Timber by EMSIEN-3 LTD
Segunda, 09 Dezembro 2019 15:52

Após morte de guajajaras, Moro manda Força Nacional ao Maranhão

Escrito por

Após o assassinato de três indígenas guajajaras, o segundo ataque em pouco mais de um mês, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na terra indígena Cana Brava Guajajara, no Maranhão, por 90 dias. A portaria foi assinada no começo da tarde desta segunda-feira (9), como repercute OGlobo.

Os efeitos da medida começam a valer a partir desta terça (10) quando integrantes da Força Nacional devem se deslocar para a terra indígena e permanecer no local até o dia 8 de março de 2020. Os agentes devem dar apoio à Funai (Fundação Nacional do Índio) em ações de segurança pública, de forma a garantir a "integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios", conforme o texto da portaria.

A PF (Polícia Federal) em São Luís informou que um inquérito policial foi instaurado no sábado (7) para investigar o assassinato dos dois guajajara e o ferimento a outros dois, ocorrido em Jenipapo das Vieiras (MA). Policiais federais foram enviados para a região do crime. Segundo um comunicado da PF, "até o momento não foram encontrados indícios de vínculos entre os crimes e atritos entre indígenas e madeireiros". Também não há, até então, relação entre o duplo homicídio e o assassinato do índio Paulo Paulino Guajajara e do caçador Márcio Gleyck Pereira, conforme a PF.

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus