Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

O senador Waldemir Moka (PMDB) apresentou quinta-feira (9) o Projeto de Lei 16/2017, que aumenta o calibre do armamento dos seguranças de veículos que transportam valores. A matéria começa a tramitar na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado, em decisão terminativa, quando não há necessidade de ir ao plenário.

O senador sul-mato-grossense argumenta que a lei que regula a segurança de carros-fortes é de 1983, exigindo ajustes imediatos. “É flagrante que essa lei, editada há mais de trinta anos, quando os criminosos não eram ainda tão ousados, está defasada e coloca os vigilantes em situação de extrema fragilidade”, diz.

Moka afirma estar ciente de que o projeto é polêmico, mas que vê necessidade de o assunto ser debatido. “Por alguns meses, ouvimos opiniões de vários segmentos envolvidos, como Exército, Polícia Federal e a própria categoria dos vigilantes de veículos que transportam valores”, explica.

Ao justificar a apresentação do projeto, o senador afirma que assaltos a carros-fortes ou a empresas de guarda de valores têm sido frequentes. “Esses delitos envolvem o uso de armamentos pesados e explosivos”, diz.

O projeto deixa claro que o armamento de grosso calibre só deverá ser utilizado quando o vigilante estiver atuando na segurança de transporte de valores, em estradas e rodovias, por exemplo, depois de aprovado em treinamento específico para manusear a arma.

O parlamentar argumenta que, enquanto a moeda física não for substituída pela virtual, a sociedade terá de conviver com esse delito, uma vez que a grande quantidade de valores guardados ou transportados atraem a cobiça de organizações criminosas cada vez mais violentas.

“É preciso reduzir a discrepância entre o poder de fogo dos assaltantes e o dos vigilantes, bem como aumentar as chances de defesa e sobrevivência desses trabalhadores”, afirma.

Comentário

A quarta edição da Revista Celebrar chegou e já está disponível, de graça, para os leitores. A nova capa traz como destaque “O sorriso da noiva”, com uma reportagem especial mostrando o quanto os dentes bem cuidados fazem toda a diferença para arrasar no casamento.

Uma entrevista exclusiva com o dentista Alexandre Sevilha explica como as lentes de contato dentais são capazes de deixar o sorriso bem mais bonito. A quarta edição traz também dicas especiais sobre “O vestido da noiva”. O estilista Deva Nonato, conta tudo que está em alta e o que deve ser evitado no look de quem vai casar.

A Celebrar está sempre atenta ao que está acontecendo e este mês tem carnaval, por isso foram preparadas reportagens especiais para a data mais festiva do ano. Um dos destaques é a matéria sobre “Histórias de Carnaval”. O verão também tem um espaço especial nesta edição, com reportagens a respeito dos cuidados que todos tem que ter com a pele.

A coluna “Celebrar com Saúde” traz uma matéria exclusiva com “Casais que treinam juntos”. O leitor vai conhecer três casais que praticam atividades físicas lado a lado, tem corrida de rua, judô e musculação.

A revista traz ainda muitas fotos com os melhores casamentos, eventos e baladas do último trimestre. Tem também dicas de decoração, tratamentos de beleza, dietas e muito mais.
Outro destaque da primeira revista Celebrar de 2017 é a coluna “Celebrar onde” que conta ‘tudinho’ da viagem de um casal de Dourados, para Los Angeles, Califórnia, São Francisco e Las Vegas. Para fechar a edição com chave de ouro ainda tem a coluna “Celebridade” com uma entrevista divertida com a empresária Andréa Pagnoncelli.

A Revista Celebrar é distribuída gratuitamente para 10 municípios de Mato Grosso do Sul e desde o lançamento trouxe inovação. O aplicativo Aurasma possibilita que, pelo celular, o leitor tenha uma experiência multimídia, podendo ver vídeos e conteúdos extras, como bastidores das entrevistas. A Celebrar está disponível em vários pontos comerciais de Dourados e na Banca do Jaime.

Comentário

Entusiastas do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul poderão fazer parte da corporação com a prestação de serviço voluntário. Depois de ser criada em 2016 pelo Governo do estado, a atividade foi regulamentada nesta sexta-feira (10) por meio de portaria publicada no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul. Os interessados no voluntariado poderão se inscrever para o serviço, depois de iniciado, pelo site www.bombeiros.ms.gov.br.

Conforme a regulamentação, o serviço tem como objetivo o aumento da interação entre o Corpo de Bombeiros e a sociedade, para multiplicar conhecimentos e cuidados básicos sobre prevenção e salvamento de diversas ocorrências. Entre as atividades que serão executadas pelos voluntários, estão a prevenção e combate a incêndio, busca e salvamento de bens e pessoas, resgate veicular, defesa civil e manutenção e assepsia de viaturas, entre outras.

A portaria que regulamenta o serviço estabelece regras para ingresso no quadro de voluntariado. Poderão se inscrever pessoas maiores de idade, com boa saúde, comprovada por meio de atestado médico, e que tenham certidões negativas de antecedentes criminais. Os candidatos vão passar por entrevista pessoal e curso de capacitação seguido de estágio operacional. Depois de aprovados, os voluntários não receberão salários pelos serviços, conforme a Lei Federal 9.608.

Após o ingresso no Corpo de Bombeiros, os voluntários devem seguir uma série de deveres. Entre eles, prestar no mínimo seis horas de serviço por mês, cumprir escalas, zelar pela pontualidade, utilizar uniformes cedidos pela Corporação e respeitar todas as normas e regulamentos em vigor do Corpo de Bombeiros Militar.

Comentário

O programa Despertar para o Trabalho recomeça neste mês de fevereiro trazendo novidades para 2017. A primeira palestra do ano terá como tema “MotivAção como fator essencial na sua carreira” e será ministrada pelo professor Valdir Pereira, coordenador do curso de Administração de Empresas na Unigran. O programa recomeça com o encontro agendado para quarta-feira (15), às 7 horas, no auditório Aced e termina pontualmente às 8 horas, com um café da manhã entre os participantes.

O Prêmio Assiduidade, oferecido aos colaboradores de empresas associadas com maior índice de frequência nas palestras do Despertar para o Trabalho ao longo do ano, passará por mudanças. Este ano, serão oferecidos três prêmios no valor de R$ 1 mil cada aos três participantes mais assíduos. Em anos anteriores, eram oferecidos valores diferentes aos três primeiros colocados. No entanto, devido ao sucesso do programa, a quantidade de finalistas que concorrem ao prêmio tem sido superior a esse número. Em caso de empate, os ganhadores serão escolhidos através de sorteio.

Outra novidade deste ano será o Passaporte que cada participante irá receber na primeira palestra que comparecer. Esse dará mais segurança e contribuirá com a identificação daqueles que participam, já que constam todas as presenças, dados pessoais e foto do colaborador. O Prêmio Aced de incentivo à capacitação, concedido às empresas que estimulam a participação dos colaboradores, também vai continuar.

O programa Despertar para o trabalho é voltado aos colaboradores das empresas e oferece palestras mensais, sempre com temas motivacionais. A intenção é capacitar trabalhadores da indústria, comércio e prestadores de serviços do município. Empresários, gestores e líderes de equipe também podem participar em busca de melhoria no ambiente de trabalho e melhores resultados para a empresa.

O palestrante

Primeiro palestrante deste ano, professor Valdir, é formado em administração pela Unigran e mestre em Produção de Gestão Agroindustrial e Especialista em Gestão Empreendedora de Negócios. Atua como coordenador do curso de administração de empresas da Unigran na modalidade presencial e professor do MBA em Administração com ênfase em Recursos Humanos. Ainda possui experiência em Gestão de Pessoas, é palestrante no comércio e em instituições na área de formação pessoal e profissional.

Comentário

O vereador Carlito do Gás (PEN) está solicitando da Prefeitura de Dourados a limpeza, reforma e reativação da sede da Guarda Mirim de Dourados. Ele encaminhou ofício ao secretário de Governo, Raufi Marques, e ao secretário de Serviços Urbanos, Joaquim Soares. O pedido foi feito em caráter de urgência.

Essa estrutura abrigou a sede da Guarda Mirim (antiga Patrulha Mirim) por muitos anos, mas acabou sendo abandonada depois de muito tempo sem manutenção. “A reforma é muito importante para que a Guarda possa voltar a atuar no local, com estrutura apropriada às necessidades atuais”, afirma.

Na sexta-feira (3) passada, Carlito vistoriou as instalações, localizadas no bairro João Paulo II, juntamente com o subcomandante da Guarda Mirim, Sebastião Silva. “Para nós é uma tristeza ver o local em total abandono, com matagal alto em toda sua área e estrutura física totalmente depredada”, diz.

A Guarda Mirim atua provisoriamente desde março de 2015 no estádio do Fredis Saldivar (Douradão), onde atende 93 adolescentes, com idades entre 13 e 16 anos, oferecendo aulas com noções em 10 disciplinas, entre elas direito, informática e trânsito. A proposta é prepará-los para a vida e também qualificá-los para o mercado de trabalho. “É uma instituição muito importante para Dourados e farei todo o esforço para ajudá-la”, garante o vereador.

Comentário

A questão da implantação do IPTU nos distritos se tornou algo encampado pelo mandato do vereador Madson Valente (DEM) que insiste que há meios legais que justificam a suspensão temporária da cobrança do tributo, pois, segundo o parlamentar, o Município não está cumprindo na sua integridade com o que diz a lei autorizativa: é obrigação da municipalidade fazer o fracionamento das quadras e lotes e a regularização do perímetro urbano.

Também é dever do Município, de acordo com o Código Tributário nacional, fazer a regularização dos imóveis, e, segundo Madson, a maioria dos imóveis não possuem matrículas e por isso não há o fator gerador para emitir tal cobrança.

“Hoje [nesta sexta-feira, 10], infelizmente, está vencendo o IPTU e lamento a falta de diálogo da prefeitura com os contribuintes dos distritos, estamos desde o início de janeiro nos reunindo, pedindo que fosse feito pelo menos um parecer jurídico da Procuradoria do Município e, no entanto, nenhuma providência foi tomada; realmente, é algo que demonstra total insensibilidade com essas comunidades que contribuem e muito com a economia do Município”, reagiu, em tom de desabafo, o vereador.

Madson considera que na primeira sessão ordinária o comportamento dos vereadores que dão base a administração municipal deu linha e a filosofia deste governo. Segundo ele, alguns se omitiram em discutir essa problemática e outros defenderam que de fato os distritos tem que pagar o IPTU da forma como foi imposto, sem suspensão e assim - pelo comportamento da base da prefeita - “se percebeu um empenho em promover uma grande injustiça fiscal, sendo inflexíveis, não contribuindo para mediar uma solução que que viesse a amenizar esta situação”.

Comentário

A Universidade Federal da Grande Dourados está com inscrições abertas para a Especialização em Educação Especial. O curso de pós-graduação lato sensu tem área de concentração em Atendimento Educacional Especializado e oferece 55 vagas para ingresso no primeiro semestre de 2017.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 23, a partir do envio da documentação exigida pelos Correios, via Sedex, dentro do período de inscrição, para a Faed (Faculdade de Educação), na Unidade II da UFGD. A documentação deverá estar endereçada aos cuidados da professora Mirlene Ferreira Macedo Damázio, no endereço: Rodovia Dourados – Itahum, km 12, CEP 79825-070, Dourados-MS. A taxa de inscrição é de R$ 140,55.

A seleção será feita por meio de prova escrita, de caráter eliminatório, que constará de 20 questões objetivas e uma questão discursiva. A bibliografia indicada para a prova e mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas no edital. As aulas terão início no dia 31 de março.

O objetivo é especializar profissionais para atuarem com crianças, jovens e adultos que tem deficiências físicas, sensoriais, intelectuais, transtornos globais do desenvolvimento, além de transtornos do espectro autista e altas habilidades/superdotação. O curso terá duração de 22 meses e as aulas acontecerão quinzenalmente.

Comentário

A Pós-graduação Presencial em Engenharia e Meio Ambiente, oferecido pela primeira vez este ano na Unigran, é voltada para uma variada gama de profissionais. Esta especialização visa formar pessoas com a capacidade de desenvolver processos industriais, projetos, mecanismos e materiais.

Trata-se de um curso multidisciplinar que fornecerá ao pós-graduando uma visão crítica e construtiva sobre as questões ambientais, dando suporte científico para o desenvolvimento de soluções sustentáveis. O professor Wilson Espíndola espera trabalhar com estudantes das engenharias, ciências naturais, física, química, biologia, meio ambiente e até pessoas formadas no curso de Direito.

“Como a especialização é multidisciplinar, pretendemos dar uma base também para o pessoal do Direito. Existem várias ilegalidades no que se refere à legislação ambiental. Então, quem tem vontade de trabalhar nesta área, poderá desenvolver uma visão científica dos procedimentos ambientais. Quem tem interesse, pode entrar sem medo no curso, que é possível acompanhar as discussões.”, incentiva Espíndola.

Ele ressalta ainda as vantagens regionais, já que Mato Grosso do Sul conta com uma economia basicamente agropecuária, tornando ainda mais intrínseca as relações entre o meio ambiente e o desenvolvimento de projetos ecologicamente responsáveis. “Uma coisa é fato: você consegue usar o meio ambiente sem degradar? Não. Sempre vai causar um impacto, mas existem maneiras de reduzi-los”, adverte o professor.

Com duração de 12 meses, Engenharia e Meio Ambiente tem carga horária de 400 horas, com aulas às sextas-feiras, das 19 horas às 22h30 e aos sábados, das 7 às 11h30 e das 13 às 17 horas. As inscrições para a Pós-graduação Presencial da Unigran estão abertas pelo site www.unigran.br/pos ou pelo telefone 3411 4114.

Comentário

O Show do Milhão, programa de perguntas e respostas no qual os participantes recebiam prêmios em dinheiro conforme avançassem de fase, deve retornar à programação do SBT em breve.

O nome do programa já aparece no site oficial da emissora, onde também consta que a atração será exibida aos sábados, e contará com a participação de crianças de até 12 anos de idade.

Ainda não foram divulgadas mais informações sobre o programa, como quem será o apresentador, se vai seguir os mesmos moldes da última versão que foi ao ar, ou o horário em que será exibido, mas já é possível realizar inscrições.

Comentário

A Prefeitura de Dourados inicia, a partir deste sábado (11), uma programação de ações que vai atender não só os bairros de Dourados, como também os distritos, dentro da proposta da prefeita Délia Razuk de levar para essas localidades o mesmo serviço executado na sede do município. Tendo como foco principal a limpeza, o mutirão começa pelos distritos de Vila Vargas e São Pedro.

Nos dois distritos as equipes da Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos) já estão trabalhando na limpeza que inclui varredura, poda de árvores e roçada de terrenos. Outras cuidam da troca de lâmpadas, restauração das vias públicas e pintura de meio-fio e, também, revitalização de áreas esportivas.

Além desses serviços, a Prefeitura programou para este sábado, no distrito de Vila Vargas, outras atividades voltadas para as duas comunidades, que inclui atrações culturais, esportivas e de lazer. Entre elas a distribuição de livros e CDs de artistas locais, apresentação musical e da arte dos tambores, além de cinema e oficina para criançascoordenada pelo Corpo de Bombeiros e um aulão de zumba.

Outras secretarias municipais também participam do mutirão como a Agência Municipal de Habitação e Interesse Social que estará a disposição com o cadastramento para Casas Populares; o Centro de Controle de Zoonoses com vacinação antirrábica e orientações sobre doenças como dengue, chicungunya, zica e febre amarela; distribuição e plantio de mudas através do Imam, plantão de dúvidas do IPTU, Procon, exames médicos através da Secretaria de Saúde e atividades físicas, pela Funed.

A Secretaria de Educação vai colocar ônibus à disposição da comunidade de Vila São Pedro para a participação nas atividades programadas para o distrito de Vila Vargas. A abertura está prevista para as 8 horas da manhã de sábado, com a apresentação da banda da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada.

Iniciativa

A inciativa da atual administração em desenvolver ações dessa natureza, faz parte do plano de trabalho da prefeita Délia Razuk, reforçado depois que foi apresentado à ela um relatório com as principais deficiências de todos os distritos. Ela reuniu o secretariado, indicou a necessidade de ações emergenciais e a discussão foi efetivada.

O ‘Bairro a Bairro’, a partir de agora, passa a fazer parte das ações da administração e o objetivo é atender todo o município com essas e outras ações, tanto com a estrutura da Prefeitura como de parceiros.

Comentário

Página 1194 de 1658
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis