Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Três Lagoas deve retomar dez áreas de empresas instaladas no Distrito Industrial do município até dezembro. Fiscalização realizada pelo setor identificou diversas irregularidades, entre elas o não cumprimento dos prazos estabelecidos pela Lei Municipal que concede incentivos fiscais.

De acordo com André Milton Denys Pereira, secretário de Desenvolvimento Econômico, a maioria dessas empresas não atingiu a geração de emprego proposta e a estrutura das fábricas não são compatíveis com o prometido antes das doações das áreas. “Cabe a nós acompanhar todo o procedimento de instalação e execução dessas fábricas, e quando notamos irregularidades a área deve ser retomada”, destacou.

No início do mês, cinco áreas, que somam 60 mil metros quadrados, foram retomadas pelos mesmos motivos. Conforme Pereira, apesar dessas ações não são contabilizados prejuízos para o município, visto que existem novas áreas disponíveis. “A única coisa que nos atinge é a frustração pelo fato de termos gerado expectativas de novos empreendimentos e, principalmente, de vagas de empregos para o município”, explicou. 

A Câmara de Vereadores, inclusive, aprovou projeto de lei de cessação de área para posterior doação para as cinco empresas: Alpino Fibras, Casa & Cozinha Marmoraria, JP Comércio de Embalagens, RFR Comércio e Serviços de Usinagem e Fábrica e Comércio de Gelo Três Lagoas. A votação aconteceu durante sessão realizada no último dia 18.

Conforme Pereira, a área só pode ser doada em definitivo para as empresas após o cumprimento das exigências, entre elas, concluir a instalação em 18 meses e iniciar a fase de obras em 90 dias. “O empreendedor tem acesso a todas as exigências, através da carta de formalização, então, cabe a ele cumprir para que não acabe perdendo a área doada”, disse. 

NOVAS EMPRESAS

Atualmente, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico conta com oito pedidos de doações de áreas; todas essas empresas interessadas em investir no município são de outros estados. De acordo com André Pereira, esses empreendimentos são do segmento de limpeza e higiene e de fabricação de equipamentos industriais. 

Pereira destaca que essas empresas devem ser instaladas no município no ano que vem, já que por conta do período eleitoral deste ano, os incentivos não puderam ser destinados aos futuros empreendedores do município. “Eu acredito que a partir de janeiro já teremos novidades para Três Lagoas”, completou.

A estrutura de som e de barracas montada no parque de exposições de Dourados para o show com músicos sertanejos realizado na noite de terça-feira (1) foi destruída logo no começo da manhã desta quarta-feira (2) com o forte vendaval que tomou conta de várias regiões da cidade. Armações de ferro foram ao chão, como mostra o vídeo recebido pelo Douranews via WhatsApp

Comentário

A Acems (Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul) quer mudança no contrato de transmissão dos jogos do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol na TV. A entidade que representa os cronistas teme que a exclusividade concedida TV Morena, como consta no documento enviado para a análise dos times para a transmissão, venha a causar problemas no futuro, e que as emissoras de rádio sejam impedidas de transmitir os jogos do Estadual.

Este ano os clubes que disputam a primeira divisão do futebol estadual estão discutindo novamente com a FFMS e com a TV Morena o direito de transmissão de cerca de 20 partidas ao vivo da competição e em uma das cláusulas consta também a exclusividade da transmissão por meio de radiodifusão. Aí está um dos pontos em que a Acems não concorda, já que poderá causar embaraço. O contrato de direito de transmissão de TV deve ser assinado nos próximos dias.

Na semana passada, o presidente da Associação de Cronistas do Estado, o jornalista douradense Antonio Coca, esteve reunido com os presidentes de clubes da Série A e da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, Francisco Cezário, quando demonstrou essa preocupação. Coca apelou para que a cláusula seja retirada e disse que a transmissão pela TV representa um avanço para o futebol estadual, mas não pode ser feito com o sacrifício das emissoras de rádio que nos últimos 30 anos foram a maior forma de divulgação dos clubes estaduais. “E se de uma hora para outra o detentor dos direitos de transmissão definir que as emissoras não poderão mais transmitir ou terão que pagar para fazer isso? Não podemos ficar nesta dependência e essa exclusividade da radiodifusão não poderia sequer ter sido discutida”, ponderou ele.

Pelos menos oito presidentes de clubes fizeram compromisso verbal com a Acems de que não assinarão o documento se a exclusividade permanecer, já que entendem e reconhecem que as emissoras de rádio prestam um grande serviço para o esporte de Mato Grosso do Sul, em especial ao futebol. O presidente do Águia Negra de Rio Brilhante, por exemplo, Iliê Vidal Júnior, disse que sem as emissoras que cobrem o dia a dia das equipes e levam o público ao estádio quem vai perder é o torcedor e que não assina nada que for prejudicar as rádios e seus profissionais. O presidente da equipe do Chapadão, Félix da Silva, também hipotecou solidariedade aos cronistas e disse que não fará nada que vá prejudicar quem sempre ajudou na divulgação do futebol.

Comentário

O Santos já definiu o futuro do meia Elano para a temporada 2017. O experiente jogador encerra o contrato com o clube paulista em dezembro deste ano, mas deve permanecer na Vila Belmiro em outra função. A ideia da diretoria santista é deslocar Elano para trabalhar na comissão técnica.

O meia deverá exercer a função de auxiliar que pertencia a Marcelo Fernandes, técnico campeão paulista pelo clube em 2015 e que foi afastado do cargo após desentendimento com o técnico Dorival Júnior.

Em relação a Marcelo Fernandes, o clube ainda não definiu o futuro do ex-auxiliar de Dorival. Inicialmente, a diretoria santista anunciou que ele passaria a trabalhar nas franquias de escolinhas do clube na China. No entanto, Fernandes foi liberado para fazer estágio no Barcelona, da Espanha.

Elano, por sua vez, ainda não divulgou se encerrará a carreira no fim do ano. No entanto, o meia já sabe dos planos da diretoria em relação ao futuro. Na verdade, ele já exerce a função de auxiliar de forma não oficial. Elano pouco joga, mas ajuda bastante nos bastidores. Ele orienta os atletas mais jovens em relação a comportamento e até em treinos técnicos, principalmente em bolas paradas, como cobranças de faltas e escanteios.

Além disso, Elano é bastante atuante durante os jogos no banco de reservas. Ela orienta atletas e, principalmente, discute com adversários e árbitros. No clássico contra o Palmeiras, sábado (29) passado, por exemplo, na Vila Belmiro, Elano discutiu de forma ríspida com o técnico Cuca. Na saída de campo, ele amenizou a polêmica ao dizer que "faz parte do jogo". Com informações do Globoesporte.com

Comentário

Alisson José dos Santos, de 16 anos, morreu no acidente envolvendo um Fiat Uno de cor branca que levava mais sete pessoas, todas que acabavam de sair de uma festa na madrugada, após colidir com um ônibus da empresa Medianeira, no cruzamento da rua Aquidauana com a avenida Marcelino Pires.

As três mulheres e outros quatro homens ficaram feridas, e todas foram encaminhadas para o Hospital da Vida. Segundo o registro policiais, os ocupantes do Uno seriam moradores dos conjuntos Harrison de Figueiredo e Dioclécio Artuzi e haviam acabado de sair de uma boate. Jean Carlos dos Santos conduzia o carro que bateu na traseira do ônibus.

Comentário

O alerta de temporal em Mato Grosso do Sul para a manhã desta quarta-feira (2) acabou se confirmando e afugentou muita gente que pretendia visitar os túmulos de familiares e amigos nos cemitérios de Dourados.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) indicou que todas as 79 cidades do Estado fazem parte do mapa de tempestade ao longo do dia. Ventos, além de chuva intensa entre 30 mm e 60 mm/h e possibilidade de queda de granizo, afetaram algumas áreas do Estado.

Em Dourados, os termômetros chegaram a cair para até 15ºC, com fortes trovões. Várias árvores foram derrubadas, fiação da rede elétrica e placas de publicidades.

Comentário

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) esclareceu regras para utilização de águas de rios, córregos, nascentes e poços, pelos produtores rurais. As regras variam de acordo com o tamanho da propriedade, localização e quantidade de pontos de captação das águas. Aberta pelo presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Ruy Fachini, a reunião aconteceu na sede do Sindicato, nesta terça-feira (1), com representantes de cinco municípios e colaboradores da Famasul.

Segundo os técnicos que dirigiram a reunião, existem pontos de captação passíveis de licenciamento, mas todos que fazem uso de águas, sejam superficiais ou subterrâneas, deverão se registrar por meio do Siriema (o Sistema Imasul de Registros e Informações Estratégicas do Meio Ambiente).

“A outorga é necessária, pois vai avaliar a disponibilidade hídrica do local. Porém, o sistema ainda precisa de ajustes entre os proprietários rurais e os órgãos envolvidos”, avaliou Ramão Jardim, assessor de meio ambiente do Sindicato Rural de Campo Grande.

O seminário para orientação dos Sindicatos Rurais e produtores percorrerá, até o dia 7 de dezembro, os municípios de Campo Grande, Três Lagoas, Ivinhema, Dourados, Ponta Porã, Corumbá e Jardim. As orientações serão repassadas pela equipe do Imasul, juntamente com a consultora técnica da Famasul, Daniele Coelho.

Comentário

O ex-procurador-geral de Teerã Saeed Mortazavi foi condenado a 135 chibatadas por "desvio e desperdício de dinheiro público" quando era chefe do Fundo de Previdência Social, anunciou nesta quarta-feira (2) a imprensa iraniana.

Mortazavi, nomeado à frente da Previdência Social no governo do ex-presidente conservador Mahmoud Ahmadinejad (2005-2013), "foi condenado a 70 chibatadas por desvio de bens públicos e 65 chibatadas por negligência e desperdício de bens públicos", declarou Mostapha Torkhamedani, advogado dos funcionários que o denunciaram, de acordo com a agência de notícias da televisão estatal IRIB. Ele pode recorrer da sentença.

Figura controversa, o ex-procurador-geral de Teerã teve que deixar o cargo em 2010. Em 2014 foi suspenso para sempre da magistratura por seu papel em 2009 na prisão de três manifestantes durante o movimento de protesto após a reeleição de Ahmadinejad. Em setembro passado, ele publicou uma carta expressando arrependimento e pedindo "perdão".

Mortazavi, personalidade temida e odiada pelos reformistas e jornalistas, aprisionou muitos adversários e fechou dezenas de jornais reformistas, segundo a agência noticiosa.

Comentário

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta terça-feira (1) a saída do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, da seleção brasileira feminina. O treinador estava no cargo desde 2014, em sua primeira experiência fora do futebol masculino. No lugar dele, assumirá Emily Lima, ex-treinadora do São José (SP) e primeira mulher a assumir o cargo na seleção.

Vadão deixa a equipe com a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto (Canadá), e o título da Copa América feminina 2014, no Equador. Por outro lado, ficou fora do pódio tanto na Copa do Mundo de 2015, no Canadá (parou nas oitavas de final), quanto nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro (foi quarto colocado).

Em entrevista ao "SporTV", o técnico afirmou que sua saída estava acertada desde a última quinta-feira (27). "Era uma coisa que ia acontecer, não foi nenhuma surpresa, nenhuma novidade. O projeto da CBF comigo era até a Olimpíada. Na quinta-feira passada já havia sido comunicado, ontem tive uma longa conversa com o presidente e hoje foi divulgado oficialmente", afirmou Vadão, que também agradeceu a CBF pela oportunidade.

O nome de Emily Lima, que tinha passagens pelas seleções de base, era o mais cotado para assumir o cargo. Em seu mais recente trabalho, ela levou o São José (SP) ao vice-campeonato da Copa do Brasil 2016, vencida pelo Audax/Corinthians.

Antes de se tornar treinadora, Emily jogou profissionalmente pelo Saad no início da carreira. Ela será apresentada no cargo nesta quinta-feira (3), às 11h (de Brasília).

A seleção feminina já foi comandada por Zé Duarte, Renê Simões, Fernando Pires, Ademar Fonseca, Wilsinho Oliveira, Paulo Gonçalves e, por último, Vadão.

Comentário

A Fifa anunciou nesta terça-feira (1º) punição à Bolívia pela escalação irregular do volante paraguaio Nelson Cabrera por não atender aos requisitos da entidade para naturalização.

Assim, os resultados dos jogos do país nas Eliminatórias Sul-americana contra Peru e Chile foram alterados. A medida beneficiou as duas seleções.

Nas partidas em questão, a Bolívia havia vencido o Peru por 2 a 0 no dia 1º de setembro e, cinco dias depois, empatado por 0 a 0 com o Chile. Com a punição, a Fifa declarou os dois jogos com o placar de 3 a 0 a favor dos adversários dos bolivianos.

A alteração de resultados fez o Chile saltar de 14 para os mesmos 16 pontos da Argentina. Porém, os chilenos levam a melhor nos critérios de desempate, com maior número de gols marcados (18 a 11) e assumiram a quinta posição. Os argentinos enfrentarão o Brasil no dia 10 de novembro ainda mais pressionados, já que o sexto colocado fica fora inclusive da repescagem.

O Peru, por sua vez, saltou para 11 pontos, mas permanece na oitava colocação. Com a perda dos pontos, a Bolívia fica com quatro pontos, à frente apenas da Venezuela, que tem dois.

Nascido no Paraguai. Nelson Cabrera defendeu o time boliviano nas duas partidas, o que rendeu uma denúncia das federações do Chile e do Peru. Na reclamação feita à Fifa, os denunciantes disseram que Cabrera não vive há cinco anos na Bolívia, período mínimo exigido pela entidade para aceitar a naturalização de um atleta.

No comunicado, a Fifa ainda informa que aplicou uma multa de 12 mil francos suíços (R$ 39,5 mil) à Bolívia por violação ao parágrafo 1º do artigo 55 do Código Disciplinar da FIFA (FDC) e do artigo 8º do Regulamento da Copa do Mundo da Rússia-2018. Os dois tratam de violação das regras de elegibilidade para jogar nas equipes nacionais.

Comentário

Página 1187 de 1456
  • al sustentavel 2
  • kikao professor

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus