava na cidade. Em 2013, ele foi promovido para investigador da 3ª classe por tempo de serviço.

Betão, como era conhecido, tem ficha criminal extensa e antes de envolver no crime, era servidor estadual, no cargo de agente fazendário. Em 2003, Betão foi acusado de matar policial militar Hudson Ortiz e de tentar matar o irmão dele, o também militar Hudman Ortiz, que ficou paraplégico. Betão acabou se transformando em vítima neste caso e foi absolvido porque o júri entendeu que ele agiu em legítima defesa.

Betão também foi réu, na Justiça de São Paulo, por envolvimento na morte do empresário Antônio Ribeiro Filho e do geólogo Nicolau Ladislau Haraly. Razão pela qual ficou preso entre 26 de junho de 2008, quando foi flagrado pela PF em Pedro Juan Caballero com um arsenal, e 16 de fevereiro, sendo solto por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ex-servidor também era conhecido por ter atuado como pistoleiro do chefe do tráfico e de facção carioca, Fernandinho Beira-Mar.

Comentário

Motorista de 46 anos foi preso ao ser flagrado por equipes da PF (Polícia Federal) e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) transportando 7.700 quilos de maconha escondida em carga de milho. O fato aconteceu durante fiscalização na cidade de Ponta Porã, na região de fronteira do Brasil com Paraguai, na tarde desta quinta-feira (13).

De acordo com a polícia, equipes faziam trabalho de fiscalização na fronteira, quando desconfiaram do motorista que aguardava a nota fiscal da carga de milho em um posto de combustíveis. Agentes abordaram o homem e fizeram buscas no caminhão tracionado a semirreboque, ocasião em que se depararam com fardos de maconha escondidos em meio a 20 toneladas de milho.

A carga de maconha prensada totalizou 7.700 quilos da droga. Motorista e dono do caminhão, que já esteve preso por tráfico de drogas, contou que foi contratado por R$ 40 mil para fazer um frete de Ponta Porã a São Paulo. O caminhão, com a carga de maconha e de milho, e o traficante, foram encaminhados para a Polícia Federal, onde o caso será investigado, conforme divulgou o jornal Correio do Estado.

Comentário

Com investimento de mais de R$ 35 milhões, 568 novas famílias que residem em Três Lagoas já podem comemorar a conquista da casa própria. Nesta segunda-feira (17), às 9h, o governador Reinaldo Azambuja participa da entrega das unidades habitacionais no Residencial Orestinho, as quais foram construídas em parceria com o Governo Federal e prefeitura.

Os imóveis fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida II e têm como destino cidadãos com renda familiar de até R$ 1,7 mil. Somente o Governo de MS está investindo cerca de R$ 2,6 milhões, sendo R$ 1,4 milhão em habitação e infraestrutura interna, mais R$ 1,2 milhão em infraestrutura externa por meio da Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul).

Os apartamentos possuem 43,40 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. De acordo com a Secretaria Estadual de Habitação, são 551 apartamentos adaptáveis e 17 com adaptação para pessoas com deficiência.

Residencial Orestinho

Essa é a terceira etapa de entrega de moradias no residencial Orestinho. A primeira foi no início deste ano, com 432 famílias contempladas. Em maio foi a vez de outras 432 unidades serem entregues. Agora, mais 568 apartamentos serão entregues aos moradores.

Conforme informações da Prefeitura de Três Lagoas, cerca de 2.740 cadastrados concorreram a 568 unidades habitacionais dos 1.432 apartamentos do Residencial Orestinho. Além disso, foram pré-selecionadas 170 pessoas para composição de lista de espera, totalizando 738 nomes, destinados à suplência de vagas, caso algumas pessoas sorteadas tenham sua documentação indeferida após análise da Caixa Econômica Federal.

Comentário

Com muita animação e brincadeiras o ‘Dia das Crianças’ foi comemorado intensamente pelos atendidos do Rede Solidária – unidade Ruth Cardoso, no bairro Dom Antônio Barbosa, na Capital.

Brincadeiras como estafeta (sentar e deitar), cabo de guerra, salto em distância, morto-vivo, carrinho de mão, estoura balão e quiz de perguntas, marcaram a semana de comemoração. Também foi realizada a ‘Olimpíada do Rede’ e durante a abertura oficial houve apresentação das delegações, hino nacional, apresentação de dança e  a declaração da abertura dos jogos feita pela diretora da unidade, Vanda Caczrovski.

sem-titulo-2
Mais de 400 crianças participaram das atividades

Na competição as crianças e adolescentes foram divididos em equipes e em ordem de modalidades esportivas, como vôlei, atletismo, salto em distância, arremesso de peso e futebol. As equipes vencedoras receberam medalhas e troféus.

O Festival de dança, com apresentação de todas as equipes, onde as crianças desenvolveram uma coreografia para apresentarem como forma de competição, contou com a colaboração dos instrutores de dança da unidade.

sem-titulo-1
Tobogã foi um dos brinquedos preferidos pelas crianças

Em todos os dias do evento foi servido lanches como pipoca, algodão doce, bolo e refrigerante. Finalizando as atividades a ‘Festa com Brinquedos’ disponibilizou opções como cama elástica e tobogã.

Comentário

Durante a II Jornada Brasileira de Educação e Linguagem, XI Jornada de Educação de Mato Grosso do Sul e II Encontro dos Mestrados Profissionais em Educação e em Letras, realizada na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) no início do mês, ocorreram vários lançamentos de livros. Entre eles o livro “Retratos de Pesquisa em Educação Especial e Inclusão Escolar”, organizado pelas professoras Celi Corrêa Neres e Doracina Aparecida de Araújo.

O livro é resultado de um conjunto de pesquisas realizadas no âmbito do programa de Mestrado em Educação da UEMS de Paranaíba e do Mestrado Profissional em Educação (Profeduc) da UEMS de Campo Grande. Os textos são de pesquisadores da UEMS, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e da Universidade da Grande Dourados (Unigran).

“Trazemos discussões sobre educação especial desde a formação de professores para essa atuação até os serviços especializados. A educação das pessoas surdas, a inclusão do aluno com deficiência na educação infantil e também no ensino superior, as questões do atendimento educacional especializado, como uma pesquisa sobre as instituições especializadas em atendimento a pessoas com deficiência no estado e também relato histórico da educação especial em Mato Grosso do Sul”, explica a professora doutora Celi Corrêa Neres, coordenadora do Profeduc e uma das organizadoras do livro.

O livro foi publicado pela editora Mercado das Letras e está disponível no site da editora e na coordenação do Profeduc, na UEMS em Campo Grande. Para mais informações, o telefone é (67) 3901-4618.

Jornada de Educação

Um dos assuntos abordados durante a II Jornada Brasileira de Educação e Linguagem, XI Jornada de Educação de Mato Grosso do Sul e II Encontro dos Mestrados Profissionais em Educação e em Letras foi a interlocução da produção científica dos mestrados profissionais com a Educação Básica. Neste encontro, foram apresentadas produções cientificam realizadas nos mestrados profissionais que envolvem a Educação Básica. “Essas discussões mostram a importância de programas de mestrado profissional especificamente aqueles que se dedicam a Educação Básica como é o caso do Profeduc”, comentou a professora Celi.

Comentário

Página 1434 de 1657
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis