Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Morreu na tarde deste domingo (28), em Campo Grande, o repórter fotográfico e jornalista Valdenir Rezende, vítima de complicações causadas pela Covid-19. Ele tinha 55 anos e estava hospitalizado desde o dia 24 de janeiro. 

O repórter fotográfico era trabalhava no jornal Correio do Estado há 42 anos. Além disso, também passou pela redação do SBT. Valdenir deixa esposa e dois filhos.

Comentário

Hermes Rafael Delgado, de 22 anos de idade, está desaparecido em Dourados desde o meio da tarde deste sábado (27) quando foi visto pela última vez na cidade. A família procura por informações que possam ajudar na localização dele.

De acordo com uma das irmãs do rapaz, Hermes é morador em Ponta Porã e veio a Dourados para trazer os sobrinhos que se preparam para a volta às aulas prevista para esta segunda-feira (1) na rede pública de ensino do Município.

“Ele não conhece a cidade, minha irmã avisou pra ele ficar na casa com as crianças, mas ele disse que ia sair pra dar uma volta no shopping; e ainda não voltou”, relatou a mulher.

INFORMAÇÕES

Informações sobre o paradeiro de Hermes poderão ser repassadas para o número 99330-8903 (Cinthia).

Comentário

A enfermeira Priscila Veríssimo, de 35 anos, que era funcionária do Chama, o Complexo Hospitalar Manoel André, e que morreu quarta-feira (24), em Arapicara (AL), havia sido contaminada pela reinfecção da Covid-19. Ela se recusou a tomar a dose de Coronavac, a vacina chinesa, a que tinha direito por ser profissional da saúde.

Apoiadora de Jair Bolsonaro (sem partido), ela compartilhava frequentemente vídeos do presidente na conta do Facebook. Priscila já havia sido infectada uma vez. Por isso, achou que não pegaria a doença novamente e, seguindo o raciocínio do presidente, tinha dúvidas quanto à eficácia da vacina chinesa.

O hospital demitiu a enfermeira por ela se recusar a tomar a vacina e, na semana passada, ela pegou a doença novamente. Com complicações do novo coronavírus, Priscila morreu deixando um filho de 2 anos. Além da vacina, ela também compartilhava outros vídeos e imagens envolvendo o nome do presidente, abordando assuntos polêmicos, como o aborto, segundo repercutiu o Correio Braziliense.

Comentário

Com a abertura na pesca, a partir desta segunda-feira (1), a PMA (Polícia Militar Ambiental) já disponibiliza a Cartilha do Pescador 2021 com todas as atualizações das normas de pesca em Mato Grosso do Sul. A legislação pesqueira do Estado é uma das mais restritivas do país. MS é banhado por duas bacias hidrográficas (dos rios Paraguai e Paraná), com regras diferentes entre elas e com normas infraconstitucionais dos órgãos federal e estadual.

Entre as regras de pesca para o Estado, só de espécies com determinação de tamanhos de captura são mais de 30, sem contar que para algumas a proibição é por gênero, sendo que um gênero envolve diversas espécies. São mais 10 espécies de iscas que também possuem restrição de tamanho mínimo de captura.

Existem também rios e locais onde a pesca é proibida; outros onde só se permite a pesca na modalidade pesque-solte; espécies com pesca proibida; tipos de petrechos proibidos; cota de captura; regras de transporte e comercialização de pescado, entre outros, e o cidadão precisa realmente estar com essas informações em mãos, por abrangerem a questão com amplitude.

Acesse a Cartilha AQUI

A PMA tem investido na divulgação dessas normas em uma cartilha, que tem sido divulgada não só no Brasil, mas em outros países e para todos os turistas que frequentam o Estado. Este trabalho é fundamental, porque a pesca fora das regras constitui-se em crime, ou no mínimo infração administrativa, com multa e apreensão de produtos da pesca, barco e veículos, como no caso da falta de licença de pesca, que não se trata de crime, mas de infração administrativa, julgada pelo órgão ambiental estadual.

Informações da Cartilha

Desde o ano de 2019, com algumas alterações em 2020, o Estado tornou ainda mais rígidas as regras da pesca, principalmente no tocante à cota de captura e a inclusão de restrição de medidas para mais espécies e gêneros, além de tamanhos máximos de captura para quatro espécies. A cartilha especifica ainda sobre o Dourado, que teve sua pesca proibida em 2019 - com validade por cinco anos - bem como a Piracanjuba, peixe pertencente à bacia do rio Paraná, que já tinha pesca proibida desde 1994.

Em uma tabela única, a Cartilha do Pescador estabelece os 30 gêneros e espécies com as especificações de medidas para as bacias dos rios Paraná e Paraguai, com os respectivos tamanhos mínimos, bem como de outras quatro espécies, para as quais foram determinados tamanhos também máximos de captura.

Ainda há uma tabela com determinação de tamanhos mínimos de captura para 10 espécies de iscas vivas e as normas sobre sua captura e transporte. À exceção do caranguejo e do caramujo, as demais iscas vivas são peixes e possuem determinação de medidas também nas normas federais, que são as mesmas especificadas na tabela de isca viva apresentada. Portanto, deve-se respeitar as medidas da tabela em quaisquer rios.

Comentário

A Secretaria municipal de Saúde recebeu neste sábado (27) novas doses de vacinas contra a Covid-19. Os imunizantes são: a Coronavac, parceria do instituto Butantan de São Paulo com o laboratório chinês Sinovac, e da Astrazeneca, parceria da Universidade de Oxford e da empresa farmacêutica britânico-sueca AstraZeneca. Ao todo, são 2.890 doses, sendo 1.280 do Butantan e outras 1.610 da vacina de Oxford.

Segundo resolução definida pela Secretaria estadual de Saúde, por meio da Campanha de Multivacinação, 92% das doses da Coronavac deverão ser utilizadas para a continuidade da imunização dos idosos com mais de 80 anos, ou acamados. Os 8% restantes serão empregados na vacinação dos trabalhadores da saúde com mais de 60 anos. Todas as doses da Astrazeneca serão utilizadas para a continuidade da imunização dos idosos com mais de 80 anos, ou acamados.

De acordo com a assessoria de comunicação do Município, a equipe de Saúde de Dourados vai definir, ainda durante o final de semana, o novo cronograma de vacinação com as doses recebidas. A divulgação será feita logo após a finalização. “Aguardamos a chegada das doses, mas agora faltam poucos detalhes técnicos para dar continuidade na imunização dos grupos prioritários”, explica o secretário-adjunto de Saúde, Edvan Marcelo.

Comentário

O Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) suspendeu a realização da prova objetiva, inicialmente marcada para o dia 7 de março, aos inscritos para o XXXII Exame de Ordem Unificado. Ainda não há nova data prevista para a aplicação. “Lamentamos, mas é o que a responsabilidade nos impõe”, postou, no microblog do Twitter, o presidente nacional da entidade, Felipe Santa Cruz.

A decisão, segundo o presidente da OAB, foi tomada com base no estudo de viabilidade feito pela Fundação Getulio Vargas em razão do agravamento dos casos de Covid-19 em todas as regiões do Brasil. Os dados mais recentes sobre a pandemia apontam para uma elevação no número de casos e mortes pelo coronavírus, além do registro de novas variantes em circulação no país e do crescimento taxa de ocupação de leitos de UTI.

Para tentar conter o avanço da pandemia, governadores e prefeitos estão tomado medidas restritivas para tentar reduzir os índices de contaminação pelo vírus, como decreto de lockdown e demais decisões, que inviabilizam a realização da prova nas cidades polo de aplicação.

“No momento a prioridade é garantir a segurança sanitária plena de todos os examinandos e profissionais envolvidos no Exame de Ordem e de cumprir o compromisso constitucional de assegurar os preceitos fundamentais de direito à saúde e à vida”, diz o comunicado do Conselho Federal.

Comentário

Uma mulher, de 32 anos, confessou que deu uma facada em outra, “porque ela estava me traindo, com o meu marido” ao ser presa, em flagrante, pelas equipes da Polícia Militar, no meio da tarde desta sexta-feira (26), nas proximidades do local onde funciona há muitos anos uma espécie de mini-cracolândia, próximo da praça ‘Antonio Alves Duarte’, junto ao Hospital Evangélico, no centro de Dourados. O registro foi feito para o DOURANEWS pelo repórter-fotográfico Eliel Oliveira.

VEJA O VÍDEO

A mulher, que se identificou como Camila e disse ser moradora da favela, foi detida logo após a tentativa de homicídio e a vítima foi socorrida pelas equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros, encaminhada ao Hospital da Vida, com sangramentos provocados pelos cortes de faca.

facada camila

"Não me arrependo de nada não!", disse a mulher, após ferir rival em mini-cracolândia

Moradores e empresários da área comercial, que convivem com essa situação, reclamaram, mais uma vez, da necessidade de um reforço policial na área. “A Guarda Municipal e a Polícia Militar precisavam dar um jeito nisso aqui. As autoridades também precisam encontrar uma solução para acabar com esse ponto de consumo de bebidas e drogas que virou isso”, indicou um comerciante do setor.

Comentário

Em atendimento ao vereador Daniel Junior (Patriota), a Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos) realizou a troca de 59 lâmpadas queimadas no bairro Jardim Colibri. Os serviços foram executados após ação denominada “Mutirão Fique Ligado”, idealizado por ele. O mutirão consiste na participação da comunidade, juntamente com a equipe de trabalho do vereador, em apontar os postes de energia elétrica que precisam de manutenção e consequentemente levar ao conhecimento do setor competente.

Nesta primeira ação, o vereador esteve com a comunidade do Jardim Colibri no início do mês de fevereiro, onde no período da noite foram marcados com fitas coloridas amarradas aos postes que estavam com as lâmpadas queimadas e, a partir daí foi feito um relatório encaminhado à Semsur.

O relatório apontou 59 postes que precisavam de manutenção na iluminação pública, e foram todos atendidos com os serviços executados pela administração municipal. Além da troca de lâmpadas, também 10 placas de sinalização de trânsito (do tipo Pare) serão confeccionas em substituição à sinalização deteriorada.

De acordo com o vereador Daniel Junior, o próximo ‘Mutirão Fique Ligado’ deve acontecer terça-feira (2), na região do Parque das Nações. “Agradeço ao prefeito Alan Guedes pelo atendimento à comunidade do Jardim Colibri e ao secretário da Semsur, Romualdo Diniz, pela execução do serviço. Outras ações como esta serão realizadas nos próximos meses”, afirmou Daniel. (Com assessoria)

Comentário

Filho de família tradicional de políticos no Departamento de Amambay, que faz fronteira com Mato Grosso do Sul, o deputado paraguaio Robert Acevedo morreu nesta sexta-feira (26) em decorrência de complicações da Covid-19, aos 54 anos de idade.

O político paraguaio estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Instituto Nacional de Enfermidades Respiratórias na capital Asunción, depois de ter sido atendido inicialmente no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, capital de Amambay.

Robert Acevedo sobreviveu a um ataque a tiros em Pedro Juan Caballero, quando era senador, em 2010. Durante o atentado ele levou dois tiros e dois seguranças acabaram mortos. Na época o político e a polícia paraguaia atribuíram o crime ao PCC (Primeiro Comando da Capital), organização criminosa brasileira com ramificações no interior do Paraguai.

Acevedo, que também já foi governador de Amambay, é irmão do atual prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo e do atual governador do Departamento, Ronald Acevedo.

Comentário

Após uma série de denúncias e tendo sido autuado pela segunda vez somente no mês de fevereiro, o CFC (Centro de Formação de Condutores) Excelência, localizado na região central de Campo Grande, sofreu um bloqueio administrativo por parte do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e está impedido de receber novos alunos.

A informação foi repassada pela diretora de Educação para o Trânsito do órgão, Elijane Coelho. Segundo ela, a partir de denúncias feitas no Procon, órgão de defesa do consumir no Estado, foi aberto um processo administrativo para a averiguação das irregularidades.

“O bloqueio foi uma medida cautelar, feita para que o Centro de Formação tenha as condições de finalizar o atendimento dos clientes já contratados e que foram prejudicados de alguma forma pela morosidade no atendimento prestado pela empresa”, explicou a diretora.

“A transferência entre CFCs pode ocorrer em qualquer tempo, não dependendo da autoescola de origem. Em caso de transferência, os valores referentes a taxas do Detran que já tenham sido efetivados são considerados, quanto aos serviços pagos à autoescola e que ainda não tenham sido realizados, o cliente deve tratar diretamente com o CFC ou buscar seu direito de consumidor através dos meios adequados” explicou.

No caso do CFC Excelência, 1.300 alunos estão com processos de habilitação em andamento. É possível consultar as etapas já realizadas por meio do portal de serviços do Detran, no link ‘Habilitação’ – ‘Consulte sua CNH’.

De acordo com informações repassadas pela assessoria de comunicação do Procon, apesar de ter sido autuada há 15 dias, várias denúncias contra a empresa continuaram chegando até o órgão estadual indicando que o CFC não teria repassando informações claras e adequadas aos clientes, demora na prestação dos serviços previamente pagos e acordados, vantagens manifestamente excessivas de precificação imprecisa e publicidade enganosa, o que já tinha sido constatado na primeira autuação.

Para o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, a parceria entre o Procon e o Departamento de Trânsito é de extrema importância neste momento, principalmente porque o foco do órgão tem sido o atendimento ao cliente. “Nossa missão desde o início é priorizar o cliente, o condutor, a pessoa que trabalha e seus tributos. Sabemos das dificuldades e nossa preocupação é atender aos nossos clientes da melhor forma possível”, reiterou. (Com assessoria)

Comentário

Página 1 de 1837
  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis