Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 29 Setembro 2017 11:06

Pedido de revogação da prisão de suspeito na morte de Mayara é negado pela Justiça

Escrito por Bárbara Cavalcanti/CE
Mayara Fontoura tinha 18 anos Mayara Fontoura tinha 18 anos Divulgação/Redes Sociais

A Justiça negou pedido de revogação da prisão preventiva de Roberson Batista da Silva, de 32 anos, principal suspeito de matar Mayara Fontura Hosback, de 18 anos.

A defesa alega que o acusado deseja se apresentar à polícia, mas teme por sua integridade física, além de se considerar prejudicado por plantões da imprensa em frente à Delegacia de Proteção à Mulher (DEAM).

A audiência de custódia aconteceu no dia 16 de setembro, já sem a presença do acusado. Ele está foragido desde então.

O juiz titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete de Almeida, foi quem rejeitou o pedido da revogação da prisão na quarta-feira (27). Conforme informações divulgadas pelo Tribunal de Justiça (TJMS), o juiz determina que o suspeito se apresente o mais rápido possível.

O juiz ainda afirmou que "não vislumbra novos fatos que justifiquem rever a decisão que decretou a prisão preventiva do investigado". Ainda de acordo com a decisão do magistrado, "o crime teoricamente cometido pelo requerente é grave e possui repercussão social muito ampla (feminicídio), motivo pelo qual entendo que a sua colocação em liberdade, no momento, pode colocar em risco a ordem pública".

O magistrado também argumenta que a prisão preventiva precisa ser mantida, uma vez que da Silva tem aparente reincidência criminal, conforme registros policiais. Ele cometeu o crime um dia depois de ter saído da prisão.

O caso

No dia 15 de setembro, Mayara Fontoura, de 18 anos, foi morta a golpes de tesoura no bairro Universitário, em Campo Grande.

Desde então, familiares e amigos suspeitavam do acusado. O crime teria sido motivado por ciúmes. A jovem morava com o irmão, mas estava sozinha no momento do assassinato.

Na época, uma amiga de Mayara, que preferiu ter sua identidade preservada, a jovem se relacionava com ele desde os 14 anos e vivia sob ameaças do rapaz.

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis