Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd recess
Terça, 19 Março 2019 09:36

Congresso da Aduems convoca mobilização contra reforma da Previdência

Escrito por
Participantes do Congresso estadual da Associação de Docentes da Uems realizado na Capital Participantes do Congresso estadual da Associação de Docentes da Uems realizado na Capital Divulgação/Assessoria

Um novo alerta contra a reforma da Previdência foi levantado pelos trabalhadores ligados aos movimentos e frentes sindicais participantes do II Congresso da Aduems (Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), realizado no último final de semana em Campo Grande.

Domingos Savio, da Adunemat (Seção Sindical dos Docentes da Universidade do Estado de Mato Grosso), relatou que o país passa por um momento muito difícil e a tarefa dos professores é tentar reverter o quadro de instabilidade e insegurança. “É uma tarefa política, temos que construir a unidade na diversidade em um objetivo comum e defender a democracia. Os sindicatos estão em pé, os partidos que defendem os trabalhadores estão em pé, então vamos à luta”, afirmou.

Os docentes destacaram a importância da participação e o estabelecimento de uma agenda imediata para barrar o projeto da reforma. “Caso aprovada, abriria um leque de ataques”, disse o coordenador do curso de Letras, Adilson Crepalde, da Unidade de Dourados da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

A situação se agrava ainda mais quando se trata das mulheres. Mariuza Guimarães, presidente da Associação dos Docentes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), lembra a força necessária, principalmente, para que todos os colegas compreendam a dimensão desse processo.

Na mesma direção está o professor Reginaldo Silva de Araújo, da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (Adufmat). Ele acredita que esta é uma batalha com necessidade de superar as diferenças para fazer resistência. Para o professor Waldir José Rampinelli (UFSC), ganhar essa luta é abrir uma nova perspectiva para o mundo, derrotando a principal missão do mercado - capital rentista.

Para esta sexta-feira (22), está marcada uma mobilização por todo o país contra a reforma proposta pelo atual governo federal, que penaliza aqueles que mais necessitam. Para o presidente da ADUEMS, Esmael Machado, o ônus da crise pesa sobre a classe trabalhadora. “A resposta estará nas ruas, a favor, principalmente, dos que mais necessitam”, afirma.

Esmael aproveita e convida todos os docentes da Uems para somarem nas manifestações nesta semana, conforme orientação do Congresso. O professor norteou que a Associação atue em cada unidade, assim como em Dourados realizará uma agenda conjunta com os sindicatos e movimentos sociais. (Colaborou: Ariadne Bianchi)

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus