Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Concluindo o primeiro mandato na Câmara de Dourados, o vereador Silas Zanata (PPS) faz uma avaliação amplamente positiva dos trabalhos realizados no legislativo municipal. Ele se diz satisfeito com o fato de ter conseguido tornar realidade diversas demandas apresentadas pela população no decorrer desses quatro anos.

Silas destaca algumas realizações que considera importantes pelo alcance social e diz que o primeiro mandato foi uma experiência positiva. “Foram quatro anos de muito trabalho, mas foi compensador, pois nos possibilitou contribuir para a melhoria das condições de vida das comunidades, tanto da cidade quanto da zona rural”, diz o vereador, que tem identificação com as comunidades da zona rural, por conta de sua origem no campo.

“Entre tantas conquistas do mandato, faço questão de citar que fomos atendidos pela Prefeitura com serviços na área rural, como patrolamento e cascalhamento de estradas e construção de caixas de contenção de águas em diversos travessões, que são importantes vias de escoamento da produção e transporte escolar, e há muito tempo necessitavam ser recuperadas”, comenta.

Apesar de representar a zona rural, Silas Zanata dedicou atenção especial também à zona urbana, tendo reivindicado e sido atendido pela Prefeitura com serviços de reforma de escolas, quadras esportivas, postos de saúde, centro social, implantação de academia ao ar livre, instalação de lombadas eletrônicas, troca de grelhas nos bueiros de captação de águas pluviais, serviços de manutenção do sistema de iluminação pública, operação tapa-buracos, sinalização viária, realização de cursos, entre outros serviços executados em diversos bairros da cidade.

“Andei pelos quatros cantos deste município e conseguimos bastante. Mas, sabemos que há ainda muito a se fazer para melhorar em todas as áreas e vamos nos empenhar para que outras reivindicações saiam do papel e, somadas às novas solicitações que faremos, tragam dias melhores tanto para o campo como para a cidade”, avaliou Silas Zanata, reafirmando o compromisso de continuar atuando em prol da população e, assim, justificar a confiança da população.

Comentário

Um atirador abriu fogo em uma exibição de fotos nesta segunda-feira (19) e matou a tiros o embaixador da Rússia na Turquia. O Kremlin confirmou que Andrei Karlov morreu após ser levado ao hospital e classificou o ataque de terrorista. O diplomata fazia um comunicado em uma exibição de fotos chamada "A Rússia vista pelos turcos" quando foi acertado pelos tiros. O atirador gritou "Aleppo e "Vingança" após entrar no local se fazendo de segurança. Pouco depois, o terrorista — que, segundo a prefeitura de Ancara, era policial — foi morto pela polícia.

Um vídeo mostra que o atirador mirou especificamente em Karlov após ouvi-lo falar, atuando aparentemente como segurança. De acordo com a rede BBC, ele gritou "Não esqueçam de Aleppo, não esqueçam da Síria" antes de usar a frase islâmica "Deus é grande". Já o "Independent" diz que ele gritou: "Nós morremos em Aleppo, você morre aqui".

“Até que nossas cidades estejam seguras, vocês não terão segurança. Só a morte pode me levar daqui. Todo mundo envolvido neste sofrimento pagará o preço”, diz o atirador, em um vídeo que circula nas redes sociais.

A embaixada afirmou acreditar que este foi um ataque de radicais islâmicos. Segundo a "NTV", três outras pessoas ficaram feridas. Já a unidade da rede CNN na Turquia afirma que os tiroteios continuaram no mesmo edifício por mais um tempo, mas logo cessaram — segundo a imprensa local, quando a polícia invadiu a área e matou o terrorista. De acordo com jornais pró-governo, o assassino era um policial da força de choque da polícia de Ancara, conforme repercutiu OGlobo.

Comentário

Uma nova regra de rebaixamento promete deixar o Estadual 2017 ainda mais disputado em Mato Grosso do Sul. A partir desta edição, quatro equipes serão rebaixadas e não mais apenas duas como em outros anos, publica o jornal GazetaMS. Assim, ou o time garante classificação para as quartas de finais ou jogará a Série B em 2018. A alteração foi aprovada no último arbitral realizado pela FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

O Estadual 2017 será disputado por 12 equipes na primeira fase, divididos em dois grupos. Os quatro primeiros de cada chave seguem na disputa enquanto os quintos e sextos colocados serão rebaixados. Até esta temporada, a quinta colocação era eliminada, mas não caia. O fato aconteceu com o Novoperário no Grupo A e Naviraiense no Grupo B que terminaram a temporada mais cedo e sem cair.

A medida agrada a televisão detentora dos direitos de transmissão, a TV Morena, que pediu apenas 10 equipes na elite do futebol sul-mato-grossense em 2018. Com isso, é possível que se altere o formato de disputa e todos jogariam entre si na primeira fase. Porém, a alteração terá que ser aprovada pelas equipes no arbitral para a competição em 2018.

O Estadual 2017 será aberto no dia 28 de janeiro com o jogo de Operário e União ABC em jogo válido pelo Grupo A. Além desse confronto, Comercial x Novoperário (Grupo A), Costa Rica x Serc (Grupo A), Corumbaense x Águia Negra (Grupo B) e Urso x Ivinhema (Grupo B) jogam no dia 29. Devido ao calendário da Copa Verde, o Sete de Dourados vai enfrentar o Naviraiense apenas no dia 1 de fevereiro em jogo válido pelo Grupo B.

Comentário

O Congresso Nacional aprovou Projeto de Lei 32/2016), que abre crédito para várias empresas estatais, no valor de R$ 845,5 milhões, dos quais R$ 460 milhões são destinados à Petrobras para a conclusão das obras da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (a UNF III) em Três Lagoas. Segundo o governo federal, esse crédito “vai possibilitar a adequação dos processos de refino, para que se reduzam perdas na produção de óleo e gás, além da implantação de nova unidade de fertilizantes nitrogenados em Três Lagoas para suprir a demanda nacional por ureia e amônia”.

O PLN 32/2016 é um dos 31 projetos de créditos orçamentários aprovados pelo Congresso Nacional na quinta-feira (15), para reforçar os recursos ou criar dotação destinada a diversos órgãos de todos os Poderes. As matérias seguem para a sanção presidencial. Na avaliação do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, “a proposta de incluir projetos de crédito orçamentário para reforçar ou criar dotação destinada, em especial a obras paralisadas, é extremamente salutar no âmbito de economia. No caso do PLN 32, a maior parte do recurso previsto é para a Petrobras, no valor de R$ 460 milhões para a adequação de refino e término da obra da UFN3. Concluir projetos estratégicos como o dessa indústria de fertilizantes nitrogenados em Três Lagoas é fundamental para reativar a economia do país”.

Ainda de acordo com Jaime Verruck, “como a proposta irá para sanção da Presidência da República, o governo do Estado irá se manifestar diretamente ao presidente Michel Temer para que esse recurso seja aprovado e as obras concluídas. Com isso, vamos reativar um projeto estratégico para Mato Grosso do Sul e que está em sua fase final de construção, com 82% da obra concluída”. O secretário destacou também a necessidade de apoio de toda a bancada federal para que seja sancionado o crédito. “A conclusão e o início das operações da UFN 3 vão permitir ao Brasil reduzir as importações e proporcionar mais competitividade ao agronegócio brasileiro”, concluiu.

“Esse é um compromisso do governo do presidente Michel Temer: os recursos serão aplicados prioritariamente na conclusão de obras. E quero reafirmar aqui a importância do futuro e da sustentabilidade das cidades. E também o pagamento de custeios atrasados, não só da área da educação, como também da área de saúde”, afirmou o líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR).
Em julho deste ano, o governador Reinado Azambuja (PSDB) e o secretário Jaime Verruck reuniram-se com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, para discutir a retomada das obras da UFN III. No mês seguinte, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) renovou a Licença de Instalação do empreendimento, por mais dois anos.

Definido o último dos 47 participantes no domingo passado, a Conmebol vai divulgar nesta terça-feira (20) o ranking da Taça Libertadores atualizado e deve confirmar três brasileiros entre os oito cabeças de chave para a edição de 2017: Atlético-MG, Grêmio e Santos. O ranking serve como base para a divisão dos potes no sorteio dos grupos e confrontos das fases prévias da competição, que ocorrerá nesta quarta-feira (21), na sede da Conmebol, em Assunção, às 22 horas (de Brasília).

O Palmeiras deve aparecer no pote 2, o Flamengo entraria no pote 3, e a Chapecoense deve estar no pote 4. Na fase prévia, Botafogo e Atlético-PR podem ter os campeões Colo-Colo e Olimpia pela frente. Equipes do mesmo país só ficarão na mesma chave caso uma delas tenha se classificado da fase prévia. Ou seja, Botafogo e Atlético-PR podem cair em grupos onde estejam um dos demais brasileiros, conforme divulga o Globoesporte.com.

Três itens básicos formam a pontuação: o desempenho histórico dos clubes, nas edições de 1960 até 2006, com pontos para quem foi campeão, vice, chegou à semifinal, além de vitórias e empates em qualquer fase desde a disputa nos grupos; a pontuação dos últimos 10 anos, com peso maior e decréscimo de 10% a cada edição anterior – ou seja, o Atlético Nacional, atual campeão, teve 10% a mais em relação ao vencedor de 2015, o River Plate, e assim por diante. Além disso, títulos nacionais conquistados entre 2007 e 2016 também foram computados, porém com peso menor. As Copas de cada país não entram na conta.

Comentário

Integrantes da GMD (Guarda Municipal de Dourados) prestaram, na manhã desta segunda-feira (19), uma homenagem ao prefeito Murilo Zauith (PSB) no gabinete dele. Foi entregue uma placa de agradecimento pelos seis anos em que o prefeito esteve à frente da administração e que, neste período, foi um incentivador e apoiador do trabalho prestado pela corporação em prol da população douradense. O comandante da Guarda, JoãoVicente Chencarek lembra que a GMD tornou-se uma referência no Brasil, graças ao apoio que recebeu nesses seis anos do prefeito Murilo.

“Essa homenagem é mais do que merecida porque ele não incentivou apenas na estruturação da Guarda, proporcionando condições de trabalho, mas na valorização profissional da categoria”, explica Chencarek. Quando o prefeito Murilo assumiu a administração há seis anos, a categoria estava com os salários defasados em 60%. A categoria reivindicou e o prefeito abriu as negociações e propôs o realinhamento salarial, cobrindo a defasagem. Além disso ainda fez concurso público abrindo mais de 92 vagas.

Houve a aprovação da promoção automática por tempo de serviço, dando oportunidade de crescimento nas funções; criou a aposentadoria especial para a categoria e a incorporação de 50% do adicional de operações especiais nos vencimentos básicos de todos os guardas. De acordo com Chencarek, além da valorização profissional o prefeito Murilo ainda investiu, através da fonte zero, para equipar a GMD. “Recebemos recursos através de convênios estaduais, federais, mas o município sempre deu a sua contrapartida em todos os investimentos”, lembrou.

Graças a esses investimentos, que deu condições de trabalho, foram realizados ao longo deste ano 3.611 atendimentos diretamente à população douradense, sendo que 1.189 atendimentos estavam relacionados com a proteção do Patrimônio Público. Das solicitações recebidas para reprimir algum tipo de ilícito ou infração penal, 581 tornaram-se de fato uma Ocorrência Policial com encaminhamento ao Distrito Policial.

De acordo com o comandante da GM, João Vicente Chencarek, apenas 16,1% dos atendimentos da GMD resultaram em BO (Boletim de Ocorrência) com encaminhamento dos autores a Unidade Policial, o restante são atendimentos sociais ou prestações de serviços. Um exemplo é a ronda escolar. “Os agentes que atuam diariamente com os alunos foram capacitados na filosofia da Polícia Comunitária, ministrada pela Secretaria de Segurança Pública estadual”, explica o comandante da GMD.

O prefeito Murilo agradeceu a homenagem, ressaltando que a corporação entendeu o que a atual administração queria para a cidade e com isso abraçou a responsabilidade, atendendo a população no que fosse possível para ajudar a manter a paz. Com essa iniciativa, o prefeito destacou que a Guarda Municipal cresceu muito nestes últimos seis anos tornando-se uma categoria unida e responsável e, que hoje, detém o comando da cidade. “O que me deixa feliz é esse reconhecimento. E se hoje vocês são um exemplo nacional, foi graças ao esforço de cada um que cumpriu o seu papel, mantiveram-se unidos e hoje mantém o comando da cidade. Desejo sucesso na carreira de vocês, e que continuem a trabalhar pela nossa cidade”, agradeceu.

Comentário

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, aceitou a denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas na Operação Lava Jato. Com isso, eles se tornam réus no processo.

A denúncia do Ministério Público Federal foi apresentada à Justiça Federal do Paraná na quarta-feira (15) e envolve a compra de um terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo.

"Quanto ao apartamento 121 ocupado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, consta, em cognição sumária, prova de que o custo para aquisição em 2010 foi suportado pela construtora Norberto Odebrecht, que não há prova documental do pagamento de aluguéis entre 2011 a 2015, que o locador apresentou explicações contraditórias sobre o recebimento dos aluguéis e que são inconsistentes com as declarações de advogado que, segundo o locador, teria recebido parte dos aluguéis", disse Moro ao aceitar a denúncia.

Esta já é a quarta denúncia contra Lula em processos relacionados à Lava Jato. Nos outros três, a Justiça aceitou o pedido do MPF e transformou o ex-presidente em réu. Além disso, ele é alvo de uma quinta denúncia relacionada à Operação Zelotes, conforme publica o portal G1

Comentário

A Corte de Justiça da República, na França, declarou culpada nesta segunda-feira (19) a diretora-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Christine Lagarde, por negligência no pagamento de uma indenização (arbitragem estatal) que concedeu 400 milhões de euros (US$ 417 milhões) ao empresário Bernard Tapie em 2008, quando ainda era ministra das Finanças francesa.

Lagarde foi indiciada em agosto de 2014 por negligência na designação de um tribunal de arbitragem privado que concedeu a indenização milionária ao empresário, conhecido por sua amizade com o então presidente francês, o conservador Nicolas Sarkozy.

Essa arbitragem deveria decidir se Tapie foi prejudicado pela venda da empresa de equipamento esportivo Adidas nos anos 1990. Segundo o empresário, essa empresa foi confiscada e vendida pelo banco público Crédit Lyonnais por um preço muito inferior ao de mercado, por isso ele pediu ao Estado uma indenização.

Após quase duas décadas de litígios, durante o mandato presidencial de Sarkozy o governo decidiu que o caso fosse resolvido por um tribunal de arbitragem, que decidiu contra o Estado e a favor do empresário. Mas os magistrados da Corte de Justiça da República, única instância pagadora na França para julgar supostos delitos cometidos por ministros em sua etapa de governo, suspeitaram que a designação desse tribunal privado pôde ter sido decidida com intenção de favorecer Tapie. Com informações do G1

Comentário

O menor preço do litro da gasolina no mercado em Dourados, encontrado na mais atual pesquisa de preços realizada pelo Procon nesta segunda-feira (19), é R$ 3,690. Enquanto isso, de acordo com levantamento do organismo de defesa do consumidor, Campo Grande pratica o preço de R$ 3.510 o litro e Ponta Porã, R$ 3.632. O menor preço de Dourados é 18 centavos mais barato que o preço médio praticado nos postos de revenda na cidade.

O litro do diesel comum encontrado mais barato em Dourados foi de R$ 3,190 e o diesel S10, R$ 3,290 e no etanol o menor preço praticado é de R$ 2,900. Em Campo Grande o litro do etanol custa R$ 2,943 e em Ponta Porã, R$ 3,013.

Confira os preços apurados

A diferença encontrada entre o menor preço da gasolina (R$ 3,690) e o maior (R$ 3,959) é de 7,3%. No etanol, a diferença entre o menor e o maior preço é de 13,5%; enquanto no diesel comum a diferença é de 11,2% e no diesel S 10, 12%. O preço médio da gasolina em Dourados é de R$ 3,872, 3,05% maior do que o preço apurado no dia 25 de outubro, de R$ 3,758. Já o preço médio do etanol nos postos em Dourados é de R$ 3,172.

De acordo com os fiscais do Procon, os consumidores tem o direito de exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que deverá ser feito pelo próprio funcionário do posto de combustível, e na frente do cliente. Dúvidas, ou reclamação sobre esse atendimento, podem ser sanadas através dos telefones 151 ou pelo 3411 7754.

Comentário

Acidente com morte na região da avenida Guaicurus, no trevo do Anel Viário que dá acesso a Laguna Carapã, no começo da manhã desta segunda-feira (19) em Dourados.

O economista douradense Fabio Roberto Castilho pilotava uma moto Biz amarela e perdeu o controle do veículo.

No acidente, Fábio invadiu a pista contrária e bateu em uma carreta Scania com placas de Santa Catarina. A Perícia Técnica da Polícia Civil está no local, procedendo aos exames de identificação complementares.

Comentário

Página 1303 de 1688
  • disk corona
  • full house
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis