Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran topo 1
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

Dando continuidade nas inovações promovidas pela Unigran durante a pandemia da Covid-19, desta vez foram os cursos de Biomedicina de Dourados e da Capital que não deixaram o isolamento social interferir na qualidade do ensino e realizaram, dias 27 e 28 de maio, o 1° Simpósio Integrado, com o tema ‘Atualização em Diagnósticos Laboratoriais de Portadores da Covid-19’.

O evento foi totalmente on-line e a programação contou com as palestras: ‘Marcadores e mediadores da infecção por SARS Cov 2 e os grupos de risco’, com Rhanany Palozi; ‘Biossegurança: utilização correta de EPIs’, com Felipe Parizoto, ‘Sensibilidade e janela de exames para Covid-19: teste rápido, quimioluminescência, eletroquimioluminescência e RT-PCR’, com Lídia Amélia de Araújo, e ainda ‘Alterações laboratoriais em pacientes com Covid-19’, com Elaine Borges.

Luis Fernando Benitez Macorini, coordenador do curso de Biomedicina da Unigran de Dourados, explicou que o evento foi pensado para continuar com a programação de eventos do curso. “A ideia de realizar o simpósio surgiu quando buscamos estratégias para que o cronograma de atividades não fosse interrompido. Todos os anos, no primeiro semestre, realizamos o Encontro Acadêmico de Biomedicina, que acontece presencialmente e, diante da pandemia, pensamos neste simpósio para não cessar esse ciclo de conhecimento”, disse.

Já o coordenador do curso da Unigran Capital, Maicon Matos Leitão, comemorou o sucesso do simpósio. “O evento superou nossa expectativa, pois todos os alunos aderiram e participaram de uma forma muito dinâmica. Resultado da integração dos dois cursos, o simpósio trouxe palestrantes renomados da área da saúde pública, que contribuíram com essa inovação, oportunizando um conhecimento crucial para nós biomédicos”, falou.

Todos os participantes aprovaram a iniciativa do evento e, diante da pouca vivência clínica e a escassa produção científica sobre a Covid-19, destacaram a importância do tema trazido pelo simpósio.

O acadêmico de Dourados Edigar Maciel Ricarte, do 3º semestre, elogiou a atividade e apontou a importância do tema para a atuação profissional. “Foi uma grande oportunidade inovadora participar do evento, que particularmente considerei espetacular, apesar de estarmos diante de uma pandemia. O simpósio nos ajudou a entender melhor esse contexto, pois trouxe as informações e os parâmetros necessários tanto para nossa proteção, quanto para nos preparar caso venhamos a enfrentar uma situação parecida como futuros biomédicos. Outro ponto importante é que o formato on-line não prejudicou a qualidade do evento, já que disponibilizou as ferramentas necessárias para que nós pudéssemos interagir com os palestrantes”, ressaltou.

Já a aluna da Unigran Capital, Letícia de Barros Figueiredo, do 5º semestre, destacou que o formato virtual do simpósio permitiu uma nova percepção da evolução do conhecimento. “O evento mostrou que mesmo diante da necessidade do distanciamento e do isolamento social, o conhecimento pode acontecer com a mesma velocidade e qualidade. O simpósio se reinventou de uma forma inovadora e nos surpreendeu, apresentando um resultado igual ou até maior do que seria trazido na forma presencial, pois possibilitou a interação dos participantes com os palestrantes por meio do Classroom, motivando a participação de todos, inclusive de pessoas que talvez deixariam de tirar suas dúvidas pela timidez, por exemplo, caso fosse presencial. Por isso, avalio que as informações e as experiências proporcionadas pelo evento, somadas a dedicação dos palestrantes, garantiram a superação das expectativas, que já eram grandes”, concluiu.

Além de acadêmicos e professores, também participaram do 1º Simpósio Integrado dos cursos de Biomedicina da Unigran diversos egressos da Instituição, além de outros profissionais da área da saúde que estão atuando na linha de frente no combate à Covid-19.

Comentário

A Prefeitura de Dourados abriu nesta semana, por intermédio da Secretaria municipal de Cultura, conforme edital 02/2020 publicado na edição de segunda-feira (1) do Diário Oficial, as inscrições gratuitas para licitação, na modalidade concurso, para seleção de propostas de 40 apresentações culturais, na modalidade on-line.

O projeto “Cultura para Todos” selecionará 40 melhores vídeos, divididos nas seguintes áreas: artes cênicas (circo, dança, teatro), música, artes visuais (pintura, escultura, gravura, desenho, design, fotografia, cerâmica, moda e poéticas contemporâneas, etc.), audiovisual, literatura, patrimônio cultural, artesanato.

Do dia 17 ao dia 19 de julho será o prazo para inscrição e envio da apresentação e da documentação, para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Podem participar da seletiva, artistas, coletivos/grupo de artistas, agentes e produtores, trupes e grupos, formais ou informais, com atuação na área cultural. Será exigido que os selecionados comprovem residência em Dourados há pelo menos um ano.

Serão credenciadas as melhores apresentações, divididas nas áreas destacadas (artes cênicas, música, artes visuais, audiovisual, literatura, patrimônio cultural, artesanato), recebendo como prêmio o valor de R$ 950 (bruto), de incentivo aos artistas.

A secretária interina de Cultura de Dourados, Davilene de Sousa Borges, destacou que o projeto de fomentar ações culturais via redes sociais se estruturou após conversa realizada com a prefeita Délia Razuk, cosiderando a importância da valorização da classe artística neste momento delicado que a pandemia do coronavírus gerou a todos, visto que o isolamento social também está dificultando diretamente a vida dos artistas douradenses.

A seleção seguirá as regras e prazos estabelecidos no edital, regidos pela lei federal 8.666/93 (lei das licitações), que teve apoio e sugestões do Conselho Municipal de Política Cultural.

Comentário

Com mais 78 exames positivos para coronavírus (Covid-19) nas ultimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 1.646. E, Dourados assumiu a ponta entre os municípios com mais casos: 339 contra 317 da capital Campo Grande. As informações foram apresentadas nesta terça-feira (2) em coletiva de imprensa online com autoridades do Governo.

Dos 1.646 casos confirmados, 911 estão em isolamento domiciliar, 650 estão sem sintomas e já estão recuperados. Apenas 66 estão internados, sendo 24 em hospitais públicos e 42 em hospitais privados. Um paciente internado é procedente de fora do Estado. Foram registrados 20 óbitos.

O Município registrou 33 novos casos nas últimas 24 horas, Vicentina aumentou 13 casos, Corumbá teve 8 e Campo Grande registrou 5 novas ocorrências. Só no Drive Thru foram registrados até agora 150 testes positivos em 658 notificações. Em Dourados, há ainda 636 exames coletados que ainda não foram encerrados.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 12.866 notificações de casos suspeitos do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 9.317 foram descartados após os exames darem negativo para a Covid-19 e outros 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde. 278 exames aguardam resultado do Lacen. 1.625 casos foram notificados e não foram encerrados pelos municípios.

Veja os municípios com maior incidência da Covid-19:

liderança dia 2 de junho

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja sancionou e foi publicada nesta terça-feira (2), no Diário Oficial do Estado, a Lei 5.516/2020 que proíbe a limitação pelos planos de saúde dos tratamentos prescritos pelos profissionais de saúde. Somente o médico que acompanha o caso poderá estabelecer qual o tratamento adequado para alcançar a cura ou amenizar os efeitos da doença.

“Não cabe à operadora do plano de saúde negar cobertura a exame destinado a completar o diagnóstico e precisar a evolução de doença cujo tratamento tem cobertura prevista”, justifica o autor da proposta, deputado João Henrique.

Segundo ele, empresas que oferecem planos privados de assistência à saúde podem estabelecer quais patologias estão excluídas da cobertura pelo seguro e inserir tal previsão no contrato, mas não cabe a elas eleger os tipos de exames ou de tratamentos que lhes sejam mais convenientes.

A lei publicada no Diário Oficial do Estado não vale para intervenção sem cobertura contratual entre segurado e plano privado e nem para casos restringidos por lei ou norma da ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar. Quem descumprir estará sujeito às penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Comentário

O tenente-coronel da PM (Polícia Militar) do Estado, Wagner Ferreira da Silva, de 42 anos, assume nesta terça-feira (6) a direção do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) em Dourados. Em razão da pandemia da Covid-19, o evento será fechado, mas terá transmisso ao vivo, a partir das 10 horas, pelos links nos sites da Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública) e da Polícia Militar e por live nas redes sociais.

Para o novo diretor, a missão de assumir o DOF será um grande desafio e privilégio. “Mas acima de tudo, é uma grande responsabilidade poder contribuir com a segurança de fronteira, ciente de que nosso trabalho importa a todo o Brasil. Neste propósito, estaremos firmemente ladeados com os homens que sustentam de maneira sacerdotal esta dura tarefa de enfrentar o crime organizado em nossas fronteiras”, disse.

O novo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Paulo Gimenez, vai presidir a passagem de comando para o tenente-coronel Wagner. Marcos Paulo era o titular do DOF antes de assumir o comando da PM. O sub-diretor será o tenente-coronel Everson Antonio Rozeni.

O tenente-coronel Wagner é formado em Direito e tem licenciatura e bacharelado em Educação Física, com especialização na Fisiologia do Exercício – Avaliação e Prescrição de Treinamento Físico. Fez o Curso de Formação e de Aperfeiçoamento de Oficiais da Polícia Militar, além de pós-graduação no Curso Superior de Polícia.

Comentário

Os agentes da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) impediram a segunda tentativa de fuga em menos de 24 horas na madrugada desta terça-feira (2), publica o site Midiamax.

De acordo com a publicação, um dos presos já estava no pátio quando foi flagrado fora da cela depois de ter serrado as grades da janela.

Na manhã de segunda-feira (1) seis presos que seriam integrantes de uma facção criminosa, tentaram fugir do raio 2 da PED, mas essa fuga também foi evitada pelos policiais penais de plantão que conseguiram deter os internos antes que eles atingissem o muro.

No final de semana um agente penitenciário da PED foi acusado de ligação com o traficante internacional de drogas Carlos Von Scharte, caso que está sendo investigado pela Agepen (Agência estadual de Adinistração do Sistema Penitenciário).

Comentário

A Sanesul e o Governo do Estado continuam investindo em projetos que vão beneficiar a população de Dourados. "Esse programa de expansão das redes de água e de esgotamento sanitário, que começamos este mês no Município, vai garantir mais qualidade de vida para todos os setores da comunidade", anunciou o presidente da empresa, Walter Carneiro Jr.

Segundo o dirigente, os trabalhos foram iniciados pela rua Firmino Vieira de Matos, onde está sendo implantada uma adutora de 500mm para interligar e melhorar as condições de operação. Outras três frentes de obras, nas regiões do Parque Alvorada, Santa Fé e do Jardim Mônaco, com redes e galerias, e no Jardim Europa, Paineiras e Mônaco, com redes de esgoto, ampliam a qualidade do serviço.

Todas essas redes serão interligadas na bacia da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Guaxinim, "o que significa que, assim que a rede passar, o morador já vai poder fazer a ligação imediata", informa o presidente da Sanesul. Outra frente de trabalho ocorre na região do Jardim Canaã 4, como parte do projeto que visa assegurar o tratamento de 100% do esgoto que é coletado na cidade.

"Estamos fazendo a expansão da rede de água e rede de esgoto, com obras sendo executadas em várias frentes de trabalho. Modernizando as operações e garantindo os serviços para os moradores. Dourados é um canteiro de obras de saneamento que promovem a qualidade de vida para que os moradores possam viver e cuidar bem de suas famílias", conclui Walter Carneiro Jr.

Comentário

A Unigran Educacional está com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2020 e as provas desse processo seletivo serão apicadas na modalidade on-line neste sábado (6) com vagas disponíveis para os cursos de Dourados, Campo Grande, semipresencial e a distância.

Considerando a declaração de emergência em saúde pública pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e o aumento de casos positivos pela Covid-19 no Brasil, desde março, a Unigran tomou medidas preventivas para conter a disseminação do vírus, e a Instituição ativou de forma massiva a utilização de seu convênio com o Google for Education. Pioneira em tecnologia e inovação, a Instituição é parceira desta plataforma que possui dezenas de programas e funcionalidades disponíveis para todos os acadêmicos, incluindo o Google Classroom, Drive e e-mail com armazenagem ilimitada.

“A Unigran é uma Instituição de ensino que, há mais de 40 anos, oferece ensino de excelência. A estrutura moderna, constantes investimentos em tecnologia e capacitação profissional faz da Unigran um dos melhores centros universitários do país e a que tem o melhor conceito institucional do Estado (conceito 5), atribuído pelo Ministério da Educação”, garante a Reitora Rosa Maria D’Amato De Déa.

Cursos oferecidos

Na modalidade presencial, a Unigran oferece os cursos de Administração, Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Contábeis, Design de Interiores, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Software, Engenharia Mecânica, Farmácia, Fisioterapia, Gastronomia, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Radiologia e ainda os cursos tecnológicos em Estética e Cosmética e Produção Agrícola.

Já os semipresenciais em Dourados são Administração, Ciências Contábeis, Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos e Pedagogia.

E a distância, há a oferta dos cursos de Administração, Agronegócios, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Biologia, Ciências Contábeis, Economia, Comércio Exterior, Design de Interiores, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Produção, Engenharia de Software, Filosofia, Formação Pedagógica para portadores de Ensino Superior, Geografia, Gestão Comercial, Gestão de Cooperativas, Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Turismo, Gestão Pública, História, Letras (Português/Inglês), Letras (Português/Literatura), Logística, Marketing, Matemática, Negócios Imobiliários, Pedagogia, Processos Gerenciais, Produção Publicitária, Segunda licenciatura em Artes Visuais, Segunda licenciatura em Pedagogia, Serviço Social, Serviços Jurídicos e Teologia.

Para inscrições ou mais informações acesse o link www.unigran.br. Qualquer dúvida é só entrar em contato pelos telefones (67) 3411-3100/3101 ou (67) 9 9222-5948 (WhatsApp).

Comentário

As atividades não presenciais aos alunos das escolas da Rede (Rede Municipal de Ensino) vão começar a ser entregues a partir da próxima segunda-feira (8), informaa professora Izabel Cristina Dias, coordenadora pedagógica da Semed (Secretaria Municipal de Educação) em Dourados.

Nesta semana os professores e as escolas estão produzindo as atividades que serão disponibilizadas aos alunos através de e-mail, whatsapp e outras redes sociais. O formato e a aplicação das atividades foram definidos pelo decreto 2.630, publicado na edição suplementar do Diário Oficial de 29 de maio.

Izabel Cristina afirmou que os professores estão organizando as redes de contatos com os alunos para enviar as atividades através da internet. Ela explica que os pais e alunos poderão consultar as escolas através de telefone para poder pegar as atividades de forma impressa caso não tenham acesso à internet.

As atividades não presenciais determinadas pelo decreto servirão para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da pandemia da Covid-19, “a fim de que seja mantido um fluxo de atividades escolares enquanto durar a situação de emergência”.

Conforme o decreto, a retomada das aulas em 2020, enquanto durar o período de pandemia, será efetuada pelas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino por meio de atividades pedagógicas não presenciais, um conjunto de atividades escolares impressa ou por meios virtuais vinculadas às habilidades previstas no Currículo de Dourados para o Ensino Fundamental, e Vivências e Experiências para a Educação Infantil, previamente planejadas e elaboradas pelo docente, sob orientação da coordenação pedagógica, para ser realizada pelo estudante fora do ambiente escolar. (Da assessoria)

Comentário

"Fazer gestão é coisa séria, só quem está à frente de um empreendimento sabe que só vai poder gastar de acordo com o que arrecada". A lição foi receitada pelo deputado Barbosinha, pré-candidato a prefeito de Dourados, em conversa na manhã desta segunda-feira (1) com o radialista Lucas Corrêa, na rádio Harmonia.

Barbosinha lembrou a passagem pela prefeitura de Angélica, no passado e, mais recentemente, o trabalho de gestão como presidente da Sanesul por mais de sete anos e de secretário estadual de Justiça e Segurança Pública no primeiro mandato do governador Reinaldo Azambuja.

"Em todas as funções que desempenhei, aprendi que você pode exercer a autoridade sem ser autoritário, compartilhando opiniões e debatendo ideias com os meus colaboradores, valorizando as pessoas e sempre contando com o apoio da equipe", ilustrou Barbosinha.

Com a experiência acumulada como gestor público que começou bem cedo na atividade, Barbosinha relatou que "essa crise [da pandemia da Covid-19] é mais uma oportunidade que se apresenta para enfrentar o desafio de gerir a máquina pública de forma a mostrar eficiência".

No caso de Dourados, o pré-candidato a prefeito voltou a comparar números da arrecadação dos tributos municipais e a aplicação em saúde, por exemplo, com outras regiões do Estado. "Eu tenho levantado os problemas, é preciso ter consciência de que a responsabilidade é de todos, e cada um deve fazer a sua parte", pregou Barbosinha, ao se apresentar para a disputa eleitoral deste ano.

"Dourados tem solução, desde que o próximo prefeito se apresente com soluções concretas, disposto a arrumar a casa, seja competente na hora de formar a equipe, saiba escolher entre os melhores as pessoas para cuidar de cada segmento, e reúna as condições políticas para captar os apoios que vai precisar no Governo Federal, no Estado e entre os membros da bancada de deputados em Mato Grosso do Sul", disse o pré-candidato.

Comentário

Página 2 de 1657
  • ms corona

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis