Timber by EMSIEN-3 LTD
Quarta, 07 Abril 2021 21:43

Scarpa decide e Palmeiras vence Defensa y Justicia pela Recopa Sul-Americana

Escrito por
Depois de uma temporada do ano passado desgastante pelo grande número de jogos seguidos, o Palmeiras começou sua caminhada em 2021 com um pouco mais de calma. Com o Paulistão paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus, o time teve um bom tempo para se preparar para o primeiro jogo da decisão da Recopa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, em Buenos Aires, o time até passou um sufoco, mas venceu o Defensa Y Justicia por 2 a 1. O jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O jogo entre o campeão da Copa Libertadores e o campeão da Copa Sul-Americana não foi diferente do que se esperava. No começo da partida, o Defensa Y Justicia tentou manter o Palmeiras acuado em seu próprio campo. Logo aos 4 minutos, Zé Rafael errou na saída de bola. O atacante Brian Romero recebeu na entrada da área e chutou forte, rasteiro. Weverton precisou se esticar para evitar o gol argentino. Após o susto, o Palmeiras tentou acalmar a partida, trocar passes em sua linha de defesa para procurar espaços no meio-campo e ataque. Os argentinos passaram a tentar lançamentos mais longos e foi numa saída de bola errada que o alviverde conseguiu sair na frente do placar. Após um passe longo que mais pareceu um chutão, Viña interceptou e tocou rápido para Willian. Ele viu Rony se infiltrando entre os zagueiros do Defensa Y Justica e deu um passe primoroso para o atacante, que ajeitou a bola com a cabeça e tocou na saída de Unsain. Por um longo período, o jogo ficou mascado, muito mais falado do que jogado. Aos 33, quase que a equipe argentina empatou a partida. Benítez arriscou de longe para o gol em falta pela esquerda. A bola quicou no gramado e Weverton espalmou de "manchete" e mandou a bola para fora da área. O Palmeiras até que tentou trocar mais passes e segurar a bola no início do segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Willian partiu em um contra-ataque e tocou para Breno Lopes na direita. O atacante, autor do gol do título da Libertadores, entrou na área e bateu forte, mas a bola foi para fora. O Defensa Y Justicia voltou a ocupar o campo de defesa do Palmeiras, que não conseguia sair para o jogo. De tanto martelar, os argentinos conseguiram empatar a partida. Aos 12, Walter Bou deu excelente passe no meio da defesa do Palmeiras para Brian Romero, que entrou sozinho e tocou o gol. O gol de empate fez o técnico Abel Ferreira mexer no seu time. Em pouco tempo, o português fez quatro alterações e a equipe passou a controlar mais o jogo. Aos 18, em falta pela esquerda, Gustavo Scarpa exigiu grande defesa do goleiro Unsain, que espalmou para escanteio. Dez minutos depois, Scarpa teve mais uma chance, desta vez, de frente para o gol. Ele bateu firme, no canto esquerdo de Unsain, que se atrapalhou na defesa e acabou falhando. Depois de levar o segundo gol, a equipe argentina partiu para o ataque. Aos 35, Brian Romero recebeu na entrada da área, deu um chapéu em Luan e bateu para o gol para segura defesa de Weverton. Um minuto depois, após cruzamento para a área Walter Bou apareceu na segunda trave e mandou para as redes, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento de Brian Romero no meio da área Até o fim da partida, os donos da casa tentaram o empate, mas o Palmeiras se segurou e agora ficará com o título se empatar a partida em Brasília. FICHA TÉCNICA: DEFENSA Y JUSTICIA 1 x 2 PALMEIRAS DEFENSA Y JUSTICIA - Unsain; Rodríguez, Frías, Meza e Benítez; Loaiza, Fernández, Pizzinie (Martínez) e Rotondi (Isnaldo); Brian Romero e Walter Bou. Técnico: Sebastián Beccacece. PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomes e Viña; Felipe Melo (Patrick de Paula), Zé Rafael (Danilo) e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Brenno Lopes (Mayke), Rony e Willian (Esteves). Técnico: Abel Ferreira. GOLS - Rony, aos 15 minutos do primeiro tempo. Romero, aos 12, e Scarpa, aos 28 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Luan, Lucas Lima (banco), Benítez, Meza, Viña, Scarpa e Patrick de Paula. ÁRBITRO - Andrés Rojas (Colômbia). RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida. LOCAL - Estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires, na Argentina.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

google-site-verification=JCBZiaUdGxZgtTnDymeR8S6dTexoochsEftWECURSIQ