Timber by EMSIEN-3 LTD
  • unigran 2018
Quarta, 02 Maio 2018 15:48

Pai deixa filha de 11 anos com estupradores por R$ 200 'pra comprar mistura'

Escrito por

Três homens, de 40, 56 e 58 anos, foram presos em flagrante nesta terça-feira (1) em um bairro de Campo Grande, apontados como suspeitos pelo estupro de uma menina de 11 anos. Entre os presos está o pai da criança, que admitiu ter recebido R$ 200 para ‘deixar’ a garota com os estupradores.

A polícia foi chamada por uma testemunha, que estranhou o fato de a criança estar frequentando a casa dos autores desde segunda-feira (30). Quando os militares chegaram, escutaram gritos de socorro dentro da residência.

Um dos policiais pulou o muro e arrombou a porta, quando a menina correu em sua direção. Um dos homens foi flagrado sem camisa e com a calça desabotoada.

De acordo com informações da Polícia Civil, a menina contou aos policiais que os homens estavam passando a mão nela, mas um dos autores negou e disse que ela estaria gritando por socorro quando brincava com um animal.

Confusão

Moradores se aglomeraram em frente à casa na tentativa de linchar os suspeitos. Como a Polícia Militar impediu o linchamento, a população passou, então, a arremessar pedras e paus contra os militares, conforme reportagem do jornal Midiamax.

Diante da insistência dos vizinhos em ameaçar invadir a casa e linchar os autores, eles foram contidos com três disparos para o chão feitos pelos policiais. Os militares conseguiram dispersar a multidão, que gritava ‘Jack’, apelido para estupradores na cadeia, e concluiu as prisões em flagrante.

O pai da menina foi encontrado em outra casa na região, trabalhando como pedreiro. Aos policiais, ele contou que teria deixado a filha na casa dos suspeitos e admitiu que teria recebido da dupla R$ 200 para ‘comprar mistura’.

À polícia, o pai afirmou ainda que essa não foi a primeira vez que ele deixava a menina com os homens. Mas foi a primeira vez que recebeu dinheiro para permitir que a filha ficasse com os homens. Ele contou à polícia que não tinha conhecimento do que acontecia na casa e que havia deixado a filha aos cuidados de um dos autores para trabalhar.

Um dos homens presos já seria inclusive conhecido na região como ‘Jack’ por abusar de crianças. O trio foi encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), onde o caso será investigado.

  • mistura

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus