Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O governo pretende economizar R$ 209 milhões por ano com o corte de 21 mil cargos comissionados. Segundo a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, o decreto com a reestruturação de funções e gratificações técnicas em toda a Esplanada dos Ministérios será editado ainda este mês.

De acordo com a pasta, a iniciativa contribuirá para simplificar a gestão e enxugar a diversidade de cargos e comissões. O Ministério da Economia não detalhou a distribuição dos cortes por órgãos nem por tipos de cargos, mas informou que pretende extinguir algumas gratificações de legislação muito antiga, algumas que não estão sendo ocupadas e outras de baixo valor individual, que não representam função de chefia.

A mudança não necessariamente significará que 21 mil pessoas serão demitidas. Isso porque a maior parte dos cargos em comissão é ocupada por servidores concursados escolhidos para chefias ou funções de confiança. Segundo o Ministério da Economia, o decreto pretende adequar a estrutura às necessidades da administração pública e evitar, no futuro, a ampliação dos gastos com a ocupação dos cargos que ficaram vagos e as gratificações que deixaram de ser pagas.

Estatísticas

Segundo o Painel Estatístico de Pessoal do Ministério da Economia, o governo anterior terminou com 99.833 cargos comissionados, funções e gratificações técnicas. Desse total, o Poder Executivo Federal detinha 33.852 (33,9%); e as fundações federais, 14.629 (14,7%). As autarquias federais concentravam a maior parte: 50.804 (50,9%). A Secretaria Especial de Desburocratização não informou se o corte dos cargos, funções e gratificações ocorrerá apenas no Executivo Federal ou se também abrangerá as fundações e autarquias.

As informações de janeiro ainda não estão compiladas. Até agora, apenas o Ministério da Economia detalhou os cortes provocados pela fusão de quatro pastas das gestões anteriores – Fazenda; Planejamento; Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e parte do Trabalho. A nova estrutura enxugou 2.987 cargos – 243 de Direção e Assessoramento Superior (DAS), 389 Funções Comissionadas do Poder Executivo (FCPE), restrita a servidores concursados, e 2.355 funções gratificadas.

Fusões

O maior potencial de redução de cargos comissionados está nos ministérios nascidos da união de pastas antigas. Além da Economia, classificada como superministério, a nova estrutura da Esplanada dos Ministérios têm três pastas resultantes de fusões.

O Ministério da Justiça incorporou a pasta de Segurança Pública e a secretaria do Ministério do Trabalho que cuidava dos registros sindicais. O Ministério da Cidadania reuniu as antigas pastas de Desenvolvimento Social, Cultura e Esporte. O Ministério do Desenvolvimento Regional nasceu da junção dos antigos ministérios das Cidades e da Integração Nacional.

Comentário

O vereador Bebeto (PR) acompanhou na tarde de quinta-feira (1) a conclusão da manutenção da iluminação pública nos distritos de Vila Vargas, Vila São Pedro e Indápolis. Os serviços foram executados pela Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos) por determinação da prefeita Délia Razuk (PR).

Somente no distrito de Vila Vargas, foram trocadas mais de 50 lâmpadas queimadas, além dos dispositivos necessários para o funcionamento da iluminação. “Recentemente solicitamos os serviços de troca de lâmpadas queimadas à prefeita Délia, que se comprometeu em atender os demais distritos nos próximos dias”, destacou Bebeto.

A Prefeitura de Dourados conta com quatro equipes de trabalho para a manutenção da iluminação pública no município, totalizado a troca de 140 lâmpadas queimadas diariamente na cidade. Os reparos incluem também a substituição de luminárias, soquetes, reatores, incluindo os cabos de energia elétrica que são substituídos na maioria dos postes.

O serviço de Disk Lâmpada pode ser acionado pela comunidade no telefone: (67) 99801-2268, onde é feito o cadastro com as informações necessárias para a execução do pedido, informa o vereador, líder da prefeita na Câmara.

Trânsito

Recentemente o vereador Bebeto também foi atendido com a implantação de placas de sinalização de trânsito no Jardim Guanabara, no cruzamento das ruas Francisco Luiz Viegas com a Major Capilé. O serviço foi executado pela Agetran (Agência de Trânsito) após ofício encaminhado ao diretor Carlos Fábio.

Também em ofício protocolado na Secretária de Obras, o vereador solicitou à secretária Marise Bianchi (Obras) serviços de manutenção de ruas no distrito de Vila Vargas, principalmente nas ruas Joaquim Venceslau de Almeida e Antenor de Carvalho, nas proximidades da Escola Presidente Getúlio Vargas. (Com assessoria)

Comentário

O mercado de trabalho para o profissional de Enfermagem está em expansão. A categoria tem avançado de modo diversificado, ampliando cada vez mais as áreas de atuação, com a possibilidade de atuar em um amplo espectro de espaços como hospitais, Unidades Básicas de Saúde, diversas clínicas especializadas e outros, como indústrias, grandes empresas, o trabalho no setor de ensino e educação e até mesmo a possibilidade de empreender como, por exemplo, com empresas de Home Care e consultórios de Enfermagem.

A Unigran oferece a formação do curso de Enfermagem generalista, ou seja, o acadêmico sairá capacitado para atuar em qualquer área. Conforme a coordenadora do curo, Tatiana Vallezzi Cavichioli, a Instituição tem compromisso com alunos e docentes, cria um elo muito importante para a formação acadêmica, oferecendo à sociedade um excelente profissional.

“O curso de Enfermagem da Unigran dispõe de uma infraestrutura completa, como, por exemplo, os laboratórios de habilidades, que procuram dar suporte ao aluno no processo de ensino-aprendizagem, cuja finalidade é favorecer o desenvolvimento de habilidades específicas como práticas hospitalares, por meio de técnicas e procedimentos, assimilando o conteúdo teórico por meio de manuseio dos equipamentos disponíveis”, menciona a coordenadora.

Os acadêmicos contam ainda com diversos laboratórios de simulação específicos, equipados com aparelhos modernos, além de manequins que reproduzem com fidelidade as reações humanas em diversas circunstâncias. E, com o intuito de aliar a teoria à prática, os estudantes passam por estágios supervisionados em clínica médicas e cirúrgicas; emergência em enfermagem; enfermagem em centro cirúrgico; unidade de terapia intensiva; assistência à saúde da mulher; assistência à saúde do recém-nascido; administração em enfermagem hospitalar; administração em enfermagem em saúde pública e saúde do idoso, por exemplo.

Processo Seletivo 2019

Com duração de dez semestres, o curso de Enfermagem da Unigran é oferecido no período noturno. Mais informações podem ser obtidas AQUI. Para ingresso em 2019, a Unigran oferece vagas por meio do Vestibular que pode ser agendando no site www.vestibularunigran.com.br, ou ainda com nota do Enem ou como portador de diploma. Contatos pelos telefones (67) 3411-4313 ou (67) 9 9222-5948 (WhatsApp).

Comentário

Ezequiel, um jovem que aparenta ter 18 anos, está desaparecido desde às 7 horas da manhã deste sábado (2) em Dourados. De acordo com relato de amigos pelo WhatsApp, o rapaz saiu de casa pela manhã e não fez mais nenhum contato.

Ezequiel vestia camiseta preta, short de tactel nas corres preto e verde, tênis preto da Oakley e ainda utilizava um boné vermelho. “A família está desesperada”, diz o comunicado nas redes sociais.

No final da noite, uma pessoa que se identificou como Rosilei postou, no Whats, a informação de que um rapaz com as características do jovem desaparecido havia passado pelas imediações do Residencial Bonanza perguntando como deveria fazer para chegar na Feira Livre. Até por volta de 7 horas deste domingo (3), a situação continuava indefinida.

Contatos para ajudar a localizar Ezequiel podem ser feitos pelos telefones de Celular 67 99942 5123, 99933 2968, ou, ainda, 99914 0886.

Comentário

Um grupo de 100 venezuelanos, que viviam em Boa Vista (capital de Roraima) depois de deixarem o País, chegam neste domingo (3), em avião fretado pelo Exército Brasileiro. Eles integram o projeto de interiorização da Operação Acolhida na modalidade de vagas de emprego sinalizadas.

Nesta modalidade, a integração das pessoas interiorizadas é acelerada, pois os venezuelanos viajam tendo vagas de emprego garantidas por uma empresa local, não divulgada. Especula-se que eles vão integrar o programa de expansão da Seara, do grupo JBS, ou ajudar na implantação do complexo industrial da Coamo, que ocorre na saída de Dourados para Caarapó.

Esta é a primeira vez que o deslocamento ocorre com um voo fretado, que foi garantido pela Organização Internacional para as Migrações (OIM). A agência prevê outros voos como este, potencializando a capacidade de interiorização a fim de reduzir o impacto nas comunidades de acolhida em Roraima.

O grupo transferido para Dourados receberá uma ajuda de custo para necessidades iniciais oferecida pela Agência da ONU para Refugiados, visando apoiar os venezuelanos no primeiro mês após a chegada à cidade de recepção. Eles serão acolhidos em abrigos temporários articulados com a empresa e a sociedade civil até a obtenção das novas residências.

A transferência de mulheres, crianças e homens venezuelanos de Roraima para outros estados brasileiros é um dos eixos da Operação Acolhida, que reúne as Forças Armadas, diversos ministérios do governo federal, agências do Sistema ONU no Brasil e entidades da sociedade civil organizada.

Até o momento, cerca de 4.300 solicitantes de refúgio e migrantes venezuelanos já foram realocados para outras partes do país por meio da estratégia de interiorização promovida pelo governo federal.

Comentário

Descendente de família tradicional na região, o novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-PA), é de origem judia, e segue a carreira iniciada pelos avós, que começaram como comerciantes no Estado.

Considerados muito ricos [detentores de rede de postos de gasolina, emissoras de rádio e tv, importadoras, fazendas, entre outros bens], os Alcolumbre já tiveram um tio do novo presidente do Senado, Salomão, como suplente do senador José Sarney.

Na capital Macapá, tem deputados estaduais e vereadores da família. Davi começou como vereador na capital do Amapá e chegou a deputado federal, onde manteve três mandatos. Começou, mas não concluiu, curso de Administração. Chegou a senador e ao comando da Casa, aos 41 anos de idade, destronando Renan Calheiros (MDB-AL), que desistiu da disputa e outros poderosos.

Poder

Alcolumbre é próximo do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), que, nos bastidores, articulava apoio para ele. Nas eleições de 2018, declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 770 mil em bens, observa reportagem do portal G1.

Comentário

Domingo, 03 Fevereiro 2019 08:32

Filho de João de Deus é preso em Goiás

Um dos filhos de João de Deus, Sandro Teixeira de Oliveira foi preso na manhã deste sábado (2), em Anápolis (GO), segundo apurou a TV Anhanguera. A Justiça recebeu denúncia do Ministério Público contra ele por coação no curso do processo e corrupção ativa e determinou a detenção.

No mesmo processo, o médium, preso desde dezembro acusado de crimes sexuais, também responde pelo crime. João de Deus sempre negou as acusações, como divulga o portal G1.

O advogado de Sandro, Guilherme do Amaral Pereira, negou todas as acusações. Disse que o caso que motivou a prisão ocorreu em 2016, em Alto Paraíso de Goiás, região noroeste do estado, onde o filho do médium, segundo o defensor, jamais esteve.

"Ele nunca esteve em Alto Paraíso, a testemunha não reconhece ele. Ele estava em outro local no dia do fato e há como provar, ele já demonstrou isso até mesmo ao MP, que fez vista grossa. É uma prisão arbitrária. Iremos tomar as medias judiciais possíveis para retirá-lo daqui. Temos uma denúncia totalmente sem materialidade", disse.

Comentário

Com 42 votos, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito presidente da Casa em sessão tumultuada que começou na sexta-feira (1) à tarde e ainda contou com importante ajuda do ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou na madrugada que a eleição fosse feita por meio de votação secreta.

Apesar disso, alguns senadores declararam as escolhas em voz alta em uma disputa que envolveu, como candidato ao cargo, Ângelo Coronel (PSD-BA), Fernando Collor (Pros-AL), Esperidião Amin (PP-SC) e Reguffe (sem partido-DF). Os senadores Álvaro Dias (Podemos-PR), Major Olímpio (PSL-SP) e Renan Calheiros (MDB-AL) retiraram-se da disputa.

Na contagem de votos, na primeira rodada da eleição, foi detectada uma cédula a mais na urna. Isso provocou o cancelamento da eleição - e todos os papéis foram triturados, antes de qualquer apuração. Em seguida, os senadores discutiram e decidiram fazer uma 2ª votação. Renan Calheiros retirou a candidatura por considerar o processo "deslegitimado", conforme repercutiu o portal G1.

O Democratas agora acompanha as duas casas do Congresso, depois que Rodrigo Mais foi reeleito, sexta-feira, para presidir a Câmara dos Deputados, com 334 votos.

Comentário

A ex-secretária de Educação e de Administração na gestão do prefeito Murilo Zauith (DEM), Marinisa Mizoguchi (PSB) é a nova vereadora empossada na manhã deste sábado (2) na Câmara de Dourados. Ela ocupa a vaga aberta com a saída do ex-vereador Marçal Filho, empossado deputado estadual na sexta-feira (1), para o primeiro mandato na Assembleia Legislativa.

Durante a solenidade de assinatura do termo de posse, realizada no gabinete da Presidência da Câmara Muncipal, Marinisa lembrou o tempo em que ocupou os cargos durante a gestão do ex-prefeito e assegurou que continuará trabalhando por Dourados.

“Sou douradense e amo esta cidade. Hoje tenho a missão de ajudar reverter o quadro de insatisfação da população. Temos que lutar por isso”, comentou a vereadora. “Minha atuação terá a porta do gabinete sempre aberta, me dedicando, cobrando e fiscalizando, independentemente do tempo em que ficar na Câmara”, completou.

Como administradora, Marinisa aponta que traçará um planejamento para o período em que ocupar o cargo de vereadora de Dourados. “É um papel difícil, diferente de tudo que já fiz, por isso vou reunir com minha equipe e criar um planejamento”.

O presidente da Casa de Leis, Alan Guedes (DEM), destacou em rápido pronunciamento a experiência acumulada pela vereadora Marinisa no Poder Executivo, que contribuirá com os debates na Casa. Alan disse que tanto o juramento como o primeiro pronunciamento da vereadora na tribuna ocorrerão na primeira sessão ordinária do ano, nesta segunda-feira (4), a partir das 17h30.

Pela primeira vez na história do Município, a Câmara de Dourados conta com três mulheres ocupando cadeiras no Plenário. Além de Marinisa, já ocupam assentos a ex-presidente Daniela Hall (PSD) e Lia Nogueira (PR), que substitui a ex-secretária de Educação da prefeita Délia Razuk, Denize Portolann, presa no presídio feminino de Rio Brilhante após denunciada pelo Ministério Público Estadual na operação ‘Pregão’.

“É uma conquista de todas”, disse a nova vereadora do PSB. “Estou aqui para somar, com o coração limpo e aberto para fazer o melhor por esta cidade”, finalizou a vereadora. Prestigiaram o ato os colegas dela de partido, Mauricio Lemes e Toninho Cruz e ainda os vereadores Sérgio Nogueira (PSDB), Daniela Hall, Madson Valente (DEM) e Bebeto (PR), novo líder do governo na Casa.

Comentário

Dourados registrou, na semana que encerrou, a segunda captação de órgãos de 2019. O trabalho iniciado com a criação da CIHDOTT (Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes), na gestão da prefeita Délia Razuk, tem alcançado destaque nacionalmente e possibilitado salvar vidas.

O procedimento foi iniciado depois da meia-noite de quinta-feira (31), no Hospital da Vida, e concluído com êxito às 4h30. Participaram profissionais do Hospital da Vida, integrantes da Comissão, e equipes de Brasília e Campo Grande.

Foram captados rins, córneas e fígado. A CET (Central Estadual de Transplantes) com base na demanda existente direcionou os rins e córneas para a unidade de saúde em Campo Grande e o fígado para Brasília.

A gerente do Hospital da Vida, Danyelle Radaelli de Assis Serapião, destacou que, mais uma vez, toda a equipe envolvida garantiu o sucesso do procedimento. “Com muito profissionalismo e com trabalho durante a madrugada, realizamos a captação e temos nos empenhado para divulgar a importância dessas ações para ajudar pessoas que muitas vezes aguardam por esses órgãos por anos, na fila de espera”, apontou.

De acordo com a gerente, a ação foi possível após a Comissão ter contatado a família de um homem de 37 anos, vítima de AVH (Acidente Vascular Hemorrágico) sobre a possibilidade da doação de órgãos. O consentimento foi imediato, segundo ela.

“Com toda sensibilidade quanto ao momento que a família enfrenta, a Comissão aborda o assunto da doação e diante da aceitação ocorre o procedimento. Os familiares deste último caso foram muito compreensivos sobre a grandiosidade do ato. Acredito que com o contato afetuoso de nossos profissionais com essas abordagens aos familiares, quando a ação for possível, continuaremos tendo sucesso neste trabalho”, pontuou.

Na primeira ação realizada no ano, os rins de um homem de 63 anos que teve morte cerebral, após cair do telhado de casa, foram enviados para Porto Alegre. O Corpo de Bombeiros e a Central do Ministério da Saúde contribuíram com a captação desses órgãos.

Comentário

Página 14 de 1217
  • mistura
  • unimed

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus