Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Segunda, 20 Julho 2020 08:44

Coronel Libório morre em Campo Grande

Morreu na noite deste domingo (19), em Campo Grande, onde residia, o coronel Francisco Libório da Silveira. De acordo com familiares, ele teve um infarto fulminante, em casa. Libório estava com 69 anos de idade.

Libório foi o primeiro comandante da então Cia. da PM (Polícia Militar), depois transformada em Batalhão, em Dourados. Ele integrava a numerosa e tradicional família douradense, e era irmão da atual secretária municipal de Assistência Social, Maria Fátima Alencar.

Coronel Libório era da reserva remunerada. Ele era formado em Direito e foi comandante geral da PM durante o governo de Wilson Barbosa Martins. Entre 2007 e 2014 foi diretor-adjunto do Detran-MS, voltando ao cargo em 2017 até março deste ano.

O funeral acontece no cemitério Parque das Primaveras, na Avenida senador Filinto Müler, 2211, no Jardim Parati, com início às 11h30 e sepultamento às 13h30, e Campo Grande.

Comentário

Domingo, 19 Julho 2020 23:10

Médico Felíciano Esteban morre de Covid

O clínico geral e pediatra Feliciano Esteban Corrales Lopes morreu na noite deste domingo (19) no Hospital Santa Rita em Dourados onde estava internado havia vários dias. Ele é mais um profissional da medicina vítima da Covid 19.

Boliviano, ele era muito conhecido em Dourados e além de atuar no consultório, era plantonista da UPA e também prestava atendimento na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) e na Unei Laranja Doce.

Ele era um dos profissionais da linha de frente da Covid 19 que estava internado. Dezenas de médicos, enfermeiros, técnico em enfermagem e outros profissionais da área de saúde já foram contaminados pelo coronavírus em Dourados, conforme repercute o site MSemFoco.

Comentário

Uma mulher de 37 anos, moradora no Jardim Colibri, morreu na tarde deste sábado (18) no Hospital Universitário de Dourados, com os sintomas da Covid 19. Ainda durante a gestação Lucélia Conceição Aquino da Silva foi diagnosticada com a doença e precisou ser internada.

Como o estado de saúde dela se agravou, os médicos anteciparam o parto para o final do mês passado e a criança nasceu prematura e foi colocada em uma UTI Pediátrica, onde se recuperou. A menina passa bem e já está em casa em casa o com pai e Lucélia continuou internada em estado grave no HU, onde morreu neste sábado.

O laudo médico para o óbito atestou como causas da morte de Lucélia insuficiência respiratória aguda, pneumonia de comunidade, covid 19 e retrocolite ulcerativa. Ela é a 49ª vítima da doença que morreu em hospitais de Dourados. Mato Grosso do Sul teve 217 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas.

Comentário

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) investiga o caso de pacientes que voltaram a testar positivo depois de terem se recuperado da Covid-19. A reinfecção pelo vírus ainda é apenas uma hipótese, relata reportagem do portal G1.

Além de apresentarem novos testes positivos tempo depois de terem se recuperado do vírus, o HC explicou em nota que dois pacientes também voltaram a ter sintomas, mas não especificou quais foram nem o estado de saúde atual deles. Ambos os pacientes estão sendo acompanhados pelo HC e serão testados para outros vírus, a fim de descartar a hipótese de infecção por vírus diferente da Covid-19. O HC não informou perfil dos pacientes.

Assim como a hipótese de terem se infectado mais de uma vez, o HC também estuda a possibilidade dos testes positivos serem, na realidade, de fragmentos inativos do coronavírus que permaneceram no corpo dos pacientes, enquanto que a volta dos sintomas seriam de uma virose causada por vírus diferente.

"Os sintomas e testes positivos em dois períodos diferentes poderiam ser explicados por: outra virose por um vírus diferente, que causaria confusão porque haveria ainda fragmentos inativos que permaneceram no corpo do paciente; pela longa permanência do vírus no corpo, com período de inatividade; pela reinfecção, hipótese ainda pouco provável por não ter sido constatada em nenhum outro caso registrado pela literatura médica internacional", explicou o HC em nota.

Reinfecção

Até o momento, os cientistas não conseguiram comprovar a possibilidade de se infectar mais de uma vez pelo coronavírus. Contudo, no dia 13, pesquisadores de uma universidade britânica anunciaram que a carga de anticorpos de recuperados do coronavírus pode cair drasticamente ao longo do tempo - depois de 3 ou 4 meses. Uma das sugestões da pesquisa é que a reinfecção é possível.

Comentário

O Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria municipal de Saúde realizou na manhã desta sexta-feira (17) a testagem de 61 servidores públicos que trabalham no gabinete da prefeita, na Secretaria de Governo e na Assessoria de Comunicação. Dos 61 servidores testados, 48 fizeram o teste rápido sendo que três deles testaram positivos para a Covid-19. Outros 13 servidores fizeram o teste conhecido como SWAB nasal.

O diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Emerson Eduardo Correa, afirmou que a testagem faz parte de um procedimento técnico preconizado no Ministério da Saúde. “A testagem foi uma intervenção por causa de um surto de Covid-19 ocorrido no gabinete da prefeita onde teve dois casos positivos”, disse Emerson.

Conforme afirmou Correa, os três casos positivos confirmados nos testes rápidos foram orientados e afastados até cumprimento do isolamento de 14 dias com acompanhamento dos profissionais do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde.

As 13 pessoas que fizeram o teste SWAB, segundo o diretor, também foram afastados do trabalho até que os resultados dos exames enviados a Campo Grande sejam devolvidos pelo Lacen (Laboratório Central).

Comentário

Decreto 2.770, publicado na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial do Município, define o que são atividades essenciais no âmbito do Município de Dourados, e que, por conta dessa condição, estão autorizadas a manter expediente de funcionamento dentro dos critérios estabelecidos para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, incluindo os finais de semana.

Confira quem se enquadra nessa condição:

- Assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares;
- Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
- Atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos;
- Atividades de defesa nacional e de defesa civil;
- Telecomunicações e internet; serviço de call center;
- Captação, tratamento e distribuição de água;
- Captação e tratamento de esgoto e lixo;
- Geração, transmissão, distribuição e manutenção de energia elétrica e de gás, incluindo o fornecimento de suprimentos e os serviços correlatos necessários ao funcionamento dos sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia, bem como as respectivas obras de engenharia relacionadas a essas atividades;
- Iluminação pública;
- Produção, armazenagem, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, farmacêuticos, óticos, higiene, alimentos e bebidas, a exemplo de farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de venda de água mineral e padarias, respeitadas as medidas de biossegurança;
- Serviços funerários;
- Guarda, uso e controle de substâncias, materiais e equipamentos com elementos tóxicos, inflamáveis, radioativos ou de alto risco, definidos pelo ordenamento jurídico brasileiro, em atendimento aos requisitos de segurança sanitária, metrologia, controle ambiental e prevenção contra incêndios;
- Vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias;
- Prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais;
- Inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal;
- Compensação bancária, redes de cartões de crédito e débito, caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais de instituições financeiras;
- Serviços de pagamento, de crédito e de saque e aporte prestados pelas instituições supervisionadas pelo Banco Central do Brasil;
- Serviços postais;
- Transporte e entrega de cargas em geral;
- Serviços de transporte, armazenamento, entrega e logística de cargas em geral;
- Serviço relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades previstas nesta nota;
- Fiscalização tributária e aduaneira;
- Fiscalização tributária e aduaneira federal;
- Transporte de numerário;
- Fiscalização ambiental;
- Distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
- Levantamento e análise de dados geológicos com vistas à garantia da segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais e de cheias e inundações;
- Cuidados com animais em cativeiro, bem como, cuidados veterinários e fornecimento de alimentação para animais domésticos;
- Atividade de assessoramento em resposta às demandas que continuem em andamento e às urgentes, inclusive serviços de contabilidade;
- Atividades médico-periciais inadiáveis;
- Fiscalização do trabalho;
- Atividades de pesquisa, científicas, laboratoriais ou similares relacionadas com a pandemia da covid-19;
- Atividades de representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídicas exercidas pelas advocacias públicas e privadas, relacionadas à prestação regular e tempestiva dos serviços públicos e privados, bem como nas demais questões urgentes, e os serviços de cartórios extrajudiciais em regime de plantão;
- Unidades lotéricas;
- Serviços de comercialização, reparo e manutenção de partes e peças novas e usadas e de pneumáticos novos e remoldados;
- Serviços de radiodifusão de sons e imagens e da imprensa em geral;
- Atividades de desenvolvimento de produtos e serviços, incluídas aquelas realizadas por meio de start-ups;
- Atividades de comércio de bens e serviços, incluídas aquelas de alimentação, repouso, limpeza, higiene, comercialização, manutenção e assistência técnica automotivas, destinadas a assegurar o transporte e as atividades logísticas de todos os tipos de carga em rodovias e estradas;
- Atividades de processamento do benefício do seguro-desemprego e de outros benefícios relacionados, por meio de atendimento presencial ou eletrônico, obedecidas as determinações do ministério da saúde e dos órgãos responsáveis pela segurança e pela saúde do trabalho;
- Atividade de locação de veículos;
- Atividades de produção, distribuição, comercialização, manutenção, reposição, assistência técnica, monitoramento e inspeção de equipamentos de infraestrutura, instalações, máquinas e equipamentos em geral, incluídos elevadores, escadas rolantes e equipamentos de refrigeração e climatização, somente para serviços consideráveis inadiáveis;
- Atividades cujo processo produtivo não possa ser interrompido sob pena de dano irreparável das instalações e dos equipamentos, tais como o processo siderúrgico e as cadeias de produção do alumínio, da cerâmica e do vidro;
- Atividades de atendimento ao público em agências bancárias, cooperativas de crédito ou estabelecimentos congêneres, referentes aos programas governamentais ou privados destinados a mitigar as consequências econômicas da emergência de saúde pública de que trata a lei nº 13.979, de 2020;
- Indústrias químicas e petroquímicas de matérias-primas ou produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas;
- Obras de engenharia nas áreas de serviços e atividades essenciais e infraestrutura;
- Cartórios de registro civil das pessoas naturais;
- Comercialização de materiais de construção;
- Atividades do poder público municipal, estadual e federal;
- Serviços domésticos;
- Produção, distribuição, comercialização e entrega de produção de alimentos agropecuário, agroindustrial, agropastoril e as atividades correlatas necessárias ao seu regular funcionamento;
- Funcionamento do aeroporto e dos serviços inerentes ao transporte de passageiros, cargas e malas postais;
- Serviço de transporte de passageiros, público ou privado, para auxiliar no atendimento das atividades/serviços essenciais;
- Serviços de hospedagem, com consumo de refeições pelos hóspedes exclusivamente nos quartos;
- Serviços de lavandeira;
- Igrejas e atividades religiosas.

Comentário

O avanço tecnológico atual impressiona a qualquer um, e dentre os países que lideram este ramo está o Japão. No mês passado, foi divulgado pelo site especializado em tecnologia, Top 500, que o Instituto público de pesquisas japonês (Riken), junto ao grupo de informática Fujitsu, desenvolveu o supercomputador mais rápido do mundo. Nomeado como Fugaku (outro nome pelos quais os japoneses conhecem o famoso Monte Fuji), o supercomputador desbancou o antigo detentor da posição, o americano Summit.

O Summit, que foi projetado pela IBM, está instalado no Laboratório Nacional de Física Nuclear, em Oak Ridge, Tennessee. Ele foi considerado o supercomputador mais rápido do mundo nas últimas quatro edições do ranking. Porém, o japonês supera o Summit com folga, já que é aproximadamente 2,8 vezes maior e mais rápido que o concorrente. Simplificando, o Summit tem 148,6 petaflops, enquanto o Fugaku apresenta 415,53 petaflops. Um petaflop equivale a um quatrilhão de operações por segundo, ou seja, a máquina japonesa realiza 415,53 quatrilhões de operações por segundo.

Capacidade e velocidade do Fugaku

Apesar de não estar operando em 100% da sua capacidade, que só será atingida em 2021, o Fugaku vem sendo utilizado em pesquisas voltadas ao combate à atual crise sanitária.

Para o desenvolvimento do super aparelho foram gastos cerca de US$ 1 bilhão, e ele é baseado em arquitetura ARM, que geralmente é usada no desenvolvimento de smartphones e diversos outros dispositivos móveis. Na verdade, os smartphones são suficientes para a maioria das nossas atividades corriqueiras, desde pagamentos, pesquisas e inclusive para a diversão diária com games e visitas às casas de apostas que oferecem bônus sem depósito, sendo elas ótimas oportunidades para quem gosta de fazer uma fezinha. Mesmo assim, o Fugaku contém 7,3 milhões de núcleos, e consome 28 megawatts de energia, e além de dominar o ranking de velocidade bruta de computação, ela conquistou outros três primeiros lugares em rankings que avaliam o desempenho e aplicações desses mega aparelhos.

O que é um supercomputador?

Essas máquinas impressionantes são computadores (PC) com uma capacidade de processamento de dados e memória infinitamente maiores que os domésticos. Geralmente são criados e desenvolvidos para serem utilizados com fins científicos, já que são capazes de realizar diversos cálculos extremamente complexos simultaneamente. Muitas vezes, são utilizados em pesquisas avançadas militares ou científicas, já que muitas das operações realizadas por esses monstros da tecnologia poderiam levar anos para serem resolvidas: com os super PCs, elas são feitas em horas ou no máximo dias.

Os monstros da tecnologia começaram a surgir nos anos de 1960, onde já existiam os “minicomputadores”, que eram maiores que um armário. Foram criados por Seymour Cray, que em 1970 fundou uma empresa especializada na criação destas máquinas e dominou o nicho por 25 anos.

Principais desenvolvimentos da tecnologia

Além do super aparelho, há outras tecnologias que eram consideradas incríveis quando foram lançadas pela primeira vez para o uso pela humanidade. E com o passar dos anos elas foram sendo aprimoradas e modificadas em algo melhor, sempre visando torná-las mais acessíveis e cômodas.

Aqui vai uma lista de algumas das principais invenções do ser humano ao longo dos milênios e séculos:

● 10 milhões de anos atrás – Surgem as primeiras ferramentas: pedra, madeira e ossos.
● 1 a 2 milhões de anos atrás – Os humanos descobrem o fogo.
● 3.500 a.C – Humanos inventam a roda.
● 1.000 a.C – O ferro é muito utilizado para fabricar ferramentas e armas em todas as partes do mundo.
● 700 a 900 d.C – Os chineses inventam a pólvora e os fogos de artifício.
● 1712 – Thomas Newcomen desenvolve o motor a vapor.
● 1880 – Thomas Edison patenteia a moderna lâmpada elétrica incandescente
● 1969 – Os astronautas caminham na lua.
● 1976 – Steve Wozniak e Steve Jobs lançam o Apple I: um dos primeiros computadores domésticos pessoais do mundo.
● 2010 – A TV 3D começa a ficar mais amplamente disponível.

Comentário

41 internos entre os 288 custodiados do Estabelecimento Penal de Rio Brilhante foram testados positivamente para a Covid-19 no esforço que é realizado pela Agepen (a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) junto com a Secretaria municipal de Saúde, de testagem em massa em custodiados do presídio masculino da cidade. Dos 41 infectados, um já está curado.

Uma das suspeitas é que a doença tenha sido adquirida durante atendimento de saúde fora do presídio. Dois servidores também testaram positivo e já estão afastados. A aplicação dos testes deverá prosseguir pelos próximos dias, de acordo com as possibilidades da Secretaria de Saúde.

Desde o início da pandemia, várias medidas têm sido adotadas com uso constante de máscaras pelos policiais penais, além de fornecimento de máscaras aos internos. Também é realizada desinfecção constante do ambiente, são disponibilizados materiais para higienização das mãos; além das visitas estarem suspensas desde março, assim como nos demais presídios do Estado, entre outros procedimentos. Este mês unidade penal também recebeu reforço na proteção dos servidores com a doação de "face shields" protetores faciais da Rede CoronaVidas.

Uma galeria da penitenciária foi separada para o isolamento dos casos positivos, cujos internos ficarão divididos conforme perfil. Segundo a direção de unidade, serão separados internos integrantes de facção dos não faccionados, bem como reeducandos que cumprem pena por crimes sexuais, conforme repercutiu o site MSemTempoReal

A Prefeitura de Dourados recebeu na manhã desta sexta-feira (17) a ambulância doada pela JBS que tem indústria instalada em Dourados, equipada para fazer o transporte de pacientes da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na Rua Coronel Ponciano ao HV (Hospital da Vida), na Rua Toshinobu Katayama, e vice-versa.

O veículo, que custou R$ 193 mil, ficará sob a responsabilidade da Funsaud, a Fundação de Serviços de Saúde de Dourados, autarquia subordinada à Prefeitura.

O diretor-administrativo da Funsaud, Mateus Tavares Fernandes, afirmou que o próximo passo será a aquisição de um ventilador mecânico e os monitores para que a ambulância atenda todas as demandas da UPA e do HV, em tempos de pandemia da Covid-19.

Comentário

Os serviços essenciais, não claramente identificados nas normativas oficiais, poderão funcionar normalmente a partir deste sábado (18), informou o comitê de gerenciamento da crise do coronavírus, em live ao vivo no final da manhã desta sexta, pelo Facebook. Decreto deverá regulamentar as novas decisões do comitê, sob a autorização da prefeita Délia Razuk (PTB), ela própria infectada pela Covid-19 e despachando em sistema de homeoffice, fora do gabinete.

Durante a transmissão ao vivo, foi também anunciado como ‘lockdown’ o fechamento total da atividade comercial aos domingos. O toque de recolher permanece vigorando das 20 horas até às 5 horas da manhã do dia seguinte; essa é a principal reclamação do setor de venda de alimentos, por exemplo, para quem os sistemas ‘delivery’ e ‘drive-in’ se revelam insuficientes.

A live da equipe da assessoria de comunicação da Prefeitura também informou que o funcionamento de setores afetados pelas medidas adotadas nas últimas três semanas será flexibilizado. Igrejas poderão funcionar duas vezes na semana, com limitação de 30% a 50% de lotação máxima e o comércio, que desde 25 de junho funciona apenas no período da tarde, volta ao horário normal das 8 às 18 horas e sábado até o meio-dia. Bares e conveniências vão poder voltar a vender no balcão ou na grade, mas o consumo nos locais continua proibido.

Dourados chegou a 3.719 casos positivos com os 70 novos registrados nas últimas 24 horas. 44 pessoas estão hospitalizadas, 18 em leitos de enfermaria e 26 em leitos de UTI, conforme o novo boletim epidemiológico.

Comentário

Página 13 de 1707
  • Vitoria
  • pmd proteja

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis