Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

Reunidos na tarde desta quarta-feira (30) no auditório da Governadoria, os prefeitos foram aconselhados pela diretoria da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) a manter a cautela na hora do fechamento das contas públicas nesse momento de dificuldade porque passa o país, ao mesmo tempo em que foram advertidos para que continuem atentos a movimentação em Brasília em torno da repatriação de dinheiro do exterior, sob o risco de os municípios serem preteridos na partição dos valores pelo governo federal.

O presidente da entidade, Juvenal Neto (PSDB), abriu o evento falando do cenário difícil que os prefeitos enfrentam diante da grave crise financeira vivida pelo país nesse momento de transição de governo, sobretudo, em decorrência da falta do cumprimento dos compromissos assumidos pelo governo federal, que, segundo ele, criou uma série de programas sociais, mas não indicou uma fonte de receita para as contrapartidas.

Neto se referiu à redução dos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), entre outros fatores negativos que acabaram refletindo na contabilidade das prefeituras. Segundo ele, os prefeitos não devem perder o foco em torno dessa questão. “Eu conversei hoje com a CNM (Confederação Nacional de Municípios), que nos aconselhou a não parar o movimento em favor de garantir os recursos das multas do dinheiro da repatriação”, comentou, durante seu discurso.

O prefeito observou que as prefeituras hoje operam praticamente com o orçamento de 2013 diante do encolhimento dos repasses constitucionais e devido ao estado de insolvência da maioria por culpa da política monetária nacional.

Comentário

Um áudio de cerca de 11 minutos, divulgado na tarde desta quarta-feira (30) pela Blu Radio, da Colômbia, revela pedidos insistentes para pousar do piloto do avião que transportava a delegação da Chapecoense no que seria a última conversa que ele teve com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín

Ouça aqui.

A gravação mostra Miguel Quiroga, que pilotava o Avro RJ85, relatando falta de combustível no avião e pedindo várias vezes para pousá-lo momentos antes do acidente que provocou a morte de 71 pessoas na madrugada de terça-feira. O primeiro pedido é feito logo aos dois minutos da gravação.

À solicitação do piloto, uma controladora responde que a "próxima chance" para pouso seria dali a sete minutos, porque havia uma emergência com outra aeronave – um Airbus da Viva Colombia – sendo atendida naquele momento. Por isso, ela dá ordens para que o avião que transportava o time catarinense permaneça no ar. Em seguida, autoriza a aproximação da outra aeronave.

A conversa se estende até o pedido final de Quiroga, já em tom de desespero, aos nove minutos:

– Senhorita, Lamia 2933 está em falha total, falha elétrica total, sem combustível – grita o piloto.

– Pista livre e com chuva sobre a superfície, Lamia 2933. Bombeiros acionados – responde a controladora.

Na sequência, em três frases rápidas, o piloto pede à torre as coordenadas para pousar, no que é atendido. Então, a controladora pergunta a altitude do avião:

– 9 mil pés, senhorita. Direção, direção... – são as últimas palavras gravadas do piloto.

Depois, a torre avisa que o avião da Chapecoense está a cerca de 13 quilômetros da pista de pouso. Na próxima pergunta sobre altitude, o piloto não se comunica mais. Os chamados dos controladores duram mais dois minutos. Segundo especialistas, a altitude segura para um avião sobrevoar a região montanhosa de Cerro El Gordo é 10 mil pés (3.048 metros). Como o piloto relatou acima, ele estava voando mais baixo, a 9 mil pés (2.743 metros).

O avião perdeu contato com a torre de comando quando sobrevoava as cidades de La Ceja e Aberrojal, à 0h33 de Brasília, e a queda ocorreu à 1h15 no Cerro El Gordo – segundo informações do aeroporto de Medellín, com base na transcrição parcial do Globoesporte.

Comentário

Autoridades da Aeronáutica Civil (a Aerocivil), órgão colombiano responsável pela divulgação dos dados oficiais relativos à tragédia da Chapecoense, confirmaram 71 mortes no acidente que aconteceu na madrugada de terça-feira (29), na cidade de La Unión, na Colômbia. Apenas 6 pessoas sobreviveram à queda do avião que levava o time para a disputa da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, em partida que seria realizada nesta quarta (30).

O fim da busca pelos corpos confirma a presença de 77 pessoas no voo, contrariando a informação inicial de que a aeronave teria 81 pessoas a bordo. Entre as vítimas estão 19 jogadores, além do técnico Caio Júnior, membros da comissão técnica, diretoria e jornalistas. "O balanço é o seguinte: seis pessoas feriadas e 71 pessoas falecidas, para um total de 77 pessoas. Balanço ajustado, visto que 4 pessoas não embarcaram de última hora", disse, Carlos Iván Márquez líder do grupo de busca.

Não embarcaram o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, dois membros da delegação, Plínio Arlindo De Nes Filho, presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, e Gelson Merisio, presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, além do jornalista Ivan Carlos Agnoletto. Entre os sobreviventes, estão 3 atletas do clube catarinense: o lateral Alan Ruschel, o zagueiro Follmann e o zagueiro Neto. O goleiro Danilo chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos. Os outros três sobreviventes são o jornalista Rafael Henzel e dois membros da tripulação, Ximena Suarez e Erwin Tumiri, conforme relata o portal da Band.

Comentário

O secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, presidiu nesta quarta-feira (30) a formatura dos 182 alunos do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos, obrigatório a todo 2º sargento que deseja se habilitar à promoção para 1º sargento. O evento aconteceu no auditório da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e contou com as presenças do comandante-geral da PM (Polícia Militar),coronel Jorge Edgard Júdice Teixeira, do comandante da Academia de Polícia da PM, coronel Claudio Roberto Monteiro Ayres, do diretor da Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa, coronel Paulo Rogério de Carvalho Silva, entre outras autoridades civis e militares.

O curso foi realizado nas modalidades semipresencial e presencial e teve duração de 15 semanas, totalizando uma carga horária de 360 horas/aula a distância e 70 horas/aula presenciais, no período de 1º de agosto a 11 de novembro deste ano. Conforme o comandante-geral da PM, coronel Teixeira, esse foi mais um avanço entre tantos outros conquistados pela instituição, possibilitando ao militar o fluxo regular nas carreiras sem desguarnecer as unidades operacionais nos diversos municípios, além de possibilitar o participante não ficar ausente por muito tempo de seu domicílio.

O secretário estadual de Justiça e Segurança, José Carlos Barbosa, ressaltou que durante o governo Reinaldo Azambuja já foram capacitados 3.219 policiais praças e oficiais, desses 937 formados no Curso de Formação de Soldados, 1.100 homens e mulheres no Curso de Formação de Cabos, 870 no Curso de Formação de Sargentos, 50 no Curso de Habilitação de Oficiais, 40 no Curso Superior de Polícia, 40 no Curso de Pós-Graduação em Aperfeiçoamento de Oficiais e agora 182 no Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos.

“Estou muito feliz de participar de mais uma formatura, pois habilitar esses sargentos significa que estamos contribuindo cada dia mais para a melhoria da instituição. Mato Grosso do Sul hoje possui uma das melhores polícias e, graças às ações e metas que estão sendo desenvolvidas pelo atual governo de priorizar a segurança pública, que hoje é uma das principais reivindicações da população”, enfatizou José Carlos Barbosa.

Entre os destaques do curso está o 2º sargento Alger Picolo Ferreira, que ressaltou que esse é um dos requisitos para ascensão na carreira de Policial Militar. “A realização desse curso representa policiais motivados nas ruas. Antigamente em outros governos nós não tínhamos a expectativa e o planejamento que temos hoje, isso proporciona segurança ao policial que automaticamente vai se dedicar mais ao seu trabalho”.

Além da política de valorização profissional, o Governo do Estado também está realizando por meio da Sejusp o programa de investimentos dos últimos anos na área de segurança, o “MS Mais Seguro”, que está aplicando mais de R$ 96 milhões na compra de armamentos, viaturas, munições e equipamentos de proteção pessoal. “Eu tenho dito ao governador Reinaldo Azambuja, que nós precisamos ter um programa de Estado de investimentos voltado para a área da segurança pública, para proporcionar ao nosso efetivo que é treinado e qualificado instrumentos adequados de trabalho as melhores motocicletas e viaturas. Não existe a presença mais forte do Estado, do que aquela representada pelo policial”, destacou o secretário.

Comentário

O Estadual da Série A começa dia 29 de janeiro de 2017 e trará algumas novidades que poderão ajudar na melhora da qualidade dos jogos, informou nesta quarta-feira (30) a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul). A primeira dessas novidades será o tamanho dos gramados que preferencialmente passarão a ter as medidas ajustadas pela Fifa e pela CBF, de 105x68 metros.

Isso possibilitará aos treinadores estabelecerem tática ajustada a essa realidade. Porém, não será uma obrigação dos clubes, já que o regulamento traz esta novidade preferencialmente este ano, mas os presidentes entendem que essa medida ajudará o desenvolvimento da competição.

Outra novidade será uma reunião entre os técnicos e preparadores físicos antes do início da competição. De acordo a FFMS, no dia 23 de janeiro os profissionais se reunirão em Campo Grande, no hotel Exceller, para estabelecer algumas ações que visem diminuir os problemas com arbitragem e expulsão de jogadores, o que tem prejudicado as equipes ano após ano. Nesse mesmo dia, será acertado um protocolo de coleta de informações dos jogadores que estão começando a temporada para a montagem de um banco de dados nunca feito em Mato Grosso do Sul.

“Estamos vivendo um futebol de resultados, onde o mais informado tem maiores possibilidades de sucesso. Por isso, a Federação está buscando auxiliar os clubes, fornecendo e trocando tecnologia. Vamos avançar mais rapidamente agora. Com a reunião dos técnicos vamos expor as nossas demandas enquanto organizadores e eles as suas expectativas enquanto comandantes. Só temos a crescer” disse Marco Tavares, coordenador da competição e vice-presidente da FFMS.

Comentário

O ministro da Educação, Mendonça Filho, garantiu a liberação de recursos para o início da obra de construção do IMC (o Instituto da Mulher e da Criança), em Dourados. O compromisso foi assumido durante audiência, nesta terça-feira (29) com o coordenador da bancada federal, senador Waldemir Moka (PMDB), e com o deputado federal Geraldo Resende (PSDB). Orçada em R$ 35 milhões, a obra deverá ser inaugurada em 2019.

Além dos recursos vinculados ao Ministério da Educação, serão aplicados recursos próprios do Governo do Estado e de emendas individuais dos parlamentares e de bancada.

A unidade hospitalar será construída em anexo ao HU (Hospital Universitário) da Universidade Federal da Grande Dourados, servindo à população que habita toda a região polarizada pelo município, formada por mais de 800 mil habitantes.

“Temos de levar em consideração, quando se avalia a importância da obra, de que o projeto não somente beneficiará às mulheres e as crianças da região, como, ainda, servirá de setor destinado à aprendizagem dos estudantes de Medicina da UFGD”, justificou Moka, coordenador da bancada.

De acordo com informações da Reitoria da UFGD, o IMC terá um edifício com 8,7 mil metros quadrados construídos, com subsolo e mais quatro pavimentos, dotados de consultórios de ginecologia e obstetrícia, banco de leite, consultórios de pediatria, Pronto Atendimento Pediátrico (PAP) e salas das residências.

A nova unidade materno-infantil deverá entrar em funcionamento em duas etapas. Na primeira, será contemplado o Serviço de Obstetrícia. As instalações terão 35 leitos de internação, Centro de Parto Normal com cinco quartos PPP (Pré-parto, Parto e Pós-parto), Pronto Atendimento Obstétrico com três consultórios e cinco leitos de observação, e Centro Obstétrico com quatro salas cirúrgicas e cinco leitos de RPA (Recuperação Pós-Anestésica).

Para a segunda etapa está prevista a implantação do Serviço de Neonatologia/Pediatria (Cuidados Intensivos), com 20 leitos de UTIN (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal), 30 leitos de UCINCo (Unidade de Cuidados Intermediários Convencional), dez leitos de UCINCa (UCI Canguru) e 20 leitos de UTIP (UTI Pediátrica).

Além de Moka e Geraldo, a audiência teve a participação da superintendente do Hospital Universitário, Mariana Croda, o vice-presidente da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), Laedson da Silva Bezerra, e assessores dos demais parlamentares do Estado.

Comentário

Empresas que optaram por pagar o 13° salário dos funcionários em duas parcelas devem fazer o depósito hoje (30). O prazo para pagamento do restante é 20 de dezembro, de acordo com a lei trabalhista brasileira.

Em Mato Grosso do Sul, o abono deve ser pago a mais de 1 milhão de trabalhadores, somando R$ 2,3 bilhões. O montante é 18,8% maior que o do ano passado e representa 2,8% do PIB (Produto Interno Bruto) estadual, segundo dados do Dieese/MS (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

A 1ª parcela tem como base a última remuneração do empregado. Já a 2ª usa como referência o mês de dezembro e nela, é descontado valores referentes ao INSS e Imposto de Renda. O FGTS é devido tanto na 1ª como na 2ª parcela do abono.

Comentário

Um sindicalista foi preso na manhã desta quarta-feira (30) por armazenar conteúdo de pornografia infantil. O homem, que não teve a identidade revelada, foi capturado durante a Operação Patruus II da PF (Polícia Federal), desencadeada em Campo Grande e Bonito.

De acordo com a PF, o homem usava o computador do sindicato que fica em Campo Grande para armazenar imagens de pornografia infantil. Conforme apurado pela polícia, o equipamento era de uso exclusivo dele, e foi apreendido.Além do sindicalista, um jovem foi preso em flagrante por porte de drogas. Ao cumprir o mandado de busca e apreensão, a Polícia encontrou 200 gramas de maconha. Os agentes da PF recolheram os equipamentos e a droga, conforme boletim divulgado em seguida. Foram 12 mandados de busca e apreensão, sendo 11 em Campo Grande, e 60 agentes envolvidos.

Entre os mandados expedidos pela Justiça para a Capital, sete foram cumpridos em residências e quatro de empresas, como o sindicato e uma empresa provedora de internet. A localização dos suspeitos foi graça a união de uma empresa norte americana com a PF, segundo relato dos policiais. O delegado que comanda a investigação, Marcelo Alexandrino de Oliveira, disse que a empresa localizou IP's [correspondente à identidade do computador] dos aparelhos que faziam armazenamento ou compartilhamento dos conteúdos de pornografia infantil e repassou para a Polícia Federal brasileira.

Comentário

Vereadores eleitos e reeleitos para a Câmara de Dourados participaram na manhã de segunda-feira (28), na sede do TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, de uma orientação para uma boa gestão, denominada “E agora, Prefeito (a)?”.Prefeitos e vereadores de todo o Estado foram convidados pelo Tribunal.

Para o vereador Idenor Machado (PSDB), presidente da Câmara, o evento é importante como forma de preparar bem o vereador para exercer a sua função com responsabilidade. “Foi muito positivo o evento; é uma forma de preparar o vereador para exercer bem a sua função e cuidar do dinheiro público”, afirma Idenor.

Para o vereador Alan Guedes (DEM), vários assuntos importantes foram discutidos sobre o controle externo das contas públicas. Ele destaca a qualidade do corpo técnico do Tribunal hoje, qualificado para atuar em todas as áreas. Sobre os assuntos discutidos, ele ressaltou o que trata da coleta e destinação adequada dos resíduos sólidos.

O vereador Pedro Pepa (DEM) lembra que muitas das obrigações da Câmara de Vereadores hoje é assumida pelo Tribunal de Contas. “Há 28 anos o Tribunal cumpre um papel que não é dele, mas com as novas mudanças, o vereador terá que assumir mais obrigações”, informa Pepa.

A orientação ao gestor público já no início de mandato é classificada pelo presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, como um momento histórico. Ele disse ainda que a capacitação serve de modelo para outros Tribunais de Contas do Brasil. “Um acontecimento que marca mais um avanço na política de relacionamento do Tribunal de Contas com os jurisdicionados, consolidando o compromisso de atuar, cada vez mais, de forma pedagógica, efetiva e preventiva”, diz Waldir.

O conjunto de palestras tratou desde a função constitucional do Tribunal de Contas, do processo de modernização da Instituição e das ações que estão sendo desenvolvidas, de orientações para os municípios, com vistas às corretas aplicações do dinheiro público, e que garante à sociedade acompanhar a gestão com plena transparência.

Comentário

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros quando estava dentro de um carro, no centro do município de Conceição do Coité, a cerca de 235 quilômetros de Salvador. Segundo informações da polícia, o crime aconteceu na terça-feira (29), e a vítima estava acompanhada do filho, de apenas dois anos. A criança não ficou ferida.

Ainda de acordo com a polícia, o jovem estava com o carro estacionado na frente da casa da ex-mulher, quando dois homens a bordo de uma motocicleta surpreenderam a vítima e realizaram os disparos. Ele chegou a ser socorrido pela Polícia Militar, mas morreu pouco depois de dar entrada no hospital.

A PM realizou rondas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado. Até a manhã desta quarta-feira (30), a autoria e motivação do crime não foram determinadas pela delegacia de Conceição do Coité, responsável pela investigação do caso, conforme publica o G1.

Comentário

Página 1304 de 1659
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis