Timber by EMSIEN-3 LTD
  • Refis novo
Quinta, 09 Novembro 2017 12:40

Testemunhas dizem que estudante que matou advogada no trânsito fazia zigue-zagues

Escrito por Graziela Rezende/G1
Jovem e os advogados saindo do Patronato após colocar a tornozeleira Jovem e os advogados saindo do Patronato após colocar a tornozeleira Alysson Maruyama/TV Morena

Relatos de testemunhas à polícia dizem que o estudante João Pedro da Silva Miranda Jorge, de 23 anos, ziguezagueava nos altos da avenida Afonso Pena, mudou de faixas por algumas vezes e bateu no meio-fio, antes de atingir o veículo conduzido pela advogada Carolina Machado Albuquerque, de 24 anos. Ela morreu durante atendimento médico e o filho de três anos ficou ferido.

"Quatro testemunhas já prestaram depoimento e temos mais pessoas a serem intimadas. Algumas relataram à direção perigosa que ele vinha praticando antes do acidente", afirmou o delegado Geraldo Marim Barbosa, responsável pelas investigações.

Conforme o delegado, desde o início da semana a polícia está analisando imagens de duas câmeras. "Tudo está sendo periciado. As imagens podem confirmar o fato dele estar em uma velocidade acima do que falou em depoimento. Por conta disto, será intimado novamente", explicou.

A investigação aguarda o laudo necroscópico, de acidente de local com vítima fatal, corpo de delito da criança que ficou ferida e degravação das imagens. "Temos ainda a apuração em andamento da 7ª Delegacia de Polícia, que apura uma possível fraude processual por parte do pai do estudante e a evasão do local pelo acusado. Na questão dele ter colidido com o meio-fio, os policiais encontraram vestígios e está sendo apurado", explicou o delegado.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus