Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd outubro rosa
Redação Douranews

Redação Douranews

O Barcelona enfrenta o Sevilla neste domingo (6), às 16h45 (de MS), no estádio Ramóm Sanchez-Pizjuan, pelo Campeonato Espanhol. E o time desembarcou somente nesta manhã na cidade do adversário.

A partida em Sevilha pode marcar o primeiro duelo europeu entre Neymar e Ganso, ex-companheiros no Santos e amigos de longa data. O camisa 10 da Seleção é titular indiscutível do Barça, enquanto o meia ainda busca um espaço na equipe de Jorge Sampaolli.

Comentário

Uma parceria entre a Prefeitura de Dourados e o Sebrae/MS Regional Centro-Sul levam empreendedores de Dourados para participar da Rota do Desenvolvimento, em Campo Grande, que acontece a partir desta segunda (7) até quarta-feira (9), no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes. Dourados leva dois ônibus, com saída às 12 horas de terça e quarta-feira, cada um, da Praça Antônio João. O retorno tem saída de Campo Grande às 22 horas, após a palestra principal da noite.

Ainda há vagas e não há custo no transporte e também na participação no evento. Os interessados podem fazer as reservas das vagas com Adolfo Garcia, na Semdes (Secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável) pelo telefone 98468 8155 ou e-mai: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até às 12 horas desta segunda-feira.

A edição de Campo Grande da Rota do Desenvolvimento tem palestras, oficinas, workshops, informações de crédito, encontros empresariais, atendimento das Secretarias de Estado, informações sobre abertura e regularização de empresas, oportunidades de negócios, programação para gestores públicos e vários outros serviços, conforme a programação.

O destaque da terça-feira (8) será a palestra, às 20 horas, com o jornalista Caco Barcelos. Ele abordará o tema ‘Como Gerir Equipes de Sucesso’, abordando os tópicos Transformando ideias; Conquistando seguidores pelo exemplo; Cortando a falsa urgência; Estimular o aprendizado; Como entender os colegas que não falam; Como explicar uma ideia; Incentivar a evolução profissional e pessoal. Caco é repórter de televisão e escritor brasileiro, que se especializou em jornalismo investigativo, documentários e grandes reportagens sobre injustiça social e violência e atualmente comanda o programa Profissão Repórter, da Rede Globo.

Já na quarta-feira, também às 20 horas, a também jornalista da Rede Globo, Sônia Bridi, vai falar sobre “Lucrando com Sustentabilidade”, enfocando os temas Como criar uma visão e uma missão que levem em conta as questões socioambientais; Como criar uma estratégia clara, aliando com os objetivos da empresa no curto prazo; Conscientização de todos os colaboradores, fornecedores e clientes sobre essa nova estratégia; Desenvolver e implantar as ações sociais e ambientais e Como controlar se as ações estão saindo como desejado. Além de escritora com diversos livros pulicados, Sônia é repórter especial do Fantástico..

A Rota do Desenvolvimento apresenta várias soluções para negócios empreendedores dos setores de alimentos, moda, bares e restaurantes, salões de beleza, automotivo, atividades rurais, indústrias, turismo e cultura, MEI, crédito, gestão pública, inclusão digital e uma programação exclusiva para mulheres de negócios.

Comentário

Trezentos e quarenta e nove dias separam uma vitória por 6 a 1 de uma derrota por 4 a 0. Do Corinthians que humilhou o São Paulo na antepenúltima rodada do Brasileirão do ano passado para o que foi atropelado pelo Tricolor neste sábado (5), muita coisa mudou. Craques foram embora e o técnico (Tite) foi para a seleção brasileira, e "só" esses dois fatores já renderam muito textão no Facebook. Difícil mesmo é explicar tamanha falta de apetite do time que apanhou no Morumbi.

O Corinthians se mostrou um time sem gana, sem sangue, sem vibração. E também sem cérebro, sem inteligência, sem organização. Pareciam 11 zumbis em campo, usando as mesmas camisas pretas com listras horizontais daquela tarde de 6 a 1 em Itaquera, como descreve análise feita pelo Globoesporte.com.

Oswaldo de Oliveira, em sua entrevista coletiva após o jogo, lembrou estar há apenas 20 dias no cargo e reclamou da arbitragem. Para o treinador, não foi pênalti de Fagner em Kelvin, lance que gerou o primeiro gol são-paulino (de Cueva, com "cuevadinha"). A reclamação contra o árbitro Cláudio Francisco Lima e Silva (SE) pode até proceder, já que tem sido cada vez mais comum os lances de pênalti em que o atacante entra na área, corta para o lado e espera o choque com o defensor para se atirar no chão. Um gol logo no início de um clássico, na casa do rival, sempre complica. Mas chega a ser risível o argumento de que o Corinthians perdeu por casa de um erro de arbitragem.

O Corinthians perdeu porque não jogou. Não conseguiu. Em vários momentos, pareceu nem tentar. O primeiro chute a gol, de Rodriguinho, saiu com 37 minutos de jogo. Fora essa finalização, de fora da área, o Timão só chegou uma vez à área do rival durante todo o primeiro tempo, numa cabeçada para fora de Romero. E não que o São Paulo estivesse numa noite iluminada (só Cueva se sobressaía). O problema era a apatia corintiana mesmo, reforça a análise do portal esportivo.

Comentário

“É uma administração que cumpre o que promete para a gente”, disse o mecânico Assis Alves David, de 56 anos, morador do Jardim Ipiranga, neste sábado (5), ao agradecer o prefeito Murilo Zauith (PSB) pela entrega da obra de asfalto no bairro. Os moradores esperavam há anos pela infraestrutura.

“Para sair de casa só com a sacolinha no pé e quando chovia ficava um buracão. Já cheguei até a cair de moto. Pensei em vender a minha casa e sair daqui, porque achei que o asfalto nunca iria chegar. Mas, esta administração [do Murilo] cumpre o que promete para a gente”, disse Assis. Ele ainda enalteceu o trabalho dos vereadores que atenderam a comunidade.

Assis mora há sete anos no bairro com a esposa Marli Câmara de Lima David, de 41 anos. A moradora relata que antes era difícil ter acesso à residência, principalmente em dias de chuva. Familiares, inclusive, deixavam de fazer visitas devido ao barro. “Hoje dá gosto de receber todo mundo, porque meu bairro está muito bonito”, relata.

Durante a cerimônia de entrega da pavimentação, o prefeito Murilo agradeceu aos moradores pela confiança que depositaram nele e nos vereadores. “Isso é muito importante porque num momento difícil da nossa cidade, vocês entregaram o voto de vocês e quando entregam voto, dão parte da vida de vocês”, afirma. Ele lembrou que os vereadores trabalharam junto com a administração nas viagens a Brasília, para garantir projetos nos ministérios.

Murilo também ressaltou que desde abril entrega obras executadas pela administração, sempre com foco em atender os bairros. Lembrou que obras que vão deixar marcas serão entregues nas próximas semanas, como por exemplo, a antiga rua Potreirito, que se tornou uma grande avenida de acesso a vários bairros; a primeira etapa do Centro de Convenções e a Feira Livre.

O prefeito também lembrou que deixará a Prefeitura organizada para a próxima administração. “Vamos deixar a prefeitura com pagamentos em dia, não vamos deixar conta para a próxima administração. Vamos colaborar e estamos colaborando com toda transparência, passando para a próxima administração porque a gente torce para dar tudo certo, porque quem ganha são vocês [moradores]”, relatou.

A pavimentação das ruas do bairro, que também contou com obras de drenagem, faz parte de um amplo projeto de pavimentação realizado pelo prefeito Murilo. Com recursos do pacote de R$ 52 milhões contratados com a Caixa Econômica Federal e mais recursos de emendas federais, o prefeito executa o maior programa de asfaltamento da história de Dourados.

A cobertura asfáltica da cidade saltará de 48% em 2010 para mais de 80% até o final deste ano, ou seja, em seis anos, Murilo dobrará a quantidade de asfalto em Dourados. Além disso, deixará projeto aprovado para que a próxima administração possa dar continuidade às ações e fazer Dourados chegar a 100% de pavimentação.

Comentário

Após a polêmica decisão que condenou a realização das vaquejadas no país, o STF (Supremo Tribunal Federal) está pronto para julgar uma outra ação que promete colocar em pólos opostos defensores dos animais e de tradições culturais brasileiras.

Nesta semana, o ministro Marco Aurélio Mello liberou para decisão do plenário um processo que discute o sacrifício de animais em rituais religiosos de origem africana. Caberá agora à presidente da Corte, Cármen Lúcia, marcar uma data para o julgamento, ainda sem previsão para ocorrer, segundo divulga o G1.

Na ação, o Ministério Público do Rio Grande do Sul busca derrubar trecho de uma lei gaúcha que livra de punição por maus tratos a animais cultos e liturgias das religiões de matriz africana que praticam sacrifícios, como o candomblé.

Comentário

Ninguém acertou os seis números do concurso 1.873 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado na noite deste sábado (5), em Uruçuí/PI, e o prêmio acumulou, com estimativa de chegar a R$ 9 milhões no próximo sorteio.

Veja as dezenas sorteadas: 05 - 25 - 28 - 41 - 53 - 54.

A quina teve 27 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 61.995,05. Outras 3.152 apostas acertaram a quadra e vão ganhar R$ 758,64 cada uma.

Comentário

Um dos textos citados no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) aplicado neste sábado (5) era do cantor e compositor sertanejo Renato Teixeira. No trecho, retirado de uma reportagem publicada em 4 de junho de 2012 na edição online do jornal "Folha de S. Paulo", o cantor e compositor afirmava que a música sertaneja não mudou: o que mudou foi o campo, que ficou mais tecnológico e rico. Empolgado com a abordagem da prova, ele comemorou.

“Quando o Enem me escolhe numa citação, para esclarecer um assunto que para mim é tão importante, é felicidade total. É muito gostoso ver que a coisa funcionou”, exalta o músico. Teixeira garante que sua felicidade não se trata de pouca modéstia. “Não é vaidade, não. Não é vaidade pessoal, mas é uma contribuição para a história e isso é uma coisa muito boa”.

Renato Teixeira é autor de músicas sertanejas como Romaria e Tocando em Frente. Suas canções foram regravadas por grandes nomes como Elis Regina, Maria Bethânia, Gal Costa e foram temas de abertura de programas de televisão.

“A música não é uma coisa estagnada; é uma coisa contínua. A música acompanha a história. Então, se o campo muda, eu também mudo, a música, história e o comportamento mudam. E isso é um fenômeno da sociedade e não só do campo. O mundo está passando por uma mudança radical como quando inventaram a roda e o motor”, observou, em reportagem do portal G1.

Comentário

O MP (Ministério Público) do Estado de Mato Grosso do Sul encontrou indícios de superfaturamento nas obras do Aquário do Pantanal, em Campo Grande. A ação pede a condenação de duas empresas e de seis pessoas, dentre elas o ex-secretário estadual de Obras Edson Giroto e o funcionário da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) Luiz Mário Mendes Leite Penteado. A assessoria do governo informou que ainda são necessários cerca de R$ 67 milhões para terminar as obras e trabalha para conseguir liberar o recurso.

Uma das empresas, a Fluídra Brasil, de Santa Catarina, aparece entre as citadas. O advogado Valeriano Fontoura, que defende Edson Giroto, disse que aguarda a citação do ex-secretário de Obras do governo do estado para apresentar defesa. O servidor público afirmou que a contratação da Fluídra com a dispensa de licitação foi feita com base no parecer jurídico da Agesul, segundo repercutiu a TV Morena.

Segundo o MP-MS, os dois organizaram um esquema para facilitar a contratação da empresa catarinense Fluídra Brasil, responsável pela implantação do sistema de filtragem, automação, iluminação e cenografia dos tanques do Aquário do Pantanal. O custo da operação foi de R$ 25 milhões. Para abrir caminho para a contratação da Fluídra, Giroto e Luiz Mário teriam dispensado a empresa Terramare, contratada anteriormente para fazer um trabalho parecido no Aquário por menos de um terço do valor: R$ 8 milhões.

Para os promotores, a manobra contou com a "imprescindível colaboração e participação da empresa de arquitetura e urbanismo de Ruy Othake, do engenheiro de Campo Grande José Antônio Toledo Areias e de outras duas pessoas. A empresa paulistana cuidou do projeto de filtragem da água dos tanques do Aquário”. A ação do MP-MS contou com um relatório da CGU (Controladoria-Geral da União). Segundo o chefe da CGU-MS, João Paulo Barbieri, a alegação do grupo era de que só a Fluídra tinha capacidade para tocar a obra, mas a CGU fez levantamento e apontou que outras tinham até mais estrutura para fazer o serviço.

De acordo com a CGU, houve um acréscimo de R$ 4 milhões ao projeto inicial. Grande parte já foi paga. Outro indício de irregularidade foi a denúncia de uma ex-funcionária da Fluídra ao MP de Santa Catarina, que diz que a contratação da empresa foi superfaturada com pagamento de propina.

As pessoas citadas na ação foram denunciadas por improbidade administrativa. O MP pediu o bloqueio de bens de até R$ 140 milhões de cada denunciado. A medida serve para assegurar o ressarcimento de um possível prejuízo aos cofres públicos caso haja condenação. O processo está sendo analisado pelo juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

O Aquário do Pantanal começou a ser construído em 2011 e deveria ser entregue dois anos depois.

Comentário

A Escola Daniel Berg comemora o 60° aniversário organizamdo neste sábado (5) a 6ª pastelada, que já se tornou um evento anual para comunidade escolar e do entorno. "Quando começa o ano, o pessoal já pergunta: quando vai ser a pastelada deste ano", observa a diretora Margarida Gaigher.

daniel berg equipe pastel

Equipe da fritura trabalhou muito para atender a todos os gostos da comunidade

Com o objetivo e angariar fundos para efetuar a troca dos tradicionais quadros verdes a giz pelos atuais brancos, os funcionários e amigos da escola se juntaram e doaram parte do tempo e trabalho para realizar o evento tão esperado. Várias as opções de sabores foram oferecidas: Carne, Frango, Queijo e Pizza, ou seja, para agradar a diferentes paladares.

Comentário

Os portões dos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 foram abertos ao meio-dia deste sábado (5/11). Ao todo, mais de 8 milhões de inscritos estão aptos a participar da avaliação em todo o Brasil. No DF, são167.819, de acordo com dados divulgados pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

No entanto, devido às ocupações de escolas, mais de 8 mil não poderão fazer o exame neste fim de semana. Em todo o país, mais de 240 mil estudantes tiveram as provas reagendads para 3 e 4 de dezembro pelo mesmo motivo.

Neste primeiro dia de provas, os candidatos responderão questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Os portões fecham às 13h e as provas começam a ser aplicadas às 13h30. A duração é de quatro horas e meia.

Segundo o Inep, esta é a segunda maior edição do exame, atrás apenas da de 2014. O total de inscritos é de 8.627.195. Desses, 58% são mulheres e 42% homens. Mais da metade já concluíram o ensino médio e 22% concluirão em 2016.

Comentário

Página 1184 de 1463

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus